Você está na página 1de 2

Práticas Educacionais Inclusivas na área da Deficiência Intelectual

Avaliação e planejamento de práticas inclusivas
ALUNO: Janice Macêdo da Matta Simões TURMA: 44 Módulo 4 – Capítulo 1: Avaliação e planejamento de práticas inclusivas Atividade Prática – Ensino Colaborativo 1. Você já conhecia o ensino colaborativo? (x ) sim ( ) não 2. Quando necessitou, ao fazer as adaptações para seu aluno com deficiência, assinale com que tipo de colaboração contou: ( x) um aluno mais adiantado ( x ) outro professor de classe comum ( ) nenhuma ( x ) coordenador pedagógico ( x ) professor de educação especial

Minha experiência com Joab
Joab foi meu aluno no ano passado em uma escola de um distrito de minha cidade. Além de apresentar deficiência intelectual ele sofria com o bullying, visto que, por ser diferente e por a comunidade ser extremamente violenta e com grande incidência de uso de drogas viam nele um bode expiatório. Como eu era professora de duas escolas do município ele foi transferido para a outra escola e acabou caindo em uma das turmas na qual eu também era sua professora. A turma em si era cronologicamente balanceada, e Joab destoava neste quesito, além de ser o mais alto era o mais velho. A vantagem é que esta escola já tinha como parte de sua comunidade outros alunos com diversos tipos de deficiência, inclusive D.I. Antes que Joab chegasse na escola a coordenação pedagógica e de educação especial foi de sala em sala comunicando que receberíamos um aluno que estava sofrendo bullying, que ele tinha seu próprio tempo de aprender e precisaria de ser acolhido por todos da melhor maneira possível. Inicialmente, sentíamos alguns conflitos, da parte de Joab por estar sentindo ainda os maus tratos sofridos na escola anterior e por parte dos colegas a falta de costume de lidar com as peculiaridades que este tipo de deficiência apresenta. Fomos mediando passo a passo, começamos a fazer atividades lúdicas selecionando os pares a partir do critério da escolha entre A,B,C,D (onde são

perde o caráter excludente e estigmatizante e proporciona uma troca ampla e geral. Lamentavelmente. a aplicação de uma atividade focada no aluno com D. Mais que isto. seu relacionamento com os colegas foi determinante no aumento de sua autoestima e. o que resulta em benefícios para todos no grupo. participa das atividades de educação física. todas as atividades são aplicadas para todos. Várias atividades foram utilizadas. Como exemplo de algumas atividades utilizadas com ele: Enfatizo que. . além de resgatar alguns conteúdos que muitas vocês foram aprendidos de forma desconexa. hoje. aplicada de forma geral.. nesta primeira experiência ninguém queria ficar com Joab. independente da especificidade de cada um. quanto fortalecer algumas deficiências de ensinagem trazidas pela grande maioria. depois todos deverão formar duplas a partir das letras coincidentes). quando todos perceberam o esforço e comprometimento de Joab este obstáculo deixou de fazer parte de nossos encontros. e seguimos mediando nos encontros seguintes até que hoje. desenvolveu gosto pelos estudos. faz com que todos estejam envolvidos na mesma produção. no momento não disponho de nenhuma amostra para incluir neste documento.Práticas Educacionais Inclusivas na área da Deficiência Intelectual Avaliação e planejamento de práticas inclusivas oferecidos papeizinhos para que eles retirem o seu. Naturalmente. Especialmente porque. o aluno foi matriculado em oficina de música e artes.I. mas em diversos aspectos em sua interação social. mais uma vez mediamos. sentimos todos estes fatores estão surtindo grandes resultados não apenas academicamente.