Você está na página 1de 6

RP 22 280/01.96

Válvulas Direcionais de 4/3-, 4/2- e 3/2 Acionamento Mecânico ou Manual Série 5X    
Válvulas Direcionais de 4/3-, 4/2- e 3/2 Acionamento Mecânico ou Manual Série 5X    

Válvulas Direcionais de 4/3-, 4/2- e 3/2 Acionamento Mecânico ou Manual Série 5X

   

RP 22 280/01.96

TN 6

até 315 bar

até 60 L/min

 

Substitui: 08.92

Características:

   

– Válvula direcional de êmbolo diretamente operada

– Configuração dos furos conforme DIN 24 340 Forma A, ISO 4401 e CETOP-RP121H. Placas de ligação, vide catálogo RP 45 052 (devem ser pedidas em separado)

– Elementos de acionamento:

Acionamento mecânico e manual

Acionamento mecânico e manual

• rolete

 

• alavanca manual

 

Descrição de funcionamento, corte

 

2

 

1

3

4

As válvulas direcionais do tipo WM, são válvulas direcionais de êmbolo, de acionamento mecânico ou manual. Elas comandam partida, parada e sentido de uma vazão.

Válvulas direcionais são basicamente compostas da carcaç a (1), de um elemento de acionamento (2) (rolete, alavanca manual), do êmbolo de comando (3) e de uma ou duas molas de retorno (4).

Na condição desacionada, o êmbolo de comando (3) é mantido

de comando (3) e de uma ou duas molas de retorno (4). Na condição desacionada, o
   

A

T

B

na posição central ou na posição inicial através das molas de retorno (4).

Tipo 4 WMR 6 E 5X/

 

(P)

 

Através do elemento de acionamento, o êmbolo de comando (3) é deslocado para a posição de comutação desejada.

Detente mecânico As válvulas direcionais com alavanca manual são disponíveis como válvulas de 2 ou 3 posições com detente mecânico. As válvulas direcionais com rolete são executadas sem detente mecânico. Na utilização dos elementos de acionamento com detente mecânico, pode-se, dependendo do tipo da válvula, fixar cada posição de comutação.

Giclê Será necessária a utilização do giclê quando, dadas exigências operacionais durante os processos de comutação, houver a possibilidade de vazões acima do limite de capacidade da válvula. O giclê é encaixado no canal P da válvula direcional.

2 3 1 4
2
3
1
4
 

A

T

B

 

Tipo 4 WMM 6 D 5X/F

 

(P)

Giclê

Giclê  
 

Tipo 4 WM_ 6 _ 5X/ _B_

 
A T B   Tipo 4 WMM 6 D 5X/F   (P) Giclê   Tipo 4

RP 22 280/01.96

Dados de Encomenda 6 5X * 3 conexões úteis = 3 4 conexões úteis =
Dados de Encomenda
6
5X
*
3 conexões
úteis
= 3
4 conexões
úteis
= 4
Rolete
= WMR
}
Rolete
para isto,
vide pág. 6.
demais indicações em
texto complementar
= WMU
sem designação =
vedações de NBR,
Alavanca manual
= WMM
apropriadas para óleo mineral
(HL, HLP ) conforme DIN 51 524
Tamanho nominal 6
= 6
V =
Símbolos p.ex. C, E, EA, EB etc.
vide abaixo e simbologia na página 3
vedações de FPM (Viton),
apropriadas para éster-fosfato (HFD-R)
Série 50 a 59
(50 a 59: medidas de montagem e conexão inalteradas)
= 5X
sem designação =
B08 =
B10 =
B12 =
sem giclê
giclê Ø 0,8 mm
giclê Ø 1,0 mm
giclê Ø 1,2 mm
sem designação =
retorno por mola
(disponível para WMR, WMU, WMM)
F =
com detente mecânico
(disponível para WMM)
Tipos de Acionamento
Dados de encomenda
Tipos de válvulas
Êmbolo
Detente
WMR, WMU
WMM
(rolete)
(alavanca manual)
A
B
/F
a
b
b
a
P
T
A, C, D
A
B
A
B
a
b
a
b
a
b
a
b
P
T
P
T
A
B
A
B
a
b
a
b
a
b
a
b
P
T
B, Y
P
T
A
B
/F
a
b
b
a
P
T
A
B
Posição de
/F
a
0
a
comutação
"a" 1 )
P
T
A
B
a
0
=
.A
a
P
T
E1–,
A
B
E, F,
/F
0
b
b
G, H,
Posição de
comutação
"b" 1 )
P
T
A
B
J, L,
0
b
=
.B
M, P,
P
T
Q, R,
A
B
b
/F
a
0
b
a
T, U,
P
T
V, W
A
B
a
0
b
b
a
P
T
A
B
a
0
b
a
b
P
T
1 ) vide simbologia na página 3

