Você está na página 1de 73
Rildo F Santos rildo.santos@etecnologia.com.br rildo.santos@companyweb.com.br Twitter: http://twitter.com/rildosan
Rildo F Santos
rildo.santos@etecnologia.com.br
rildo.santos@companyweb.com.br
Twitter: http://twitter.com/rildosan
Blog: http://rildosan.blogspot.com/
Melhoria de Processo:
Simulação de
Processo com
WBM®
de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Autor: Rildo F. dos Santos ( rildo.santos@etecnologia.com.br ) | Versão: 26

Versão 26| RFS

) | Versão: 26 Versão 26| RFS rildo.santos@e tecnologia.com.br Todos os direitos

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Introdução:

Após o mapeamento e a modelagem de processo,vem a etapa de melhoria de processo, esta etapa requer conhecimento do negócio, bem como ferramentas e técnicas para definirmos qual é melhor caminho para redesenhar o processo.

qual é melhor caminho para redesenhar o processo. Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os

Versão 26| RFS

melhor caminho para redesenhar o processo. Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

2

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Melhoria de Processo

Versão 26| RFS

com WBM®Melhoria Melhoria de Processo Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

3

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Por que Melhorar os Processos

Devemos melhorar os processos quando temos os seguintes motivos:

- Aumentar a qualidade de produtos e/ou serviços;

- Incrementar o nível de satisfação do cliente

- Atender a conformidade legal (compliance)

- Reduzir custos e Margem Operacional

- Melhorar a performance do negócio

.

Aumentar a vantagem competitiva

.

Aumentar o market share

.

Aumentar o lucro

. Busca pela liderança de mercado/segmento

- Aumentar a produtividade

- Prepara a aquisição e/ou fusão

Aumentar a produtividade - Prepara a aquisição e/ou fusão Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os

Versão 26| RFS

- Prepara a aquisição e/ou fusão Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

4

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Metodologia BPI: Uma introdução

BPI (Business Process Improvement), melhoria de processo de negócio, é uma metodologia (abordagem) que a ajuda a otimizar e entender os processos de negócio com objetivo de alcançar as metas e melhorar os resultados dos

processos.

O primeiro passo da BPI é determinar o cenário atual dos processos, ou seja, o Modelo AS-IS. O modelo AS-IS é importante, pois, ele nos ajuda conhecer onde empresa está e qual a performance dos processos (quais pontos fracos,

pontos de desconexão, tarefas de redundantes e

atividades de baixo valor agregado).

Na construção do modelo AS-IS, ainda não cabe ao Analista de Processo de Negócio propor melhorias, pois isto será feito na construção do

Modelo TO-BE .

A exceção, se for encontrada alguma coisa que possa ser melhorada, mas que seja de implementação rápida e agregue valor (Quick Win), ela poderá ser feita antes mesmo do inicio do modelo TO-BE.

O Modelo TO-BE apresenta uma proposta de

melhoria dos processos.

1
1
2
2

Versão 26| RFS

uma proposta de melhoria dos processos. 1 2 Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

5

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Projeto de Mapeamento, Modelagem e Melhoria de Processo:

Iniciação e Mapeamento de Processos Planejamento 2 1  Reuniões, Workshops, Entrevistas e Questionários 
Iniciação e
Mapeamento de Processos
Planejamento
2
1
 Reuniões, Workshops, Entrevistas e Questionários
 Reunião executiva
 Observação de Campo
 Definição do escopo e
objetivos
 Coleta de documentos (evidências)
 Análise dos sistemas legados
 Definição dos
Stakeholders
 Definição da notação, padrão e ferramenta de modelagem
 Realização de
Workshop de
Conscientização
4
Redesenho de Processo
(desenho do TO-BE)
Equipe e Usuários
Mobilização da equipe
Análise do Modelo do Processo
Equipe e Stakeholders
Desenhar os diagramas do
modelo do TO-BE
Stakeholders
Validar o modelo
Apresentar o modelo
Aprovar o modelo
Jul
Modelagem de Processo
(desenho do AS-IS)
3
 Desenhar os diagramas
Equipe , Usuários
do modelo do AS-IS
e Stakeholders
 Validar o modelo
6
Encerramento
 Apresentar o modelo
 Definição do
ciclo de melhoria
continua
Implementação
Equipe e Stakeholders
5
Planejar a implementação
Fazer Implementação do
modelo de TO-BE
 Reunião de
encerramento
do projeto
Validar a implementação
Equipe , Usuários e Stakeholders
Realizar treinamento (se
preciso)

Versão 26| RFS

Realizar treinamento (se preciso) Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

6

Exemplo de Aplicação do Modelo - Estudo de Caso: Cenário Atual

Hotel Colonial

Hotel Gran Fine

Hotel Sol

Atual Hotel Colonial Hotel Gran Fine Hotel Sol Em uma rede de hotéis a diretoria precisa
Em uma rede de hotéis a diretoria precisa das informações de desempenho do processo de
Em uma rede de hotéis a diretoria precisa das informações de desempenho do processo de reserva para

decidir quais eram as ações necessárias (campanhas por exemplo) para melhorar a o desempenho da rede.

Contudo , toda vez que era necessário gerar informações consolidadas (relatórios) sobre o desempenho de reserva era um sacrifício. E isto é muito critico para o negócio. Para piorar a situação cada hotel tinha seu próprio departamento de reserva com seus métodos, práticas políticas, procedimentos próprios.

Versão 26| RFS

políticas, procedimentos próprios. Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

7

Estudo de Caso: Cenário Atual (continuação)

Hotel Colonial

Hotel Gran Fine

Hotel Sol

(continuação) Hotel Colonial Hotel Gran Fine Hotel Sol Com objetivo de resolver este problema o presidente
(continuação) Hotel Colonial Hotel Gran Fine Hotel Sol Com objetivo de resolver este problema o presidente

Com objetivo de resolver este problema o presidente da Rede decidiu implementar práticas de gestão por processo.

