Você está na página 1de 20
TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL – TJDF CONCURSO PÚBLICO - EDITAL N.º 1/97 -
TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL – TJDF CONCURSO PÚBLICO - EDITAL N.º 1/97 -
TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL – TJDF CONCURSO PÚBLICO - EDITAL N.º 1/97 -

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL – TJDF

CONCURSO PÚBLICO - EDITAL N.º 1/97 - TJDF Categoria Profissional:

OFICIAL DE JUSTIÇA AVALIADOR

Nas questões de 1 a 60, marque, em cada uma, a única opção correta, de acordo com o comando. A marcação da letra F, na Folha de Respostas, não contará para efeito de correção; servirá somente para caracterizar que o candidato desconhece a resposta correta.

LÍNGUA PORTUGUESA

Leia o Texto I, abaixo, para responder às questões de 1 a 3.

1

(

)

Para além das razões de método, pode-se aduzir à tolerância uma razão moral: o respeito à pessoa

alheia. Também nesse caso, a tolerância não se baseia na renúncia à própria verdade, ou na indiferença

a

qualquer forma de verdade. Creio firmemente em minha verdade, mas penso que devo obedecer a um princípio

4

moral absoluto: o respeito à pessoa alheia. ) As boas razões da tolerância não nos devem fazer esquecer que também a intolerância pode ter suas boas

(

7

razões. Todos nós já nos vimos, cotidianamente, explodir em exclamações do tipo “é intolerável que ”

”,

“como

podemos tolerar que

etc.

Nesse ponto, cabe esclarecer que o próprio termo “tolerância” tem dois significados, um positivo e outro

10

negativo, e que, portanto, também tem dois significados, respectivamente negativo e positivo, o termo oposto. Em sentido positivo, a tolerância se opõe à intolerância em sentido negativo; e, vice-versa, ao sentido negativo de tolerância se contrapõe o sentido positivo de intolerância. Intolerância, em sentido positivo, é sinônimo de

13

severidade, rigor, firmeza, qualidades que se incluem todas no âmbito das virtudes; tolerância em sentido negativo, ao contrário, é sinônimo de indulgência culposa, de condescendência com o mal, com o erro, por falta de princípios, por cegueira diante dos valores. É evidente que, quando fazemos o elogio da tolerância,

16

reconhecendo nela um dos princípios fundamentais da vida livre e pacífica, pretendemos falar da tolerância em sentido positivo. ( )

(

)

Tolerância em sentido negativo se opõe a firmeza nos princípios, ou seja, à justa ou devida exclusão

19

de tudo o que pode causar dano aos indivíduos ou à sociedade. Se as sociedades despóticas de todos os tempos

e

de nosso tempo sofrem de falta de tolerância em sentido positivo, as nossas sociedades democráticas e

permissivas sofrem de excesso de tolerância em sentido negativo, de tolerância no sentido de deixar as coisas

22

como estão, de não interferir, de não se escandalizar, nem se indignar com mais nada.

Norberto Bobbio. A Era dos Direitos (com adaptações).

QUESTÃOQUESTÃO 11

De acordo com o texto, julgue os itens seguintes.

I Tomados em sentido negativo, tolerância e seu antônimo são sinônimos para os quais não se apresentam “boas razões”.

II Se reconhecida como um dos princípios da vida livre e pacífica, a tolerância pode incluir severidade, rigor, firmeza, que combinam mais, no entanto, com a intolerância das sociedades despóticas.

III Tolerância em sentido positivo é conflitante com a coerência, pois implica indiferença a qualquer forma de verdade.

IV Em sentido positivo, intolerância opõe-se, por exemplo, a “cegueira diante dos valores” (R.15).

V - Exclamações que evidenciam indignação diante de situações danosas à sociedade e aos indivíduos enquadram-se no conceito de tolerância em sentido positivo.

-

-

-

-

A quantidade de itens certos é igual a

UnB / CESPE – TJDF

Concurso Público - Edital n.º 1/97 - TJDF

Categoria Profissional: Oficial de Justiça Avaliador

1 / 19

www.pciconcursos.com.br

±A

1.

±B

2.

±C

3.

±D

4.

±E

5.

QUESTÃOQUESTÃO 22

Assinale a opção correta de acordo com os aspectos morfossintáticos do texto.

±A

A estrutura “pode-se aduzir à tolerância uma razão moral” (R.1) é exemplo de voz passiva com sujeito na terceira

±B

pessoa do singular. Na expressão “a qualquer forma de verdade” (R.3), a ausência de acento indicativo de crase evidencia o

±C

emprego de expressão em sentido genérico como em “se opõe a firmeza nos princípios” (R.18). Em “não nos devem fazer esquecer” (R.6), a próclise é facultativa, sendo igualmente correta a ênclise a qualquer

±D

das formas infinitivas. Em “à justa ou devida exclusão” (R.18), o conectivo “ou” indica alternância entre os elementos coordenados,

±E

sendo, nesse caso, possível a presença de à junto ao segundo elemento coordenado. Em “de não se escandalizar, nem se indignar com mais nada” (R.22), os dois verbos têm indicação de ação reflexiva, em função do pronome “se”.

QUESTÃOQUESTÃO 33

Assinale a opção correta em relação aos aspectos sintáticos e semânticos do texto.

±A

Em “mas penso que devo obedecer a um princípio moral” (R.3-4), o elemento coesivo “mas” indica ratificação.

±B

Em “Creio firmemente em minha verdade” (R.3), há indicação explícita de subjetividade no texto, o que não

±C

ocorre em “Todos nós já nos vimos” (R.7), em que há objetividade. O termo “qualidades” (R.13) tem função apositiva e acrescenta um significado de restrição em relação aos

±D

referentes. Em “por falta de princípios, por cegueira” (R.14-15), há indicação de causa em relação à estrutura anterior.

±E

O último período do texto é construído com base na comparação entre três unidades significativas antagônicas mas não-excludentes entre si.

Leia o Texto II, a seguir, para responder às questões de 4 a 6.

1

O fato de que se tenha reconhecido uma crescente competência internacional em matéria de direitos humanos não significa que os organismos internacionais tenham primazia sobre o Estado neste terreno. A obrigação primária de promover e assegurar o respeito aos direitos humanos continua a pertencer aos Estados,

4

que, neste como em muitos outros campos, dependem grandemente da capacidade dos órgãos, da sociedade e dos indivíduos de apoiar e exigir, na legislação e na prática da vida nacional, a observância dos direitos civis e políticos, econômicos, sociais e culturais e das liberdades fundamentais.

7

Só a arraigada e persistente defesa dos direitos individuais e coletivos, a rejeição categórica da discriminação e da arbitrariedade, por parte da sociedade nacional e do Governo, poderá, de forma duradoura, assegurar o respeito e a promoção da dignidade humana consagrada nos instrumentos internacionais em vigor.

10

Os momentos de crise que a sociedade brasileira atravessa requerem, ao lado da permanente busca da justiça e da eqüidade, grande dose de tolerância, de equilíbrio e de capacidade de transigência entre os diversos grupos

UnB / CESPE – TJDF

Concurso Público - Edital n.º 1/97 - TJDF

Categoria Profissional: Oficial de Justiça Avaliador

2 / 19

www.pciconcursos.com.br

1 da sociedade, a fim de preservar a dose necessária de harmonia social em meio aos inevitáveis ajustes que a nossa economia e sociedade requerem.

