Você está na página 1de 6
DOSAGEM DE CONCRETO pagina - 01 CARACTERISTICAS DOS MATERIAIS PARA DOSAGEM Cimento CP II Z
DOSAGEM DE CONCRETO
pagina - 01
CARACTERISTICAS DOS MATERIAIS PARA DOSAGEM
Cimento
CP II Z RS
32
Marca
Campeão
Concreto
γ
=
3100
kg./m³
fck
=
25,0
Mpa
Data:
12/03/2013
Abatimento
70
±
10
mm.
Registro:
004
Condição
B
:
sd
=
5,5
Mpa
Areia
Modulo de finura
=
2,60
Inchamento
=
15,0
%
Umidade
=
3,00
%
γ =
2650
kg./m³
δ =
1470
kg./m³
( solta )
Jose Orlando Almeida Pinheiro
Brita
γ =
2700
kg./m³
Laboratorista: Solos, Asfalto e Concreto
j.oa.pinheiro@hotmail.com
-
Fortaleza
Ceara
δ =
1500
kg./m³
( compactada )
Proporção das britas
δ =
1430
kg./m³
( bA solta )
= Brita
0
b
A =
70
%
δ =
1400
kg./m³
( bB solta )
= Brita
1
b
B =
30
%
Dmax.
=
25
mm.
1ª ETAPA:
Determinar relação a/c
=
Fator Agua / Cimento
fck requerido :
25,0 Mpa
Desvio padrão:
5,5
Mpa
Cimento
CP II Z RS
:
Resistência
32
Mpa
]
fc28
=
FCK req
+
1,65
x
sd
Resistência de dosagem do concreto
34,08
Mpa
fc28
= +
25,0
1,65
x
5,5
Tabela 01 -
Fator A/C
=
0,480
fc29
= 34,08
Tabela 01

DOSAGEM DE CONCRETO

pagina - 02

2ª ETAPA:

Determinar consumo dos materiais

Consumo de água ( Utiliza tabela 2 )

Abatimento

=

70

mm.

Diametro Maximo

=

25

mm.

]

Tabela 02 - Consumo de Agua l.

=

195

litros

Consumo de Água aproximado ( l./m³ ) - Tabela 02 Abatimento ( mm. ) Diametro
Consumo de Água aproximado ( l./m³ ) - Tabela 02
Abatimento
( mm. )
Diametro maximo do agregado graudo ( mm. )
9,5 mm.
19,0 mm.
25,0mm.
32,0 mm.
38,0 mm.
40
a
60
220
195
190
185
180
60
a
80
225
200
195
190
185
80
a
100
230
205
200
195
190
Obs:
Abatimento de 40 a 60 mm.:
Abatimento de 60 a 80 mm.:
Abatimento de 80 a 100 mm.:

3ª ETAPA:

Determinar consumo dos materiais

Consumo de cimento

Consumo de Cimento = Cc.

=

Consumo de Cimento = Cc.

=

Consumo de agregado graudo

Modulo de finura da Areia ( MF )

Diametro maximo do Agregado

 

Ca

 

a/c

195

 

0,480

=

2,60

]

=

25

mm.

=

406

kg. / m³

 

Volume de brita

=

0,715

m³/m³

Consumo de agregado graudo ( m³/m³ ) em função do MF - Tabela 03 Modulo
Consumo de agregado graudo ( m³/m³ ) em função do MF - Tabela 03
Modulo de
Diametro maximo do agregado graudo ( mm. )
Finura
9,5 mm.
19,0 mm.
25,0mm.
32,0 mm.
38,0 mm.
1,8
0,645
0,770
0,795
0,820
0,845
2,0
0,625
0,750
0,775
0,800
0,825
2,2
0,602
0,730
0,755
0,780
0,805
2,4
0,585
0,710
0,735
0,760
0,785
2,6
0,565
0,690
0,715
0,740
0,765
2,8
0,545
0,670
0,695
0,720
0,745

DOSAGEM DE CONCRETO

pagina - 03

Consumo de agregado graudo

Consumo de brita = Cb.

Consumo de brita = Cb.

Consumo de brita = Cb.

Consumo de agregado graudo

=

V brita

X

M u compact.

=

0,715

X

1500

=

1073

 

kg.

Considerando o criterio de menor vazios, podemos utilizar mais de uma brita.

Para se chegar a proporção ideal, e necessario fazer ensaios! Aqui vamos trabalhar a proporção que

encontramos na nossa bateria de ensaios:

Consumo de brita = Cb - A.

Consumo de brita = Cb - A.

Consumo de brita = Cb - B.

Consumo de brita = Cb - B.

Consumo de agregado miudo

Vm

=

1

Vm

=

1

Vm

=

1

Cm

=

γm

x Vm

Cc

γc

406

3100

0,723

Cm

+

+

brita 1

=

70

X

X

%

e

brita 1

0,70

=

30

%

assim:

=

1073

=

=

1073

=

 

Cb

 

+

 

γb

1073

 

+

 

2700

Vm

=

2650

751

kg. / m³

0,30

322

kg. / m³

Ca

γa

195

1000
1000

=

=

0,277

x

0,277

0,723

m³ / m³

=

733

kg. / m³

Cm

DOSAGEM DE CONCRETO

pagina - 04

4ª ETAPA:

Apresentação do Traço

Cons. cimento

Cons. miudo

Cons. Brita 1"

Cons. Brita 2"

Cons. Agua

 

:

:

:

:

Cons. cimento

Cons. cimento

Cons. cimento

Cons. cimento

Cons. cimento

Cimento

:

Areia

:

Brita A

:

Brita B

:

Agua

406

733

751

322

195

406

:

406

:

406

:

406

:

406

Cimento

:

1,000

:

Traço unitario - em Massa

Areia

:

1,805

:

Brita A

:

1,848

:

Brita B

:

0,792

:

Agua

0,480

Consumo de Cimento = Cc.