O que primeiro passo seria conhecer processo de reserva e demais processos que fazem conexões com

departamento de reserva. E depois propor as melhorias.

Versão 26| RFS

de reserva. E depois propor as melhorias. Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

8

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Exemplo Prático: Utilizando o Projeto

1 Iniciação e Planejamento

Escopo: Melhorar extração das informações gerenciais do processo de reserva da rede de hotéis Stakeholder primário (quem toma decisão): Presidente da Rede Stakeholder secundário (quem usa, cuida da operação): Gerente do Departamento de Reserva, Agente de Reserva)

Equipe de trabalho: Equipe interna com apoio de consultor externo

2 Mapeamento de Processos:

A equipe fez reunião e entrevistas como todos os envolvidos diretamente com o processo de reserva,

avaliou documentos (políticas, procedimentos e instruções), regras de negócio, as atividades, tarefas

e responsabilidades.

Também foi analisado o Sistema de Reserva e outros documentos informais que foram encontrados. Ao final desta etapa a equipe já tinha informação suficiente para iniciar a modelagem. Foi definido uma notação, padrão para a modelagem e ferramenta de modelagem de processo

3 Modelagem de Processo (desenho do modelo AS-IS)

A equipe fez o modelo AS-IS (que reflete a situação atual), este modelo já composto por conjunto de

diagramas e documentos que ajudam no entendimento do processo.

O Mapa de Processo é o principal diagrama, pois, ele representa a visão macro do processo e outros

diagramas e documentos apresentam um nível maior de detalhes das atividades e tarefas do processo. O modelo foi validado e depois apresentado aos presidente e aos demais stakeholders.

Versão 26| RFS

aos presidente e aos demais stakeholders. Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

9

Exemplo Prático: Utilizando o Projeto

3 – Modelagem de Processo (desenho do modelo AS-IS): Exemplo de Mapa de Processo Observe
3 – Modelagem de Processo (desenho do modelo AS-IS): Exemplo de Mapa de Processo
Observe que este mapa não segue nenhuma notação padrão, pois, o objetivo dele é facilitar o
entendimento do processo (comunicar a visão do processo). Ele oferece uma visão macro do
processos que fazem conexão com o processo de Reserva.
de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Versão 26| RFS

Simulação de Processo com WBM®Melhoria Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

10

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Exemplo Prático: Utilizando o Projeto

4 Redesenho do Processo (Modelo TO-BE)

A equipe fez o modelo TO-BE (que é a proposta de melhoria de processo), Após a Analise do Modelo

do Processo, recomendou a criação de uma Central de Reserva única e para todos os hotéis da rede,

desta forma toda a informação estaria centralizada, também foi recomendado a implementação de uma

ferramenta de BI (business intelligence) para facilitar a elaboração dos relatórios de tomada de decisão.

O modelo foi validado e depois apresentado aos presidente e aos demais stakeholders. O presidente da empresa aprovou o modelo.

5

Implementação:

A

equipe fez o planejamento da implementação (foi definido escopo, premissas, cronograma de trabalho

e

recursos necessários para dar suporte a implementação).

A

implementação levou seis meses, foram dias de muito trabalho, mas após a implementação da novo

processo de reserva, foi feito a validação (“um teste piloto com um dos hotéis foi realizada durante duas

semanas), todos os ajustes necessário foram feitos. A ferramenta de BI foi implementada e relatórios de

tomada de decisão também estavam prontos. Foi realizado um treinamento para todos envolvidos com o processo de reserva.

6 Encerramento:

Foi definido um comitê de melhoria contínua formado pelo pessoal da Central de Reserva e pelo pessoal do Hotel. O objetivo deste comitê é monitorar o desempenho do processo e quando necessário criar planos de ação para prover melhoria de forma preventiva. Foi feito o termo de encerramento do projeto.

Versão 26| RFS

feito o termo de encerramento do projeto. Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

11

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Estudo de Caso: Cenário Desejado com a implementação do CSC:

Hotel Colonial

Hotel Gran Fine

Resort Sol

Central Reserva
Central Reserva

Agora no final de cada dia, é possível extrair as informações e para tomada de decisão. Outro beneficio direto alcançado foi a redução de custos.

Versão 26| RFS

direto alcançado foi a redução de custos. Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

12

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Conclusão do Estudo de Caso:

A adoção de práticas da gestão por processos, pode ajudar a estratégia a alcançar os resultados desejados (Na verdade os processos executam a estratégia).

A gestão por processo deve ser uma prática inserida na cultura da organização para funcionar efetivamente

Os processos não são ilhas. Eles são conectados formando uma rede. Isto pede um ambiente colaborativo

A decisão da implementação da melhoria de processo exige “Change Management”

(mudança organizacional e comportamental). É necessário ter patrocinador influente.

Definir os stakeholders (ajudar entender o quê fazer)

É necessário envolver as pessoas que lidam com o processo. (ajudar entender o como

fazer)

Definir responsabilidades é fundamental (quem faz o quê)

É necessário definir padrões, técnicas e ferramentas (ajuda na produtividade)

Trabalhar a “melhoria de processo” como um projeto, seguindo as práticas recomendas pelo PMBok®

Implementar o Ciclo de Melhoria Contínua é um fator critico de sucesso.

