Você está na página 1de 1

3 MistÈrio

O Nascimento de Jesus

Eis a boa Nova: Deus veio ao mundo. Jesus nasceu. Jesus, um corpo que vive e respira e um corpo mÌstico,

È o reflexo da prÛpria vida de Deus. Condescendente e humilde, chama-nos a viver essa vida de Deus, agora e depois na glÛria. E nÛs com a nossa vida e alma renascidas em Jesus, devemos procu- r·-Lo e, ‡ sua semelhanÁa, amar a todos ñ aqueles que O conhecem e aqueles que precisam Dele, do Seu consolo e da Sua Paz.

PeÁamos · Virgem Maria, o seu auxÌlio para os crist„os da Õndia que est„o a ser perseguidos e massacrados. P.N.

da Õndia que est„o a ser perseguidos e massacrados. P.N. 1 MistÈrio A anunciaÁ„o do anjo
da Õndia que est„o a ser perseguidos e massacrados. P.N. 1 MistÈrio A anunciaÁ„o do anjo

1 MistÈrio

A anunciaÁ„o do anjo a Maria e a incarnaÁ„o do filho de Deus

ì Deus salvou-nos ao manifestar-se a bondade de Deus nosso Salva- dor e o seu amor para com os homens ìTito 3,4. E poder· haver maior amor, do que o prÛprio filho de Deus se fazer, em tudo igual a nÛs, excepto no pecado?!

PeÁamos a Nossa Senhora a sua especial intercess„o, para todos os mission·rios, que nos diversos continentes, vivem hoje, uma vida dedicada a amar.

P.N.

4 MistÈrio

2 MistÈrio

A apresentaÁ„o do Menino Jesus no templo

´Irm„os, n„o me julgo como se j· o tivesse alcanÁado. Mas uma coisa

o faÁo: esquecendo-me daquilo que est· para tr·s e lanÁando-me para o que

vem ‡ frenteª

S. Paulo, atravÈs da sua carta aos Filipenses, recorda-nos que deixou o seu passado e se lanÁa ‡ descoberta de Jesus Cristo.

Rezemos pelos que tÍm de enfrentar e ultrapassar, todas as dificulda- des, que a vida lhes apresenta, para que unidos a Cristo, estejam sempre dis- postos a comeÁar de novo. P.N.

5 MistÈrio

A visita de Nossa Senhora ‡ sua prima Santa Isabel

A visita de Nossa Senhora ‡ sua prima Santa Isabel Perda e encontro de Jesus Esta

Perda e encontro de Jesus

Esta p·gina do Evangelho que meditamos, projecta sobre nÛs uma luz que ilumina a nossa histÛria. … certo que nesta passagem Jesus anuncia aquilo que seria o Seu projecto de vida:î ocupar-se das coisas de Seu Paiî, projecto que viver· na sua vida p˙blica, uns anos mais tarde e, sobretudo, no momen- to mais alto que ser· a entrega da sua vida, numa fidelidade total ao plano salvÌfico, realizado numa comunh„o de amor com o Pai. Mas, tambÈm È certo que o texto nos fala dos encontros e desencontros entre pais e filhos.

Jesus confiou uma miss„o a cada de nÛs, que passa, acima de tudo, pelo amor e doaÁ„o ao prÛximo. Tal como Maria foi ao encontro de sua prima Isabel, para lhe dar o seu apoio, amor, e carinho, tambÈm nÛs devemos ir ao encontro do outro, tentar perceber os problemas e ang˙stias daqueles que est„o · nossa volta. Devemos tentar colocar-nos no papel do outro e darÖ sem esperar nada em trocaÖdar o que de melhor existe em nÛsÖ

Rezemos para que as pessoas consagradas sejam para todos sinal e presenÁa de Jesus Cristo e Evangelho vivo no serviÁo e no amor ao prÛximo.

Jesus C