Você está na página 1de 4

[Type the document title]

!"#$%&'()*+,"!-

Professora: Andra Barreto Martins da Poa Data: ______________ Aluno: ____________________________________________________ Turma:____________ Disciplina: Cincias/ Biologia

"#$%&'()*!+,#-.'!*.*&&%!/0'#1*!1 Recuperao - Ensino Mdio 4'&%2!1%!'5%5*2!1-6%&%#$%2!'$0'3!# Esta uma atividade de recuperao. Faa-a com muita ateno e capricho! 1%$%&3-#'()*!1%!03!7#-.*!.'&8$% Interao gnica ocorre quando dois ou mais pares de alelos diferentes atuam ! na determinao de um nico carter.
Epistasia ocorre quando um gene inibe a manifestao de um outro que no e seu alelo. Epistasia dominante: quando o alelo episttico ( o que inibe) dominante. Pode estar em dose dupla (AA) ou simples (Aa). Epistasia recessiva: quando o alelo episttico ( o que inibe) recessivo. Para ter efeito necessrio estar em dose dupla (aa). Exemplo 1: Os camundongos pelagem: preto; albino; aguti. ( marron) A___P__ aaP___ A__pp aapp aguti preto branco branco comuns podem ter trs diferentes cores de

Exerccios ( Passo a passo):

Recuperao

1. Faa as propores para a prole de ratos cujo o parental AaPp e AaPp: Aguti A_P_ = 3/4 . 3/4 = 9/16 A A AA a Aa P P p

a Aa aa p

Preto aaP_ = 1/4 . 3/4 = Branco A_pp = 3/4 . = aapp= . = Exerccios

2. Na herana da cor do fruto da moranga, esto envolvidos dois pares de genes A/a e B/b. O gene B produz frutos amarelos, mas, na presena do gene A, ele inibido e produz frutos brancos, como o seu alelo b. O indivduo duplo (aabb) recessivo produz frutos verdes. A_ bb ou A_B _ -branco aaB _ amarelo aabb- verdes Responda: a. Qual o tipo de epistasia que est acontecendo no caso do fruto da moranga ? __________________________________________________ b. Qual a proporo esperada para frutos brancos A_B_ X A_bb.

Recuperao

Exemplo 2: Plumagem de Ii I__C__ I__cc iicc iiC_

galinhas apresenta dois pares de alelos Cc e

Branca

Colorida

Exerccios ( Passo a passo): 3. Qual a proporo esperada para o cruzamento de aves brancas IiCc X Iicc ? Brancas I_C_ = 3/4 . 1/2 = 3/8 I i c c I II C i Ii c I_cc = . 1/2 = iicc= . = Total = Coloridas = 1/2 . =

Exerccio: 4. Em ces da raa Labrador Retriever, a cor da pelagem determinada por um tipo de interao gnica episttica de acordo com o esquema a seguir.

Qual a proporo esperada para o cruzamento de um cachorro do tipo chocolate (bbEe) e preta ( BBEe) ?

Recuperao

Exerccio: 5. Qual a proporo do cruzamento de duas plantas com flores brancas aaBb X Aabb ?

IMPORTANTE:

Complementao gnica: Neste caso, tambm temos a interao de dois pares de genes na determinao de um carter (cor da flor). A cor prpura condicionada pela interao dos dois genes dominantes, A e B (A_B_).

Exemplo 3: As evilhas de cheiro possuem duas cores brancas e prpuras. A presena de apenas um dos genes dominantes, A ou B (A_bb ou aab_); ou A ausncia dos dois genes dominantes (aabb). Gentipos A_B_ A_bb aaB_ aabb Fentipos prpura branca branca branca