Ter uma equipe focada e comprometida (pessoas certas nos lugares certos) Foco no resultado

Versão 26| RFS

nos lugares certos ) Foco no resultado Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

13

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Os principais Fatores Críticos de Sucesso:

Integração, Processos e Tecnologia

Pessoas: Motivadas e Capacitadas
Pessoas:
Motivadas e
Capacitadas

Tecnologia e Ferramentas:

Facilitam a execução e monitoramento dos processos

Processos:

Adoção da Gestão

por Processos e

Melhores Práticas

A Integração de Pessoas, Processos e Tecnologia & ferramentas aumentam as chances de sucesso do projeto de implementação da Gestão por Processo.

Versão 26| RFS

de implementação da Gestão por Processo. Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

14

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria A Simulação de Processo Versão 26| RFS

A Simulação de Processo

Versão 26| RFS

com WBM®Melhoria A Simulação de Processo Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

15

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Visão Multidimensional do Processo:

A modelagem de processo deve dar criar um modelo que possua uma visão multidimensional (várias dimensões) e partir deste modelo, será mais fácil fazer a proposta de melhoria. Dimensões:

Modelo:

Facilita o entendimento do processo, apresenta uma representação da realidade (AS-IS) e permite uma visão futura do processo (TO-BE)

Recurso:

Auxilia na definição dos tipos de recursos e as “instances” associadas ao processo

Informação:

Ajuda no estabelecimento dos dados necessários para o processo.

Organização:

Auxilia na definição da visão funcional do processo e da estrutura organizacional do processo

Responsabilidade e Competência:

Ajuda no estabelecimento da matriz de competência e a matriz de papéis e responsabilidade

Indicadores:

Auxilia na definição de métricas e dos indicadores de desempenho do processo;

Tempo:

Ajuda na mensuração do tempo gasto para execução do processo;

Custo:

Facilita na identificação dos custos reais do processo

Versão 26| RFS

identificação dos custos reais do processo Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

16

Melhoria de Processo: Road Map

Análise do Modelo de Processo Modelo (AS-IS Apresentação, Validação e Aprovação do modelo (TO-BE) de
Análise do Modelo de Processo
Modelo (AS-IS
Apresentação, Validação
e Aprovação
do modelo (TO-BE)
de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Desenho (redesenho) do Modelo TO-BE

Versão 26| RFS

Desenho (redesenho) do Modelo TO-BE Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

17

Melhoria de Processo: Analise do Modelo de Processo Simulação de Processo Análise de Problemas Grupo
Melhoria de Processo:
Analise do Modelo de Processo
Simulação de Processo
Análise de Problemas
Grupo de Foco
Observação de Campo
Análise de Gaps
Benchmarking
Medição de Desempenho
Análise de Risco
4
3
Modelo AS-IS
Modelo TO-BE
Cenário atual
Cenário futuro (proposta de melhoria)
Equipe , Usuários e Stakeholders
Conhecimento do negócio
Competências
de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Versão 26| RFS

Simulação de Processo com WBM®Melhoria Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

18

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Por que Simular Processo ?

Com as informações (extraídas das dimensões do processo), basta aplicar as técnicas de Análise de Processo, para conseguirmos desenvolver o modelo TO-BE (proposta de melhoria do processo). Uma das técnicas mais eficiente é a Simulação.

A simulação ajuda a você responder:

- Qual tempo de duração das atividades, tarefas e tempo gasto total do processo ?

- Quais os gargalos, defeitos, falhas, pontos desconexão e subutilização de recursos ?

- Qual é a matriz de competências necessária ?

- Qual é o custo real do processo ?

- Quais são os recursos necessários ?

-- Quantidade de recursos necessários ?

- Quais atividades que devem ser automatizadas e quais não deve ?

- Se as regras são consistentes e integras ?

Facilita:

Ajuda na definição de métricas e indicadores de performance

- Auxilia na determinação do fluxo

- Na definição do nível de qualidade

Versão 26| RFS

- Na definição do nível de qualidade Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

19

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Por que Simular Processo ?

Exemplos de situação que Simulação de Processo ajuda a identificar:

- 40 minutos e 8 sistemas consultados para abrir uma conta corrente (quando a média de mercado é 20 minutos)

- 30 minutos para atender os clientes (quando a média de mercado é 15 minutos, inclusive 15 minuto é

determinado por lei*)

- 10 dias para aprovação de um empréstimo de R$ 10.000,00 (quando a média de mercado é 5 dias)

Versão 26| RFS

(quando a média de mercado é 5 dias) Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

20

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Por que Simular Processo ?

Exemplos de situação que Simulação de Processo ajuda a identificar:

Em um supermercado:

Quantas posições de caixa (para checkout) preciso ter para que meus clientes esperam somente 15 minutos na fila ?

Em um Banco (agência de um banco):

Quantas caixa eletrônicos devemos ter na agência para atender uma demanda de 80 pessoas por hora ?

Em Central de Atendimento, Call Center, Central de Serviço ou Help Desk:

Quantas posição de atendimento deve ter para atender os clientes/usuário com TMA (tempo

médio de atendimento) de 3 minutos

Setores que já utilizam a simulação como a principal técnica para a melhoria de processo:

- Logística e Cadeia de Suprimento

- Produção e Manufatura

- Segurança

- Mineração

- Siderurgia

- Papel e Celulose

- Serviços

- Etc

Versão 26| RFS

- Papel e Celulose - Serviços - Etc Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

21

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Tipos de Simulação

Os modelos de simulação, podem ser classificados em:

Estático - denominam-se como modelo estático o que visam representar o estado de um sistema em um instante ou que em suas formulações não se leva em conta a variável tempo

Dinâmico - Os modelos dinâmicos são formulados para representarem as alterações de estado do sistema

ao longo da contagem do tempo de simulação

Versão 26| RFS

ao longo da contagem do tempo de simulação Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

22

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Abordagem da Simulação de Processo

com WBM®Melhoria Abordagem da Simulação de Processo Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os

Versão 26| RFS

Abordagem da Simulação de Processo Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

