Você está na página 1de 7
Prof. VÍTOR CRUZ Apostila de apoio Direito Constitucional - Site Nota 11 – Capítulo 11:

Prof. VÍTOR CRUZ

Apostila de apoio Direito Constitucional - Site Nota 11 –

Capítulo 11: Princípios Fundamentais

O que são as apostilas de apoio de Direito Constitucional do Site Nota 11?

Trata-se de um material teórico, superobjetivo, que aborda de forma direta e didática os principais pontos sobre cada assunto do Direito Constitucional, como forma de servir de apoio ao estudo no “ambiente interativo do site Nota 11”, local onde o aluno poderá fixar de vez tais temas, além aprofundar o estudo através de milhares de fichas contendo perguntas e respostas classificadas por dificuldade e forma de abordagem (literalidade, doutrina e jurisprudência).

Este é um material gratuito, disponibilizado pelo site www.NOTA11.com.br, uma iniciativa de democratização do ensino de qualidade. Se você quer ter acesso a maiores conteúdos e colaborar para a democratização do ensino de qualidade, acesse o site NOTA11

1

Prof. VÍTOR CRUZ Princípios Fundamentais:

Prof. VÍTOR CRUZ

Princípios Fundamentais:

Estudo da literalidade = ESSENCIAL:

Art. 1º A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos:

I - a soberania;

II - a cidadania;

III - a dignidade da pessoa humana;

IV - os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa;

V - o pluralismo político.

Parágrafo único. Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição.

Art. 2º São Poderes da União, independentes e harmônicos entre si, o Legislativo, o Executivo e o Judiciário.

Art. 3º Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil:

I - construir uma sociedade livre, justa e solidária;

II - garantir o desenvolvimento nacional;

III - erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais;

IV - promover o bem de todos, sem preconceitos de origem,

raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação.

Art. 4º A República Federativa do Brasil rege-se nas suas relações internacionais pelos seguintes princípios:

I - independência nacional;

II - prevalência dos direitos humanos;

Este é um material gratuito, disponibilizado pelo site www.NOTA11.com.br, uma iniciativa de democratização do ensino de qualidade. Se você quer ter acesso a maiores conteúdos e colaborar para a democratização do ensino de qualidade, acesse o site NOTA11

2

Prof. VÍTOR CRUZ III - autodeterminação dos povos; IV - não-intervenção; V - igualdade entre

Prof. VÍTOR CRUZ

III - autodeterminação dos povos;

IV - não-intervenção;

V - igualdade entre os Estados;

VI - defesa da paz;

VII - solução pacífica dos conflitos;

VIII - repúdio ao terrorismo e ao racismo;

IX - cooperação entre

humanidade;

X - concessão de asilo político.

os povos para

o progresso da

Parágrafo único. A República Federativa do Brasil buscará a integração econômica, política, social e cultural dos povos

da América Latina, visando à formação de uma comunidade

latino-americana de nações.

Doutrinas:

No Brasil temos:

Forma de Estado:

Federação

Forma de Governo:

República

Regime de Governo ou Político:

Democracia

(mista

ou

semi-

direta)

Sistema de Governo:

Presidencialismo

 

a) Forma de Governo - É maneira como se dá a instituição do poder na sociedade e como se dá a relação entre governantes e governados. Quem deve exercer o poder e como este se exerce 1 .

b) Forma de Estado - O modo de exercício do poder político em função do território 2 . Características da nossa federação:

1. Indissolubilidade: Pelo fato de os entes não possuírem o direito de secessão.

1 José Afonso da. Curso de Direito Constitucional Positivo. São Paulo: Malheiros, 2010. pg. 102. 2 José Afonso da. Curso de Direito Constitucional Positivo. São Paulo: Malheiros, 2010. pg. 98. Este é um material gratuito, disponibilizado pelo site www.NOTA11.com.br, uma iniciativa de democratização do ensino de qualidade. Se você quer ter acesso a maiores conteúdos e colaborar para a democratização do ensino de qualidade, acesse o site NOTA11

3

Prof. VÍTOR CRUZ 2. Cláusula Pétrea Expressa: A Constituição expressamente protegeu a forma federativa de