406

kg. / m³

Dosagem em Volume

Como em obras não dispomos de balanças, podemos transformar o traço em volume. Assim , o cimento e medido em sacos e a agua em recipientes graduados, de forma a obtermos uma boa na medida destes materiais.

Para medir os agregados após a sua transformação em volumes correspondentes a um saco de cimento, o usual e providenciar padiolas.

O volume da caixa deve corresponder ao volume do agregado

Considerando-se que serão transportadas por dois homens, não convem que a massa total ul- trapasse 60 kg.

Medidas usuais são conforme a figura:

0,35 m, Largura h = Altura = X
0,35 m, Largura
h = Altura = X

0,45 m. Comprimento

total ul- trapasse 60 kg. • Medidas usuais são conforme a figura: 0,35 m, Largura h

DOSAGEM DE CONCRETO

pagina - 05

5ª ETAPA:

Estabelecendo o volume maximo de cada padiola

Como estabelecemos que o peso maximo da padiola deve ser igual

60
60

kgf, para 2 homens con-

seguirem carrega-la sem grandes dificuldades, então em função da massa unitaria de cada material podemos estabelecer o seu respectivo volume maximo:

Padiola para Areia:

60

kg.

÷

1,470

kg./l

±

41
41

Litros

Padiola para Brita A:

60

kg.

÷

1,430

kg./l

±

42
42

Litros

Padiola para Brita B:

60

kg.

÷

1,400

kg./l

±

43
43

Litros

sar

Desta forma, vamos estabelecer que o volume maximo, para qualquer padiola, não deve ultrapas-

40 litros.

Usaremos a tabela a seguir pra transformar nosso traço em volume

I

II

III

IV

V

VI

         

Areia umid.

 

Materiais

1,0

Unitario

1 saco

Volume

3,00

%

 

Padiolas em

 

kg.

50

kg.

l.

Inchamento

 

( cm )

 
   

15,0

%

 

Cimento

406

1,000

50

 

50

 

50

     

50

Kg.

 

Areia

733

1,805

90

 

61

 

73

   

2

x

0,45

 

x

0,35

x

0,23

0,0727

÷

0,1575

=

0,4618

Brita A

751

1,848

92

 

65

 

65

   

2

x

0,45

 

x

0,35

x

0,21

0,0646

÷

0,1575

=

0,4103

Brita B

322

0,792

40

 

28

 

28

   

1

x

0,45

 

x

0,35

x

0,18

0,0283

÷

0,1575

=

0,1796

Agua

195

0,480

24

 

24

 

21

     

20

Litros

 
 

Aditivo

 

Rapidissimo

   

1,250

 

1,15

 

1,03

CL

2,5

%

   

1250

 

ml.

I - Qantidade dos materiais para 1,0 m³ ( calculado )

II - Traço unitario ( calculado )

III - Quantidades dos materiais relativos a 1 saco de cimento ( basta multiplicar II x 50 )

IV - Quantidades em volume ( basta dividir III pelas massas unitaria )

V - Correção da agua em função da umidade da areia ( muda apenas o valor da agua e da areia )

VI - Apresentação do traço em padiolas

DOSAGEM DE CONCRETO

pagina - 06

   

Traço Unitario em Massa - 1 M³

   

Cimento

:

Areia

:

Brita A

:

Brita B

:

Agua

406

:

733

:

751

:

322

:

195

   

Traço Unitario em Massa

   

Cimento

:

Areia

:

Brita A

:

Brita B

:

Agua

1,000

:

1,805

:

1,848

:

0,792

:

0,480

   

Traço Unitario em Massa para 50 kg. Cimento

   

Cimento

:

Areia

:

Brita A

:

Brita B

:

Agua

 

50

:

90

:

92

:

40

:

24

   

Traço Unitario em Volume para 50 kg. Cimento

   

Cimento

:

Areia

:

Brita A

:

Brita B

:

Agua

 

50

:

61

:

65

:

28

:

24

Conversão do Traço para uso de Padiolas

         

Areia umid.

 

Materiais

1,0

Unitario

1 saco

Volume

3,00

%

 

Padiolas em

 

kg.

50

kg.

l.

Inchamento

( cm )

 

15,0

%

 

Cimento

406

1,000

50

 

50

 

50

     

50

Kg.

 
 

Areia

733

1,805

90

 

61

 

73

 

2

x

0,45

x

0,35

x

0,23

0,0727

÷

0,1575

=

0,4618

Brita A

751

1,848

92

 

65

 

65

 

2

x

0,45

x

0,35

x

0,21

0,0646

÷

0,1575

=

0,4103

Brita B

322

0,792

40

 

28

 

28

 

1

x

0,45

x

0,35

x

0,18

0,0283

÷

0,1575

=

0,1796

Agua

195

0,480

24

 

24

 

21

     

20

Litros

 

Aditivo

 

Rapidissimo

2,5

%

1,250

 

1,15

 

1,03

 

CL

   

1250

ml.

Concreto

 

fck

=

25,0

Mpa

Abatimento

70

±

10

mm.

Condição B

:

sd

=

5,5

Mpa

Cons. de Cimento

=

406

kg./m³

Data: 12/03/2013

Registro:

004

Orlando Pinheiro

Obra:

Trecho:

Contratante:

Gerenciadora:

Peça:

Calculista:

Laboratorista Chefe

Engº Responsavel