Gilberto Vergne Sabóia. In: Temas de Política Externa Brasileira (com adaptações).

QUESTÃOQUESTÃO 44

Com base no texto, julgue os itens seguintes.

I A defesa dos direitos do homem não é da competência dos organismos internacionais.

II Atualmente, os direitos humanos valem somente no âmbito do Estado que os reconhece.

III A declaração dos direitos humanos não é condição suficiente para que tais direitos sejam respeitados.

IV A defesa dos direitos do homem e das liberdades individuais implica medidas restritivas a certos grupos da

-

-

-

-

sociedade.

V No Brasil, a matéria relativa aos direitos humanos está à mercê da boa vontade da sociedade.

-

A quantidade de itens certos é igual a

±A

1.

±B

2.

±C

3.

±D

4.

±E

5.

QUESTÃOQUESTÃO 55

Quanto aos aspectos gramaticais do texto, assinale a opção correta.

±A Reescrito sem conjunções integrantes, o primeiro período ficaria correto do seguinte modo: O fato de se

não significa terem os organismos internacionais a

reconhecer uma crescente competência

primazia

±B

Os termos “uma crescente competência internacional” (R.1) e “primazia” (R.2) são complementos verbais de

orações em ordem direta.

±C

“promover e assegurar” (R.3), assim como “apoiar e exigir” (R.5), são formas verbais que remetem a sujeitos

genéricos, sem referentes específicos na construção sintática.

±D

A forma verbal “requerem” (R.10) indica concordância verbal obrigatória com o núcleo de seu sujeito.

±E

No trecho “em meio aos inevitáveis ajustes que a nossa economia e sociedade” (R.12-13), seria correto empregar

as nossas economia e a sociedade, como alternativa de concordância nominal.

QUESTÃOQUESTÃO 66

Assinale a opção correta quanto aos aspectos semânticos do texto.

UnB / CESPE – TJDF

Concurso Público - Edital n.º 1/97 - TJDF

Categoria Profissional: Oficial de Justiça Avaliador

3 / 19

www.pciconcursos.com.br

±A

Em “A obrigação primária” (R.3), o adjetivo remete a insipiente, atribuindo ao substantivo uma valoração

negativa.

±B

Na expressão “exigir (

)

a observância” (R.5), o emprego do substantivo “observância” empresta ao verbo o

valor conotativo de praticar admoestação.

±C

Em “arraigada e persistente defesa” (R.7), os adjetivos significam insubmissão e determinação,

respectivamente.

±D

O adjetivo da expressão “rejeição categórica” (R.7) opõe-se à idéia contida em hipótese, conjectura.

±E

A expressão “ao lado da” (R.10) é correlata a além de, podendo ser substituída por ela, sem alteração semântica.

A seguir, são apresentados fragmentos esparsos, adaptados de reportagens publicadas recentemente, a respeito dos fatos ocorridos em Diadema, São Paulo. Analise-os para responder às questões 7 e 8.

É claro que a violência mostrada pela televisão choca e revolta. Sobretudo, espanta e nos faz pensar o que

leva um ser humano a cometer tanta violência e covardia. (Jornal de Brasília – Comunidade)

Não se pode mais viver assim, sobretudo não se quer mais viver assim

(Jornal do Brasil)

A violência dos policiais em São

a prostituição

Paulo não foi um caso isolado. Atrás dela, estão os massacres de Corumbiara, Carandiru

infantil

É difícil acreditar que alguma coisa realmente venha a mudar por conta do escândalo em torno da

estupidez da PM paulista. Afinal, proliferam os exemplos de impunidade. Mas é em momentos como esses que

a sociedade tem a oportunidade de manifestar-se e pressionar os governantes. (Folha de S. Paulo)

QUESTÃOQUESTÃO 77

Com base na análise dos fragmentos e à luz dos textos I e II, julgue os itens a seguir.

Um dos implícitos básicos das declarações contidas nos três trechos é o de que a violência transcende a situação particular do caso Diadema.

II - A articulação entre sentimentos e intenções caracteriza uma voz que, de acordo com o texto I, é a da intolerância, em sentido negativo.

I -

III No que se refere a ações violentas, está implícito que são manifestações de incapacidade de transigir, no sentido do texto II.

IV Em “Não se pode viver mais assim” (segundo fragmento), há uma corroboração implícita a uma boa razão da intolerância em sentido positivo.

V - É pertinente dizer que “Afinal, proliferam os exemplos de impunidade.” (terceiro fragmento) é uma afirmação apocalíptica sobre a realidade nacional, visão que se encontra, igualmente, nos textos I e II.

-

-

Estão certos apenas os itens

±A

I e V.

±B

II e V.

±C

I, III e IV.

±D

II, III e IV.

±E

I,

II,

III

e

UnB / CESPE – TJDF

Concurso Público - Edital n.º 1/97 - TJDF

Categoria Profissional: Oficial de Justiça Avaliador

4 / 19

www.pciconcursos.com.br

IV.

QUESTÃOQUESTÃO 88

Assinale a opção correta a respeito dos aspectos gramaticais e semânticos dos fragmentos acima.

±A

Em “É claro que a violência mostrada pela televisão choca e revolta. Sobretudo, espanta e generalização seguida de uma justificativa.

”,

há uma

±B

Em “Atrás dela, estão os massacres de

”,

há emprego inadequado de sinal de pontuação, considerando-se um

±C

texto escrito formal. A estrutura “é em momentos como esses que a sociedade tem a oportunidade de

registra erro de regência

±D

nominal em relação ao pronome “que”. A estrutura “A violência dos policiais em São Paulo não foi um caso isolado” cabe ser reescrita com o

±E

deslocamento do termo “em São Paulo”, para que se evite a ambigüidade. Em “Afinal, proliferam os exemplos de impunidade”, o verbo intransitivo concorda com o núcleo do sujeito.

QUESTÃOQUESTÃO 99

Assinale a opção correta quanto ao emprego dos sinais de pontuação.

±A

Não basta a TV a cabo do Senado. O Congresso quer agora, uma rádio para informar ao País, que trabalha. Da

±B

programação, tudo o que se pode garantir, é chatura. Se o Congresso brasileiro sofre algum desgaste de imagem, não deve ser por falta de notícia, mas por excesso.

±C

Raro dia, inclusive no recesso, ele não é servido, no café da manhã, pela imprensa e, no jantar, pelos telejornais, em doses, às vezes, enjoativas. Propaganda do Congresso, a rigor, basta uma: quando ele fecha, em poucos dias, o regime começa a cheirar mal;

±D

e, isso se sabe sem a necessidade de verificar se está aberto. Pôr no ar essa rádio, é um problema porque, com todo o dinheiro gasto pela instituição, o espetáculo cotidiano

±E

do Congresso, não é divertido. Nessa emenda para reeleger o presidente, por exemplo, botou-se tanta notícia fora para no fim, traduzir a voz rouca das ruas, como Uh! Tererê!. Essa, é uma atitude que mostra a inutilidade de certas vozes.

