Você está na página 1de 1

ESTADO DE MINAS - DOMINGO, 14 DE MARÇO DE 2004 PÁGINA 27

GERAIS

❚ AVANÇO DO CRIME ❚ DRAMA

Promotora cobra
BOMBEIRO TAMBÉM É BALEADO E MORRE
EM CASA DE SHOWS, DURANTE UMA BRIGA

ação do Judiciário Adolescente ferido


Diante de um cenário de violância,
onde a população demonstra estar
cada vez mais atemorizada e a polí-
cia despreparada, a promotora cario-
de segurança aparece sempre entre
os três maiores problemas nacionais,
ao lado do desemprego e da precarie-
dade dos serviços de saúde. Contudo,
ter sua segurança.
Promotores do Rio Grande do Sul
impetraram uma ação civil pública
contra do Estado impedindo a remo-
por bala perdida
ca Flávia Ferrer parece ter encontra- o Judiciário, na opinião da promoto- ção de policiais da comarca de Uru- O estudante F.N.C.S., de 13 ram presos com a arma usada
do uma solução para envolver outros ra, não tem dado a devida atenção guaiana, a sexta mais violenta do anos, está em estado grave, no crime.
segmentos da sociedade no combate para a questão se comparado às deci- Sul. Em primeira instância, os pro- depois de ser atingido por uma O Corpo de Bombeiros con-
à violência. Ela acaba de defender sões nas áreas de educação e saúde. motores venceram com a conquista bala perdida, durante brinca- tou que o soldado estava à pai-
uma tese de mestrado na Universida- “Os juízes e o Ministério Público de uma liminar que proibia a trans- deira de criminosos com ar- sana e não estava trabalhando
de Estácio de Sá, lembrando que a se- não estão abertos para resolver os ferência. Mas desembargadores do mas na vila Cabana do Pai To- como segurança da festa, hipó-
gurança é direito fundamental do ci- problemas de segurança. Preferem Tribunal de Justiça gaúcho caçaram maz, Vista Alegre, Oeste da ca- tese investigada pela polícia.
dadão e indicando o Judiciário como não interferir no que chamam de es- o documento e, apesar de a ação pital. Ele deu entrada ontem à Segundo testemunhas, ele es-
o responsável por intervir quando colha de políticas públicas, deixando ainda não ter sido julgada, os poli- tarde no Hospital de Pronto- taria com uma mulher que, ao
necessário. Isso significa que, quan- nas mãos de prefeitos e governadores ciais não permaneceram em Uru- socorro João XXIII com um ti- perceber a saída dos assaltan-
do falta policial ou quando uma área a escolha das prioridades para se in- guaiana. Agora, Flávia Ferrer está ro na cabeça. Em Belo Hori- tes, teria anotado a placa do
está mal iluminada, os juízes preci- vestir”, observa a promotora, ponde- disposta a incentivar seus colegas de zonte e sua região metropolita- veículo. Em represália, um de-
sam obrigar prefeitos e governadores rando que a administração é se sub- profissão a avaliar as necessidades na foram registrados, até o co- les voltou à casa noturna e ati-
resolver o problema, assim como fa- meter às decisões judicais. Nas pes- de suas comarcas e intervir para ga- meço da noite, dez assassina- rou contra Paulo César, que
zem para garantir vagas em escolas e quisas para finalizar seu mestrado, rantir o direito de uma vida tranqüi- tos, desde a sexta-feira, entre morreu na hora.
medicamentos em hospitais. Flávia Ferrer diz ter encontrado ape- la. “Não dá para ser uma ação gené- os quais o do soldado do Cor- Por volta de 14h, Paulo
Flávia Ferrer destaca que, nas nas uma ação na qual o MP acionou a rica, já que cada lugar tem um pro- po de Bombeiros Paulo César Henrique Ciriaco, de 18, e um
pesquisas de opinião pública, a falta Justiça para o Estado não comprome- blema”, observa. (FO) Santana Teixeira, de 29. menor foram presos no Morro
O militar também foi balea- das Pedras, com a pistola usa-
do na cabeça e morreu duran- da para matar o bombeiro. Se-
te uma festa na Boite Street, gundo os policiais, os dois sus-
casa de shows na avenida peitos disseram que Rafael, o
Amazonas, no Barro Preto, “Pitinho”, ainda foragido, é o
Centro-Sul de Belo Horizonte. autor dos disparos contra Pau-
De acordo com a Polícia Mili- lo César. A dupla foi reconhe-
tar (PM), cerca de 4h, discus- cida por testemunhas, que dis-
são iniciou uma briga no local, seram ter visto os jovens na
com várias pessoas. Durante o boate e no interior do carro
tumulto, Paulo César, lotado no roubado acompanhados de Pi-
1º Batalhão dos Bombeiros, foi tinho. No entanto, o menor
atingido com um tiro de pisto- alegou que não estava no local
la. A PM informou que os sus- e que só recebeu a arma para
peitos fugiram num Fiat Palio guardá-la. Paulo Henrique e o
cinza, placa GZH 1154, da ca- menor foram levados para a
pital, roubado horas antes, na- Divisão de Orientação e Prote-
quela região. No início da tar- ção à Criança e ao Adolescen-
de de ontem, dois suspeitos fo- te (Dopcad).