RP 22 280/01.96

Símbologia

A B A B a b a b P T P T A B A
A
B
A
B
a
b
a
b
P
T
P
T
A
B
A
B
a b
a b
P
T
P
T

= A

= C

= D

=

=

B

Y

1 ) A B A B a 0 a 0 = .A 1 P T
1
)
A
B
A
B
a
0
a
0
= .A
1
P
T
P
T
)
A
B
A
B
= .B
0
b
0
b
P
T
P
T
2
)
A
B
A
B
a
0
b
a
0
b
P
T
P
T
P T P T 2 ) A B A B a 0 b a 0 b

= E 1 )

= E1– 2 )

= F

= G

=

=

H

J

= L

= M

• êmbolo E com posição de comutação "a"

dado para encomenda . EA.

• êmbolo E com posição de comutação "b"

dado para encomenda . EB. 3 ) somente disponível no tipo WMR/WMU e WMM Símbolo
dado para encomenda . EB.
3 ) somente
disponível no tipo WMR/WMU e WMM
Símbolo E1– = P
pré-abertura A/B
Nota: Cuidado com a multiplicação de
pressão ao utilizar cilindros diferenciais
= P
= Q
= R
= T
= U
= V
= W

Características (Na utilização fora das características, consultar a Mannesmann Rexroth)

Gerais

Posição de montagem

 

qualquer

 

Peso

kg

aproximadamente 1,4

 

Hidráulicas

 

Pressão máx. de trabalho

   

– conexão A, B, P

bar

315

– conexão T:

   
 

na WMM

bar

160

no símbolo A ou B, a conexão T deverá ser utilizada como dreno,

na WMR, WMU

bar

60

quando a pressão de trabalho for acima da pressão admissível de tanque.

Vazão máx.

L/min

60

Secção (posição de comutação 0)

 

no símbolo Q, 6% da secção nominal no símbolo W, 3% da secção nominal

 

Fluido hidráulico

 

Óleo mineral (HL, HLP) conforme DIN 51 524; Ester-Fosfato (HFD-R)

Faixa de temperatura do fluido hidráulico

C

– 30 a + 80 (com vedações NBR) – 20 a + 80 (com vedações FPM)

 

Faixa de viscosidade

mm 2 /s

2,8 a 500

 

Grau de contaminação

 

Máximo grau de contaminação permitido para o fluido de pressão conforme NAS 1638,

 

classe 9 .Para ist o recomendamo sum filtro com uma taxa

mínima d e retençãoßde 10 75.

Força/torque de acionamento

Tipo

   

WMR/WMU

WMM

Pressão de trabalho

         

conexão A, B, P

bar

100

200

315

Força de acionamento no rolete

       
 

– sem pressão de tanque

N

100

112

121

– com pressão de tanque (p T = máx. 60 bar)

N

184

196

205

^ 1,4 N por bar de pressão de tanque

=

Torque máx. de acionamento

Ncm

 

Força de acionamento

   
 

– sem pressão de tanque, com e sem detente

N

20

– 150 bar de pressão de tanque N

30

Fórmula para o cálculo da força de acionamento no rolete (F R ) com pressão de tanque

F R = F s/ pressão T + p T x 1,4

N

bar

no rolete ( F R ) com pressão de tanque F R = F s/ pressão

RP 22 280/01.96

Curvas Características p-Q (Medidas com = 41 mm 2 /s; t = 50 C)

Vazão em L/min Diferencial de pressão em bar
Vazão em L/min
Diferencial de pressão em bar

Símbolo

 

Sentido de fluxo

P-A

P-B

A-T

B-T

A

3

 

3––

 

B

3

3––

C

1

131

D

5

533

E

3

311

F

1

311

G

6

699

H

2

422

J

1

121

L

3

349

M

2

433

P

3

111

Q

1

121

R

5

54–

T

10

10

9

9

U

3

394

V

1

211

W

1

122

Y

5

533

7 Símbolo “R” na posição de comutação A – B

8 Símbolo “G” e “T” na posição central P - T

Limites de Capacidade (medidos com = 41 mm 2 /s ; t = 50 C)