QUESTÃOQUESTÃO 1010

Assinale a opção correta, de acordo com a sintaxe padrão, considerando o texto escrito formal.

±A

Muito importante foram as alterações comerciais dos últimos trinta e cinco anos do século XVIII. Na América,

±B

em oposição ao velho sistema de porto único, subiu para vinte os portos legalmente autorizados. As ligações entre a Coroa e a Igreja na América espanhola, foram muito sólidas. O papel evangelizador exercido

±C

sobre os índios, população em muitos milhões superior a da América portuguesa, era a outra face da dominação da Coroa. O fim do poder político das metrópoles deram-se através de difícil e longa luta. Ainda que os processos tenham

±D

sido diferente no Brasil e na América espanhola, eles marcaram o ponto de ruptura do sistema colonial. No período colonial, duas outras instituições destacavam-se por seus privilégios: o Exército e a Igreja.

±E

Os militares possuíam um foro particular que os livravam da submissão à Justiça, ainda que fossem réus de crimes. O censo eclesiástico consistia na cessão da propriedade de terras da Igreja a particulares, em troca de renda anual. Isso significava a concentração, nas mãos da Igreja, de um vasto e poderoso capital.

UnB / CESPE – TJDF

Concurso Público - Edital n.º 1/97 - TJDF

Categoria Profissional: Oficial de Justiça Avaliador

5 / 19

www.pciconcursos.com.br

CONHECIMENTOS GERAIS E ESPECÍFICOS QUESTÃOQUESTÃO 1111 Inclui-se na competência do Tribunal de Justiça do Distrito

CONHECIMENTOS GERAIS E ESPECÍFICOS

QUESTÃOQUESTÃO 1111

Inclui-se na competência do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDF), de acordo com a Lei de Organização Judiciária do Distrito Federal, processar e julgar, originariamente,

I os crimes, quaisquer que sejam, praticados pelo vice-governador e pelos secretários do governo do Distrito Federal.

-

II os crimes, quaisquer que sejam, praticados pelos juízes de direito e pelos juízes de direito substitutos do Distrito Federal.

-

III os mandados de segurança contra ato do próprio Tribunal, de seus órgãos e de seus membros, bem como contra atos dos juízes do Distrito Federal, do Governador do Distrito Federal, do Tribunal de Contas do Distrito Federal

-

e

dos secretários do governo do Distrito Federal.

IV as ações rescisórias e as revisões criminais dos próprios julgados.

-

V os embargos de declaração opostos a seus acórdãos.

-

VI os embargos infringentes opostos a seus acórdãos.

-

A quantidade de itens certos é igual a

±A

2.

±B

3.

±C

4.

±D

5.

±E

6.

QUESTÃOQUESTÃO 1212

Acerca dos juízes de direito substitutos e da distribuição dos feitos, de acordo com a Lei de Organização Judiciária do Distrito Federal, assinale a opção correta.

±A

Não é da competência dos juízes de direito substitutos, mas dos juízes de direito, realizar a distribuição dos feitos

±B

às varas com jurisdição em todo o Distrito Federal. A distribuição não poderá realizar-se senão nas audiências designadas para os horários previamente fixados pelo

±C

juiz responsável. Há previsão, na lei, de que a audiência de distribuição poderá, se houver motivo bastante, ser realizada a portas

±D

fechadas. Da audiência de distribuição deverão tomar parte um representante do Ministério Público e outro da Ordem dos

±E

Advogados do Brasil, Seção do Distrito Federal, sendo que a ausência de um ou de outro não impedirá que se realize o ato. O juiz de direito substituto designado para auxiliar juiz de direito poderá funcionar apenas nos processos por este indicados.

QUESTÃOQUESTÃO 1313

Cada Câmara do TJDF é presidida por

±A

seu integrante mais antigo, em rodízio anual, coincidindo a duração do mandato com o ano judiciário e mantendo-

±B

se o exercício da presidência, mesmo quando o presidente houver de julgar feito de sua relatoria ou de que seja revisor. membro eleito entre seus integrantes, em rodízio bienal, coincidindo a duração do mandato com o ano judiciário

e

transmitindo-se o exercício da presidência ao segundo em antiguidade, quando o presidente houver de julgar

±C

feito de sua relatoria ou de que seja revisor. seu integrante mais antigo, em rodízio bienal, coincidindo a duração do mandato com o ano judiciário e transmitindo-se o exercício da presidência ao segundo em antiguidade, quando o presidente houver de julgar feito

UnB / CESPE – TJDF

Concurso Público - Edital n.º 1/97 - TJDF

Categoria Profissional: Oficial de Justiça Avaliador

6 / 19

www.pciconcursos.com.br

±D

±E

de sua relatoria ou de que seja revisor. seu integrante mais antigo, em rodízio anual, coincidindo a duração do mandato com o ano judiciário e transmitindo-se o exercício da presidência ao segundo em antiguidade, quando o presidente houver de julgar feito de sua relatoria ou de que seja revisor. membro eleito entre seus integrantes, em rodízio anual, coincidindo a duração do mandato com o ano judiciário e mantendo-se o exercício da presidência, mesmo quando o presidente houver de julgar feito de sua relatoria ou de que seja revisor.

QUESTÃOQUESTÃO 1414

O Desembargador José da Silva compõe a Câmara Criminal, após haver integrado a Primeira Câmara Cível por vários

anos. Depois de ter sido removido para aquela, verificou persistir em seu poder uma apelação cível, a que ficara

vinculado, como relator. Para o julgamento desse processo, o desembargador deverá

±A

comparecer à Primeira Câmara Cível e relatar o feito, sem que isso, em princípio, importe a exclusão de algum

±B

dos membros desse órgão fracionário. pedir redistribuição dos autos, mediante compensação, uma vez que a vinculação não prevalece quando há

±C

remoção de desembargador de um para outro órgão fracionário do Tribunal. remeter os autos, diretamente, ao integrante mais moderno da Primeira Câmara Cível, para que este julgue o

±D

feito, independentemente de compensação, porquanto, neste caso, não prevalece a vinculação. solicitar ao presidente a convocação de juiz do primeiro grau, a fim de que este, exercendo temporariamente a

±E

função de desembargador, participe da sessão da Primeira Câmara Cível destinada ao julgamento do feito. comparecer à Primeira Câmara Cível e relatar o feito, o que sempre importará a exclusão do membro mais moderno desse órgão fracionário, a fim de que subsista o número regimental de integrantes.

QUESTÃOQUESTÃO 1515

Os presidentes do Conselho Especial e das Câmaras

±A

±B

±C

±D

±E

jamais votam nesses órgãos. votam sempre que a relevância da matéria em julgamento o exigir, conforme previsão legal ou regimental. votam apenas em caso de empate. votam apenas quando o julgamento exigir quorum qualificado ou quando houver empate. sempre votam nesses órgãos.

