Você está na página 1de 4

MATEMTICA

Equaes e inequaes trigonomtricas

Veja como resolv-las

Carlos Alberto Campagner* Especial para a Pgina 3 Pedagogia & Comunicao

1. Equaes trigonomtricas Normalmente as equaes trigonomtricas dependem de algumas identidades fundamentais e tambm de redues bsicas dos arcos ao primeiro quadrante. Identidades fundamentais e derivaes bsicas (note-se que a primeira delas a equao fundamental da trigonometria):

As redues bsicas ao primeiro quadrante so: Para o seno:

Pela figura acima pode-se notar que: sin( ) = sin da mesma maneira: sin( + ) = sin sin(2 ) = sin Analogamente: cos( ) = cos cos( + ) = cos cos(2 + ) = cos e tan( ) = tan tan( + ) = tan tan(2 + ) = tan Algoritmo de resoluo Existem vrias maneiras de se resolver uma equao trigonomtrica, das quais podemos destacar algumas. Eis alguns exemplos, para o caso de haver somente uma incgnita, ou seja, um ngulo a ser encontrado:

utilizam-se as identidades fundamentais e eventuais relaes derivadas que se fizerem necessrias. Exemplo: tan + cot = 2 com 0 2 - tenta-se reduzir todos os termos a seno e cosseno:

- tenta-se reduzir a equao a termos mais simples:

lembrando a equao fundamental temos:

2 sin cos = 1 Lembrando que temos uma relao derivado onde: sin 2 = 2sin cos Teremos: sin 2 = 1 2 = 90o e = 45o Devemos lembrar tambm que para valores de sin2 1 (inclusive para sin2 = 0), teremos sempre dois valores do ngulo para o intervalo considerado (0 2), no primeiro e segundo quadrantes (v. acima, a primeira reduo bsica do seno). b) A equao apresenta apenas uma funo trigonomtrica. Neste caso, podemos resolver a equao por meio de uma mudana de varivel. Exemplo: 2 sin2 + 5 sin = 3 com |R Substitui-se sin = y: 2y2 + 5y 3 = 0

Resolve-se a equao de segundo grau em y:

Retornando a substituio: y = sin 3 = sin no serve pois 1 sin 1

2. Inequaes trigonomtricas As inequaes trigonomtricas seguem as mesmas tcnicas de resolues que as equaes. A resposta, porm, deve levar em considerao o crculo trigonomtrico. Por exemplo: a) Para o seno: Suponhamos que aps a aplicao dos algoritmos propostos acima resulte:

Nosso ngulo de referncia ser

Mais uma vez, utilizando a primeira reduo acima, teremos como outra soluo:

Observando ento o crculo trigonomtrico, tendo assinalado

Para que o seno seja maior ou igual precisa estar entre 45 o e 135o, ento:

b) Para o cosseno:

O crculo trigonomtrico ficar para Nosso outro valor de referncia

: (v. acima redues para o cosseno).

*Carlos Alberto Campagner engenheiro mecnico, com mestrado em mecnica, professor de ps-graduao e consultor de informtica. Copyright UOL. Todos os direitos reservados. permitida a reproduo apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crdito ao UOL e aos autores.

Compartilhe:

Facebook Twitter Orkut Delicious Myspace Digg Assine 0800 703 3000 SAC Bate-papo E-mail Notcias Esporte Entretenimento Mulher Shopping Bookmarks
Hospedagem: UOL Host

Você também pode gostar