Você está na página 1de 4

REDE ILUMINAR CAMPINAS

Área de Implantação: Campinas Instituição: Secretaria Municipal de Saúde Endereço: Av. Anchieta, 200 Campinas - SP CEP: 13015-904 Tel: (19)3735-0781 (19)3735-0287 Contato: Verônica Gomes Alencar E-mail: vgalencar@hotmail.com

Humanizando o atendimento às vítimas de violência
A VIOLÊNCIA SEXUAL E DOMÉSTICA COMO UM PROBLEMA DE SAÚDE PÚBLICA

Campinas, o segundo maior município do estado de São Paulo, tem como um dos seus principais problemas a violência em suas diversas manifestações. Para enfrentar o problema da violência sexual e da violência doméstica a prefeitura de Campinas criou a rede Iluminar. A rede trabalha com o conceito de que a violência é um problema de saúde pública e não somente um problema policial. Por isso, o foco esta no acolhimento da pessoa fragilizada pela situação de violência e no atendimento de qualidade à todas as vítimas de violência sexual e doméstica da cidade. A formação da rede teve início a partir de um seminário, em 2001, que envolveu diversos órgãos governamentais, municipais

31

realizar boletim de ocorrência e exame de corpo delito para que o processo judicial seja instaurado e se possa realmente punir os responsáveis. da ordem de cem mil reais. tanto municipais quanto estaduais. evitando assim o processo de revitimização. para o atendimento humanizado das vítimas de violência sexual e de violência doméstica. repassados pela Secretaria Especial de Políticas Públicas para as Mulheres do Governo Federal. Ao mesmo tempo. Elaborou-se então uma carta de intenções. Por isso. A articulação da rede começou com a organização do fluxo de atendimento das vitimas de violência. instituições e pessoas. instituições de saúde. acolhendo as vítimas e cuidando delas no momento em que estão mais vulneráveis. 32 . educação. norteando a criação da Rede Iluminar. Humanizando o atendimento às vítimas de violência Os recursos iniciais. Após a implantação. das áreas de saúde. na elaboração de materiais de divulgação. já que a torna auto-suficiente em termos de recursos. Suas ações são orientadas pelo conceito ampliado de saúde. as vítimas são orientadas para a importância de denunciar. foram capacitados 800 profissionais da rede publica e de instituições parceiras. de educação e de segurança pública. Funcionamento da Rede A rede Iluminar Campinas busca conectar vários serviços. que instituiu oficialmente os caminhos a serem seguidos pelas vítimas de violência dentro da rede. físicos e sociais são indissociáveis na busca da qualidade de vida e da saúde integral do ser humano. A rede também trabalha para criar mecanismos que facilitem o rompimento do ciclo de violência.e estaduais. onde os aspectos psicológicos. A rede articula conselhos comunitários. na reforma do Instituto Médico Legal e na compra de equipamentos. dirigida ao prefeito. segurança pública e também organizações da sociedade civil envolvidas na luta contra a violência. as atividades da rede são executadas com recursos do orçamento dos respectivos responsáveis. o que garante sua sustentabilidade. foram usados na capacitação dos profissionais da rede. de diferentes especificidades.

o “Rotas Recriadas”. dirigido às crianças e adolescentes vítimas de exploração sexual e o “Iluminar Campinas”. definido pelo Ministério da Saúde. contaminação por HIV/AIDS. e outras doenças sexualmente transmissíveis como a hepatite. As ações mais importantes da rede são a humanização do atendimento. a atenção integral às vítimas e a criação do sistema de Notificação SISNOV. as ações dos profissionais da rede são voltadas para o rompimento do ciclo de violência e se caracterizam pela disponibilidade para ouvir. Neste sistema estão integrados três programas voltados ao combate da violência na cidade: “O quebrando o silêncio”. A humanização do atendimento busca possibilitar as vitimas um atendimento imediato. a educação e a saúde. envolvendo vários segmentos como a segurança pública. Assim. acolher e cuidar. onde o acolhimento e a atenção individualizada para cada caso são fundamentais e espera-se que faça com que a vítima se sinta amparada durante todo o processo. que busca romper com a falta de sistematização dos dados e dar visibilidade aos números da violência doméstica e sexual. foi instituído o sistema informatizado de notificação de casos de violência – SISNOV. Humanizando o atendimento às vítimas de violência 33 . Em relação a notificação compulsória. e tem possibilitado a diminuição significativa dos casos de gravidez indesejada. dirigido ao atendimento de vitimas de violência sexual ou doméstica de qualquer idade. A expectativa é que a partir de agosto de 2005 todos os casos atendidos pela rede sejam notificados. Este sistema já está funcionando e os casos estão sendo notificados. dirigido às crianças e adolescentes vitimas de violência doméstica.Violência: fenômeno multifacetado A inovação do projeto reside na concepção de violência como um fenômeno multifacetado que não pode ser reduzido a um único campo de saber ou serviço específico. A atenção Integral às vítimas inclui o cumprimento do protocolo de atendimento médico.

Essa iniciativa.Humanizando o atendimento às vítimas de violência Em 2004 foram atendidas 339 pessoas. O trabalho em rede possibilita a ampliação dos serviços prestados e o envolvimento de um grande número de profissionais na luta para prevenir e tratar os agravos causados pela violência. Das 22 mulheres atendidas após este período. garantindo a prevenção. Não foi registrado nenhum caso de contaminação por DST/AIDS. adolescentes e mulheres vítimas de violência sexual. Em relação a homens acima de 16 anos. seja no atendimento integral das crianças. 12 solicitaram o abortamento previsto em lei para os casos de estupro. não necessita de grandes investimentos financeiros por se tratar da articulação de serviços existentes para execução da mesma política pública. Sendo que. foram atendidos dez casos. Os outros sete casos foram oriundos de violência doméstica ou de prisões da cidade. Em três casos foi possível realizar os procedimentos antes de 72 horas. sendo 98 casos de violência sexual doméstica. que mais importante do que criar novos serviços é articular os serviços existentes e capacitá-los para lidar com a violência sexual e doméstica. dos quais somente 29 foram atendidos antes de 72 horas. A rede Iluminar demonstrou. seja através das denúncias de casos de violência sexual urbana. Quanto às crianças e adolescentes foram registrados 123 casos de violência sexual. por meio dos resultados alcançados e dos relatos dos profissionais envolvidos com o cuidado das vítimas. eram 196 casos de estupro em mulheres e adolescentes do sexo feminino. O Iluminar Campinas é um exemplo de como o poder público pode ter um papel fundamental no planejamento e implantação de políticas públicas intersetoriais para enfrentar questões complexas como a violência sexual e doméstica. A rede tem atingido os objetivos a que se propôs e tem sido um potente instrumento para quebrar o ciclo da violência. 34 . garantindo a eficácia dos procedimentos de prevenção. 174 foram atendidos antes das 72 horas.