QUESTÃOQUESTÃO 1616

O Distrito Federal interpôs apelação contra sentença proferida em execução fiscal, sendo o recurso regularmente

distribuído. O relator, após lançar nos autos o relatório, os remeteu à revisão. O revisor reputou incompleto o relatório, complementando-o. Enquanto os autos estavam conclusos à sua pessoa, o revisor recebeu petição requerendo a juntada de substabelecimento de procuração do executado-apelado. Antes de pedir dia para julgamento, devolveu os autos ao relator, em face da petição. À vista desse quadro e das normas regimentais acerca da revisão, assinale a opção correta.

±A

Não há revisor em processos criminais.

±B

O revisor agiu em harmonia com o Regimento ao devolver os autos ao relator para a juntada do

±C

substabelecimento, pois compete ao segundo decidir sobre quaisquer petições relativas a processos de sua relatoria. Foi correta a complementação do relatório por parte do revisor, pois esta é uma de suas atribuições regimentais.

±D

A competência para pedir dia para julgamento é sempre do relator.

UnB / CESPE – TJDF

Concurso Público - Edital n.º 1/97 - TJDF

Categoria Profissional: Oficial de Justiça Avaliador

7 / 19

www.pciconcursos.com.br

±E

Foi acertada a remessa dos autos pelo relator ao revisor, pois os autos de apelação cível sempre estão sujeitos

à revisão.

QUESTÃOQUESTÃO 1717

Com relação às sessões de julgamento, julgue os itens seguintes.

I Nas sessões, devem ser julgados, primeiramente, os processos que independam de pauta (processos trazidos em mesa), observando-se, em seguida, a ordem regimental de preferência de certos feitos.

II O prazo geral para sustentação oral é de quinze minutos, sendo de uma hora nas ações penais originárias.

III - O representante do Ministério Público, atuando como fiscal da lei (custos legis), falará em seguida aos advogados das partes, sem limite de tempo (salvo na ação penal privada, em que poderá manifestar-se após o advogado do querelante).

IV - Havendo pedido de vista, os demais desembargadores ficam impedidos de votar naquela sessão, devendo aguardar a devolução dos autos com o voto-vista.

V -

Os desembargadores ausentes à leitura do relatório poderão, não obstante, sempre votar, caso se considerarem habilitados.

VI - Quando o relator verificar que possui processo versando a mesma questão jurídica de outro, chamado a julgamento, poderá solicitar ao presidente que sejam julgados simultaneamente.

-

-

A

quantidade de itens certos é igual a

 

±A

2.

±B

3.

±C

4.

±D

5.

±E

6.

QUESTÃOQUESTÃO 1818

João Teixeira guarda certa relação com um desembargador, Severino Teixeira, que configura caso de impedimento para

que este funcione em processo de que o primeiro seja parte. Em uma apelação cível, João Teixeira figura como apelado

e a apelação, por coincidência, é distribuída ao Desembargador Severino Teixeira. O apelante, sabedor, desde o início

do processo, no primeiro grau de jurisdição, daquelas circunstâncias, aguarda o momento que julga ideal para suscitar

o impedimento. Após a tramitação de praxe (como se não houvesse o impedimento), o revisor pede dia para julgamento,

sendo a sessão designada para quase um ano após a distribuição do recurso. O advogado do apelante, então, amparado na procuração que lhe dá os poderes gerais para o foro (os da chamada cláusula ad judicia), comparece à sessão de julgamento e, logo após o relator proferir seu voto, pede a palavra para requerer seja apreciado, como questão de ordem, o impedimento, que apresenta em petição escrita. Em vista desse quadro, julgue os itens a seguir, à luz, estritamente, das normas do Regimento Interno e levando em consideração, em cada um, apenas o aspecto nele especificamente abordado.

I Devia o próprio relator, de ofício, haver declarado nos autos seu impedimento, não carecendo de aguardar a iniciativa da parte interessada.

-

II A exceção de impedimento, suscitada como questão de ordem, não poderia prosperar, por ter sido ultrapassado

-

o

prazo regimental para ser argüida pelo interessado.

III O procurador apenas com poderes gerais não pode argüir impedimento de membro do Tribunal.

-

IV A exceção de impedimento não pode ser suscitada após o excepto ter votado.

-

V - Se a argüição de impedimento fosse regular e viesse a ser acatada, teria de ser redistribuído o recurso de

UnB / CESPE – TJDF

Concurso Público - Edital n.º 1/97 - TJDF

Categoria Profissional: Oficial de Justiça Avaliador

8 / 19

www.pciconcursos.com.br

VI

-

apelação. Se o impedimento não fosse do relator nem do revisor, mas de desembargador vogal na sessão de julgamento, este poderia declará-lo oralmente, na própria sessão.

A quantidade de itens certos é igual a

±A

2.

±B

3.

±C

4.

±D

5.

±E

6.

QUESTÃOQUESTÃO 1919

Considerando as normas regimentais que tratam da uniformização de jurisprudência, assinale a opção incorreta.

±A

Quando o incidente for julgado pela maioria absoluta dos membros do órgão competente, o relator deverá redigir

±B

projeto de súmula, a ser apreciado pelo Conselho Especial. Poderá ser objeto de súmula qualquer matéria a cujo respeito o Tribunal venha decidindo de modo uniforme,

±C

ainda que não seja instaurado o incidente de uniformização de jurisprudência. No curso de qualquer julgamento, poderá verificar-se a possibilidade de que o Tribunal venha a decidir

±D

contrariamente ao enunciado de sua súmula, caso em que o julgamento deverá ser sobrestado para que se proponha o cancelamento ou a revisão da súmula. O incidente só deve ser processado quando a decisão da causa depender da apreciação da matéria a cujo

±E

respeito exista divergência. Não cabe intervenção do Ministério Público no incidente de uniformização de jurisprudência.

QUESTÃOQUESTÃO 2020

Ruy Barbosa, advogado militante no Distrito Federal, regularmente inscrito na correspondente Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), deparou-se, em um processo em que atuava profissionalmente, com indícios de que o juiz perpetrara ato punível sob o aspecto disciplinar. Reuniu os elementos de que dispunha e enviou representação ao presidente da Seccional da OAB, para que este a apresentasse ao presidente do Tribunal, a fim de que fosse instaurado o processo administrativo disciplinar contra o juiz. Distribuída a representação, o juiz representado recebeu notificação e apresentou defesa. O órgão competente do Tribunal veio a decidir pela instauração do processo e pela produção de novas provas. Os autos do processo tramitaram, desde o início, publicamente. Diante desse relato e tendo em conta, exclusivamente, as normas regimentais sobre o processo administrativo disciplinar relativo a magistrados, assinale a opção correta.

±A

Não era necessário que o advogado fizesse a representação por meio do presidente da Seccional da OAB; podia

±B

enviá-la diretamente ao Tribunal, o que bastaria à instauração do processo. Configura ilicitude a tramitação pública do processo administrativo disciplinar, pois seus autos devem correr em

±C

caráter confidencial. A apresentação de defesa pelo magistrado é formalidade indispensável à tramitação do processo; sem que ela

±D

venha aos autos, o processo permanecerá suspenso. Não cabe a produção de novas provas após a decisão do Tribunal de instaurar o processo.

±E

Não cabe a notificação do magistrado para oferecer defesa na primeira fase dessa espécie de processo, pois a defesa só é cabível após a decisão do Tribunal de instaurar o processo.

