Você está na página 1de 18
POR ROSH MOSHEH BEN SHALOM (PR. FREDERICO CORDEIRO)
POR ROSH MOSHEH BEN SHALOM (PR. FREDERICO CORDEIRO)

Rosh Mosheh Ben Shalom

Parashah Vaera- Apareci

 

ELOHIM DE ISRAEL DERRUBA O PANTEÃO EGÍPCIO

Parahah 14º Vaera (Apareci) - porção da leitura de Shabat (Sábado)

“E eu passarei pela terra do Egito esta noite, e ferirei todo o primogênito na terra

do Egito, desde os homens até aos animais; e em todos os deuses do Egito farei

juízos. Eu sou o YÁHUH

Shemot (EX)12:12

Neste texto vemos o Elohim vivo comprar uma briga nada mais nada menos contra 2 mil deuses adorados no Egito antigo. Dentre estes, 144 exercia a primazia dos deuses sendo que se destacavam três, Ísis, Hórus e Osíris. O Elohim Único declara guerra e o panteão dos deuses-demônios se agita. Evidentemente que o Elohim verdadeiro não poderia guerrear tão grande peleja anonimamente. Elohim que é um termo genérico e poderia ser tomado às deidades pagãs, pela primeira vez em toda a história e na véspera da peleja declara seu Nome:

“Falou mais Elohim a Mosheh (Moisés), e disse: Eu sou o YÁHUH . E eu apareci a Avraham (Abraão), a Yts’chak (Isaque), e a Ya’akov (Jacó), como o Elohim Todo- Poderoso (El’Shaday); mas pelo meu nome, o YÁHUH- Y’H’W’H, não lhes fui perfeitamente conhecido?” Shemot (EX) 6:2

Portanto, o NOME Kadosh (Separado/Distinto) e Todo-Poderoso está associado eternamente com a luta de Ha’shem pela redenção do povo de Israel. Pois foi às véspera do resgate dos hebreus na terra do Egito que Ha’Shem declara seu Nome.

Fico demasiadamente fascinado quando penso nisto; Elohim não declarou seu Nome pessoal nem mesmo quando fez aliança com nossos patriarcas Avraham (Abraão), seu filho Yts’chak (Isaque) e seu neto Ya’akov (Jacó). Mas o revelou no momento em que preparava para resgatar Israel. Que amor é este? Este amor me constrange! Sha’ul (Paulo) também se referindo ao amor de Ye’shua disse: Porque o amor do Mashiach (Messias) nos constrange” (II Coríntios 5:14). Os estragos causados pelos juízos de Yáhuh Elohim Echad (Elohim Único) no Egito foram tão grandes, que em todas as nações por onde passavam os hebreus (que em hebraico significa “O que transita) o temor dos povos era iminente. Elohim declara seu Nome e faz que toda a terra trema diante Dele. Baruch Ha’shem (Bendito seja o Nome)!

“Quando faraó vos falar, dizendo: Fazei vós um milagre, dirás a Aaron (“Arão”):

Toma a tua vara, e lança-a diante de faraó; e se tornará em serpente. Então Mosheh e Aaron foram a faraó, e fizeram assim como o Yáhuh ordenara; e lançou Aaron a

O Elohim de Israel derruba o Panteão Egípcio

Página 2

Congregação Israelita Yeshua Chai

Rosh Mosheh Ben Shalom

Parashah Vaera- Apareci

 

sua vara diante de faraó, e diante dos seus servos, e tornou-se em serpente. E faraó também chamou os sábios e encantadores; e os magos do Egito fizeram também o mesmo com os seus encantamentos. Porque cada um lançou sua vara, e tornaram- se em serpentes; mas a vara de Aaron tragou as varas deles” Shemot (EX) 7:9-12

O CAJADO-SERPENTE

O primeiro sinal-maravilha realizado diante de faraó é demasiadamente rico em simbolismos. Os cetros para os egípcios eram símbolos de poderio e autoridade, no caso de faraó, autoridade suprema e divinal. É comum encontrarmos nas representações antigas um cajado em forma de serpente nas mãos dos deuses egípcios e dos faraós. Então o cajado “víbora” na mão de Mosheh representava sua autoridade sacerdotal e força para ferir seus inimigos como

uma mordida venenosa e letal de uma serpente. Mosheh hanaví (“Moisés o profeta), pelo poder da Ruach Elohim (Espírito de Elohim) fez com que seu cajado se transformasse em serpente, assim como também fizeram os bruxos egípcios; era a autoridade do cetro de Mosheh contra o cetro do deus homem faraó “O Grande Egito”. A serpente de Mosheh tragou as víboras de faraó. Ou seja, O Cajado de Elohim subjuga a autoridade do Grande Egito!

FARAÓ O DEUS NA TERRA

Faraó não era somente o maior representante legal do panteão dos deuses egípcios, era também um deus na terra. Segundo a crença este seria uma encarnação de Hórus em vida e, após a morte, uma encarnação de Osíris. Só um detalhe: o termo “Faraó” - de origem hebraica - custou a entrar no vocabulário egípcio. Nos primeiros dois milênios, o termo para designar o chefe de Estado era Per-aa (“Habitante do Grande Palácio”). Como todo deus pede para si adoração não era diferente com Per-aa, então estava na hora do habitante do grande palácio conhecer melhor um que já andou por 40 anos naquele lugar, Mosheh.

