Você está na página 1de 16

Exercício

:
Avaliação das Constantes para Filtração à Pressão
Constante
Contam-se com os dados da filtração em laboratório de
uma suspensão de CaCO3 em água a 298,2 K (25°C) e a
uma pressão constante (∆
∆p) de 338 kN /m2.
Área do filtro prensa de placa-e-marco
A = 0,0439 m2
Concentração de alimentação
cs = 23,47 kg/m3
Calcule as constantes α e Rm a partir dos dados
experimentais de volume de filtrado (m3) versus tempo de
filtração (s). Estime o tempo necessário para filtrar 1m3
da mesma suspensão em um filtro industrial com 1m2 de
área. Se o tempo limite para essa filtração fosse de 1h,
qual deveria ser a área do filtro?

000 x 10-3 34.6 4.004 x 10-3 89.506 x 10-3 73.937 x 10-4 Pa.s (água a 298.6 2.000 x 10-3 16.498 x 10-3 46.1 3.0439 m2 cs = 23.4 4.3 5.502 x 10-3 107.47 kg/m3 µ = 8.2 K) (∆ ∆p) = 338 kN/m2 µαcs A2 (∆p) 2 µRm t= V + V A (∆p) 2 .002 x 10-3 59.498 x 9.0 3.7 2.501 x 10-3 24.5 1.4 0.3 1.Tempo (s) B= 10-3 4.009 x 10-3 µRm A (∆p) Kp = Volume (m3) µαcs A2 (∆p) A = 0.

89 46.5 1.Solução: Dados são usados para obter t/V V x 103 (t/V) x 10-3 4.501 10.6 4.6 2.002 15.42 t t/V V .4 0.4 4.36 59.498 13.7 2.498 8.86 24.0 3.3 5.38 89.009 21.000 12.004 18.506 16.000 9.1 3.84 9.83 73.502 19.50 16.30 34.3 1.86 107.

937 x 10 −4 )(Rm ) B = 6400 = = A( − ∆p) 0.937 x 10 −4 ) (α ) (23.Solução: Dados são usados para obter t/V ∆Y ≅ 3000000 ∆X Y = 3 x 106 X + B B = 6400 s/m3 Kp/2 = 3.63 x 10 10 m −1 .863 x 1011 m / kg µRm (8.47) K p = 6.00 x 106 s/m6 Kp = 6.0439) 2 (338 x 103 ) 6 µ α cs α =1.00 x 106 s/m6 (8.00 x 10 = 2 = A (−∆p) (0.0439 (338 x 10 3 ) Rm = 10.

937 x 10−4 )(10.Solução: t= µαcs 2 A (∆p) 2 V + 2 µRm A (∆p) V (8.863 x 1011)(23.937 x 10-4 )(1.68 horas .47) 2 (8.63 x 1010 ) t= 1 + 1 2 3 3 2x1 x(338 x 10 ) 1(338 x 10 ) t = 6061.78 segundos = 1.

3m2 V .Solução: t= µαcs 2 A (∆p) 2 V + 2 µRm A (∆p) 5710 286 t= 2 + A A t = 3600 s 3600A2 − 286A − 5710 = 0 A = 1.

na prática. deve-se utilizar uma (∆p) maior que o dobro.8. ou seja.2 e 0. para dobrar a vazão da filtração. deve-se dobrar (∆p). ou seja. s = 0 para torta incompressível . dV ∆p = A dt  αcsV  + Rm  µ  A  Torta compressível (α = f(∆p)): um aumento na vazão acarreta em um aumento maior que o proporcional da queda de pressão (∆p). para dobrar a vazão da filtração.Compressibilidade da torta Torta incompressível (α = constante): um aumento na vazão acarreta em um aumento proporcional da queda de pressão (∆p). Equação empírica comumente utilizada: s é o fator de compressibilidade s α = α 0 (∆p ) varia entre 0.

