Você está na página 1de 2

TA736 2012 ENGENHARIA DE BIOPROCESSOS

Prof.:

PEDs: Cristiane C. P. Andrade e Susan H. Duarte

PAD:

Dr. Francisco Maugeri Filho

Juliana S. Zanini

1ª LISTA DE EXERCÍCIOS

1)

Deseja-se calcular os parâmetros de consumo e transferência de oxigênio em um cultivo microbiano realizado em um reator de 5L, com um volume útil de 4L e uma vazão de ar de 3 L/min. O método dinâmico foi utilizado para avaliar a respiração microbiana deste sistema num dado instante. Para isso, a aeração foi cortada. Na tabela abaixo, são mostrados os percentuais de concentração de oxigênio dissolvido, indicados pelo eletrodo, durante a execução da medida. Sabendo que no meio e nas condições ambientais utilizadas a solubilidade do oxigênio é 6,99 mg/L, e considerando uma concentração celular de 10 g/L, invariável no curto tempo de realização do teste, determine:

Tempo (s)

% OD

Tempo (s)

% OD

Tempo (s)

% OD

Tempo (s)

% OD

0

51,43

35

43,99

70

30,95

140

50,01

 

5

51,43

40

39,14

80

36,90

150

50,33

10

51,41

45

33,25

90

41,47

160

50,55

 

15

51,30

50

25,62

100

44,78

170

50,86

20

51,04

55

23,70

110

46,83

180

50,93

 

25

50,74

60

24,96

120

48,21

190

50,93

30

48,79

65

27,20

130

49,32

200

51,11

 

a) A demanda de oxigênio pelo cultivo

 

b) A velocidade específica de respiração.

c) A taxa de aeração, em vvm.

 

d) O coeficiente volumétrico de transferência de oxigênio.

 

2)

Um fermentador equipado com um sistema de agitação com 2 turbinas de 6 pás planas e 4 defletores, possui as seguintes dimensões: diâmetro do fermentador D t = 3m; diâmetro do agitador D i = 1m; largura dos defletores W b = 0,1m; altura do líquido H L = 3m. O fermentador é usado em um dado processo fermentativo, cujas características do meio são viscosidade = 0,02 kg/m.s e densidade =

1200 kg/m 3 . A velocidade de rotação é N = 60 rpm e a aeração é

Q = 0,4 vvm. Pede-se:

a) A potência requerida, P O , para sistema não aerado;

b) A potência requerida, P g , para sistema aerado;

1

c)

Compare o coeficiente volumétrico de transferência de O 2 estimado através da correlação de

Richards (Fig. 2.16) com o obtido pela de Fukuda (Fig. 2.17). Se existir diferença, o que você propõe

para explicá-la?

3) Refaça os itens a, b e c do exercício anterior, considerando que o fermentador não seja padrão, com as seguintes dimensões: D i = 1,5 m, D t = 3 m e H L = 5 m. Dica: Calcule a potência para o sistema padrão e corrija, sabendo que: P * = P.f c

4)

As condições ótimas de fermentação para um microrganismo, foram estabelecidas num fermentador

padrão de 30L, com 2 agitadores tipo turbina, V 1 = 18L, Q

1

2,2vvm , K L a = 200 mM O 2 /L.h.atm

Q para uma escala de

40.000L, assumindo que as propriedades do meio são viscosidade = 0,02 kg/m.s e densidade = 1200 kg/m 3 .

(determinado pelo método do sulfito). Determine os valores de N, P g e

5) Um fermentador padrão com 0,9 m de diâmetro equipado com um sistema de agitação com 2 agitadores, opera com meio de cultivo cujas características reológicas são dadas pela Fig 2.11 (considere 100h de fermentação), e com densidade de 1200 kg/m 3 . A velocidade de rotação é N =

120 rpm e a aeração Q

1

1,5vvm . Pede-se:

a) k L a

b) Novos valores de N e Q e dimensões do fermentador para uma ampliação de escala de 100 vezes o

volume, baseado nos critérios P/V = constante e ND = constante.

2