QUESTÃOQUESTÃO 2121

UnB / CESPE – TJDF

Concurso Público - Edital n.º 1/97 - TJDF

Categoria Profissional: Oficial de Justiça Avaliador

9 / 19

www.pciconcursos.com.br

Considerando-se absolutamente incompetente para processar e julgar determinada causa, o juiz de direito da 3.ª Vara Cível de Brasília declinou da competência em favor do juiz federal da 9.ª Vara de Brasília - DF. Este, entendendo que a competência para a causa era mesmo do juiz que lhe encaminhara os autos, deverá

±A

devolver os autos ao juiz da 3.ª Vara Cível, enumerando as razões pelas quais se considera incompetente. processar e julgar a causa, mesmo considerando-se incompetente, tendo em vista que a decisão do outro juiz já transitou em julgado. suscitar conflito negativo de competência perante o Superior Tribunal de Justiça. suscitar conflito negativo de competência perante o Tribunal Regional Federal da 1.ª Região. suscitar conflito negativo de competência perante o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios.

±B

±C

±D

±E

 

QUESTÃOQUESTÃO 2222

 

O

Poder Legislativo, no âmbito nacional, é exercido pelo

±A

Congresso Nacional, que se compõe da Câmara Federal e do Senado da República. Congresso Nacional e pelos partidos políticos. Senado da República e pela Câmara Federal, com o auxílio da Câmara Legislativa. Senado da República, pela Câmara Federal e pelo Tribunal de Contas da União. Congresso Nacional, que se compõe da Câmara dos Deputados e do Senado Federal.

 

±B

±C

±D

±E

 

QUESTÃOQUESTÃO 2323

A

prática de atos administrativos cabe

±A

exclusivamente aos órgãos executivos. somente aos órgãos do Poder Executivo e do Legislativo. somente aos órgãos do Poder Executivo e do Judiciário. aos órgãos executivos, em princípio e normalmente, mas as autoridades judiciárias e as mesas legislativas podem também praticá-los restritamente. somente às autoridades integrantes de qualquer dos Poderes da República.

 

±B

±C

±D

±E

 

QUESTÃOQUESTÃO 2424

O

direito administrativo positivo brasileiro contempla as seguintes modalidades de licitação:

±A

hasta pública, leilão, tomada de preços e praça. concorrência, tomada de preços, convite, concurso e leilão. concorrência, tomada de preços, convite e outras que a administração venha a adotar, segundo a sua conveniência, como a licitação informal e o procedimento seletivo simplificado. concurso público, leilão e procedimento licitatório comum. leilão, tomada de preços, concorrência e empreitada de obra pública.

 

±B

±C

±D

±E

QUESTÃOQUESTÃO 2525

São elementos da ação:

±A

as partes, o juiz e o objeto da ação.

±B

agente capaz, objeto lícito e forma prescrita e não-defesa em lei.

UnB / CESPE – TJDF

Concurso Público - Edital n.º 1/97 - TJDF

Categoria Profissional: Oficial de Justiça Avaliador

10 / 19

www.pciconcursos.com.br

±C

os pressupostos processuais e as condições da ação.

±D

as partes e o juiz.

±E

as partes, o objeto e a causa de pedir.

QUESTÃOQUESTÃO 2626

Determinada ação de despejo foi proposta em nome próprio pelo administrador do imóvel e não em nome do locador que figura como tal no contrato de locação. Trata-se de uma irregularidade relacionada à

±A

legitimação concorrente. legitimação para o processo (legitimatio ad processum). legitimação para a jurisdição. legitimação para a causa (legitimatio ad causam). legitimidade para o procedimento.

±B

±C

±D

±E

 

QUESTÃOQUESTÃO 2727

O

art. 2.º do Código de Processo Civil prevê que “Nenhum juiz prestará a tutela jurisdicional senão quando a parte ou

o

interessado a requerer, nos casos e formas legais”. Acerca dessa regra, que consagra o conhecido princípio

ne procedat judex ex officio, é correto afirmar que

±A

é absoluta e impede a atuação do juiz em qualquer caso, quando não-provocado pela parte ou pelo interessado.

±B

é relativa, pois o juiz pode agir de ofício em todas as situações urgentes que, a seu critério, entenda ser

±C

necessária a intervenção do Poder Judiciário. deve ser interpretada com temperamentos, pois o juiz pode determinar alguns procedimentos de ofício, nos casos

±D

legalmente previstos. contempla o princípio da indelegabilidade da jurisdição.

±E

contempla o princípio da investidura do juiz.

QUESTÃOQUESTÃO 2828

Ocorre a carência de ação, quando

±A

não se encontrarem presentes os pressupostos processuais de validez e de existência.

±B

não concorrerem as condições da ação e os pressupostos processuais.

±C

faltar qualquer das condições da ação, como a possibilidade jurídica, a legitimidade das partes e o interesse

±D

processual. a ação proposta pelo autor apresentar-se manifestamente improcedente.

±E

o nome da ação proposta pelo autor estiver manifestamente incorreto.

QUESTÃOQUESTÃO 2929

UnB / CESPE – TJDF

Concurso Público - Edital n.º 1/97 - TJDF

Categoria Profissional: Oficial de Justiça Avaliador

11 / 19

www.pciconcursos.com.br

Alfaômega, maior, propôs ação de cobrança contra Álter perante determinada Vara Cível. Após impugnar a contestação, seu advogado faleceu. Nesse caso, o juiz deve

±A

extinguir o processo sem julgamento do mérito, por falta de pressuposto processual subjetivo de desenvolvimento.

±B

suspender o processo e marcar prazo razoável para a parte constituir novo procurador e, só após desatendido

o

despacho, extinguir o processo sem julgamento do mérito.

±C

dar prosseguimento normal ao processo, pois a morte do advogado é irrelevante nesse caso, sobretudo se a lide

±D

puder ser julgada antecipadamente. nomear um advogado dativo para prosseguir representando a parte.

±E

encaminhar os autos à Defensoria Pública, para prosseguir com o processo.

QUESTÃOQUESTÃO 3030

Uma ação reivindicatória deve ser proposta no foro

±A

da situação do imóvel. do domicílio do réu. de eleição previsto na escritura pública de compra e venda. pelo qual o autor optar. do domicílio do autor.

±B

±C

±D

±E

 

QUESTÃOQUESTÃO 3131

A

função jurisdicional, no Brasil, é exercida

±A

pelo Poder Legislativo, em alguns casos. pelo Poder Judiciário e, em alguns casos, pela Câmara Federal. pelo Poder Judiciário e, nos casos excepcionais previstos em lei, pelo Poder Executivo. somente pelo Poder Judiciário, que exerce o monopólio da jurisdição. pelo Poder Judiciário e, em alguns casos, pelo Senado Federal.

±B

±C

±D

±E

 

QUESTÃOQUESTÃO 3232

A

incompetência relativa

±A

pode ser declarada de ofício e, nesse caso, o juiz simplesmente encaminhará os autos àquele que entende seja

o

competente.

