Você está na página 1de 2

O PAPEL DA FILOSOFIA NA EDUCAÇÃO

pois, propicia que o ser humano crie

habilidades por meio do uso da

criticidade e da razão, no exercício do

pensar, permitindo assim, desenvolver

um pensamento independente.

Portanto, é uma disciplina que

estimula a levantar questionamentos e

se torna cada vez mais essencial por

incentivar a leitura, a reflexão, a busca

da verdade, a busca por respostas.

Todas as disciplinas são tão fundamentais

quanto à filosofia, mas esta não deve ser vista

apenas como mais uma disciplina, mas como um

despertar para a vida, pois educar significa

desenvolver, orientar, conduzir.

O papel da filosofia na educação é a

formação integral do homem, torná-lo um ser

crítico, criativo, com possibilidades de

crescimento, que tenha compromisso com a ética

e a partir da sua liberdade construa seus próprios

pensamentos e conclusões sobre a realidade e o

meio em que vive. Como afirma Freire, “Não é

possível pensar os seres humanos longe, sequer,

da ética, quanto mais fora dela”. (FREIRE, 2011,

p.34).

Portanto, é neste sentido que a filosofia

tem um papel fundamental na educação e na vida

do homem, contribuindo para criatividade,

desenvolvimento, autonomia, descoberta da

identidade pessoal, ensinando a administrar o

futuro com responsabilidade e formando assim

um novo tipo de homem e sociedade.

FABRISIA SANTOS TOSSATO,

Graduanda em Pedagogia, pela FACITE; Agente de Endemias na Secretaria Municipal de Saúde de Barro Alto-Ba.

Endereço

fabrisia.tossato@hotmail.com

eletrônico:

Alto-Ba. Endereço fabrisia.tossato@hotmail.com eletrônico: A educação é um método através do qual o homem adquire

A educação é um método através do qual o

homem adquire entendimento de conteúdos

considerados importantes, como os valores

culturais e sociais. Para que ocorra a educação é

indispensável que o ser humano, além de ter o

domínio desses conteúdos, venha entender o

porquê de respeitá-los e de utilizá-los.

Assim sendo, educação e filosofia

caminham sempre juntas, pois, ainda que no dia a

dia o ser humano não tenha consciência, educar,

raciocinar, refletir, tornam-se sinônimo de

filosofar. Dessa forma, filosofar é a primeira

condição para o exercício de se obter direitos,

pois ser cidadão nos dias de hoje exige

capacidade para pensar de forma crítica e

responsável.

A filosofia é uma reflexão crítica sobre a

base do conhecimento, da ética, da estética, da

lógica e leva o homem a pensar, raciocinar

refletir, estimulando assim seu senso crítico,

contribuindo para que esse tenha uma nova visão

de sociedade, onde a educação é a grande

responsável pelas transformações da mesma,

utilizando a razão para buscar suas respostas

excluindo assim as emoções. Ela tem uma grande

importância no desenvolvimento da educação,

Referência:

Freire, Paulo. Pedagogia da autonomia. ed. 43ª. São Paulo, Paz e Terra: 2011.