Pressão de trabalho em bar

Pressão de trabalho em bar

Pressão de trabalho em bar

Os limites de capacidade indicados são válidos quando da utilização de dois sentidos de vazão (p.ex. de P para A e simultaneamente de B para T). Devido às forças de vazão atuantes no interior da válvula, o

Tipo WMR/WMU

Vazão em L/min Vazão em L/min
Vazão em L/min
Vazão em L/min

limite admissível de capacidade poderá ser consideravelmente menor quando se utilizar somente um sentido de fluxo (p.ex. de P para A e conexão B fechada) (Nestes casos de aplicação, consultar a Mannesmann Rexroth.)

Vazão em L/min
Vazão em L/min

Curva

 

característica

Símbolo

1

A, B

2

C, D, Y, E, E1–, H, M, Q, U, W

6

R

4

G

5

J, L

8

V

3

F, P

7

T

B 2 C, D, Y, E, E1–, H, M, Q, U, W 6 R 4 G

RP 22 280/01.96

Limites de Capacidade (medidos com = 41 mm 2 /s; t = 50 C)

Pressão de trabalho em barPressão

Pressão de trabalho em bar

de trabalho em bar

Tipo WMM - Retorno por mola

Vazão em L/min
Vazão em L/min

Tipo WMM - Com detente mecânico

Vazão em L/min
Vazão em L/min

Curva

 

Característica

Símbolo

3

A, B

5

F

6

V

8

R

Curva

 

Característica

Símbolo

1

E, E1–, M, J, L, Q, U, W, C, D, Y, G, H, R

2

A, B

3

V

4

F, P

5

T

Vazão em L/min
Vazão em L/min

Curva

 

Característica

Símbolo

1

E1–, M, H, C, D, Y

2

E, J, Q, L, U, W

4

G, T

7

P

9

T

Característica Símbolo 1 E1–, M, H, C, D, Y 2 E, J, Q, L, U, W
Símbolo 1 E1–, M, H, C, D, Y 2 E, J, Q, L, U, W 4

RP 22 280/01.96

Dimensionamento (medidas em mm) Tipo WMM 50 50 Ø 25 6 5 20∞ 20∞ b
Dimensionamento
(medidas em mm)
Tipo WMM
50
50
Ø 25
6
5
20∞
20∞
b
A, C, D
a
1
B, Y
a
Válvula de 2 pos.
b
0
A
Ø
9,4
a
B
0
b
Ø
5,3
Válvula de 3 pos.
a
0
b
4
34,7
64
22,5
138
2
3
T
Qualidade superficial necessária
A
B
para a contra-peça
P
0,01/100mm
R
4
max
40,5
12,5
Tipo WMR
Tipo WMU
14
1
63,3
2,8
2,8
63,3
11
46
Válvula de 2 pos.
Válvula de 3 pos.
b
a
b
0
a
12
13
ø 16
2,8
2,8
max. 30∞
R
1 Placa de identificação
3
R-Ring 9,81 x 1,5 x 1,78 na
conexão A, B, P e T
Tipo WM
U
2 Configuração da furação conforme
DIN 24 340 Forma A, ISO 4401 e
11 Posição de comutação a
CETOP-RP121H
Tipo WMM
12 Posição de comutação 0 e a
(a para válvulas de 2 pos.)
As placas de ligação: G 341/01 (G 1/4),
G 342/01 (G 3/8), conforme catálogo
RP 45 052, e os parafusos de fixação
da válvula M5 x 50 - DIN 912-10.9;
M A = 8,9 Nm devem ser pedidos
separadamente.
4 Posição de comutação a
13 Posição de comutação b
5 Posição de comutação b
6 Posição de comutação 0, a e b
(a e b para válvulas de 2 pos.)
14 Sobre-curso não pode ser utilizado
como curso de trabalho
Mannesmann Rexroth Automação Ltda.
Rua Georg Rexroth, 609
09951-270 • Diadema • SP
Tel.: (011) 745-9000
Fax: (011) 745-3277
Os dados indicados servem somente como descrição do produto
e não são válidos como dados assegurados para fins jurídicos.
Proibida a reprodução - Sujeito a alterações
147
6
40
52,5
30,8
18
23
31
42
32,5
47
44
51