±B

não pode ser declarada de ofício. deve ser argüida ao Tribunal por meio de conflito negativo de competência, suscitado pelo juiz que entende não ser o competente para a causa. pode ser argüida pela parte, por meio de simples preliminar. pode ser alegada perante o Tribunal, se a parte se esqueceu de argüi-la na primeira instância.

±C

±D

±E

UnB / CESPE – TJDF

Concurso Público - Edital n.º 1/97 - TJDF

Categoria Profissional: Oficial de Justiça Avaliador

12 / 19

www.pciconcursos.com.br

QUESTÃOQUESTÃO 3333

O processo, de acordo com o Código de Processo Civil, começa

±A

por iniciativa da parte.

±B

somente após a citação do réu.

±C

somente após o despacho saneador, quando se estabiliza completamente.

±D

somente com a prolação da sentença de mérito.

±E

após o réu contestar a ação.

QUESTÃOQUESTÃO 3434

Em uma ação submetida ao procedimento sumário, as partes fizeram acordo, pelo qual o réu pagou ao autor metade da importância reclamada na inicial. A seguir, compete ao juiz

±A

homologar o acordo e determinar o arquivamento dos autos.

±B

simplesmente extinguir o processo, sem a necessidade de pronunciamento quanto ao julgamento ou não do

±C

mérito. homologar o acordo e extinguir o processo sem julgamento do mérito.

±D

homologar o acordo e extinguir o processo com julgamento do mérito.

±E

homologar o acordo e declarar encerrado o processo.

QUESTÃOQUESTÃO 3535

De acordo com o art. 282, inciso III, do CPC, “o fato e os fundamentos jurídicos do pedido” são requisitos da petição inicial. Nesse caso, diz-se que o Código adotou a teoria da

±A

substanciação.

±B

individualização.

±C

legalização concorrente.

±D

fundamentação jurídica.

±E

fundamentação da ação.

QUESTÃOQUESTÃO 3636

No cumprimento de um mandado de citação e penhora, o oficial de justiça compareceu ao domicílio do devedor, mas não o encontrou. Nesse caso, o oficial deverá

±A

fazer a citação por hora certa, com expressa autorização do juiz, se verificar que o executado está se ocultando

±B

para não ser citado. devolver o mandado à secretaria e aguardar orientação do juiz.

±C

penhorar bens em suficiência para a garantia da execução e intimar o devedor, com o que estará suprida a falta

±D

de citação. arrestar-lhe tantos bens quantos bastem para garantir a execução e procurá-lo três vezes em dias distintos,

UnB / CESPE – TJDF

Concurso Público - Edital n.º 1/97 - TJDF

Categoria Profissional: Oficial de Justiça Avaliador

13 / 19

www.pciconcursos.com.br

±E

certificando o ocorrido em caso de não encontrá-lo. aguardar pedido do credor para proceder à citação por hora certa, se estiverem presentes os seus requisitos.

 

QUESTÃOQUESTÃO 3737

A

reconvenção

±A

é cabível em qualquer tipo de procedimento. é incabível no procedimento sumário e no processo de execução. não pode ser conhecida se o réu não ofereceu concomitante contestação, limitando-se a reconvir. pode ser apresentada, mesmo depois de findo o prazo para a contestação. pode ser dirigida, ao mesmo tempo, contra o autor e contra quem não é parte no processo.

±B

±C

±D

±E

QUESTÃOQUESTÃO 3838

Na execução contra a Fazenda Pública, esta é citada para

±A

opor embargos, no prazo de dez dias.

±B

requisitar o precatório ao chefe do Poder Executivo.

±C

simplesmente pagar, pois seus bens não estão sujeitos à penhora.

±D

pagar ou nomear bens à penhora, no prazo de quarenta e oito horas.

±E

depositar o valor ou a coisa, para, só após, embargar a execução.

QUESTÃOQUESTÃO 3939

Acerca da execução para entrega de coisa certa, assinale a opção correta.

±A

Somente pode ser movida com base em título executivo judicial.

±B

Pode ser movida tanto com base em título executivo judicial, quanto extrajudicial.

±C

Somente pode ser movida com base em título executivo extrajudicial.

±D

Nela, o devedor é citado para depositar a coisa ou pagar o equivalente em dinheiro, no prazo de dez dias.

±E

Nesse tipo de execução, são incabíveis embargos, se o devedor preferir depositar a coisa.

QUESTÃOQUESTÃO 4040

Em uma perícia judicial, se os assistentes técnicos das partes não concordam com o laudo oficial, deverão

±A

aguardar a intimação do juiz, para impugná-lo. oferecer seus pareceres no prazo comum de dez dias após a apresentação do laudo, independentemente de intimação. oferecer seus pareceres a qualquer tempo, desde que antes da prolação da sentença. pedir ao juiz a realização de nova perícia, para melhor esclarecimento dos fatos. assinar o laudo conjuntamente com o perito, fazendo as ressalvas pertinentes.

±B

±C

±D

±E

 

QUESTÃOQUESTÃO 4141

A

respeito do inquérito policial, assinale a opção correta.

±A

Nos crimes em que somente se procede mediante queixa, os autos podem ser entregues ao ofendido, mediante traslado. É peça imprescindível para o oferecimento da denúncia.

±B

UnB / CESPE – TJDF

Concurso Público - Edital n.º 1/97 - TJDF

Categoria Profissional: Oficial de Justiça Avaliador

14 / 19

www.pciconcursos.com.br

±C

Somente o juiz e o delegado de polícia podem determinar o seu arquivamento.

±D

A autoridade policial deve instaurá-lo de ofício, sempre que tenha conhecimento da prática de qualquer infração

±E

penal. Mesmo discordando das razões para tanto aduzidas, deve o juiz atender imediatamente ao pedido de arquivamento formulado pelo órgão do Ministério Público.

QUESTÃOQUESTÃO 4242

Julgue os itens abaixo.

I

-

Após o oferecimento da denúncia, mas antes do seu recebimento, pode a vítima retratar-se da representação.

II

-

O ofendido, maior de vinte e um anos de idade, decai do direito de queixa se não o exercer no prazo de seis meses, contados a partir da data do crime.

III

-

O perdão concedido a um dos querelados beneficia todos os demais, salvo aquele que o recusa.

 

IV

-

A denúncia será rejeitada se já estiver extinta a punibilidade.

 

V

-

É inadmissível a perempção, quando se tratar de ação penal privada subsidiária da pública.

 

A

quantidade de itens certos é igual a

 

±A

1.

±B

2.

±C

3.

±D

4.

±E

5.

 

QUESTÃOQUESTÃO 4343

 

Julgue os itens a seguir.

 

I

-

Faculta-se ao Ministério Público a desistência do recurso por ele interposto.

 

II

-

O Código de Processo Penal adotou, com ressalva, o princípio da fungibilidade dos recursos.

 

III

-

Cabe recurso em sentido estrito da decisão que julga deserta a apelação.

 

IV

-

Cabe recurso de ofício, pelo juiz, da decisão denegatória de habeas corpus.

V

-

Cabe agravo de instrumento da decisão que nega seguimento ao recurso em sentido estrito.

 

A

quantidade de itens certos é igual a

 

±A

1.

±B

2.