Prof. VÍTOR CRUZ

2. Cláusula Pétrea Expressa: A Constituição expressamente protegeu a forma federativa de estado como uma cláusula pétrea (CF, art. 60§4º), impedindo assim que uma emenda constitucional possa vir a dissolver a federação ou ofender o pacto federativo (autonomia dos entes federados);

3. Federação por segregação, ou movimento centrífugo:

diferentemente do EUA, onde haviam vários Estados que se "agregaram" (movimento centrípeto) para formar o país, no Brasil tinha-se apenas um Estado que se desmembrou em outros.

4. Federalismo de 3º grau: até a promulgação da Constituição Brasileira de 1988, os Municípios não possuíam autonomia, tínhamos, então, um federalismo de 2º grau, formado apenas pelas esferas federal e estadual. Após a promulgação da Constituição vigente, o país passou a ter um federalismo de grau, reconhecendo os Municípios como autônomos e, assim, adotando uma espécie bem peculiar de federação.

5. Federalismo cooperativo: existe uma repartição de competências de forma que cada ente federativo irá contribuir para a finalidade do Estado, havendo a previsão de competências que são comuns a todos, além de colaborações técnicas e financeiras para a prestação de alguns serviços públicos, e repartição das receitas tributárias.

6. Federalismo assimétrico: não existe uma homogeneidade entre os entes federativos, há uma clara disparidade entre os diversos estados da federação, criando diversas peculiaridades regionais.

c) Regime Político - Sem conceito pacífico na doutrina. Dizemos que a forma pela qual se dá a "regência" das decisões políticas do Estado. A democracia foi eleita como o regime político brasileiro (vide preâmbulo e art. 1º), assim, quem é responsável por reger a política brasileira é o povo, o detentor do poder, que direciona as ações do governo diretamente, através do uso do plebiscito, referendo e da iniciativa popular, ou indiretamente, através dos representantes eleitos pelo próprio povo. Desta forma, o Brasil possui como regime a democracia mista ou semi-direta.

d) Sistema de Governo - modo através do qual se relacionam os órgãos dos Poderes do Estado (especialmente Executivo e

Este é um material gratuito, disponibilizado pelo site www.NOTA11.com.br, uma iniciativa de democratização do ensino de qualidade. Se você quer ter acesso a maiores conteúdos e colaborar para a democratização do ensino de qualidade,

Prof. VÍTOR CRUZ Legislativo).Existem basicamente dois sistemas de governo: o presidencialismo e o parlamentarismo .

Prof. VÍTOR CRUZ Legislativo).Existem basicamente dois sistemas de governo: o presidencialismo e o parlamentarismo.

Chefe de Estado - É o membro do Poder Executivo que exerce o papel de representante do Estado, principalmente no âmbito externo, mas também como representante moral perante o povo, no âmbito interno.

Chefe de Governo - É o membro do Poder Executivo responsável por chefiar o governo, ou seja, a direção das políticas públicas em âmbito interno.

No presidencialismo, temos a unicidade da chefia. O Presidente tem em suas mãos tanto a chefia de Estado quanto a chefia de governo. No parlamentarismo, temos uma dualidade de chefia. Existe uma pessoa como o chefe de Estado e outra como chefe de governo.

Tripartição funcional do poder

Ao mesmo tempo em que os Poderes são independentes, são também harmônicos entre si, o que forma o chamado “sistema de freios e contrapesos” (check and balances), onde um Poder vai sempre atuar de forma a impedir o exercício arbitrário na atuação do outro. Exemplos de "freios e contrapesos" são vários na Constituição: o poder de veto exercido pelo Presidente aos projetos de lei, a necessidade de aprovação do Senado para que o Presidente possa nomear certas autoridades (elencadas pela Constituição) , o controle que o Judiciário exerce sobre atos públicos que violem os dispositivos da Constituição ou das leis, o controle das contas públicas exercido pelo Congresso Nacional, entre outros. Decorrente do sistema de freios e contrapesos, tem-se também a formação, em cada Poder, das funções típicas e atípicas. As típicas seriam aquelas precípuas de cada um: legislar (e também promover a fiscalização orçamentária), administrar ou julgar. As atípicas seriam as funções que seriam precípuas de outro Poder.