23

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Abordagem da Simulação de Processo

Exemplo da Abordagem Bottom Up:

Macro

Processos

Produzir Produtos sob Encomenda 1

Up: Macro Processos Produzir Produtos sob Encomenda 1 Efetivar Planejar Produzir Entregar Pedidos
Up: Macro Processos Produzir Produtos sob Encomenda 1 Efetivar Planejar Produzir Entregar Pedidos
Up: Macro Processos Produzir Produtos sob Encomenda 1 Efetivar Planejar Produzir Entregar Pedidos
Up: Macro Processos Produzir Produtos sob Encomenda 1 Efetivar Planejar Produzir Entregar Pedidos

Efetivar

Planejar

Produzir

Entregar

Pedidos

Produção

produto

o produto

Processos

Pedidos Produção produto o produto Processos Cadastrar Cliente Registrar Pedido Gerar OP Enviar para PCP

Cadastrar Cliente

Registrar Pedido

Gerar OP

Enviar para PCP

Atividades

Solicitar dados

do Cliente

Registrar o

cliente

Tarefas

Versão 26| RFS

dados do Cliente Registrar o cliente Tarefas Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

24

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Utilizando a ferramenta IBM WBM (WebSphere Business Modeler)

Versão 26| RFS

IBM WBM ( WebSphere Business Modeler) Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

25

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Ferramenta

Simulação de Processo com WBM®Melhoria Ferramenta Quais são as principais características de uma ferramenta

Quais são as principais características de uma ferramenta de modelagem ? A simulação de processo é nossa maior necessidade

Principais características:

- Suporte ao BPMN

- Recurso de publicação Web;

- Recurso de exportação/importação de modelos (suporte a XMI);

- Controle de versão dos modelos;

- Modelagem (desenho de processo);

- Simulação de Processo;

- Suporte a BPEL

- Suporte XPDL;

- Suporte a colaboração;

- Suporte a documentação de apoio (planilha, gráficos, documentos word e etc.);

- Suporte a Regra de Negócio (BRE Business

Rules Engine ou BRM Business Rules Management);

- Suporte a SOA (Arquitetura Orientada a Serviço);

- Suporte a Gestão de Risco;

- Suporte a BAM (Business Activity Monitoring - Monitoramento das Atividades de Negócio).

Monitoring - Monitoramento das Atividades de Negócio). Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os

Versão 26| RFS

- Monitoramento das Atividades de Negócio). Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

26

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Ferramenta Algumas recomendações:

Melhores Práticas sobre ferramenta:

- Compre uma ferramenta que atenda os objetivos da empresa;

- Faça testes antes de adquirir a ferramenta;

- A ferramenta deve ser adequada a cultura da empresa;

- Faça uma visita a empresas e pessoas que já utilizam a ferramenta;

- Faça uma relação de Custo x Benefício;

- Ferramentas influenciam técnicas e notações. Portanto, escolha uma notação antes de escolher uma ferramenta;

- Para melhorar a produtividade considere adotar uma ferramenta;

- Faça treinamento para dominar a ferramenta (para extrair o melhor da ferramenta);

- Verifique qual o suporte e período de garantia da ferramenta;

- Evite o “Vendor Lock In”.

Versão 26| RFS

- Evite o “ Vendor Lock In ”. Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

27

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Seleção da Ferramenta: WBM

de Processo com WBM®Melhoria Seleção da Ferramenta: WBM Vamos ver as ferramentas de modelagem de processo
Vamos ver as ferramentas de modelagem de processo
Vamos ver as ferramentas de
modelagem de processo
Acho que WBM atende as nossas necessidade
Acho que WBM atende as
nossas necessidade

Veja a lista de ferramentas que compliance BPMN - http://www.bpmn.org/BPMN_Supporters.htm

Oracle Suite Oracle BPM Studio
Oracle Suite
Oracle BPM Studio

Oracle

ARIS - IDS Scheer AG

Software AG
Software AG

WebSphere Business Modeler (WBM)

Provides a process modeling tool enabling testing and validation of business processes

tool enabling testing and validation of business processes Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os

Versão 26| RFS

testing and validation of business processes Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

28

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Sobre WBM (Websphere Business Modeler):

Uma solução para Modelagem e Simulação, Automação e Distribuição e Execução e Monitoramento de processos

O foco desta apresentação WBM (Simulação)
O foco desta
apresentação
WBM (Simulação)

Versão 26| RFS

desta apresentação WBM (Simulação) Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

29

Sobre WBM (Websphere Business Modeler): Visão da WBM versão 6.02 IBM WBM® (WebSphere Business Modeler),
Sobre WBM (Websphere Business Modeler):
Visão da WBM versão 6.02
IBM WBM® (WebSphere Business Modeler), versão 6.02 ou maior, é uma ferramenta completa para
modelagem, análise, simulação, monitoramento e implantação de processo com objetivo de melhorar o
negócio.
de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Versão 26| RFS

Simulação de Processo com WBM®Melhoria Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

30

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Sobre WBM (Websphere Business Modeler):

Área de modelagem do processo Navegação pelo modelo Painel de Controle de Simulação O projeto
Área de modelagem do processo
Navegação
pelo modelo
Painel de Controle de Simulação
O projeto

WBM oferece um ambiente colaborativo para todos envolvidos no projeto trabalharem juntos e de forma clara. Podemos modelar, otimizar e implantar processos de negócio, monitorar e tomar decisões com base nos indicadores de desempenho e dos alertas (que são disparados quando necessários) Ao utilizar o WBM, é possível fazer ligação dos processos de negócio com estratégica e objetivos da empresa e melhorar continuamente os processos.

Versão 26| RFS

e melhorar continuamente os processos. Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

31

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

WBM. Simulação, uma introdução:

Uma das características mais importantes do WBM é a habilidade de simular os processos de negócio.