±C

3.

±D

4.

±E

5.

 

QUESTÃOQUESTÃO 4444

 

O

Superior Tribunal de Justiça (STJ) é competente para processar e julgar, originariamente, o conflito negativo de

competência entre

±A

Juiz de Direito da Justiça do DF e Juiz Federal de qualquer região.

±B

Juízes do Trabalho da 10.ª Região.

±C

o próprio STJ e qualquer Tribunal Superior, exceto o Supremo Tribunal Federal.

±D

o próprio STJ e o Tribunal Regional Federal.

±E

o Tribunal Superior Eleitoral e o Tribunal Regional Eleitoral.

QUESTÃOQUESTÃO 4545

Assinale a opção correta.

UnB / CESPE – TJDF

Concurso Público - Edital n.º 1/97 - TJDF

Categoria Profissional: Oficial de Justiça Avaliador

15 / 19

www.pciconcursos.com.br

±A

A perda do prazo, próprio ou impróprio, acarreta a preclusão temporal.

±B

Compete ao Supremo Tribunal Federal processar e julgar originariamente o conflito de competência entre o

±C

Tribunal de Justiça do DF e o Tribunal Regional Federal. O assistente de acusação pode recorrer da decisão que, nos termos do Código de Processo Penal, sumariamente

±D

absolve o réu denunciado pela prática de homicídio doloso. Conta-se o prazo processual, incluindo-se o dia do começo e excluindo-se o do vencimento.

±E

O juiz pode exercer jurisdição no processo iniciado por denúncia oferecida por promotor de justiça que é seu primo.

QUESTÃOQUESTÃO 4646

Assinale a opção correta.

±A

Pela prática de crimes comuns, os parlamentares federais gozam de foro por prerrogativa de função junto ao

±B

Superior Tribunal de Justiça. Admite-se a revisão criminal quando a sentença absolutória se fundar em documento comprovadamente falso.

±C

A ação penal privada é regida pelos princípios da indivisibilidade e da indisponibilidade, entre outros.

±D

A citação com hora certa é inadmissível no processo penal.

±E

Deve ser rejeitada a denúncia oferecida fora do prazo previsto para tal fim.

QUESTÃOQUESTÃO 4747

Julgue os itens seguintes.

I

-

Ficarão suspensos o processo e o curso do prazo prescricional se o acusado, citado por edital, não comparecer nem constituir advogado.

II

-

Será sempre pessoal a intimação do Ministério Público e do advogado constituído pelo réu.

 

III

-

O comparecimento espontâneo do acusado supre a ausência do ato citatório.

 

IV

-

Estando o acusado no estrangeiro, em lugar conhecido, a sua citação será feita mediante carta rogatória.

V

-

Excepcionalmente, dispensa-se a intimação por meio de publicação no Diário de Justiça.

 

A

quantidade de itens certos é igual a

 

±A

1.

±B

2.

±C

3.

±D

4.

±E

5.

QUESTÃOQUESTÃO 4848

Julgue os itens que se seguem.

I

-

A legislação processual penal admite a citação por via postal com comprovante de recebimento.

 

II

- Ficarão suspensos o processo e o curso do prazo prescricional, se o acusado, citado por mandado, não comparecer nem constituir advogado.

III

-

Certificando o oficial de justiça de que o réu se oculta para não ser citado, a citação far-se-á por edital.

IV

-

A citação que houver de ser feita em legação estrangeira será efetuada mediante carta rogatória, salvo em se tratando de infração afiançável.

V

- Constatado que o réu se encontra em jurisdição alheia à sua, o juiz deprecado deve devolver imediatamente ao deprecante a carta precatória citatória.

A

quantidade de itens certos é igual a

 

±A

1.

±B

2.

±C

3.

±D

4.

±E

5.

UnB / CESPE – TJDF

Concurso Público - Edital n.º 1/97 - TJDF

Categoria Profissional: Oficial de Justiça Avaliador

16 / 19

www.pciconcursos.com.br

QUESTÃOQUESTÃO 4949

Julgue os seguintes itens.

I

-

Os prazos processuais podem ser prorrogados.

 

II

-

Os prazos processuais são contínuos e peremptórios, não se interrompendo em férias, domingo ou feriado.

III

-

O escrivão executará, dentro do prazo de dois dias, os atos determinados em lei ou ordenados pelo juiz.

IV

-

Excetuadas as sessões de julgamento, os atos processuais podem ser praticados durante as férias, aos domingos e feriados.

V

-

É de dez dias o prazo para o juiz proferir decisão interlocutória mista.

 

A

quantidade de itens certos é igual a

 

±A

1.

±B

2.

±C

3.

±D

4.

±E

5.

QUESTÃOQUESTÃO 5050

Julgue os itens abaixo.

I

-

É irrecorrível o despacho que não admite assistente de acusação.

 

II

-

O co-réu no mesmo processo pode intervir como assistente do Ministério Público.

 

III

-

O despacho que admite o assistente prescinde de prévia manifestação do Ministério Público.

IV

-

A intervenção do assistente é admitida desde a instauração do inquérito até enquanto não ocorrer o trânsito em julgado da sentença.

V

-

O assistente pode requerer a produção de prova pericial.

 

A

quantidade de itens certos é igual a

 

±A

1.

±B

2.

±C

3.

±D

4.

±E

5.

QUESTÃOQUESTÃO 5151

Assinale a opção correta.

±A É dispensável o instrumento de mandato, quando o advogado é indicado pelo próprio réu por ocasião do interrogatório.

±B

As disposições legais sobre suspeição dos juízes são inaplicáveis aos serventuários da justiça.

±C

Nenhum acusado, salvo o revel, será processado ou julgado sem defensor.

±D É defeso ao acusado constituir advogado para substituir o defensor que lhe haja sido nomeado pelo juiz. ±E A impossibilidade de identificação do acusado com o seu verdadeiro nome impede o oferecimento da denúncia.

QUESTÃOQUESTÃO 5252

Quanto ao habeas corpus, assinale a opção correta.

±A

É incabível para atacar decisão de juiz cível que decreta a prisão de depositário infiel.

±B

Só pode ser impetrado por quem tenha capacidade postulatória.

±C

O Ministério Público carece de legitimidade para impetrá-lo.

UnB / CESPE – TJDF

Concurso Público - Edital n.º 1/97 - TJDF

Categoria Profissional: Oficial de Justiça Avaliador

17 / 19

www.pciconcursos.com.br

±D

±E

É incabível para atacar decisão transitada em julgado. Apesar de se achar disciplinado como recurso, no Código de Processo Penal, a doutrina o considera como ação.

julgado. Apesar de se achar disciplinado como recurso, no Código de Processo Penal, a doutrina o

QUESTÃOQUESTÃO 5353

Assinale a opção correta.

±A

O recurso em sentido estrito admite juízo de retratação.

±B

No caso de concurso de agentes, a decisão favorável do recurso interposto por um dos réus sempre beneficia

±C

os demais. Cabe apelação da decisão que pronuncia o réu.

±D

O protesto por novo júri é recurso privativo da defesa que dele poderá se utilizar por, no máximo, duas vezes.

