Você está na página 1de 10

Fisiologia Endócrina

Obesidade

Cintia Cercato Grupo de Obesidade e Síndrome Metabólica do HC-FMUSP

após casamento. Há 1 ano. . em check-up de rotina apresentou isquemia miocárdica em teste ergométrico e foi submetido a cateterismo. Refere que iniciou ganho progressivo de peso após redução de atividade física. Refere padrão alimentar hiperfágico prandial. onde foi constatada obstrução de 70 % de DA. 48 anos Ganho de peso há 18 anos. quando parou de fazer esportes. Realizou angioplastia com implante de stent coronariano. • Nega tabagismo. • • Há 8 anos desenvolveu HAS e há 6 anos evoluiu com DM tipo 2.Caso Clinico 1 HISTÓRIA MÉDICA • • • Paciente sexo masculino. Notou que ganhou peso principalmente na região abdominal.

Caso Clinico 1 EXAME FÍSICO: Peso: 101 Kg Altura: 1.9 Kg/m2 Circunf Abdominal: 116 cm Quadril : 114 cm Relação cintura/quadril: 1.70 m IMC: 34.0 PA: 140 x90 mmHg EXAMES LABORATORIAIS: Glicemia: 150 mg/dL (VR:70-99) Insulina 40 µU/mL Leptina: 80 ng/mL (VR 2.6 ng/mL para IMC nl) Adiponectina: 14 µg/mL Colesterol total: 215 mg/dL (VR: <200) HDL: 38 mg/dL (VR: > 45) LDL: 110 mg/dL (VR < 130) Triglicérides: 235 mg/dL (VR< 150) .0-5.

58 anos Ganho de peso desde a infância. Apresenta compulsão alimentar principalmente por doces.Caso Clinico 2 HISTÓRIA MÉDICA • • • Paciente sexo feminino. DM ou dislipidemia Refere osteoartrose de joelhos . • • Nega HAS. Refere que o ganho de peso se deu principalmente na região do quadril. no fim da tarde. Houve piora do ganho de peso após as gestações. Refere que sempre esteve acima do peso normal.

55 m IMC: 42 Kg/m2 Circunf Abdominal: 106 cm Quadril : 136 cm Relação cintura/quadril: 0.Caso Clinico 2 EXAME FÍSICO: Peso: 101 Kg Altura: 1.78 PA: 110 x 70 mmHg EXAMES LABORATORIAIS: Glicemia: 76 mg/dL (VR:70-99) Insulina 12 µU/mL Leptina: 95 ng/mL Adiponectina: 28 µg/mL Colesterol total: 193 mg/dL (VR: <200) HDL: 52 mg/dL (VR: > 45) LDL: 115 mg/dL (VR < 130) Triglicérides: 130 mg/dL (VR< 150) .

Caso 1 x Caso 2 DISCUSSÃO: • • • • Tipos de Obesidade Formas de avaliação da distribuição de gordura corporal Diferenças do adipócito subcutâneo x adipócito visceral Mecanismos implicados na gênese da hipertensão e do diabetes no obeso visceral .

Excesso x Falta de Tecido Adiposo Lipodistrofias .

sendo diagnosticado diabetes.5 anos evoluiu com poliuria. polifagia. • Notado ausência de gordura em região de face e abdômen e membros e. polidipsia. Apresentava difícil controle necessitando altas doses de insulina. 24 anos Há 2. quando perguntada. . com auto-anticorpos negativos.Caso Clinico 3 HISTÓRIA MÉDICA • • Paciente do sexo masculino. família refere que alterações iniciaram-se antes do diagnóstico de DM.

0 ng/mL Colesterol total: 376 mg/dL (VR: <200) HDL: 27 mg/dL (VR: > 45) Triglicérides: 1621 mg/dL (VR< 150) .Caso Clinico 3 EXAME FÍSICO: P= 63 Kg IMC: 21 kg/m2 Ausência de gordura subcutânea Musculatura ressaltada Hepato-esplenomegalia EXAMES LABORATORIAIS: Glicemia: 372 mg/dL (VR:70-99) TGO: 82 U/L TGP: 86 U/L Leptina: <2.

Caso 3 DISCUSSÃO: • • Conseqüências da falta de tecido adiposo Depósito ectópico de gordura .