Criar um modelo de negócio e permitir que

você capture as métricas, tais como tempo

requerida para execução de tarefa, recursos envolvidos e custo.

A

simulação use essas métricas para entender

o

comportamento dinâmico do processo.

Exemplo: Você pode querer identificar quais os

custos de um processo, qual é gargalo, ou onde os recursos são subutilizados ou são insuficientes.

A Simulação permite a descoberta de todas

essas coisas.

A Simulação permite a descoberta de todas essas coisas. Para simular um processo é necessário definir

Para simular um processo é necessário definir algumas coisas:

- Quais recursos estão associados as tarefas;

- Qual é tempo duração para realização de cada tarefa;

- Qual é custo para realização de cada tarefa;

- Quais são os papéis associados com as tarefas (performers).

No WBM, quando você define um projeto é permitido informar todos itens de negócios, papéis e demais recursos necessários para o processo

Versão 26| RFS

demais recursos necessários para o processo Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

32

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

WBM. Simulação, Pré-Requisitos:

1 - WBM versão 6.02 ou superior Faça o download do WBM (o tamanho do arquivo passa de 1GB, tenha paciência):

WBM (o tamanho do arquivo passa de 1GB, tenha paciência):

http://www14.software.ibm.com/webapp/download/product.jsp?s=p&id=MMOY-

633GQ7&cat=&fam=&rs=&S_TACT=104CBW71&S_CMP=&demolang=&q=WebSphere+Business+Modeler&ibm-

search=Search&pf=Windows+Vista+Business&lang=Portuguese+Brazilian&sb=r

2 - Projeto Demo Faça o download do projeto demo:

http://www.ibm.com/developerworks/apps/download/index.jsp?contentid=249980&filename=simulation-demo.mar&method=http&locale=worldwide

Versão 26| RFS

Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

33

WBM. Simulação, iniciando:

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria
de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Informe o nome do projeto; Nome do catalogo do projeto e nome do processo

Versão 26| RFS

do catalogo do projeto e nome do processo Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

34

WBM. Simulação, Visão inicial:

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria
de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Versão 26| RFS

Simulação de Processo com WBM®Melhoria Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

35

WBM. Simulação, Carregando o Projeto Demo:

> Selecione barra de menu, File de depois a opção Import

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria
de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Versão 26| RFS

Simulação de Processo com WBM®Melhoria Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

36

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

WBM. Simulação, Passos para importa o Projeto Demo:

Importando o Projeto Demo:

Após o download do arquivo simulation-demo.mar (.Mar Modeler Archive, usa este tipo como padrão) , WBM Advanced. O arquivo o processo para demonstração:

no

Passos para você importar o arquivo (você também poderá optar por seguir os slides que estão na seqüência para carregar o projeto) :

1.Chame o Menu de Barra File e depois selecione a opção Import ou clique no botão direito do mouse sobre a árvore de projeto e selecione Import

2.No diretório de origem (Source Directory) , clique no Browse para escolher o diretório (onde o arquivo

simulation-demo.mar foi baixado)

3. Para o Projeto Alvo (Target Project) clique em New.

4. Informe o nome do projeto e clique no botão Finish.

5. Tenha certeza que a opção: “Include Simulation Snapshots” está marcada e clique no botão Finish.

6. Quando aparecer a Caixa de Dialogo “Overwrite”, clique no botão Yes to all, como na figura abaixo:

clique no botão Yes to all , como na figura abaixo: Importante: O Windows tem a

Importante:

O Windows tem a limitação de 256 caracteres para nome de arquivo e path. Por isto, esta demonstração usa pastas dentro de pastas, o WBM criar subpastas para armazenar o arquivo “metadado”. Caso você tenha algum problema com a importação utilize uma “workspace” com um nome e caminho menor

Versão 26| RFS

“workspace” com um nome e caminho menor Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

37

WBM. Simulação, Carregando o Projeto Demo:

> Selecione qual tipo de origem (source) da importação:

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria
de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Versão 26| RFS

Simulação de Processo com WBM®Melhoria Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

38

WBM. Simulação, Carregando o Projeto Demo:

> Selecione o formato do arquivo (WebSphere Business Modeler project .mar) que será importado e
> Selecione o formato do arquivo (WebSphere Business Modeler project .mar) que será
importado e clique no botão Next
de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Versão 26| RFS

Simulação de Processo com WBM®Melhoria Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

39

WBM. Simulação, Carregando o Projeto Demo:

> Informe o diretório de origem, projeto alvo, selecione a opção “Include Simulation Snapshot” e
> Informe o diretório de origem, projeto alvo, selecione a opção “Include Simulation
Snapshot” e depois clique no botão Finish.
de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Versão 26| RFS

Simulação de Processo com WBM®Melhoria Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

40

WBM. Simulação, Carregando o Projeto Demo:

> Aguarde a execução da Importação

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria
de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Versão 26| RFS

Simulação de Processo com WBM®Melhoria Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

41

WBM. Simulação, Visão do Projeto:

Após a importação, abra o projeto, neste exemplo: Project1

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria
de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Você poderá navegar pelos itens do projeto, tais como: Business items, Full Process, Recursos, Reports e etc

Versão 26| RFS

items, Full Process, Recursos, Reports e etc Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

42

Entendo o projeto do WBM

Podemos discutir a estrutura do projeto do WBM ? Sim, posso explanar os conceitos e
Podemos discutir a estrutura do
projeto do WBM ?
Sim, posso explanar os
conceitos e estrutura do
projeto do WBM
de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Versão 26| RFS

Simulação de Processo com WBM®Melhoria Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

43

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

WBM. Projeto, Projeto Padrão:

O Projeto padrão:

WBM. Projeto, Projeto Padrão: O Projeto padrão: Quando você cria um novo projeto no WBM, ele

Quando você cria um novo projeto no WBM, ele já vem

com uma estrutura padrão, que pode ser modificada, ou

seja, podemos alterar o nome do projeto, modificar os itens do projeto e selecionar por exemplo os tipos que estão associado com cada item, veja o exemplo abaixo para item Resource, observe as operações possíveis, quando selecionamos New, poderemos colocar um

novo elemento dentro do Resource.