Então disse o Yáhuh a Mosheh: Eis que te tenho posto por Elohim sobre faraó, e

Aaron, teu irmão, será o teu profeta

Shemot (EX) 7:1

Este texto pode parecer polêmico, pois Ha’shem (O Eterno conhecido também como “O Nome”) diz a Mosheh que o poria por Elohim sobre Faraó, o que a princípio nos parece muito estranho. Porém se olharmos pelo prisma egípcio entenderemos facilmente a figuração do texto:

O Elohim de Israel derruba o Panteão Egípcio

Página 3

Congregação Israelita Yeshua Chai

Rosh Mosheh Ben Shalom

Parashah Vaera- Apareci

 
  • A) - Sabemos que Elohim é totalmente contra uma representação para Ele tanto do

que está em cima no céu, quanto do que esta em baixo na terra. No entanto, um enviado deve ir na autoridade daquele que o enviou. Então a voz poderia ser de

Mosheh, mas a palavra era do Elohim Shaday:

“Tu falarás tudo o que eu te mandar; e Aaron, teu irmão, falará a faraó, que deixe ir os B’nei Israel (filhos de Israel) da sua terra” Shemot (EX) 7:2;

  • B) - Se faraó era a encarnação de Hórus, logo os egípcios pensariam que Mosheh

fosse a encarnação do Elohim dos hebreus;

  • C) - Um detalhe importante é que Mosheh seria posto por Elohim somente sobre

faraó, isto equivale é claro a toda casa egípcia mas não sobre a casa de Israel. Fica evidente que os hebreus entendiam esta questão melhor que os politeístas mitzraim

(egípcios) pois estes veriam Mosheh como um Elohah (“deus no contexto egípcio”).

JUÍZO CONTRA OS DEUSES O RIO NILO TORNA-SE SANGUE

Shemot (EX) 7:15:

“Vai pela manhã a faraó; eis que ele sairá às águas; põe-te em

frente dele na beira do rio, e tomarás em tua mão a vara que se tornou em cobra”

Porque Per-aa (faraó) saía pelas manhãs às águas do rio Nilo? É claro que como um bom devoto dos deuses do “Nilo Sagrado” ele ia prestar-lhes homenagens toda manhã. O Nilo banhava por quase cinco quilômetros as margens do Egito. Na verdade, não haveria vida no grande império antigo se não houvesse ali aquele tão importante rio. As cidades eram construídas próximas ao Nilo, mas não muito por causa das constantes enchentes que atribuíam às lágrimas de Ísis. Estas inundações eram muito importantes, uma vez que após minguar as águas a terra ficava pronta para o arado e plantio. Portanto eles dependiam do Nilo para beber, regrar, pescar, banhar e sobreviver.

Shemot (EX) 7:16: Assim diz o Yáhuh: Nisto saberás que eu sou o Yáhuh: Eis que eu (Mosheh) com esta vara, que tenho em minha mão, ferirei as águas que estão no rio, e tornar-se-ão em sangue. E os peixes, que estão no rio, morrerão, e o rio cheirará mal; e os egípcios terão nojo de beber da água do rio

Entenda o contexto da época, o rio Nilo para os egípcios nascera das lágrimas de Ísis depois que o marido Osíris foi morto pelo irmão Seth. Diz a lenda que Ísis chorou tanto por essa morte que nasceu o rio. Então estas águas para todos no grande Egito

O Elohim de Israel derruba o Panteão Egípcio

Página 4

Congregação Israelita Yeshua Chai

Rosh Mosheh Ben Shalom

Parashah Vaera- Apareci

 

eram águas sagradas. Porém o Eterno as converte em sangue: E o rio cheirará mal; e os egípcios terão nojo de beber da água do rio”. Posso imaginar o horror e confusão dentre eles; aquilo que era estimável passou a ser repulsivo e desprezível!

E todos os egípcios cavaram poços junto ao rio, para beberem água; porquanto não podiam beber da água do rio. Assim se cumpriram sete dias, depois que o

Yáhuh ferira o rio”.

Neste espaço de sete dias, milhares de presentes foram endereçados a Ápis, o deus boi do rio Nilo, assim também como a Ísis. Os egípcios não entenderam como os deuses puderam permitir que suas lágrimas fossem transformadas em sangue.

HA’SATÃ IMITA O PRODÍGIO Shemot (EX) 7:24: “Porém os magos do Egito também fizeram o mesmo com os seus encantamentos; de modo que o coração de faraó se endureceu, e não os ouviu, como o Yáhuh tinha dito” É interessante notar como o homem cegado pelas mentiras do diabo torna-se tolo e não consegue enxergar a verdade, mesmo ela diante dos seus olhos. O Eterno fez que as águas tornassem sangue, o que também fizeram os magos de faraó (Não sabemos se por meios de truques ou ciências ocultas). O fato é, HaSatã (expressão hebraica para “o adversário”) pode até mesmo imitar as obras de Elohim, porém, de forma alguma desfazê-las! Percebemos que o feito realizado pelo diabo somente piorou as coisas; mais águas tornaram-se sangue! E virou-se faraó, e foi para sua casa; nem ainda nisto pôs seu coração” Shemot (EX)

7:23

2º - JUÍZO CONTRA OS DEUSES DO RIO SAEM RÃS

Disse mais o Yáhuh a Mosheh: Dize a Aaron: Estende a tua mão com tua vara sobre as correntes, e sobre os rios, e sobre os tanques, e faze subir rãs sobre a terra do

EgitoShemot (EX) 8:2-6

No Egito tinha a adoração

à trindade

das rãs,

ou seja, três

rãs

divinas

que

estavam profundamente comprometidas com esta terrível praga; até porque os

egípcios recorreram a elas para socorrê-los.

