Você está na página 1de 5

Por que?

Vivemos em uma época de instabilidade econômica, onde as pessoas


acabam por gastar mais do que ganham.

Geralmente as pessoas não têm uma visão geral da utilização de sua


renda, principalmente quando esta renda é irregular.

Renda regular: aquela que é fixa, com data certa de recebimento.

Renda Irregular: aquela que não é fixa, fonte de recebimento por


ORÇAMENTO FAMILIAR necessidade de um reforço no orçamento

Segundo Santos (2001), o orçamento familiar apresenta diversas


O que é? vantagens:

Controle financeiro que a família faz de suas receitas e despesas. “1 –permite que a família conheça e avalie suas reais possibilidades de
renda e defina planos para administrar a vida presente e atinja suas metas
Receita: soma de todos recursos financeiros recebidos pela família em um futuras.
determinado período;
2 – dá à família, uma visão geral da utilização de sua renda.
Despesa: soma de tudo que a família gasta num determinado período.
3 – diminui a compra ou gasto por impulso, ao se programar as
atitudes com antecedência.

4 – retira dos membros da família a sensação de incompetência na


administração da renda, reduz as tensões, pois sabem até onde podem
gastar, ou o que fazer para chegar até o final do mês.

5 – ajuda no alcance dos desejos reais da família, através da melhor


distribuição da renda.”

1
Para que? Como fazer?

“Cuidado com as pequenas despesas. Um pequeno vazamento


afunda um grande navio.”
Para adequar os custos mensais de manutenção familiar com a renda,
Benjamin Franklin
encontrando um ponto de equilíbrio entre o que se ganha e o que se gasta.

Para melhorar as condições de vida, na medida em que se repensa o Ficando atentos as despesas mensais;
consumo e se muda o hábito de vida.

Realizando o controle mensal do


Orçamento Familiar.

A despesa do dia a dia é aquela que se faz todos os dias. É quando a


família precisa se organizar para cortar os excessos.

A despesa do dia a dia tem que ser observada e controlada


sempre, para saber se há dinheiro para gastos, que provavelmente,
não foram previstos.

Para saber quanto sobra para o dia a dia, se pega o total da receita do
mês e subtrai-se o total das despesas fixas, mais a poupança. O
resultado é o que sobra para o dia a dia.

A receita do mês inclui todos os valores recebidos pelos membros


da família. Não tenha receio de deixar bem claro quanto você está
levando para casa e quanto o seu cônjuge e filhos estão levando.

“Jamais gaste o dinheiro antes de tê-lo.” As despesas fixas não podem ser cortadas, faça chuva ou faça sol,
Thomas Jefferson terão que ser efetuadas.

2
9 Fique atento às contas de luz e telefone: elas podem ser
economizadas.
DICAS DE CONTROLE FINANCEIRO

“Antes de comprar qualquer coisa,


pergunte se você não pode passar sem ela”.
John Ludbock

No Cotidiano

9 Não faça compras no dia do pagamento, pois você pode achar que
tem mais dinheiro do que realmente tem.

9 Também não faça compras aos sábados: nos finais de semana você 9 Com a alta das taxas de juros, comprar à prazo é o pior negócio
está sempre predisposto a fazer extravagâncias. que você pode fazer. Também não é vantagem aplicar o dinheiro
que você tem em vez de fazer compra à vista, pois os juros dos
9 Não jogue fora a nota fiscal. Ela ajuda a anotar nas tabelas as financiamentos são muito mais altos que qualquer aplicação
despesas feitas e é indispensável para trocar produtos estragados. financeira.

9 O ideal é comprar à vista ou em 3 ou 4 vezes sem juros. Uma boa


dica é usar cartões de crédito nas compras de grande valor e pagar
à vista na fatura do cartão, antes de acabar o prazo de carência e
começar a cobrança de juros (corra dos juros).

9 É bom checar sempre o seu salário, para verificar se foi efetuado


corretamente. As Empresas também podem errar. Confira sempre o
extrato bancário, onde é processado seu pagamento.

9 Tome cuidado com os atrasos de pagamentos. Os inadimplentes


pagam quase o dobro dos juros normais a partir do primeiro dia de
atraso.