New, poderemos colocar um novo elemento dentro do Resource. Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os

Versão 26| RFS

colocar um novo elemento dentro do Resource. Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

44

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

WBM. Projeto, Explorando o Projeto:

com WBM®Melhoria WBM. Projeto, Explorando o Projeto: Business items são aqueles itens que é passado de

Business items são aqueles itens que é passado de uma atividade para outra operação de negócio. Podemos modelar o Business Item para qualquer coisa que possa ser criada, associada, testada e modificada.

No WBM® um Business item pode ser como uma categoria, onde o business item é uma “instance” da ocorrência da categoria.

Exemplo:

Você pode definir uma Nota de Faturamento como Business Item. Nota de Faturamento é a categoria, e Nota de Faturamento No. 1090 é uma ocorrência da categoria, ou uma “instance” do business item

da categoria, ou uma “instance” do business item Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os
da categoria, ou uma “instance” do business item Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os

Versão 26| RFS

ou uma “instance” do business item Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

45

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

WBM. Projeto, Exemplo de Business Item:

com WBM®Melhoria WBM. Projeto, Exemplo de Business Item: Neste exemplo criamos o Depósito Bancário como uma

Neste exemplo criamos o Depósito Bancário como uma categoria e depois criamos Business Item

para a categoria Deposito Bancário. Observe que podemos definir os atributos para este Business Item e também as regras de negócios que

aplicadas a cada atributo

Versão 26| RFS

de negócios que aplicadas a cada atributo Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

46

WBM. Projeto, Exemplo Processes:

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria
de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Selecione o nó Processes e clique New e depois Process > Neste exemplo criamos o processo Confirmar Pedido de Compra.

Versão 26| RFS

o processo Confirmar Pedido de Compra. Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

47

WBM. Projeto, Exemplo Processes:

Janela permite a modelagem (desenho) do processo. de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria
Janela permite a modelagem (desenho) do processo.
de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Esta Guia permite a especificação do processo. Você poderá definir Custo, Receita, Duração (tempo), entrada e saídas, definir os classificadores e organização. (Dados que podem ser usados na Simulação do processo.

Versão 26| RFS

podem ser usados na Simulação do processo. Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

48

WBM. Projeto, Exemplo Processes:

Outra opção para especificação do processo: de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria
Outra opção para especificação do processo:
de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Nesta Guia também é permite especificar o processo. Você poderá definir Custo, Receita, Duração (tempo), entrada e saídas, definir os classificadores e organização.

Versão 26| RFS

definir os classificadores e organização. Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

49

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

WBM. Projeto, Exemplo Resources

Processo com WBM®Melhoria WBM. Projeto, Exemplo Resources Resources (Recursos): Um recurso é uma pessoa, equipamento,

Resources (Recursos):

Um recurso é uma pessoa, equipamento, material ou uma ferramenta usada para fazer uma tarefa ou um projeto. Exemplo:

Você poderá criar catalogo de recurso e depois definir um Role (Papel). Neste exemplo foi criado o papel de “Analista de Crédito”, WBM permite definir as qualificações para o papel, você ainda pode adicionar custos e freqüência/tempo.

Versão 26| RFS

pode adicionar custos e freqüência/tempo. Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

50

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

WBM. Projeto, Exemplo Organizations

com WBM®Melhoria WBM. Projeto, Exemplo Organizations Definições Organização identifica os atributos que

Definições Organização identifica os atributos que definem uma unidade de organização. Cada

unidade da organização deve se referir a uma definição de organização. Cada unidade de organização herda um conjunto de atributos de uma definição de organização. Por exemplo, se você tem uma organização que tem os seguintes departamentos:

- Filial de Vendas Região Norte -Unidade Central de Vendas Você poderá criar uma definição de organização chamada Departamento de Vendas para identificar os

atributos necessários definir um departamento de vendas específicos. Você, então, usa esta definição para

criar unidades organizacionais para cada departamento específico.

Versão 26| RFS

para cada departamento específico. Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

51

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

WBM. Projeto, Exemplo Classifiers

Processo com WBM®Melhoria WBM. Projeto, Exemplo Classifiers Classificadores (Classifiers): Classificadores permitem

Classificadores (Classifiers):

Classificadores permitem categorizar tarefas e outros elementos do processo para que você possa otimizar seus processos e de fácil reconhecer elementos com um determinado conjunto de características. Você pode usar classificadores predefinidos ou definir seus classificadores e valores próprios classificador.

Versão 26| RFS

e valores próprios classificador. Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

52

WBM. Projeto, Exemplo Classifiers

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria
de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Classificadores (Classifiers):

Você poderá associar um classificar com um tarefa. Veja que tem um guia no processo que permite

associar uma tarefa com valor do classificador.

Versão 26| RFS

uma tarefa com valor do classificador. Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

53

Entendo o projeto do WBM Ok, entendi acho que podemos voltar ao exemplo Ok, vamos
Entendo o projeto do WBM
Ok, entendi
acho
que podemos
voltar ao exemplo
Ok, vamos continuar a
discutir o exemplo
Versão 26| RFS
rildo.santos@etecnologia.com.br
Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009
de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

54

WBM. Simulação, Navegação pelo Projeto:

O Projeto:

Navegue pelo o nó Full Process, Load Aproval e selecione o To-Be Eletronic Load Processing.
Navegue pelo o nó Full Process, Load Aproval e selecione o To-Be Eletronic Load
Processing. A simulação será a feita a partir de processo (modelo).
de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Versão 26| RFS

Simulação de Processo com WBM®Melhoria Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

55

WBM. Simulação, Selecionado o Processo:

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria
de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Navegue pelo o nó Full Process, Load Aproval e selecione o To-Be Eletronic Load Processing. A simulação será a feita a partir de processo (modelo).