CAPOTAMENTO

MÚSICA É UM RECURSO USADO PELA PM PARA TIRAR CRIANÇAS DA ROTA DA VIOLÊNCIA NO MORRO DAS PEDRAS

Pausa na batalha para


ajudar a quem precisa
No meio do fogo cruzado da batalha ra inibir a ação de outros criminosos
contra o crime, um batalhão da Polícia nas ruas do Sion e do Belvedere”, ex-
Militar, em Belo Horizonte, se transfor- plica o comandante.
mou em referência quando assunto é Mas o que o tenente-coronel Josué
estratégia para reduzir as estatísticas mais gosta de destacar são as ações co-
da violência. Ao contrário do resto da munitárias. que seus homens assumi- BETO MAGALHÃES
FOTOS BETO MAGALHÃES cidade, os 802 militares sob o coman- ram com a ajuda de voluntários e pa- Seis pessoas de uma mesma família ficaram feridas no ca-
“PARA NÃO FICAR EM CASA À TOA, VIM do do tenente-coronel Josué Soares, do trocinadores. Apesar de não ser função potamento do Uno placa GTZ 3521, dirigido por Elaine
22º BPM, estão conseguindo manter de polícia, os militares do 22º distri- Cristina Gomes, de 27 anos. O acidente aconteceu ontem à
APRENDER A TOCAR VIOLÃO. FIQUEI sob controle uma área complicada, que buem comida doada por restaurantes, tarde, no quilômetro 586 da BR 040, em Itabirito, região
COM MEDO QUANDO VI QUE A mistura cinco aglomerados – Cafezal, ensinam música e supervisionam um metropolitana. Além da motorista, o marido dela Marcos
Taquaril, Vera Cruz, Barragem Santa instrutor de tae kwon-do aos morado- Gomes, de 26, a filha do casal Yasmin, de cinco meses,
POLÍCIA IRIA ENSINAR A GENTE. EU Lúcia e Morro das Pedras –, e bairros res do Morro das Pedras, aglomerado além da irmã de Elaine, Lenice Ribeiro, de 34, e as filhas
SEMPRE ACHEI QUE ELES MATAVAM AS nobres como Belvedere, Santa Lúcia e a que ainda desponta entre os mais vio- dela Milene, de 8, e Claudia de 15, foram socorridos e leva-
Serra. Além do policiamento ostensivo, lentos de Belo Horizonte. “Mas que re- dos para o Hospital de Pronto-socorro João XXIII (HPS). Pe-
PESSOAS, FALARAM QUE MATARAM promovem ações sociais. gistrou o último homicídio em 28 de la manhã, a queda do Palio placa GUH 3374 numa riban-
MEU AMIGO E QUE VIVIAM BATENDO “O clima não é de paz total. Temos dezembro”, comemora o comandante, ceira, no Km 51 da BR 381, saída para Vitória, próximo ao
NO PESSOAL AQUI. MAS AGORA JÁ NÃO enfrentamentos quase que diários, mas certo de que está no caminho certo. trevo de Ravena, em Sabará, deixou quatro pessoas feri-
estamos, aos poucos, nos aproximando Essas ações sociais são criticadas das, entre elas uma menina de 6 anos, que está em estado
ACHO QUE A POLÍCIA SEJA TÃO MÁ. da comunidade”, afirma Josué. Ele não pelo secretário executivo do Crisp, Ro-
AQUI, ELES BRINCAM COM A GENTE” esconde os segredos do trabalho, que já bson Sávio. “A Polícia Militar tem mui-
está sendo adotado por outras unida- to mais a fazer que distribuir comida
■ Erick Jesus, de 10 anos, morador do
des da Polícia Militar. Ele montou, por ou ensinar música. Esse tipo de ativi- ❚ CASO FADEL
causa do programa Fica Vivo, no Mor- dade poderia ser assumida por outra
Morro das Pedras