Poder

Função típica

Função Atípica

Executivo

Administrar

Julgar e Legislar

Legislativo

Legislar e fiscalizar através do controle externo

Julgar e

Administrar

Judiciário

Julgar

Legislar e

Administrar

Este é um material gratuito, disponibilizado pelo site www.NOTA11.com.br, uma iniciativa de democratização do ensino de qualidade. Se você quer ter acesso a maiores conteúdos e colaborar para a democratização do ensino de qualidade, acesse o site NOTA11

5

Prof. VÍTOR CRUZ Hora de fixar:

Prof. VÍTOR CRUZ

Hora de fixar:

Agora chegou o momento de você fixar esse conhecimento de vez, para o resta vida! Isso é bem simples. Acesse o ambiente interativo do site www.nota11.com.br e crie um plano de estudos com o "Capítulo 11".

No ambiente interativo do Nota 11, além de fixar a matéria, você poderá ainda aprofundar e ver detalhes do tema.

Ao final do estudo do plano, você verá que estará em plenas condições de responder a qualquer questão!

Questões de concurso:

1. (FEPESE/Advogado-COREN) A República Federativa do

Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos:

a) A independência nacional.

b) A soberania, cidadania, dignidade da pessoa humana, valores

sociais do trabalho e da livre iniciativa, o pluralismo político.

c)A construção de uma sociedade livre, justa e solidária e a garantia do desenvolvimento nacional.

a marginalização e reduzir as

desigualdades sociais e regionais.

d) A erradicação

da

pobreza e

e) A prevalência dos direitos humanos e a autodeterminação dos

povos.

2. (CESPE/PGE-AL) Para a moderna doutrina constitucional,

cada um dos poderes constituídos exerce uma função típica e exclusiva, afastando o exercício por um poder de função típica de outro.

3. (FCC/TRT 24º) Nos termos da Constituição Federal de 1988,

constitui um dos objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil construir uma sociedade igualitária.

4. (FCC/Técnico

afirmativas abaixo.

I. Construção de uma sociedade livre, justa e solidária.

II. Garantia do desenvolvimento nacional.

as

Judiciário

TRE-SE/2007)

Analise

III. Garantia dos valores sociais do trabalho e da livre iniciativa.

Este é um material gratuito, disponibilizado pelo site www.NOTA11.com.br, uma iniciativa de democratização do ensino de qualidade. Se você quer ter acesso a maiores conteúdos e colaborar para a democratização do ensino de qualidade, acesse o site NOTA11

6

Prof. VÍTOR CRUZ IV. Erradicação a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais

Prof. VÍTOR CRUZ IV. Erradicação a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais.

V. Promoção do bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação.

De acordo com a Constituição Federal do Brasil de 1988 são considerados objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil os indicados APENAS em:

a)

I, II, III e IV.

b)

I, II, IV e V.

c)

I, III, IV e V.

d)

II, III, IV e V.

e)

I, III, IV e V.

5.

(ESAF/AFC-CGU) A República Federativa do Brasil possui

fundamentos e as relações internacionais do País devem ser regidas por princípios. Assinale a única opção que contempla um fundamento da República e um princípio que deve reger as relações internacionais

do Brasil.

a) Soberania e dignidade da pessoa humana.

b) Prevalência dos direitos humanos e independência nacional.

c) Cidadania e valores sociais do trabalho e da livre iniciativa.

d) Pluralismo político e repúdio ao terrorismo e ao racismo.

e) Defesa da paz e solução pacífica dos conflitos.

Gabarito:

1. Letra B.

2. Errado

3. Errado.

4. Letra B.

5. Letra D.

Este é um material gratuito, disponibilizado pelo site www.NOTA11.com.br, uma iniciativa de democratização do ensino de qualidade. Se você quer ter acesso a maiores conteúdos e colaborar para a democratização do ensino de qualidade, acesse o site NOTA11

7