Você está na página 1de 3

O Evangelho Arminiano

Gálatas 1:6-12

por

John A. Kohler, III

O evangelho que o Apóstolo Paulo pregou não era algo que ele tinha
aprendido através de instrução humana, mas, pelo contrário, ele o recebeu
por revelação divina. Qualquer evangelho que difira, mesmo que seja um
jota, do evangelho que Paulo pregou, é um evangelho falso, herético e
satânico, e deve ser extremamente rejeitado pelo povo de Deus nas igrejas
de Cristo. O principal evangelho deste tipo é o evangelho Arminiano, que
tem sido chamado de “a obra prima de Satanás” e “a mentira mais astuta
que o Diabo já contou”. O evangelho Arminiano é outro evangelho, de uma
espécie diferente, não outro evangelho da mesma espécie que o Apóstolo
Paulo pregou. Ele não é um evangelho da graça de Deus, mas um
evangelho do mérito humano. É um evangelho pregado por aqueles que
causam problemas para as verdadeiras igrejas do Senhor. É um evangelho
pervertido, maldito, a despeito de quem o pregue. Consideremos
brevemente algumas das características anti-escriturísticas do evangelho
Arminiano.

I. O evangelho Arminiano afirma que Deus o Pai ama todos os


homens, que Deus o Filho morreu por todos os homens, e que Deus o
Espírito Santo deseja salvar todos os homens.

II. O evangelho Arminiano nega a soberania absoluta de Deus.

A. Jó 23:13-14; Salmos 33:8-12; 115:3; 135:6; Isaías 14:24-27; 46:9-10;


Daniel 4:34-35.
B. Efésios 1:11

III. O evangelho Arminiano nega a doutrina bíblica da depravação e


da incapacidade total do homem.

A. João 3:3; 6:44,65; Romanos 3:11; 8:7-8


B. I Coríntios 2:14; II Coríntios 4:3-4

IV. O evangelho Arminiano nega a doutrina bíblica da eleição


incondicional para salvação.
A. Atos 13:48; Efésios 1:4-5,11; II Tessalonicenses 2:13
B. II Timóteo 1:9; Apocalipse 17:8

V. O evangelho Arminiano nega a doutrina bíblica da redenção


definida e particular.

A. Isaías 53:8
B. Mateus 1:21; 20:28; 26:28; João 10:11,14-15; I Coríntios 15:3

VI. O evangelho Arminiano nega a doutrina bíblica do chamado eficaz


ou graça irresistível.

A. João. 1:12-13; Romanos 9:16; Tiago 1:18; I João 5:1


B. Atos 5:31; 11:18; Romanos 3:22; 12:3; Gálatas 2:16; 5:22; Efésios 2:8

VII. O evangelho Arminiano nega a doutrina bíblica da perseverança


dos santos.

A. Mateus 10:22; João. 8:30-31; 10:28


B. I João. 2:19

As seguintes passagens bíblicas nos ensinam qual


deve ser a nossa reação para com o evangelho
Arminiano:

“Pelos teus mandamentos, alcancei entendimento; pelo que aborreço todo


falso caminho...Por isso, tenho, em tudo, como retos todos os teus
preceitos e aborreço toda falsa vereda” (Salmos 119:104,128).

“E rogo-vos, irmãos, que noteis os que promovem dissensões e escândalos


contra a doutrina que aprendestes; desviai-vos deles” (Romanos 16:17).

“E não comuniqueis com as obras infrutuosas das trevas, mas, antes,


condenai-as” (Efésios 5:11).

“Todo aquele que prevarica e não persevera na doutrina de Cristo não tem
a Deus; quem persevera na doutrina de Cristo, esse tem tanto o Pai como
o Filho. Se alguém vem ter convosco e não traz esta doutrina, não o
recebais em casa, nem tampouco o saudeis. Porque quem o saúda tem
parte nas suas más obras” (II João. 9-11).
“Ao homem herege, depois de uma e outra admoestação, evita-o” (Tito
3:10).

Tradução livre: Felipe Sabino de Araújo Neto


Cuiabá-MT, 22 de Março de 2005.

www.monergismo.com

Este site da web é uma realização de


Felipe Sabino de Araújo Neto®
Proclamando o Evangelho Genuíno de CRISTO JESUS, que é o poder de DEUS para salvação de todo aquele
que crê.

TOPO DA PÁGINA

Estamos às ordens para comentários e sugestões.

Livros Recomendados

Recomendamos os sites abaixo:

Academia Calvínia/Arquivo Spurgeon/ Arthur Pink / IPCB / Solano Portela /Textos da reforma / Thirdmill
Editora Cultura Cristã /Edirora Fiel / Editora Os Puritanos / Editora PES / Editora Vida Nova