Você está na página 1de 2

Fsica II, UlHT 2012

1Trabalho Prtico de Laboratrio: Estudo da impulso e Peso aparente

Introduo
A presso num fluido incompressvel e em repouso isotrpica e varia apenas com a profundidade. Quando um slido submerso num fluido, sente uma fora total no nula devido desigualdade das foras de presso exercidas pelo fluido ao longo do slido. A resultante destas foras designada por impulso e a sua intensidade igual ao peso do volume de fluido deslocado pelo slido imerso (Lei de Arquimedes). Assim sendo, para o mesmo volume submerso, quando mais denso for o fluido maior a impulso. Por esta razo, flutuamos melhor no mar onde a densidade da gua mais densa do que numa piscina ou banheira.

Objectivo
Este trabalho teve como objectivo a determinao da densidade de diferentes fluidos, e atravs dessa densidade fomos calcular a Impulso num slido emerso no Azeite, por mtodo directo e indirecto. Em que o mtodo directo corresponde a I= P-T, e o mtodo indirecto temos de ir calcular o e depois substitui-lo da formula I= *g *V.

Material e Reagentes
Proveta de 500ml Picnmetro Caixa de Petri Balana analtica Dinammetro de 0,1N Termmetro gua (H20) Azeite

Resultados
Registo de Resultados- Parte A A.1.-Calibrao do volume do picnmetro Massa do Picnmetro Incerteza na Temperatura vazio (com tampa) em g massa do da gua picnmetro destilada em vazio em g C 12,36 0,01 16C Massa de gua e 26,73 0,02 incerteza em g Densidade da gua 0,99897 destilada em g/cm3 (valor tabelado) Volume do Picnmetro e 26,76 incerteza em cm3 Incerteza na temperatura em C 0,5 Massa do picnmetro com gua em g 39,12 Incerteza da massa do picnmetro e gua em g 0,01

Fsica II, UlHT 2012

A.2.-Determinao da densidade do azeite Fluido Volume (ml) Massa (g) picnmetro picnmetro inc inc Azeite 26,76 0,03 12,370,01

Massa (g) picnmetro e fluido 36,83

Massa de Densidade fluido (g) inc (g/cm3) 24,460,01 0,9140,0017

Registo de Resultados- Parte B Mtodo Directo Cilindros Peso (g cm s-1) inc Cilindro preto gua 1,8N Azeite 1,8N Cilindro amarelo gua 2,2N Azeite 2,2N Cilindro redondo gua 4,0N Azeite 4,0N

Peso Aparente g cm s-1) inc 1,6N 1,6N 2,0N 2,0N 3,6N 3,6N

Impulso inc 0,2N 0,2N 0,2N 0,2N 0,4N 0,4N

Determinao do Volume dos Cilindros, e da impulso pelo mtodo indirecto Ensaios Peso (g) Dimetro da Altura do rea da Base Base (cm) inc cilindro (cm) (cm2) inc inc Cilindro preto 149,97 200,450,05 6,1 0,05 62,830,07 Cilindro amarelo 193,34 220,420,05 6,08 0,05 69,110,01 Cilindro 377,88 6 0,05 17 0,34 0,05 18,850,017 redondo Media 240,40 16 9,73 50,26

Volume (cm3) inc 383,27 420,22 3317,52 1373,67

Impulso inc

Nota: Para o clculo da impulso preciso passar tudo para o sistema internacional ou seja, Kg/m3

Concluso
Com estes resultados podemos concluir que as Impulso de um peso atravs do mtodo directo tm mais erros do que atravs do mtodo indirecto, pois no mtodo indirecto so descontados todos os erros utilizados. Tendo o Mtodo directo os valores de Impulso de: para o cilindro preto de0,2N, para o cilindro amarelo de 0,2N e para o cilindro redondo de 0,4N. Sendo assim atravs do mtodo indirecto os valores da Impulso de: para o cilindro preto de , para o cilindro amarelo de e para o cilindro redondo de.

Trabalho Realizado por: Pedro Castelo n20091312, Srgio Pereira n21105510, Pedro Matias n21104702, Diogo Dinis n21103861

Você também pode gostar