“Eis que ferirei com rãs todos os teus termos, e o rio criará rãs, que subirão e virão à tua casa, e ao teu dormitório, e sobre a tua cama, e as casas dos teus servos”

O Elohim de Israel derruba o Panteão Egípcio

Página 5

Congregação Israelita Yeshua Chai

Rosh Mosheh Ben Shalom

Parashah Vaera- Apareci

 

Este texto é expressivo porque ao considerar como as casas eram construídas notará como Elohim faz cumprir suas promessas! A população pobre do Egito vivia em pequenas casas feitas de tijolos de barro, de um ou dois cômodos, com telhados de folhas de palmeiras. Porém, os ricos possuíam casas de dois ou três andares, cercadas por jardins e altos muros. Os servos trabalhavam e moravam no primeiro andar enquanto a família ocupava os andares superiores. Deste modo, se as rãs entraram até mesmo nos aposentos reais, logo se infiltraram em todos os lugares do Egito e nenhum lugar ficou imune.

A Trindade egípcia continua operando sinais e enganando bilhões de pessoas:

APOCALIPSE 16:13: “E da boca do dragão, e da boca da besta, e da boca do falso profeta vi sair três espíritos imundos, semelhantes a rãs. Porque são espíritos de demônios, que fazem prodígios; os quais vão ao encontro dos reis da terra e de todo o mundo, para os congregar para a batalha, naquele grande dia do Elohim El’Shaday (Todo-Poderoso)”

Estes três espíritos imundos trinitarianos saem a enganar a humanidade que desprezaram as Escrituras e os Mandamentos do Elohim ÚNICO!

OS MAGOS TAMBÉM IMITAM O SEGUNDO PRODÍGIO

Então os magos fizeram o mesmo com os seus encantamentos, e fizeram subir rãs sobre a terra do EgitoShemot (EX) 8:7

Mesmo os ocultistas egípcios conseguindo o mesmo feito, não puderam desfazer a praga. Faraó teve que apelar para Mosheh para que rogasse a Elohim por ele e seus servos. Faraó percebeu que seus magos não podiam desfazer as pragas. Imagine as reuniões tensas no grande palácio com cabeças de sacerdotes a premio, já que estes eram muito bem pagos e estimados pelo povo em geral.

Shemot (EX) 8:13,14: E o Yáhuh fez conforme a palavra de Mosheh; e as rãs morreram nas casas, nos pátios, e nos campos. E ajuntaram-se em montões, e a terra cheirou mal

Primeiro Yáhuh fez que o rio sagrado cheirasse mal, depois da morte das rãs, foi a vez da terra ter mal cheiro. Aqui está um grande segredo: Assim como a idolatria cheira mal perante Elohim, o mesmo faz que todo o Egito sinta o mesmo pelos seus objetos sagrados, mas faraó persiste no orgulho:

O Elohim de Israel derruba o Panteão Egípcio

Página 6

Congregação Israelita Yeshua Chai

Rosh Mosheh Ben Shalom

Parashah Vaera- Apareci

 

Shemot (EX) 8:13,14 Vendo, pois, Faraó que havia descanso, endureceu o seu coração, e não os ouviu, como o Yáhuh tinha dito3º - JUÍZO CONTRA OS DEUSES PIOLHOS SURGEM DO PÓ DA TERRA

Shemot (EX) 8:16-17: Disse mais o Yáhuh a Mosheh: Dize a Aaron: Estende a tua vara, e fere o pó da terra, para que se torne em piolhos por toda a terra do Egito. E fizeram assim; e Aaron estendeu a sua mão com a sua vara, e feriu o pó da terra, e havia muitos piolhos nos homens e no gado; todo o pó da terra se tornou em piolhos em toda a terra do Egito

A matéria prima para as duas primeiras pragas foi água. Porém, nesta terceira praga a matéria usada foi o pó da terra e esta praga atinge diretamente os homens e os gados. O deus da terra no Egito era Geb filho das divindades Shu e Tefnut. No entanto, quem entra em juízo diretamente nesta praga é, mais uma vez Ísis que tinha corpo em forma humana e cabeça de bovina, justamente o alvo dos piolhos, homens e gados.

Shemot (EX) 8:18: “E os magos fizeram também assim com os seus encantamentos para produzir piolhos, mas não puderam; e havia piolhos nos homens e no gado”

Shemot (EX) 8:19: “Então disseram os magos a faraó: Isto é o dedo de Elohim. Porém o coração de Faraó se endureceu, e não os ouvia, como o Yáhuh tinha dito”

A

frase dos magos:

“Isto

é

o

dedo de

Elohim”

é de fato uma revelação

assombrosa, pois os magos entenderam, não sabemos como, que o cajado de Mosheh representava “O dedo de Elohim”. Pela primeira vez reconheceram a supremacia do Criador do universo e aconselharam faraó a deixar ir os hebreus para

sacrificarem ao Todo-Poderoso Yáhuh El Shaday, pois este se tornava um NOME para jamais se esquecer.

Shemot (EX) 8:19: “Porém o coração de faraó se endureceu, e não os ouvia, como o Yáhuh tinha dito”

4º - JUÍZO CONTRA OS DEUSES ENXAMES DE MOSCAS Faraó ainda persiste em adorar o rio pelas manhãs

Shemot (EX) 8:20,21: “Disse mais o Yáhuh a Mosheh: levanta-te pela manhã cedo e põe-te diante de faraó; eis que ele sairá às águas; e dize-lhe: Assim diz o Yáhuh:

O Elohim de Israel derruba o Panteão Egípcio

Página 7

Congregação Israelita Yeshua Chai

Rosh Mosheh Ben Shalom

Parashah Vaera- Apareci

 

Deixa ir o meu povo, para que me sirva. Porque se não deixares ir o meu povo, eis

que enviarei enxames de moscas sobre ti, e sobre os teus servos, e sobre o teu povo, e às tuas casas; e as casas dos egípcios se encherão destes enxames, e também a terra

em que eles estiverem”

Quando Ha’Shem diz que toda a terra do Egito seria infestado por moscas, faraó pôde ter imaginado: Nossa terra é sagrada pelos deuses! Um único Elohim pode desafiar todo o Panteão de deuses egípcios? Este panteão tem um líder que conhecemos muito bem por nome Bal Z’buth (“Baal Zebul” = “O Senhor das Moscas”, Satanás para simplificar). E, é justamente esta a praga sobre os egípcios, enxame de moscas.