9 Não compre nenhum plano ou seguro de saúde sem ler atentamente


9 Use o telefone. Pesquisar preço não é necessariamente bater perna todas as condições do contrato.
e enfrentar o trânsito. Com dois ou três telefonemas você descobre
onde tem um liquidificador mais barato para comprar.
3
No Supermercado 9 Procure comprar frutas, legumes e verduras da estação. Ficam mais
baratos quando as safras entram no mercado.
9 Não vá ao supermercado com fome.

9 Não leve os filhos às compras. Eles enchem o carrinho de


bobagens e você pode ficar com medo do escândalo que eles vão
fazer na hora em que você tentar tirar as bobagens do carrinho.

9 O casal precisa descobrir quem é mais disciplinado na hora de


fazer compras: se o homem ou a mulher. Só o mais disciplinado
Nos Imóveis
deve ir ao supermercado. O outro fica no carro ou em casa com as
crianças. Sai mais barato.
9 Pense antes de decidir por uma mudança de imóvel, uma vez
que os aluguéis de contratos mais antigos, geralmente são
menores. Só mude de residência se houver necessidade e for
conveniente.

9 Faça uma lista dos itens que você vai comprar. Compre o que
estiver na lista e evite as compras por impulso.

9 Cuidado com as ofertas. Nem sempre são mais baratas. E todo


supermercado compensa as ofertas com uma puxada no preço de 9 Já se foi o tempo, em que comprar imóvel financiado pelo
outros produtos. Fuja dos produtos com preço puxado. sistema Financeiro de Habitação, era o melhor negócio do
mundo. Hoje, mesmo que seja a única saída para quem não
9 Experimente substituir marcas. Um bom exemplo são os produtos pretende passar o resto da vida pagando aluguel, é importante
de limpeza. Você passa anos usando uma mesma marca. Um belo que se observe os índices que irão reajustar seu contrato, uma
dia descobre que existe outra mais barata e tão boa quanto a vez que os salários na maioria das vezes não têm acompanhado
primeira. os reajustes previstos por estes índices, inviabilizando o
pagamento.

4
9 Uma alternativa à compra de imóvel pelo Sistema Financeiro 9 É importante quando da desistência de cursar uma escola,
da Habitação (SFH) seria ir comprando imóveis de baixo valor, solicitar o cancelamento ou trancamento da matrícula, para a
trocá-los por outro de maior valor, até que se tenha um suspensão da cobrança de mensalidades. Entretanto, este
patrimônio suficiente para comprar o imóvel definitivo. procedimento só é possível se o aluno estiver em dia com as
mensalidades.
No Apartamento
No Banco
9 Procure participar das assembléias de condomínio do seu 9 A poupança ainda é a melhor opção para o pequeno investidor.
prédio, afinal de contas é ali que são tomadas as decisões que Lembre-se sempre, quanto maior o risco que você correr, maior
vão mexer no seu bolso. a chance de ficar milionário – ou de quebrar. Antes de saber
quanto você quer ganhar trate de descobrir quanto você pode
perder.

9 É bom checar sempre qualquer movimentação bancária, para


verificar se foi efetuada corretamente. Os Bancos e também
empresas podem errar. Confira o seu extrato bancário,
sempre.

9 Tome cuidado com as tarifas bancárias e com o cheque


especial. Os juros que os bancos cobram pelo cheque especial
são muito altos, sempre. Não adianta pensar que é melhor
9 Fique atento: - as despesas ordinárias dos condomínios entrar no cheque especial para não resgatar uma aplicação
(material de limpeza, salário dos porteiros, manutenção de financeira.
elevador, gastos com parte hidráulica e elétrica) são de
responsabilidade do inquilino; entretanto, as despesas 9 Se o empréstimo é inevitável, evite o endividamento em vários
extraordinárias (obras no prédio, pintura, lavagem dos bancos, o que acaba tornando o empréstimo mais caro.
ladrilhos e tudo que seja benfeitoria) bem como o IPTU, são de
responsabilidade do proprietário. 9 Agiota, nem pensar.

9 Procure pagar o empréstimo logo no primeiro vencimento.


Evite a renovação, pois o custo do empréstimo aumenta e você
Na Escola
entra numa bola de neve cada vez mais difícil de sair.
9 Procure negociar as mensalidades escolares. É a velha regra:
quem não chora, paga mais. Com as dicas, aproveite a TABELA seguinte
para se organizar de fato.
5