Juiz investigado
ro das Pedras, região Oeste, o Grupo de entidade”, avalia. Mas o tenente-coro-
Policiamento de Áreas de Risco (Gepar), nel Josué acredita que se a PM não fi-
onde policiais ficam o dia todo rodando zer nada, ninguém vai fazer, pelo me-
as favelas, conversando com morado- nos por hora. (FO)
res e comerciantes.
As operações nos aglomerados tam-
bém ganharam um caráter inovador.
Ao invés de ocupar um morro e dar ba-
tidas em todos os que estão nas ruas e
becos, os policiais agem em dois tem-
pos. “Fazemos uma operação durante
pede afastamento
duas horas cumprindo mandados de O juiz-corregedor José An- parcialidade e isenção, todos
busca e apreensão em um aglomerado tônio Braga assume amanhã os incidentes processuais
e nos bairros próximos, saímos para a direção do foro de Belo Ho- apresentados sobre o caso do
outra favela, e depois voltamos para o rizonte, em substituição a monitoramento telefônico de
local de origem. Assim, pegamos muita Wanderley Salgado de Paiva, Fadel, no período em que ele
gente de surpresa”, explica, certo de que pediu afastamento do esteve preso no Departamento
“É BEM MELHOR VER A POLÍCIA COM que é preciso usar a criatividade para “A DISCIPLINA É O MAIOR PROBLEMA cargo por 30 dias por ques- Estadual de Operações Espe-
combater a violência. tões de saúde. Nos últimos ciais (Deoesp). A nota, porém,
PANELA DE COMIDA DO QUE COM DESSES MENINOS. NÃO RESPEITAM dias, Wanderley Paiva, que destaca que a divulgação das
COMIDA E MÚSICA
ARMA NA MÃO. QUANDO ELES NÃO NINGUÉM E BRIGAM ENTRE SI COM também é juiz-corregedor, te- transcrições das fitas gravadas
Ele faz questão de dizer que o geo- ve seu nome envolvido com o “não comprovam a realidade
TRAZEM COMIDA, A GENTE SENTE A processamento – ferramenta que iden- UMA FACILIDADE ABSURDA. A do delegado Marco Túlio Fa- dos fatos, que precisam ser
MAIOR FALTA. ESTOU DESEMPREGADA tifica, via computador, os lugares e os PRIMEIRA COISA QUE FIZ QUANDO del Andrade, acusado de tor- melhor apurados”.
horários de maior incidência criminal – tura e coação de testemu- Além de diálogos entre Fa-
E, DE SEGUNDA A SEXTA, VENHO COM tem sido importante para combater COMECEI A DAR AULAS PARA ESSES 33 nhas, conforme escuta telefô- del e Wanderley, nas gravações
MINHA VASILHA PARA GARANTIR A ocorrências de assalto a veículos e rou- nica autorizada pela Justiça. telefônicas, são mencionados
bos a padaria. “Conseguimos reduzir
ADOLESCENTES FOI ABOLIR OS
Na noite da quinta-feira, o nomes de outros integrantes
JANTA E O ALMOÇO DA FAMÍLIA. OS em 70% o número de veículos tomados PALAVRÕES. ACHO QUE O TAE KWON- juiz foi alvo de um segundo do Judiciário, de políticos e po-
POLICIAIS DISTRIBUEM TAMBÉM PÃO, de assalto porque prendemos uma qua- atentado, desta vez, a bala. O liciais civis. Na nota, o TJ e a
drilha que roubava o carro, o guardava
DO PODE TRANSFORMÁ-LOS EM delegado Fadel está foragido. Associação dos Magistrados
ROUPA E BRINQUEDO” num caminhão-baú para abandoná-lo PESSOAS MELHORES” Em nota da assessoria do Mineiros (Amagis) “repudiam
longe do local do crime. Foi preciso es- Tribunal de Justiça, foi infor- as insinuações feitas contra
■ Ingrid Santos, de 43, moradora do palhar policiais à paisana para identifi- ■ Edvaldo Queiroz, de 29, faixa preta e mado que o Judiciário de Mi- seus membros, antes do escla-
Morro das Pedras car os bandidos e policiais fardados pa- instrutor de tae kwon-do nas Gerais vai julgar, com im- recimento final do caso”.