O JUÍZO CONTRA O “NOVO CORAÇÃO” EM FORMA DE MOSCA

De acordo com a religião egípcia, o Ká (Alma) precisava de um corpo para morar por toda a eternidade. O corpo tinha que ser conservado para abrigar o Ká, a alma. Por isso os egípcios desenvolveram a técnica da mumificação. Após a morte, retiravam os órgãos e as entranhas e o corpo era desidratado com um tipo de sal especial e envolvido com faixas de tecido de linho. As vísceras do morto eram colocadas separadamente em quatro recipientes chamados de vasos conopos. Somente o coração era substituído. Por ser impossível conservá-lo, uma peça em forma de escaravelho (inseto de quatro asas, um tipo de mosca) era colocado em seu lugar. Em geral, um texto sagrado envolvia o “novo coração”. Assim, o anterior era substituído simbolicamente. O Eterno pune o deus mosca do “Novo Coração” egípcio!

Shemot (EX) 8:22-23: E naquele dia eu separarei a terra de Góshen, em que meu povo habita, que nela não haja enxames de moscas, para que saibas que eu sou o Yáhuh no meio desta terra. E porei separação entre o meu povo e o teu povo; amanhã se fará este sinal

Aqui o Eterno diz: “para que saibas que eu sou o Yáhuh no meio desta terra” O Eterno estava dando um recado: Estou não nas mediações, mas dentro dos “seus termos sagrados”, ou seja, não vou invadir pois já estou no meio dela, no coração do grande Egito! Como prova, protegerei o meu povo que está em Góshen!

Shemot (EX) 8:22: E o Yáhuh

fez assim; e vieram grandes enxames de moscas à

casa de Faraó e às casas dos seus servos, e sobre toda a terra do Egito; a terra foi

O Elohim de Israel derruba o Panteão Egípcio

Página 8

Congregação Israelita Yeshua Chai

Rosh Mosheh Ben Shalom

Parashah Vaera- Apareci

 

corrompida destes enxames. Então chamou Faraó a Mosheh e a Aaron, e disse: Ide, e sacrificai ao vosso Elohim nesta terraFaraó muito pressionado manda que Mosheh sacrifique ao Yáhuh “nesta terra”, dentro das limitações egípcias. O que se presume é que faraó não queria em hipótese alguma correr o risco de perder sua preciosa mão de obra, os hebreus. No entanto, Mosheh responde: Não convém que façamos assim, porque sacrificaríamos ao Yáhuh nosso Elohim a abominação dos egípcios; eis que se sacrificássemos a abominação dos egípcios perante os seus olhos, não nos apedrejariam eles?

O que Mosheh estava dizendo a faraó é que seus ídolos com caras ou corpos de animais eram abomináveis ao Eterno Elohim. E que, ao ver os egípcios que os hebreus sacrificavam à Elohim animais como cordeiros, bois, pombas, os quais eram associados aos deuses do Egito, poderia causar uma revolta furiosa nos egípcios, o que poderiam tentar matá-los.

5º - JUÍZO CONTRA OS DEUSES PRAGA SOBRE OS ANIMAIS

Shemot (EX) 9:1: Depois o Yáhuh disse a Mosheh: Vai a faraó, e dize-lhe: Assim diz o Yáhuh Elohim dos hebreus: Deixa ir o meu povo, para que me sirva

Esta foi a quinta vez que Elohim mandara Mosheh

“Deixa ir o meu povo”.

ir

a

faraó com a ordem

Shemot (EX) 9:2,3: Porque se recusares deixá-los ir, e ainda por força os detiveres, eis que a mão do Yáhuh será sobre teu gado, que está no campo, sobre os cavalos, sobre os jumentos, sobre os camelos, sobre os bois, e sobre as ovelhas, com pestilência gravíssima

Perceba como gradativamente os juízos de Elohim foram se agravando sobre o panteão egípcio. Na terceira praga, os magos entenderam que o cajado de Mosheh representava “O dedo de Elohim”, agora, na quinta praga o Eterno diz: “Eis que a MÃO do YÁHUH será sobre teu gado”. Para quem sentiu o peso do dedo de Elohim, poderia muito bem imaginar o tamanho da mão do Ha’Shem Todo- Poderoso!

Shemot (EX) 9:5,6: E o Yáhuh assinalou certo tempo, dizendo: Amanhã fará o Yáhuh esta coisa na terra. E o Yáhuh fez isso no dia seguinte, e todo o gado dos egípcios morreu; porém do gado dos filhos de Israel não morreu nenhum

O deus solar Rá, adorado principalmente em Heliópolis (Cidade do Sol) que tinha uma carranca de touro, não pôde salvar o gado de seus devotos o que não foi

O Elohim de Israel derruba o Panteão Egípcio

Página 9

Congregação Israelita Yeshua Chai

Rosh Mosheh Ben Shalom

Parashah Vaera- Apareci

 

bom para sua reputação. Porém, mais uma vez Elohim fez diferença entre o santo e o profano, entre o precioso e o vil!

Shemot (EX) 9:7: E Faraó enviou a ver, e eis que do gado de Israel não morrera nenhum; porém o coração de faraó se agravou, e não deixou ir o povo. O coração endurecido de faraó era o retrato do coração de pedra em forma de besouro ou mosca que recebia depois da morte.

