Você está na página 1de 2

˜

MANTENHA A IDENTIDADE CRIST A!

Nota ao orador:

Ajude a assist encia a compreender que, n ao importa quanto tempo estejamos na verdade, nossa identidade cris-

t a pode ficar comprometida. Incentive todos os que servem a Jeov a a permanecer firmes como seus adoradores.

Ajude especialmente os jovens que cresceram em lar crist ao a prezar o privil egio de ser identificados como cris-

t aos e a ver a necessidade de manter essa posic¸ ao.

ˆ

˜

˜

˜

´

˜

´

˜

´

´

SERVIR COMO TESTEMUNHA DE JEOV A — UM GRANDE PRIVIL EGIO (7 min)

´

E

ˆ

uma b enc¸ ao estar entre os que Jeov a considera aptos para entrar numa relac¸ ao especial com ele. (Jo 6: 44)

˜

´

˜

“Jeov a conhece os que lhe pertencem”, como grupo bem como individualmente, e e um privil egio ser conhe-

´

´

´

cido por Deus de forma t ao ıntima. ´

˜

(2Ti 2:19; 1Co 8:3)

A

N ao sentimos prazer em nos associar com o unico povo organizado na Terra que Jeov a aprova?

identidade como adoradores de Jeov a nos diferencia do mundo. (Mal 3:18; Jo 17:16)

Somos conhecidos por seguir a ordem de Jesus de pregar as “boas novas do reino”. (Mt 24:14) ´

O

Nossa not avel conduta nos ajuda a brilhar como iluminadores num mundo em escurid ao espiritual. (Fil 2:15)

˜

´

´

´

amor que temos uns pelos outros nos distingue como disc ıpulos

´

de Jesus. (Jo 13:35)

˜

Sim, e um grande privil egio ser identificado como Testemunha de Jeov a! (Is 43:10)

´

´

´

No entanto, manter a identidade como crist aos verdadeiros nestes “tempos cr ıticos, ´

˜

desafio para todos, especialmente para os jovens. (2Ti 3:1)

dif ıceis ´

de manejar” e um

´

AMEA CAS¸

`

˜

A IDENTIDADE CRIST A (7 min)

Para que Jeov a continue reconhecendo-nos como pertencentes a ele, temos de preservar nossas “roupas exte-

´

riores”, nossa identidade como segu idores de Jesus Cristo. (Re 16:15; re 231-2)

ˆ

Podemos obscurecer ou perder a identidade como crist aos se cedermos a perigosa enfase que o mundo d a a

˜

`

´

`

autogratificaao.

˜

Os que cedem n ao raro enfrentam uma crise de identidade.

˜

Passam por per ıodos ´ “ter personalidade”.

de d uvidas, reavaliando seus objetivos e afirmando que precisam “se encontrar” ou

´

Essa busca de “identidade” as vezes resulta no abandono das responsabilidades e da boa moral.

`

Se n ao ficarmos vigilantes, as atitudes do mundo poder ao nos afetar.

˜

˜

O levita Asafe passou a ter d uvidas sobre o valor de se empenhar por um proceder correto. (Sal 73:1-14;

´

w99 1/9 21-2)

Com o tempo, ele entendeu o ponto de vista de Jeov a sobre o assunto e renovou o apreco¸ por seus

´

privil egios como adorador de Jeov a. (Sal 73:23-28)

´

´

´

E

essencial que sempre tenhamos em mente a no ssa identidade como adoradores de Deus.

A pessoa que n ao preza o que ela e e a posic¸ ao que ocupa na realizac¸ ao do prop osito de Jeov a fica sem rumo

˜

´

˜

˜

´

´

na vida. (Ef 4:14; Tg 1:6-8; Re 3:16)

´

COMO TESTEMUNHAS DE JEOV A, SABEMOS QUEM SOMOS (8 min)

As Escrituras nos dizem qual e nosso objetivo na vida. (Re 4:11)

´

Os crist aos verdadeiros vivem para fazer a vontade de Deus. (1Pe 4:2)

˜

´

A B ıblia

revela os valores, as qualidades, os padr oes e as caracter ısticas

˜

´

tificados como crist aos. (Ef 4:22-24; 1Pe 2:21)

˜

que se exigem dos que querem ser iden-

Acima de tudo, n os nos vemos como verdadeiros adoradores de Jeov a.

´

´

Temos o privil egio de fazer parte dos ultimos duma longa lista de testemunhas fi eis que comecou¸

´

´

´

(He 11:4)

com Abel.

A identidade crist a e mais importante do que qualquer la co¸ baseado em parentesco, raca,¸ cor, l ıngua

˜

´

´

cionalidade. (G al 3:28)

´

ou na-

Tamb em e mais importante que ambic¸ oes e desejos pessoais. (Mr 8:34)

´

´

˜

´

Manter um relacionamento pessoal com Deus e essencial para a verdadeira identidade crist a.

