Editor Leonardo Melo Capa Erick Carjes Projeto Gráfico Goretti Carlos Revisão Leonardo Melo Gráfica Aquaprint

Trepanação é uma publicação de Quadrinhópole Digital Comics Ltda, todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial desta obra, por quaisquer meios existentes ou que venham a ser criados, sem autorização prévia por escrito dos editores, exceto para fins de divulgação. Esta é uma obra de ficção, qualquer semelhança com fatos ou pessoas é mera coincidência. Quadrinhópole Digital Comics www.quadrinhopole.com contact@qdcomics.com Data desta edição: Abril de 2013

Aos meus pais, Jean e Andressa, Ronan Cliquet, Quanta Academia, Raphael Fernandes, Nilton Machado e principalmente à minha esposa querida, Renata, que me ajudou e me apoiou do começo ao fim deste álbum e de tudo mais que venho produzindo. Muito obrigado.

prefácio
Como editor de quadrinhos, costumo receber dezenas de e-mails todos os meses com desenhistas, roteiristas e até futuros editores pedindo para que eu avalie seu trabalho e dê uma oportunidade de publicar. No entanto, na maior parte das vezes eles ainda estão muito crus para que seu trampo seja revelado. Nessas horas, faço algo que muita gente não tem coragem... adoto o cara como uma espécie de aluno a distância. Em outros casos, acabo comprando algumas edições independentes e mantenho certo contato com os autores, acompanhando sua evolução e trocando muitas figurinhas. Foi assim que comecei a conversar com o Erick Carjes, depois de ganhar sua estreia independente “Entidade”, onde ainda estava com um traço muito selvagem e bruto. Depois de alguns anos, sempre conversando sobre filmes, quadrinhos e até jogando Magic juntos, ficamos amigos e nos autoprovocamos para melhorar cada vez mais. Essa relação simbiótica foi benéfica pra ambos, tanto que essa edição que você tem em mãos é a prova de que o Erick está se tornando um grande quadrinista. Não só seu traço ganhou em qualidade, mas sua própria capacidade de narrar histórias vem se desenvolvendo. Quem tiver essa edição na coleção, com certeza vai se orgulhar por ter feito parte da evolução de um grande autor de quadrinhos brasileiros. Boa sorte, amigo Carjes! Raphael Fernandes
Editor e roteirista de quadrinhos (MAD, Imaginários em Quadrinhos, Ditadura No Ar)

Prólogo
Ele fuma uma pedra de crack usando uma latinha de cerveja como cachimbo. Ele é pobre, não tem ninguém. É um lixo digno de ser desintegrado da Terra. Ele é desprezível, ele é um verme, mas até os vermes têm seus sonhos e seus conflitos. Neymar busca respostas. ele busca por uma nova experiência, pela Última Droga, aquela que vai de vez mudar a vida dele e fazer ele conseguir finalmente parar de fugir de tudo. Ele tenta, dia a pós dia, encontrar algo novo que o tire de lá. Enquanto ele não acha, temos o Crack. E Neymar quebra, dia após dia. Ele quebra o seu desejo e o seu desespero infiníto de achar que o tire de lá. Pode parecer engraçado, pode ser que pela cultura nula de Neymar ele não entenda a própria piada, mas ele faz a própria onomatopeia todos os dias, ele faz o som que o representa melhor a cada noite. Quando Neymar vai a algum traficantezinho pedir droga, ele diz o que acontece com ele mesmo: crack. Ele quebra. Neymar quebra todos os dias, mas exatamente como nos quadrinhos, esse barulho, essa onomatopéia, passa despercebida ao leitor, cujo cérebro assimila o som e ignora o texto. Com Neymar seria igualzinho e talvez ele até encontrasse graça nisso se tivesse estudado, se tivesse aprendido a ler. Se tivesse a chance de um dia wwwsequer segurar um gibi e ler, ao invés de limpar-se com ele após fazer suas necessidades em uma praça suja qualquer. E assim segue a história de Neymar, quebrando e ruindo quase sem perceber, dia após dia, página após página. Quebrando. Crack. Erick Carjes

Roteiro e Arte: Erick Carjes

Neymar.

E aí Neymar, tá curtindo essa paradinha nova que eu te descolei?

Eu tô curtindo, cara, mas sei lá, é muito tosca. Ainda não bateu. Preferia ter comprado pedra.

Bom, foda-se, ainda assim você me deve 5 conto.

Vai se foder, Mestre, não vou pagar 5 conto por essa droguinha de favelado.

E agora, seu viadinho aidético, cadê a porra da minha grana?

Caralho, me deixa em paz, eu não tenho a grana. foi mal, amanhã eu te pago, juro.

puta que pariu, de novo essa merda.