6º - JUÍZO CONTRA OS DEUSES PRAGA DAS ÚLCERAS

Shemot (EX) 9:8,9: Então disse o Yáhuh a Mosheh e a Aaron: Tomai vossas mãos cheias de cinza do forno, e Mosheh a espalhe para o céu diante dos olhos de Faraó; E tornar-se-á em pó miúdo sobre toda a terra do Egito, e se tornará em sarna, que arrebente em úlceras, nos homens e no gado, por toda a terra do Egito

O interessante nesta passagem é que Aaron e Mosheh devinham fazer o prodígio diante dos olhos de faraó. Este sinal tem duas fazes; primeiro o pó lançado ao céu tornou-se sarna. Esta, uma vez coçada ou esfregada tornava-se úlcera.

Shemot (EX) 9:11: De maneira que os magos não podiam parar diante de Mosheh, por causa da sarna; porque havia sarna nos magos, e em todos os egípciosA cena era muito constrangedora; imagine Mosheh e seu irmão mais velho parado diante do todo poderoso faraó e seus videntes que não conseguiam ficar parados devido as dolorosas coceiras infernais!

7º - JUÍZO CONTRA OS DEUSES PRAGA DAS SARAIVAS

Shemot (EX) 9:13-15: Então disse o Yáhuh a Mosheh: levanta-te pela manhã cedo, e põe-te diante de faraó (ou seja, mais uma vez o teimoso senhor do Egito estaria

reverenciando o rio Nilo), e dize-lhe: Assim diz o Yáhuh Elohim dos hebreus: Deixa ir o meu povo, para que me sirva; Porque esta vez enviarei todas as minhas pragas sobre o teu coração, e sobre os teus servos, e sobre o teu povo, para que saibas que não há outro como eu em toda a terra. Porque agora tenho estendido minha mão, para te ferir a ti e ao teu povo com pestilência, e para que sejas destruído da terraAs palavras de Mosheh soam aos ouvidos de Faraó como um terrível

agravante: “Porque agora tenho estendido minha mão, para te ferir a ti e ao teu povo” É como se uma pessoa estivesse brincando de brigar e de repente resolvesse enrolar as mangas e partir para a briga.

O Elohim de Israel derruba o Panteão Egípcio

Página

10

Congregação Israelita Ye’shua Chai

Rosh Mosheh Ben Shalom

Parashah Vaera- Apareci

 

Shemot (EX) 9:18: Mas, deveras, para isto te mantive, para mostrar meu poder em

ti, e para que o meu nome seja anunciado em toda a

terra...

Eis que amanhã por

este tempo farei chover saraiva mui grave, qual nunca houve no Egito, desde o dia

em que foi fundado até agora

Apesar de esta praga ser terrível, Elohim deu aos Egípcios uma forma de defesa; Yáhuh avisara que somente os que estivessem desprotegidos nos campos morreriam; tanto homens quanto animais. Este era um teste de fé, agora não mais exclusivo a faraó ma para todo o povo egípcio. Elohim começara a peneirar o grupo egípcio que sairia em breve com os hebreus: Quem dos servos de faraó temia a palavra do Yáhuh , fez fugir os seus servos e o seu gado para as casas; Mas aquele que não tinha considerado a palavra do Yáhuh deixou os seus servos e o seu gado no campoVerso 20

Shemot (EX) 9:23-25: E Mosheh estendeu a sua vara para o céu, e o Yáhuh deu

trovões e saraiva, e fogo corria pela

terra....E

havia saraiva, e fogo misturado entre

a saraiva, tão grave, qual nunca houve em toda a terra do Egito desde que veio a ser uma nação

Os deuses do panteão egípcio relacionados à natureza não puderam ajudar os seus devotos, até os demônios partiram em retirada devido o furor de Elohim. Saraiva misturado com fogo partiu destruindo tudo o que encontrou pela frente desde os homens até os animais; também feriu toda a erva do campo e quebrou as árvores do bosque. É simplesmente uma visão de amedrontar até os mais corajosos. Porém, mais uma vez os filhos de Israel saíram ilesos!

Faraó se prostra diante da mão estendida do Elohim dos hebreus:

Shemot (EX) 9:27,28: Então faraó mandou chamar a Mosheh e a Aaron, e disse- lhes: Esta vez pequei; o Yáhuh é justo, mas eu e o meu povo ímpios. Orai ao Yáhuh (pois que basta) para que não haja mais trovões de Elohim nem saraiva; e eu vos deixarei ir, e não ficareis mais aquiA arrogância de faraó começou a se quebrar, este acontecimento é um símbolo, um marco para que todos os poderosos temam à Elohim. Outros grandes também se prostraram diante da soberania de Elohim como Nabucodonosor, que se considerou divino mas acabou por confessar: “Eu Nabucodonosor rei, a todos os povos, nações e línguas, que moram em toda a terra: Paz vos seja multiplicada. Pareceu-me bem fazer conhecidos os sinais e maravilhas que Elohim, o Altíssimo, tem

O Elohim de Israel derruba o Panteão Egípcio

Página

11

Congregação Israelita Ye’shua Chai

Rosh Mosheh Ben Shalom

Parashah Vaera- Apareci

 

feito para comigo. Quão grandes são os seus

sinais, e quão poderosas as suas

maravilhas! O seu reino é um reino sempiterno, e o seu domínio de geração em geração” Daniel 4:1-3

Shemot (EX) 9:31,32: E o linho e a cevada foram feridos, porque a cevada já estava

na espiga, e

o linho na haste.

Mas o trigo e o centeio não foram feridos, porque

estavam cobertosO linho e a cevada que foram feridos simbolizam os ímpios sem proteção divina mas o trigo e o centeio não foram destruídos apenas por um motivo; estavam protegidos! Estes simbolizam os justos selados por Elohim através de seu poderoso Nome que criou para si e através do Nome de Ye’shua seu Filho e nosso Redentor. Ye’shua assim orou ao Pai: “E eu já não estou mais no mundo, mas eles (os

servos) estão no mundo, e eu vou para ti. Av Kadosh (Pai Separado), guarda em teu NOME aqueles que me deste, para que sejam um, assim como nós.