5 3 3.7 46.8 232. a massa de sólidos por volume de filtrado foi de 23.7 115.7 97.5 52.9 10.5 4 4.8 261.1 70.8 85.886x10-3kg/[m s]).1 378.2 28.9 5 8 x105 t5 1.5 308.6 23.3 13.9 4 4 x105 t3 2.5 307.5 g/L e a temperatura foi de 25 oC (µH2O=0.7 6.1 170.6 36.1 398. Calcule os valores de α e Rm em função da diferença de pressão e elabore uma correlação empírica entre α e ∆P.5 1 1.9 227.9 204.9 17.3 280.2 104.1 .3 149.4 171. A superfície total de filtração foi 440 cm².4 332.4 22.6 142.7 99.8 59.5 91.7 63.5 6 1 5x104 t1 13.5 2 2.8 372.5 5 5.6 3 2x105 t3 4.8 188.9 139.2 2 1x105 t2 8.Exercício: Filtrações a pressão constante foram realizadas para uma suspensão de CaCO3 em H2O sendo obtidos os resultados apresentados na tabela.2 36.3 115.3 244.1 159.4 188.3 38.2 60. Experimento: ∆P V(L) 0.

B=Rmµ/(A∆p) α= α0 ∆ps  log(α)=log(α0) + s log(∆p) .006 t1/V 27391 46728 66065 85402 104739 124076 t2/V 16333 28236 40140 52043 63946 75849 87753 99656 t3/V 9844 17172 24499 31826 39153 46481 53808 61135 68463 75790 t4/V 5870 10380 14891 19401 23912 28422 32933 37443 41953 46464 50974 55485 t5/V 3481 6258 9034 11811 14587 17364 20140 22917 25693 28470 31247 34023 Regressão linear: t/V=aV+B  a= Kp/2=cαµ/(2A2∆p).0055 0.005 0.0035 0.003 0.002 0.0005 0.001 0.004 0.Solução: V 0.0045 0.0015 0.0025 0.

2 6.4655x107 2517.4x1010 m/kg s=0.43x1011 2.45x1011 2.30103 11.2x1010 5.3 α = 1.8x1010 5.26x1011 2.82675 8 x105 5.7x1010 5.8 8.3 log(∆p) .91706 Rm(1/m) log(α0)=10.6x1011 2.00000 11.71x1011 2.0 4.60206 11.0x1010 4. B=Rmµ/(A∆p) α= α0 ∆ps  log(α)=log(α0) + s log(∆p) α(m/kg) log(α) ∆P a (s/m^6) B(s/m^3) 5 x104 3.146  α0 = 1.5530x106 704.64613 2 x105 1.73644 4 x105 9.5x1010 5.8674x107 8054.0210x106 1359.5 3.90309 11.Solução: Regressão linear: t/V=aV+B  a=cαµ/(2A2∆p).69897 11.4 ⋅ 1010 ∆P 0.3806x107 4430.0 5.55582 1 x105 2.

6 m3 e) α=α0∆Ps=1.16 1011x0.5=13.Exercício: Um filtro prensa com a área de abertura do quadro igual a 1 m2 e espessura do quadro de 1 cm utiliza 20 quadros para filtrar a suspensão de CaCO3 utilizada no ensaio anterior.3=6. mtorta=ρtorta Vtorta= 1600 x 0.6 1010 0. Admitindo que a pressão compressiva utilizada seja de 300 kPa.6 1010 m-1 a= cαµ/(2A2∆P) = 23.5x6.62 + 1.886 10-3/(2 x 402 x 3 105)=13. a) Calcule a área total de filtração. que a massa específica da torta (seca) formada seja de ρtorta=1600 kg/m3 e a do CaCO3 seja ρsólido=2800 kg/m3.4 1010 x (3 105)0.36 x 13. b) Calcule o volume total dos quadros.43 d) Vtorta=Vquadros=0.2 m3 c) ε=Vporos/Vtorta= (Vtorta-Vsólidos)/Vtorta=1-Vsólidos/Vtorta ε= 1-(m/ρsólido)/(m /ρtorta) = 1-ρtorta /ρsólido = 1-1600/2800 = 0.2 = 320 kg V=mtorta/c= 320/23.6 = 2497 s = 41.92 x 13.886 10-3/(40x3 105)=1.2m3. d) Calcule o volume total de filtrado a ser coletado até que os quadros fiquem cheios.6 min .92 s/m3 t =aV2+bV=13. Solução: a) A = 2 (lados) x 1 (área de 1 lado) x 20 (quadros) = 40 m2 b) Vquadros= 1 (área de 1 lado) x 10-2 (espessura) x 20 (quadros) = 0.16 1011 m/kg Por interpolação: Rm= 2.36 s/m6 b=Rmµ/(A∆P)= 2. e) Calcule o tempo de filtração total até que os quadros fiquem cheios (considere que tenha sido utilizado a mesma lona filtrante do experimento apresentado no exercício anterior). c) Calcule a porosidade ε da torta.