±E

Interposta a apelação, por termo nos autos, deve o réu apelante apresentar necessariamente as suas razões perante o juiz de primeiro grau.

QUESTÃOQUESTÃO 5454

Assinale a opção correta.

±A

Os vícios formais existentes no inquérito policial afetam a ação penal que dele se originou.

±B

O princípio do contraditório é alheio ao inquérito policial.

±C

A autoridade policial tem a faculdade de nomear ou não curador ao indiciado menor.

±D

A autoridade policial não está obrigada a atender à requisição, feita pelo juiz ou pelo Ministério Público, para a

±E

instauração de inquérito. Excetuados os casos expressos em lei, o inquérito policial deverá ser concluído no prazo de cinco dias, se o indiciado houver sido preso em flagrante.

QUESTÃOQUESTÃO 5555

Assinale a opção correta.

±A

A ação penal, nas contravenções, poderá ser iniciada com o auto de prisão em flagrante ou por meio de portaria

±B

expedida pela autoridade judiciária ou policial. A mulher casada não poderá exercer o direito de queixa sem o consentimento do marido, salvo quando estiver

±C

dele separada ou quando a queixa for contra ele. As pessoas jurídicas carecem de legitimidade para oferecer queixa.

±D

É inadmissível o perdão tácito.

±E

O perdão concedido pelo ofendido, com dezenove anos de idade, só produz efeito se não houver oposição do seu representante legal.

QUESTÃOQUESTÃO 5656

Julgue os itens a seguir.

I Na doutrina, faz-se distinção entre intimação e notificação: mediante a primeira, se dá ciência a alguém de um ato processual já praticado; pela segunda, cientifica-se alguém acerca de despacho ou decisão que ordena fazer ou deixar de fazer alguma coisa, sob certa cominação.

II Embora revel, mantém o acusado o direito de ser intimado pessoalmente de todos os atos processuais.

III A suspeição não poderá ser declarada nem reconhecida, quando a parte injuriar o juiz ou, de propósito, der motivo para criá-la.

IV A impetração de habeas corpus independe do pagamento de custas.

-

-

-

-

UnB / CESPE – TJDF

Concurso Público - Edital n.º 1/97 - TJDF

Categoria Profissional: Oficial de Justiça Avaliador

18 / 19

www.pciconcursos.com.br

V

-

A apelação é o recurso adequado para o Ministério Público impugnar apenas a parte da sentença condenatória que concede sursis ao acusado.

A

quantidade de itens certos é igual a

 

±A

1.

±B

2.

±C

3.

±D

4.

±E

5.

QUESTÃOQUESTÃO 5757

Acerca da atuação dos juízes criminais, assinale a opção correta, de acordo com o Provimento Geral da Corregedoria da Justiça do Distrito Federal e dos Territórios, com as modificações do Provimento n.º 1, de 23 de janeiro de 1997.

±A

±B

±C

±D

±E

Não há necessidade de comunicação a qualquer órgão nos casos de simples retificação de nomes de réus ou indiciados, de simples mudança na definição legal da infração nem de extinção da punibilidade. Se, durante o plantão, for interposto habeas corpus de competência de juiz do primeiro grau de jurisdição, o juiz plantonista deverá determinar sua imediata distribuição e envio ao juiz a quem couber, para que o aprecie, ainda que fora do horário normal de funcionamento do fórum. Cabe ao juiz criminal em plantão decidir medidas urgentes em causas de natureza cível. O juiz designado para o plantão nele funciona com prejuízo de suas funções habituais. Na tramitação dos processos, a preferência é determinada apenas por meio da data de cada um.

QUESTÃOQUESTÃO 5858

A respeito das normas pertinentes aos serventuários da justiça, de acordo com o Provimento Geral, julgue os itens

seguintes.

I É dever do serventuário exercer pessoalmente suas funções, só se admitindo substituição nas hipóteses legais.

II É dever do serventuário fiscalizar a contagem e o recolhimento de custas.

III É dever do serventuário não se afastar do recinto de trabalho sem prévia autorização.

IV Constitui falta grave do serventuário dar preferência a partes, preterindo outras que as tiverem antecedido no pedido de atendimento.

V Constitui falta grave do serventuário portar autos ou outros papéis de interesse de partes ou de advogados, salvo se em cumprimento de ato de ofício ou de ordem legal superior.

VI Constitui falta grave do serventuário sonegar, mesmo em procedimento administrativo, informação essencial ao convencimento da autoridade a que estiver subordinado, gerando dúvida ou para ela concorrendo.

VII - Constitui falta grave do serventuário prestar, por telefone, a qualquer pessoa e, pessoalmente, a quem não for parte ou procurador desta, informações sobre processos em segredo de justiça.

-

-

-

-

-

-

A

quantidade de itens certos é igual a

 

±A

3.

±B

4.

±C

5.

±D

6.

±E

7.

QUESTÃOQUESTÃO 5959

UnB / CESPE – TJDF

Concurso Público - Edital n.º 1/97 - TJDF

Categoria Profissional: Oficial de Justiça Avaliador

19 / 19

www.pciconcursos.com.br

Com relação às normas aplicáveis aos ofícios judiciais, assinale a opção correta, de acordo com o Provimento Geral.

±A

O expediente forense dos ofícios judiciais do primeiro grau e da Corregedoria da Justiça vai das 13 às 19 horas.

±B

A publicidade de atos administrativos expedidos pelos juízes deve dar-se por meio da imprensa oficial.

±C

A publicação de atos judiciais deve ser necessariamente certificada nos respectivos autos, com registro do dia

±D

e da página do jornal oficial em que tiver ocorrido. Quando peças forem desentranhadas de autos, as folhas seguintes às extraídas deverão sempre sofrer

±E

renumeração. As intimações dos membros do Ministério Público serão pessoais, por mandado.

QUESTÃOQUESTÃO 6060

Quanto às custas e emolumentos, consoante o Provimento Geral, julgue os itens que se seguem.

I É possível a percepção cumulativa, pelos serventuários da justiça, de custas ou emolumentos com vencimentos pagos pelo erário.

II As certidões expedidas pelas secretarias das varas do Distrito Federal, destinadas à defesa de direitos e ao esclarecimento de situações de interesse pessoal, estão sujeitas ao pagamento de taxa pela expedição, a fim de cobrir os respectivos custos.

III Pedidos de habeas data e de mandados de injunção não dependem do pagamento de qualquer taxa, custa ou emolumento.

IV As ações populares, salvo comprovada má-fé, estão isentas do pagamento de custas.

V Não cabe cobrança de emolumentos no caso de certidão substitutiva de outra que tenha apresentado erro por falha do serviço.

VI - A distribuição jamais poderá ser efetuada sem a comprovação do necessário preparo, nos casos a ele sujeitos.

-

-

-

-

-

A quantidade de itens certos é igual a

±A

2.

±B

3.

±C

4.

±D

5.

±E

6.

certos é igual a ± A 2. ± B 3. ± C 4. ± D 5.

UnB / CESPE – TJDF

Concurso Público - Edital n.º 1/97 - TJDF

Categoria Profissional: Oficial de Justiça Avaliador

20 / 19

www.pciconcursos.com.br