Estando eu com eles no mundo, guardava-os em teu NOME”

17:11,12

Yohanam (João)

8º - JUÍZO CONTRA OS DEUSES PRAGA DOS GAFANHOTOS Shemot (EX) 10:3: Assim foram Mosheh e Aaron a faraó, e disseram-lhe: Assim diz o Yáhuh Elohim dos hebreus: Até quando recusarás humilhar-te diante de mim? Deixa ir o meu povo para que me sirva porque se ainda recusares deixar ir o meu povo, eis que trarei amanhã gafanhotos aos teus termos

Depois deste anuncio os videntes de faraó lhes disseram: Até quando este homem nos há de ser por laço? Deixa ir os homens, para que sirvam ao Yáhuh seu Elohim; ainda não sabes que o Egito está destruído?Verso 7

No verso oito faraó ordena que Mosheh e o povo vão servir o seu Elohim no deserto, porém emenda uma pergunta: Quais são os que hão de ir?Mosheh responde com autoridade: Havemos de ir com os nossos jovens, e com os nossos velhos; com os nossos filhos, e com as nossas filhas, com as nossas ovelhas, e com os nossos bois havemos de ir; porque temos de celebrar uma festa ao Yáhuh”. Faraó desconfiando que se permitisse sair todo o povo, este jamais voltaria para ele. Então ordenou: Não será assim; agora ide vós, homens, e servi ao Yáhuh; pois isso é o que pedistes. E os expulsaram da presença de FaraóDiante da postura de faraó, Mosheh não teve outra escolha: Então estendeu Mosheh sua vara sobre a terra do

O Elohim de Israel derruba o Panteão Egípcio

Página

12

Congregação Israelita Ye’shua Chai

Rosh Mosheh Ben Shalom

Parashah Vaera- Apareci

 

Egito, e o Yáhuh trouxe sobre a terra um vento oriental

....e

aconteceu que pela

manhã o vento oriental trouxe os

gafanhotos. ...

de modo que a terra se escureceu; e

comeram toda a erva da terra, e todo o fruto das árvores, que deixara a saraiva; e não ficou verde algum nas árvores, nem na erva do campo, em toda a terra do EgitoShemot (EX) 10:12-16

9º - JUÍZO CONTRA OS DEUSES AS TREVAS Shemot (EX) 10:21: “Então disse o Yáhuh a Mosheh: Estende a tua mão para o céu, e virão trevas sobre a terra do Egito, trevas que se apalpem”

Este texto é interessante pois confirma um princípio da ciência moderna as trevas são massas, inclusive os espaços negros entre as estrelas são os responsáveis por mantê-las em seus lugares. No texto Ha’shem diz que as trevas eram apalpáveis! Dava para sentir e tocar as trevas sobre o Egito. O desafio era direto contra o deus de Kanak, Amon; associado ao poder do sol.

Shemot (EX) 10:22,23 E Mosheh estendeu a sua mão para o céu, e houve trevas espessas em toda a terra do Egito por três dias. Não viu um ao outro, e ninguém se levantou do seu lugar por três dias; mas todos os filhos de Israel tinham luz em suas habitaçõesO sol que para os egípcios era o deus Amon por três dias não apareceu e os habitantes do Egito não puderam se mover tamanha escuridão que os cercava.

Verso 24: Então Faraó chamou a Mosheh, e disse: Ide, servi ao Yáhuh; somente fiquem vossas ovelhas e vossas vacas; vão também convosco as vossas crianças.

Faraó estava jogando, pois antes não permitia deixar um só hebreu sair de seus termos. Depois permitiu que somente os homens fossem adorar o Criador de toda terra. Por fim, ordena que tanto homens como mulheres assim como as crianças servissem ao Eterno, porém deviam deixar seus bens para traz. A lógica de faraó era desprover os hebreus para que não conseguissem ir muito longe.

Verso 25: Mosheh, porém, disse: Tu também darás em nossas mãos sacrifícios e holocaustos, que ofereçamos ao Yáhuh nosso Elohim. E também o nosso gado há de

ir conosco, nem uma unha ficará; porque daquele havemos de tomar, para servir ao

Yáhuh nosso Elohim; porque não sabemos com que havemos de servir

(La’avódh =

para adorar) ao Yáhuh, até que cheguemos láEm outras palavras; Olha faraó, não fique pensando que sairemos de mãos

vazias visto que trabalhamos quatrocentos anos e enriquecemos seu império. “Não

O Elohim de Israel derruba o Panteão Egípcio

Página

13

Congregação Israelita Ye’shua Chai

Rosh Mosheh Ben Shalom

Parashah Vaera- Apareci

 

ficara nem uma unha” e, a propósito, você ainda nos dará bois, ovelhas e sacrifícios para ofertarmos ao Yáhuh.

Versos 27-30: O Yáhuh, porém, endureceu o coração de Faraó, e este não os quis deixar ir. E disse-lhe faraó: Vai-te de mim, guarda-te que não mais vejas o meu rosto; porque no dia em que vires o meu rosto, morrerás. E disse Mosheh: Bem disseste; eu nunca mais verei o teu rostoAcabamos de presenciar a última discutição entre Mosheh e o faraó do Egito. Nunca mais um veria a face do outro!