o filtrado e a torta se movem com mesma velocidade. • Resistência do meio filtrante é desprezível. quando comparada a resistência da torta. t= µαcs 2 A (−∆p) 2 V 2 Para caso particular de um filtro rotatório a vácuo. . • Alimentação. No filtro rotatório. f é a fração submersa da superfície do tambor na suspensão. logo. Rm pode ser considerado zero. o tempo t é menor que o tempo total do ciclo tc: t = f tc Onde f é a fração do ciclo usada para formação da torta.Filtração Contínua • Aplicados a filtros de tambor rotativo a vácuo.

5 x 0. será usado para a filtração da suspensão do exercício 1. estando 33% submerso.Exercício: Um filtro de tambor rotativo.93 1011 23.93 1011 m/kg A=[µαcV2/(2t∆P)]0.5 A=3.4 1010 x (67 103)0.12^2/(2 x 82.5 s α=α0∆Ps=1.12 m3 de filtrado por ciclo de filtração.5 x 67 103)]0. Calcule a área do filtro necessária para se obter 0.3=3.Será usada uma queda de pressão de 67 kPa. -O tempo de ciclo de filtração é de 250 s.886 10-3 x 3.33x250 = 82. sabendo que: .A resistência do meio filtrante pode ser desprezada. Solução: Equação da filtração contínua a pressão constante: t=µαcV2/(2A2∆p) t=f tc=0. .5=[0.26 m2 .

Filtração a velocidade (ou vazão) constante • Alimentação do filtro é feita por uma bomba de deslocamento positivo. dV ∆p = dV V = = constante A dt  αcsV  velocidade = u = µ + Rm  A dt A t  A  Sendo: µRm V A t Obtém-se: = perda de pressão no meio filtrante = ∆Pm ∆P − ∆Pm = αµu 2 ct Considerando a seguinte equação empírica para torta compressível: α = α 0 (∆P − ∆Pm )s Obtém-se: (∆P − ∆Pm )1− s = α 0 µu 2ct ( Linearizando: log t = (1 − s ) log(∆P − ∆P ) − log α µu 2 c m 0 ) .

4 93.Exercício: A seguinte tabela apresenta os dados experimentais obtidos em uma filtração a vazão constante de uma suspensão de MgCO3 em água. A velocidade de filtração foi de 0.3 kg/m³.5 44. Calcule os parâmetros de filtração Rm.7 60 70.00092 kg/(ms) e a concentração da suspensão era 17. s e α0.3 137.8 121.3 34.3 81. a viscosidade do filtrado foi de 0.1 51.1 104.0005 m/s. ∆P(KPa) 30.9 t(s) 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110 .

6757 = 0. 7 10 = ⋅ µu 0.3584 10 −1 9 m Rm = = = 5.9 ⋅10 m α 0 = 5 .Determinação de ∆Pm: Extrapolando a curva de ∆P versus t. obtem-se uma estimativa aproximada de 27 kPa: Determinação de α0 e s: 160 140 ∆ P (kPa) 120 100 80 60 40 20 0 0 20 40 60 80 100 120 t (s) Cálculo de Rm: ( log t = (1 − s ) log(∆P − ∆Pm ) − log α 0 µu 2 c ∆Pm 27000 101.3 kg s = 1 − 0.0005 2 ⋅17.00092 ⋅ 0.00092 ⋅ 0.3243 ) .0005 0.