Versão 26| RFS

será a feita a partir de processo (modelo). Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

56

WBM. Simulação, Preparação da Simulação:

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria
de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Clique no botão direito do mouse e no Menu selecione a opção Simulate. Será criada uma Guia chamada Simulate Snapshot

Versão 26| RFS

criada uma Guia chamada Simulate Snapshot Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

57

WBM. Simulação, Preparação da Simulação:

Clique na Guia chamada Simulation Snapshot de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria
Clique na Guia chamada Simulation Snapshot
de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Versão 26| RFS

Simulação de Processo com WBM®Melhoria Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

58

WBM. Simulação, Preparação da Simulação:

> Clique na Guia Simulation Snapshot para ver e/ou mudar as configurações da Simulação:

Veja as configurações (settings) da Simulation Snapshot. Eles são os parâmetros de configuração que serão
Veja as configurações
(settings) da Simulation
Snapshot. Eles são
os parâmetros de
configuração que
serão utilizados na
Simulação do processo.
de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Versão 26| RFS

Simulação de Processo com WBM®Melhoria Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

59

WBM. Simulação, Preparação da Simulação:

> Clique na Guia do Processo que será Simulado:

Selecione a Guia do processo que será feita a simulação. de Processo: Simulação de Processo
Selecione a Guia do processo que será feita a simulação.
de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Versão 26| RFS

Simulação de Processo com WBM®Melhoria Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

60

WBM. Simulação, Preparação da Simulação:

Para executar a simulação: Selecione a Guia Simulation Control Panel (Painel de Controle da Simulação)
Para executar a
simulação:
Selecione a Guia
Simulation
Control Panel
(Painel de Controle
da Simulação)
de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Versão 26| RFS

Simulação de Processo com WBM®Melhoria Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

61

WBM. Simulação, Executando a Simulação:

Para executar a simulação: Clique no Botão Verde para iniciar a simulação do processo de
Para executar a
simulação:
Clique no Botão
Verde para iniciar
a simulação do
processo
de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Versão 26| RFS

Simulação de Processo com WBM®Melhoria Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

62

WBM. Simulação, Resultado da Simulação:

> Clique na Guia Processes para ver os resultados da Simulação:

Resultado da Simulação de Processo (guia Processes) de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria
Resultado da Simulação de
Processo (guia Processes)
de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Versão 26| RFS

Simulação de Processo com WBM®Melhoria Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

63

WBM. Simulação, Resultado da Simulação:

> Clique na Guia Tasks para ver os resultados da Simulação:

Resultado da Simulação de Processo (guia Tasks) de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria
Resultado da Simulação de
Processo (guia Tasks)
de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Versão 26| RFS

Simulação de Processo com WBM®Melhoria Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

64

WBM. Simulação, Resultado da Simulação:

> Clique na Guia Connections para ver os resultados da Simulação:

Resultado da Simulação de Processo (guia Connections) de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria
Resultado da Simulação de
Processo (guia Connections)
de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Versão 26| RFS

Simulação de Processo com WBM®Melhoria Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

65

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Resultado:

A simulação permite

estudar processos em diferentes cenários, através da análise de comportamentos e de

resultados virtuais, levando

à respostas efetivas que

permitam maior certeza na tomada de decisão.

Contudo, para ter resultado como a simulação dependemos de uma boa ferramenta, de conhecimento do negócio e técnicas.

Para que gostou da Simulação de Processo, mas não tem a WBM.

Opção:

Veja a ferramenta Tibco

Process Modeler ela tem a

simulação de processo mesma na versão comunitária. Vale a pena conferir

processo mesma na versão comunitária. Vale a pena conferir Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os

Versão 26| RFS

versão comunitária. Vale a pena conferir Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

66

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Referências:

- Documentação WebSphere Business Modeler

- WebSphere Business Modeler Advanced Simulation

- WebSphere Business Modeler 6.0.2 Tutorial: Quickstart

- Apresentação WebSphere® Business Modeler V6.0.2

Overview

- Apresentação WebSphere® Business Modeler V6.0.2 Simulation, Dynamic Analysis and Enhancements

V6.0.2 Simulation, Dynamic Analysis and Enhancements Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os

Versão 26| RFS

Dynamic Analysis and Enhancements Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

67

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Para ir além

Simulação de Processo com WBM®Melhoria Para ir além Planejamento Estratégico com BSC
Simulação de Processo com WBM®Melhoria Para ir além Planejamento Estratégico com BSC
Simulação de Processo com WBM®Melhoria Para ir além Planejamento Estratégico com BSC
Simulação de Processo com WBM®Melhoria Para ir além Planejamento Estratégico com BSC
Simulação de Processo com WBM®Melhoria Para ir além Planejamento Estratégico com BSC
Simulação de Processo com WBM®Melhoria Para ir além Planejamento Estratégico com BSC

Planejamento Estratégico com BSC

http://www.slideshare.net/Ridlo/planejamento-estratregico-com-bsc-v2

Gestão por Processo (BPM) http://www.slideshare.net/Ridlo/gesto-por-processo

Mapeamento e Modelagem de Processos de Negócio com BPMN http://www.slideshare.net/Ridlo/mapeamento-e-modelagem-de-processos-de-negcio-com-bpmn