Shemot (EX) 11:1: E O Yáhuh disse a Mosheh: Ainda uma praga trarei sobre Faraó, e sobre o Egito; depois vos deixará ir daqui; e, quando vos deixar ir totalmente, a toda a pressa vos lançará daquiIsto quer dizer que o Eterno entraria em juízo definitivo com os deuses do Egito e no momento em que fossem liberados a saírem, deviam sair apressadamente, como o próprio Elohim disse: “a toda a pressa vos lançará daqui”

Versos 2,3: Fala agora aos ouvidos do povo, que cada homem peça ao seu vizinho, e cada mulher à sua vizinha, jóias de prata e jóias de ouro. E o Yáhuh deu ao povo graça aos olhos dos egípcios; também o homem Mosheh era mui grande na terra do Egito, aos olhos dos servos de faraó e aos olhos do povo.

O Eterno aconselhou o povo a ir às casas de seus vizinhos para pedir jóias de ouro e prata, pois o próprio Criador faria os egípcios abençoarem os hebreus. O texto também diz: “o homem Mosheh” mostrando-nos que apesar de grande, ele era apenas um humano. Quem faz a obra em nos é o HaShem!

Versos 4,5: Disse mais Mosheh: Assim o Yáhuh tem dito: À meia noite eu sairei pelo

meio do Egito;

E

todo

o

primogênito

na

terra

do

Egito

morrerá,

desde

o

primogênito de faraó, que haveria de assentar-se sobre o seu trono, até ao primogênito da serva que está detrás da mó, e todo o primogênito dos animais

Meia noite é uma contagem egípcia do tempo que até hoje utilizamos. Os egípcios acreditavam que neste horário, os espíritos dos deuses e dos homens

ficavam em comunicação com os mortais. Daí herdamos a pronuncia: “mistérios da meia noite”. Os papas também realizam sistematicamente, todo ano, uma missa à meia noite conhecida como “A missa do galo”. Elohim entra em com seu juízo

exatamente numa hora de veneração para os pagãos mostrando todo o seu poder.

O Elohim de Israel derruba o Panteão Egípcio

Página

14

Congregação Israelita Ye’shua Chai

Rosh Mosheh Ben Shalom

Parashah Vaera- Apareci

 

Versos 6,7: E haverá grande clamor em toda a terra do Egito, como nunca houve semelhante e nunca haverá; Mas entre todos os filhos de Israel nem mesmo um cão moverá a sua língua, desde os homens até aos animais, para que saibais que o Yáhuh fez diferença entre os egípcios e os IsraelitasEste texto é simplesmente maravilhoso! O príncipe herdeiro do trono egípcio teve menos importância aos olhos de Elohim do que um cão hebreu! Imagine a reação dos egípcios ao saberem que seus primogênitos morreram, mas que os animais dos hebreus foram poupados!

Verso 8: Então todos estes teus servos (os egípcios) descerão a mim (Mosheh), e se inclinarão diante de mim, dizendo: Sai tu, e todo o povo que te segue as pisadas; e depois eu sairei. E saiu da presença de faraó ardendo em iraMosheh saiu irado diante de faraó jurando que depois da última praga os egípcios se prostrariam implorando à Mosheh que os deixasse juntamente com o seu povo.

Verso 9:

O Yáhuh

dissera a Mosheh: faraó não vos ouvirá, para que as minhas

maravilhas se multipliquem na terra do Egito

“E falou o Yáhuh a Mosheh e a Aaron na terra do Egito, dizendo: Este mesmo mês vos será o princípio dos meses; este vos será o primeiro dos meses do ano”

O acontecimento que estava preste a se realizar seria tão grandioso que ficaria

por memorial e seria tomado por princípio do ano. Como haSatã é astucioso, deu outro calendário ao povo e outra abertura para os anos, Réveillon que abre á festa

ao deus Jano chamada “Janeiro”. Shemot (EX) 12:3-6: “Falai a toda a congregação de Israel, dizendo: Aos dez deste

mês tome cada um para si um cordeiro, segundo as casas dos pais, um cordeiro

para cada

família...

O cordeiro, ou cabrito, será sem mácula, um macho de um ano,

o qual tomareis das ovelhas ou das cabras. E o guardareis até ao décimo quarto dia deste mês, e todo o ajuntamento da congregação de Israel o sacrificará à tarde.

O que a igreja gentílica conhece como “Santa Ceia” é tão somente a festa por memorial chamada Pêssach (Páscoa). Pêssach em hebreu significa “Pulo”, “Passar sobre”; pois assim fez o Melach (Anjo) quando avistou os lares dos hebreus com a marca do Sangue do Cordeiro, digamos que este foi a primeira Mezuzá que os judeus usaram sobre seus umbrais.

O Elohim de Israel derruba o Panteão Egípcio

Página

15

Congregação Israelita Ye’shua Chai

Rosh Mosheh Ben Shalom

Parashah Vaera- Apareci

 

A ceia que o Mashiach (Messias) realizou não foi uma nova comemoração e sim a mesma Pêssach judaica. Esta festa tem data e hora específica de se comemorar e esta ordenança vem do próprio Eterno: “E o guardareis até ao DÉCIMO QUARTO DIA DESTE MÊS (Abibe), e todo o ajuntamento da congregação de Israel o sacrificará À TARDE”,

Por isto não realizamos a ceia a toda semana ou todos os meses e em qualquer horário.

Mateus 26:17: “E, no primeiro dia da festa dos pães asmos, chegaram os discípulos junto de Ye’shua, dizendo: Aonde queres que façamos os preparativos para comer a Páscoa? A expressão original é Pêssach, a festa em questão.

I COR. 11:25: Semelhantemente também, depois de cear (a Pêssach/Páscoa), tomou o cálice, dizendo: Este cálice é da aliança renovada no meu sangue; fazei isto, todas as vezes que beberdes, em memória de mim. Porque todas as vezes que comerdes este pão (obs: não é o pão da padaria dada nas ceias mensais, o pão referido é o Matzá = asmo) e beberdes este cálice anunciais a morte de Ye’shua, até que venha. Ou seja, todos os anos quando comemos a Pêssach!