˜

ˆ

Jovens, voc es n ao devem achar que ser ao aceitos por Deus simplesmente porque seus pais O servem.

˜

˜

´

ˆ

E preciso que voc es mesmos amem a Jeov a. (Mt 22:37)

´

Mas como podemos lidar com as muitas press oes que enfrentamos e que poderiam levar-nos a abandonar a

˜

identidade crist a?

˜

TESTEMUNHAS QUE MANTIVERAM A IDENTIDADE (11 min)

A B ıblia ´

cont em muitos exemplos de pessoas que, apesar de enfrentarem adversidades ou serem jovens, manti-

´

veram a identidade como adoradores de Deus.

Jos e passou anos como escravo no Egito pag ao.

´

˜

Mesmo assim, ele manteve a identidade como servo de Deus e continuou decidido a fazer o que sabia ser

ˆ

direito. (G en 39:7-10)

N.° 160-T 6/04

A menina israelita, escrava de Naam a, n ao se esqueceu de que era adoradora de Jeov a.

˜

˜

´

Ela deu um excelente testemunho. (2Rs 5:1-4)

Josias decretou reformas religiosas de longo prazo, consertou o templo e ajudou a nac¸ ao a retornar a Jeov a.

˜

´

(2Rs 23:24, 25; w01 15/4 25-8)

ˆ

N ao se deixou moldar pelo p essimo exemplo do pai e do av o.

˜

´

Daniel e os tr es hebreus cativos em Babil onia nunca se esqueceram de sua identidade como servos de Jeov a.

´

ˆ

ˆ

Mantiveram a integridade sob press ao e tentac¸ ao. (dp 33-45)

˜

˜

Os crist aos hoje, jovens e idosos, devem estar decididos a manter a identidade crist a.

˜

˜

FORTALECA¸

˜

A IDENTIDADE CRIST A (10 min)

A B ıblia ´

nos incentiva a provar a verdade a n os mesmos. (At 17:11; Ro 12:2; 1Te. 5:21)

´

Podemos fazer isso n ao por experimentar as coisas m as que o mundo oferece, mas por estudarmos a B ıblia,

de cora c¸ ao seus ensinamentos e termos uma conduta que evidencia que estamos “firmemente

˜

˜

´

´

abra carmos¸

estabelecidos na verdade”. (2Pe 1:12)

A Palavra de Deus nos ajudar a a conhecer nossas pr oprias habilidades e nosso potencial.

´

´

Revelar a nossos sentimentos e motivac¸ oes mais ıntimos. ´

Podemos desenvolver a “nova personalidade” e alcan car¸

´

˜

(He 4:12, 13; Tg 1:22-25) nosso pleno potencial espiritual. (Ef 4:22-24)

Assistir as reuni oes crist as e participar nas atividades congregacionais nos ajuda a firmar a identidade crist a e

`

˜

˜

˜

a compreender onde nos encaixamos no prop osito de Jeov a. (He 10:23-25)

´

´

Estabelecer alvos espirituais de melhorar nossos h abitos de estudo, aumentar a participa c¸ ao na obra de pre-

gac¸ ao ou procurar habilitar-nos para determinado privil egio de servico¸ de tempo integral tamb em pode aju-

´

˜

˜

´

´

dar-nos a fazer pleno uso de nossos dons espirituais. (1Pe 4:10)

Torne conhecida a sua identidade como Testemunha de Jeov a; isso pode servir de protec¸ ao. (w00 1/11 13-14)

´

˜

N ao se envergonhe da mensagem b ıblica. ´

Pregue a outros e mantenha uma conduta excelente para permanecer separado do mundo e resistir as suas

˜

(Ro 1:16)

`

ˆ

influ encias corrompedoras. (Pr 20:11; Lu 6:44, 45)

ˆ

˜

˜

B ENC¸ AOS RESULTANTES DE MANTERMOS A IDENTIDADE CRIST A (2 min)

ˆ

Recebemos muitas b enc¸ aos por mantermos a identidade crist a:

˜

˜

O privil egio de sermos reconhecidos por Jeov a. (Mal 3:16)

Amizade pessoal com Deus. (Tg 2:23)

Alvos produtivos e um objetivo na vida.

A esperanca¸ de um futuro eterno. (Sal 37:9)

´

´

Por fazer as coisas que consideramos, voc e poder a manter a identidade crist a e receber b enc¸ aos eternas.

(Apegue-se a mat eria esbocada¸

ˆ

´

˜

ˆ

˜

`

´

e observe o tempo indicado de cada se c¸ ao. N ao e preciso ler nem comentar todos

˜

˜

´

os textos citados.)

N.° 160-T — p agina 2

˘ 2004 Watch Tower Bible and Tract Society of Pennsylvania e

Associac¸ ao Torre de Vigia de B ıblias ´

´

˜

e Tratados

A SER ABRANGIDO EM 45 MINUTOS

Todos os direitos reservados