Técnicas de Gestão para Análise de Negócio

http://www.slideshare.net/Ridlo/tcnicas-de-gesto-para-anlise-de-

negcio

Analise de Requisitos Software http://www.slideshare.net/Ridlo/analise-de-requisitos-software

Soa Fundamentos http://www.slideshare.net/Ridlo/soa-fundamentos

http://www.slideshare.net/Ridlo

Versão 26| RFS

http://www.slideshare.net/Ridlo Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

68

Quer Mais Gostou quer mais, gostaria de receber outros materiais sobre o mesmo tema e
Quer Mais
Gostou quer mais, gostaria de receber
outros materiais sobre o mesmo tema e
novas versões deste material
Envie um e-mail para com subject: “Quero
entrar na comunidade” para
rildo.santos@etecnologia.com.br que te
enviaremos um convite para participar
da nossa comunidade
http://etecnologia.ning.com/
de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Versão 26| RFS

Simulação de Processo com WBM®Melhoria Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

69

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria Sobre o autor: Rildo F. Santos Coach e Consultor

Sobre o autor: Rildo F. Santos

Coach e Consultor de Gestão de Negócios, Inovação e Tecnologia para a Gestão 2.0, a Gestão Ágil.

A Gestão Ágil ajuda as empresas a responder mais rápido as demandas de negócio e mudanças. A Gestão 2.0, abrange Planejamento Estratégico, Gestão por Processos Ágeis, Gestão de Projetos Ágeis, Tecnologia da Informação (Métodos Ágeis), Inovação e Liderança.

Minha Experiência:

Tenho mais de 10.000 horas de experiência em Gestão de Negócios, Gestão de Inovação, Governança e Engenharia de

Software. Formado em Administração de Empresas, Pós-Graduado em Didática do Ensino Superior e Mestre em Engenharia

de Software pela Universidade Mackenzie.

Fui instrutor de Tecnologia de Orientação a Objetos, UML e Linguagem Java na Sun Microsystems e na IBM.

Conheço Métodos Ágeis (SCRUM, Lead, FDD e XP), Arquitetura de Software, SOA (Arquitetura Orientado a Serviço), RUP/UP - Processo Unificado, Business Intelligence, Gestão de Risco de TI entre outras tecnologias.

Sou professor de curso de MBA da Fiap e fui professor de pós-graduação da Fasp e IBTA.

Possuo fortes conhecimentos de Gestão de Negócio (Inteligência de Negócio, Gestão por Processo, Inovação, Gestão de Projetos e GRC - Governance, Risk and Compliance), SOX, Basel II e PCI; E experiência na implementação de Governança de TI e Gerenciamento de Serviços de TI. Conhecimento dos principais frameworks e padrões: ITIL, Cobit, ISO 27001 e ISO 15999;

Desempenhei diversos papéis como: Estrategista de Negócio, Gerente de Negócio, Gerente de Projeto, Arquiteto de Software, Projetista de Software e Analista de Sistema em diversos segmentos: Financeiro, Telecomunicações, Seguro, Saúde, Comunicação, Segurança Pública, Fazenda, Tecnologia, Varejo, Distribuição, Energia e Petróleo e Gás.

Possuo as certificações: CSM - Certified SCRUM Master, CSPO - Certified SCRUM Product Owner , SUN Java Certified Instrutor, ITIL Foundation e sou Instrutor Oficial de Cobit Foundation e Cobit Games;

Sou membro do IIBA-International Institute of Business Analysis (Canada)

Onde estou:

Blog: http://rildosan.blogspot.com/

Versão 26| RFS

Blog: http://rildosan.blogspot.com/ Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

70

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Notas:

Marcas Registradas:

Todos os termos mencionados e reconhecidos como Marca Registrada e/ou comercial são de

responsabilidade de seus proprietários. O autor informa não estar associada a nenhum produto e/ou

fornecedor apresentado neste material. No decorrer deste, imagens, nomes de produtos e fabricantes podem ter sido utilizados, e desde já o autor informa que o uso é apenas ilustrativo e/ou educativo, não visando ao lucro, favorecimento ou desmerecimento do produto/fabricante.

Melhoria e Revisão:

Este material esta em processo constante de revisão e melhoria, se você encontrou algum problema ou erro envie um e-mail nós.

Criticas e Sugestões:

Nós estamos abertos para receber criticas e sugestões que possam melhorar o material, por favor envie um e-mail para nós.

Imagens:

Google, Flickr e Banco de Imagem.

e-mail para nós. Imagens: Google, Flickr e Banco de Imagem. Rildo F dos Santos (rildo.santos@etecnologia.com.br) Versão

Rildo F dos Santos (rildo.santos@etecnologia.com.br)

Versão 26| RFS

dos Santos (rildo.santos@etecnologia.com.br) Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

71

Licença:

de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria
de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Versão 26| RFS

Simulação de Processo com WBM®Melhoria Versão 26| RFS rildo.santos@etecnologia.com.br Todos os direitos reservados

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009

72

Rildo F Santos rildo.santos@etecnologia.com.br rildo.santos@companyweb.com.br Twitter: http://twitter.com/rildosan
Rildo F Santos
rildo.santos@etecnologia.com.br
rildo.santos@companyweb.com.br
Twitter: http://twitter.com/rildosan
Blog: http://rildosan.blogspot.com/
Melhoria de Processo:
Simulação de
Processo com
WBM®
de Processo: Simulação de Processo com WBM®Melhoria

Autor: Rildo F. dos Santos ( rildo.santos@etecnologia.com.br ) | Versão: 1

Versão 26| RFS

) | Versão: 1 Versão 26| RFS rildo.santos@e tecnologia.com.br Todos os direitos

rildo.santos@etecnologia.com.br

Todos os direitos reservados e protegidos © 2006 e 2009