Voltando à Instituição da Festa em Shemot (Êxodo) Shemot (EX) 12:7 E tomarão do sangue, e pô-lo-ão em ambas as ombreiras, e na verga da porta, nas casas em que o comerem”

Um detalhe importante que percebemos aqui, é que o sangue do cordeiro só poderia ser passado nos umbrais das casas em que o comessem! Isto pode implicar

que o sangue do Cordeiro Redentor é somente para os que o experimentam: “Quem come a minha carne (simbolizado pelo Matzá/pão asmo) e bebe o meu sangue (o fruto da vide) tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último diaYohanam (João)

6:54

Verso 11: Assim pois o comereis: Os vossos lombos cingidos, os vossos sapatos nos

pés, e o vosso cajado na mão; e o comereis apressadamente; esta é a Pessach do Yáhuh.

O Eterno ordena os hebreus a comerem sua refeição com o cajado nas mãos e a carga nos lombos porque sairiam demasiadamente rápido da casa da Servidão.

O Elohim de Israel derruba o Panteão Egípcio

Página

16

Congregação Israelita Ye’shua Chai

Rosh Mosheh Ben Shalom

Parashah Vaera- Apareci

 

Verso 12: E eu passarei pela terra do Egito esta noite, e ferirei todo o primogênito

na terra do Egito, desde os homens até aos animais; e em todos os deuses do Egito

farei juízos. Eu sou o Yáhuh”

Todo o panteão com dois mil deuses egípcio sofreria com este juízo de Elohim e

conheceria que só Yáhuh é Elohim sobre a terra!

Verso 13: E este dia vos será por memória, e celebrá-lo-eis por festa ao Yáhuh; nas

vossas gerações o celebrareis por estatuto perpétuoEste foi o motivo pelo qual

Ye’shua celebrava a Pêssach e ordenou que também devêssemos celebrar!

Verso 22: Então tomai um molho de hissopo, e molhai-o no sangue que estiver na

bacia, e passai-o na verga da porta, e em ambas as ombreiras, do sangue que estiver

na bacia; porém nenhum de vós saia da porta da sua casa até à manhã

O primeiro ponto importante é que, só valeria como proteção sobre os

marcos das casas o sangue derramado sobre a bacia. A pergunta é: Por que? Porque

este sangue teria sido derramado por sacrifício ao Eterno e era um sinal de que eles

comeram da carne do animal conforme todo o dito de Elohim. Mas a segunda lição é

que os hebreus só estariam protegidos se estivessem em casa durante o momento

que passasse o anjo do juízo de Elohim, conhecido pela própria Torah como “O

Destruidor”. Isto talvez pelo fato deles ainda não possuírem o Sangue do Cordeiro

nas portas de seus corações!

Verso 23: Porque o Yáhuh passará para ferir aos egípcios, porém quando vir o

sangue na verga da porta, e em ambas as ombreiras, o Yáhuh passará aquela porta,

e não deixará O DESTRUIDOR entrar em vossas casas, para vos ferir

Versos 25-27:

....

Como tem dito, guardareis este culto (Ha’avodá, Ato de adoração).

E acontecerá que, quando vossos filhos vos disserem: Que Avodá é este? Então

direis: Este é o sacrifício da Pêssach ao YÁHUH, que passou as casas dos filhos de

Israel no Egito, quando feriu aos egípcios, e livrou as nossas casas. Então o povo

inclinou-se, e adorou.

Verso 33: E os egípcios apertavam ao povo, apressando-se para lançá-los da terra;

porque diziam: Todos seremos mortos. Fizeram, pois, os filhos de Israel conforme à

palavra de Mosheh, e pediram aos egípcios jóias de prata, e jóias de ouro, e roupas.

E o Yáhuh deu ao povo merecimento aos olhos dos egípcios, e estes lhe davam o que

pediam; e despojaram aos egípcios.

O Elohim de Israel derruba o Panteão Egípcio

Página

17

Congregação Israelita Ye’shua Chai

Rosh Mosheh Ben Shalom

Parashah Vaera- Apareci

 

Desta vez eram os egípcios que pediam a saída do povo de Israel de suas

terras. Perceberam que enquanto mais devorava sua saída, mais pragas caíam sobre

eles. Os hebreus entenderam que o momento oportuno para pedir-lhes os despojos

era chegado e fazendo assim, saíram enriquecidos de lá.

Assim partiram os filhos de Israel de Ramessés para Sucote, cerca de

seiscentos mil a pé, somente de homens, sem contar os meninos. E subiu também

com eles muita mistura de gente, e ovelhas, e bois, uma grande quantidade de gado.

O tempo que os filhos de Israel habitaram no Egito foi de quatrocentos e trinta

anos

Shemot (EX) 13:8: E naquele mesmo dia farás saber a teu filho, dizendo: Isto é pelo

que o Yáhuh me tem feito, quando eu saí do Egito

Verso 16: E será isso por sinal sobre tua mão, e por frontais entre os teus olhos;

porque o Yáhuh, com mão forte, nos tirou do Egito

Isto é o que declaramos todos os anos durante uma das festas mais solenes

de nosso povo, Pêssach do Hashem. Baruch Abá! Bendito Seja o Pai! Quem

poderá suster o braço forte de Yáhuh nosso Elohim?

.....

Depois disto, mil soldados do exército de faraó morreram afogados em

vingança a todas as criancinhas que eles fizeram perecer afogadas.

Rosh Mosheh Ben Shalom líder da Congregação Israelita Yeshua Chai. Shalom!

O Elohim de Israel derruba o Panteão Egípcio

Página

18

Congregação Israelita Ye’shua Chai