Você está na página 1de 4

ETANOL DE ALGAS

As cianobactérias, também chamadas de algas‐azuis, são uma das matérias‐primas de interesse comercial para
produção de etanol. Uma pesquisa conduzida pelo Professor Pengcheng Patrick Fu, do Departamento de
Bioengenharia e Biociência Molecular da Universidade do Havaí, resultou na obtenção do combustível em um
Photo‐Bio‐Reator (PBR) a partir de cianobactérias geneticamente modificadas, técnica já patenteada. Uma das
modificações feitas pelo pesquisador no DNA desses organismos celulares refere‐se a um gene que responde à luz
e produz etanol. Nos testes foram utilizados foto‐bio‐reatores em sistema fechado com luz solar e luz artificial para
avaliar a produtividade das cianobactérias, que apresentam ao mesmo tempo características de bactérias e de
algas e realizam fotossíntese como as plantas superiores. As melhores respostas foram obtidas com luz solar e
dióxido de carbono, composto essencial para a realização da fotossíntese. Nos períodos sem insolação, nutrientes
à base de açúcar foram acrescentados à água das cianobactérias. A separação do etanol é feita por uma membrana
especialmente desenvolvida para o processo. A próxima etapa é preparar uma biofábrica experimental de algas na
Universidade de Pequim, na China. Prof. Franke estuda parcerias visando projetos modelos no Brasil, nos estados
Ceará, Bahia e Goiás, envolvendo ainda a rede EMBRAPA & CENARGEN e AGROENERGIA.

Fonte: PESQUISA FAPESP ‐

COOPERAÇÃO NO BRASIL
A empresa LA WAHIE BIOTECH DO BRASIL LTDA. Está iniciando uma cooperação internacional com
diferentes parceiros científicos e industriais, visando os seguintes objetivos:
ƒ Criação de uma força tarefa ALGA‐TEC e de CAPTURA E RECICLAGEM DE CO2 em usinas de
etanol
ƒ Parceria com empresas, entidades de pesquisa e órgãos governamentais, REDE EMBRAPA,
REDENET, UFBA & FTC, UFC, UFG e UEG, CTC – Centro de Tecnologia Canavieira, ALGA‐BIO,
UNION Engeneering, Grupo JP – PE, Governos Estaduais de Goiás ( SIC, SECTEC, FAPEG e
SIFAEG), de Ceará (NUTEC, Carbonofixo), e na Bahia com um grupo empresarial internacional.
ƒ Programar um Projeto experimental de uma BIOFÁBRICA & BIOREFINARIA DE ALGAS
ƒ Pesquisa e Desenvolvimento de cepas de cianobactérias e engenharia metabólica
ƒ Criação de uma rede de cooperação internacional ALGAE‐TEC‐NET, com parceiros em: UK,
China, Alemanha, Israel, Polônia, Espanha, Argentina e Brasil.
LA WAHIE BIOTECH DO BRASIL LTDA. – RUA TENENTE A.F. PITANGA, 108 – 40035‐000 ARACAJU‐SE
TELEFONE: 00‐55‐79‐3243‐2209 – E‐MAIL: LaWahieBiotech@gmail.com
PROCESSAMENTO INDUSTRIAL DE ETANOL COM ALGAS
A produção de etanol com algas somente será só possível, usando uma sofisticada tecnologia
de engenharia metabólica, photo‐bio‐reatores de baixo custo e sistema de captura de CO2 na
fonte, no processo de fermentação de etanol de cana. Assim nasce um nova rota de produção.

1. PASSO: P&D INTERNACIONAL COM UMA EQUIPE DE BIOTECNOLOGIA

IDENTIFICAR CEPAS DE ENGENHARIA TESTES NO LABORATÓRIO TEST EM PHOTO‐BIO‐


CIANOBACTÉRIAS METABÓLICA REATORES

2. PASSO: A CIANOBACTÉRIA VIRA FÁBRICA DE ETANOL, COM APOIO DA FOTOSÍNTESE


GENOME MAPPING USAGE OF ALGAE TO CLEAN SMOKE‐GAS OF
METABOLIC ENGINEERING POWER‐PLANT – CO2 CAPTURE
SUN‐
LIGHT

EXHAUST AIR :
BIOREACTOR
O 2 , WITHOUT CO2

SMOKE‐GAS OUTFLOW ALGAE WITH


CULTURE MEDIUM

SEPARATION OF
Photo‐Bio‐Reactor ALGAE
CYANOBACTERIUM COAL‐FIRED PLANT M E
INDUSTRIAL CULTURE‐MEDIUM
E T
15.0e6
WASTE HEAT M H
B
12.5e6

A
10.0e6

7500e3

WET ADD‐ON : NUTRIENTS AND WATER R


A N
DRY
High-throughput BIOMASS OF ALGAE N O
Measurement E L

MAPEAMENTO GENÉTICO AGREGAR UM CAMPO DE PHOTO‐BIO‐REATORES


E MODIFICAÇÃO DO DNA DAS ALGAS NUMA USINA DE ETANOL

3. PASSO: MONTAGEM DE UMA BIOFÁBRICA E BIOREFINARIA AO LADO DE UMA USINA


ALGAL ETHANOL PRODUCTION PROCESS

Nutrients Seed tank:


Heterotrophic
Algal growth
Circulating

Separation of ethanol
with a specific
Tank

membrane equipment

CO2

Photo‐Bio‐Reactor:
Autotrophic Pump
Algal growth

MONTAGEM DE SISTEMA DE PBR IMPLANTAR O PROCESSO DE MONITORAMENTO


INDUSTRIAL DE BAIXO CUSTO. PRODUÇÃO DE ETANOL COM ALGAS COMPUTADORIZADO DO CULTIVO
CONCEITOS HORIZONTAIS E /OU DE ALGAS
VERTICAIS

LA WAHIE BIOTECH DO BRASIL LTDA. – RUA TENENTE A.F. PITANGA, 108 – 40035‐000 ARACAJU‐SE
TELEFONE: 00‐55‐79‐3243‐2209 – E‐MAIL: LaWahieBiotech@gmail.com
4. PASSO: PROJETOS PILOTOS NO BRASIL

CRIAR UM LABORATÓRIO DE ALGAS IDENTIFICAR UMA USINA MODELO MODELAR UMA PLANTA PILOTA
COM A REDE EMBRAPA PARA A CAPTURA DE CO2 INTEGRADA DEMONSTRATIVA
(ETANOL DE CANA & ALGAS)

ESTUDAR A NACIONALIZAÇÃO DA TESTE DOS SISTEMAS EM PLANEJAR O PROJETO DE UMA


FABRICAÇÃO DE PHOTO‐BIO‐ LABORATÓRIOS UNIVERSITÁRIOS BIO‐FÁBRICA DE ALGAS
REATORES

CONCLUSÃO: TECNOLOGIA LIMPA COM RECICLAGEM DE CO2


A empresa de consultoria internacional ACCENTURE apresentou recentemente a seguinte
previsão da Demanda Mundial do Mercado de Biocombustíveis até o ano 2020:
• BIO‐ETANOL: 60%
• BIO‐DIESEL: 30%
• JETFUEL: 10%
Esta perspectiva mostra claramente, que o Brasil precisa criar com urgência uma força tarefa
para pesquisar e desenvolver tecnologias innovativas para o setor de etanol, pois somente
com melhoramento do rendimento (yield) da cana, não vamos muito longe. Vamos somente
implantar vastas áreas de plantio de uma monocultura de cana de açúcar, causando problemas
ambientais e de uso demasiado de recursos hídricos.

LA WAHIE BIOTECH DO BRASIL LTDA. – RUA TENENTE A.F. PITANGA, 108 – 40035‐000 ARACAJU‐SE
TELEFONE: 00‐55‐79‐3243‐2209 – E‐MAIL: LaWahieBiotech@gmail.com
Usando, como apresentado, uma segunda rota de etanol de algas, vamos trabalhar com
sistemas de photo‐bio‐reatores fechados, trabalhando com água doce, evitando evaporação. A
produtividade e mais do que 10 vezes, eventualmente quase 20 vezes maior com algas, do que
com a fonte (feedstock) tradicional, com a cana, que rende na média 7.000 Litros por hectare.

ATIVIDADES DE EXTENSÃO E DE COOPERAÇÃO INTERNACIONAL


1. Captura e Reciclagem de Cooperação com Prof.
Carbono Pengcheng Fu na China,
Pesquisar soluções de absorção para usar o CO2 como
de CO2, de armazenagem e uso insumo numa planta de
de dioxido de carbono no cultivo produção de etanol com
de algas algas .
2. Photo‐Bio‐Reatores Parceria com BFS na
Estudo comparativo de photo‐ Espanha, Prof. Pulz no IGV
bio‐reatores horizontais e em Berlim‐Potsdam, Prof.
verticais de baixo custo, para Tredici em Florença ( Itália
diferentes finalidades ) e Prof. Sammy Boussiba
(Israel).
3. Cultivo de Algas Intercâmbio com o IGV
Planejar e preparar uma planta através de um Projeto PPP,
experimental no terreno da para estudar diferentes
EMBRAPA – GO, para iniciar a cadeias produtivas de
produção semi‐industrial em GO algas: Ração, Cosméticos,
Medicamentos, Alimentos
4. Liquefação de Biomassa Implantar no Brasil uma
Pesquisar diferentes tipos de fábrica experimental de
insumos para o processo de BTL: BTL e do sistema Fischer
FISCHER & TROPSCH
ALGAS BAGAÇO OU
MISCANTHUS 1. Algas Tropsch (diesel e jetfuel)
2. Bagaço de Cana com a BIOMETHAN AG, em
3. Miscanthus parceria com o consórcio
PRODUTO : DIESEL OU QUEROSENE

das usinas de etanol

Capturando o gás nocivo para o aquecimento global, o CO2 na fonte do processo tradicional
do etanol de cana, no sistema de fabricação por fermentação, vamos criar uma tecnologia de
etanol limpo, que agrada o mercado, especialmente da EUROPA, que cria cada vez mais
imposições, para autorizar o etanol no mercado automobilístico. Com a estratégia integrada
ETANOL DE CANA & ALGAS, vamos vender melhor os carros FLEX‐FUEL no mercado externo,
junto com um biocombustível absolutamente limpo.

AUTOR: PROF. HANS‐JÜRGEN FRANKE – CTO ‐ LA WAHIE BIOTECH INC.

LA WAHIE BIOTECH DO BRASIL LTDA. – RUA TENENTE A.F. PITANGA, 108 – 40035‐000 ARACAJU‐SE
TELEFONE: 00‐55‐79‐3243‐2209 – E‐MAIL: LaWahieBiotech@gmail.com