.Arranquem a grana dele.

passa a grana logo seu arrombado, faz um corre e se vire, arruma a grana.

Não dá cara, to doidão já cara, não dá!

Que pena.

Merda, me deixem em paz! -cof cof- eu não tenho a grana, suas bichas!

Ninguém me chama de bicha!

Caralho, se você matar ele, a gente não recebe!

Porra, você quebrou a porta do Hotel, seu gordo babaca!

E daí? Ninguém mora aqui, esse buraco é abandonado.

Teu cu que ninguém mora aqui. Essa é a casa do Morto.

Ah para, isso é só uma lenda, esse cara não existe!

Você é um otário se não acredita no Morto. Eu já ví ele. Ele existe.

Ele está fugindo!

!

Vão atrás dele, peguem o desgraçado.

Porra, mas eu não quero entrar aí!

Entra logo, Gordo!

Vamos atrás dele antes que o Morto o ache! Eu quero a minha grana!

Pago o dobro de pedra para quem derrubar o Neymar!

porra cara, náo sei náo...

Nossa, que bela hora pra ficar chapado.

caralho...

vamos logo, seu gordo frangote!

Merda.

Preciso me esconder.

Preciso me esconder.

Preciso me esconder.

Que porra é essa?

Tanto tempo...

Ai, caralho!

Oh Deus, Bad trip agora não!

Você não pode escapar!

Ah, cara... Me deixa em paz, porra! vai embora!

Você...

é...

MEU!

A

A

A

A A

AA
[dumm]

Merda...

Corre, Neymar!

corre!

corre!

corr

e!

ACHEI!

Dessa vez você vai realmente morrer!

Saiam da minha casa!

esse é o...?

Agora você vai conhecer o que é dor de verdade!

o morto.

Finalmente, alguém.

Acorde. Está na hora.

Se tudo der certo, você vai ficar melhor do que nunca.

Você poderá ver o mundo como eu vejo!

Vai doer um pouco!

Só um pouquinho.

Já estou acabando.

Só mais um pouco.

PRONTO!

Oh, perfeito! O corpo vive! De hoje em diante, nenhuma fome ou sede vão tomar você! Você não será mais um homem comum

seu casulo está rompido e você está livre para ver a verdadeira natureza de tudo!

Respire e liberte seu espírito, liberte seu corpo! Sinta o novo mundo!

Cresça!

Liberte-se!

Levante-se!

Calma, seu corpo...

Sua alucinação de merda. Vá embora da minha mente, deixe-me em paz!

Garoto, acho que você não entendeu. Você não está alucinando. Você deve estar se sentindo confuso com seu novo corpo. Mantenha a calma e me ouça!

Você furou minha cabeça!

O corpo tem uma trava. Isso que eu tirei da sua cabeça é a trava. Agora você vai ver o mundo como ele é, as coisas como são de verdade...

Seu filho da puta!!!

Seu maldito! Eu vou embora dessa merda e se eu te vir de novo, você vai se arrepender de não ter me matado! Calma, você ainda não está pronto...

FODA-SE!

Oh, meu deus!

O q... O que aconteceu?

O que são essas coisas nos prédios?

as pessoas...

Oh, o que temos aqui?

Não acredito que o filho da puta está vivo!

Que belo buraco você ganhou aí. Ele comeu seu cérebro? Consegue me ouvir, mongol?

Nunca mais encoste em mim.

MONSTRO!

MORRAM, SEUS INSETOS!

...

O que está acontecendo?

O que eu fiz? Por que essas visões não vão embora?

Eu já lhe disse que não são visões.Você está vendo as coisas como elas realmente são. Você está vendo a verdadeira natureza das coisas!

Mas eu quero voltar a ser como era antes!

Lamento, mas essa dádiva não tem volta. Você pode agora escolher viver e aceitar o mundo, sem esperar nada dele.

Ou você pode julgar, temer e punir os outros seres vivos e seguir seus dias com maldade. Eu te dei a chance e os meios de ser melhor, de ser diferente.

O que você fará é uma escolha sua.

Aceite os espíritos livres, abrace eles e deixe eles te abraçarem.

Deixe eles te levarem para algo maior.

Mas e se eu não for bom? E se eu estiver errado?

Ninguém irá te julgar.

Ninguém.

fim

O Autor
Erick Carjes nasceu em 1986, é casado, paulista e bacharel em Design Digital pela Universidade Anhembi Morumbi. Fez dois cursos de Histórias em Quadrinhos: um mestrado por André Vazzios, na Escola Oficina e outro mestrado por Ronan Cliquet, na Quanta Academia de Artes. Seu primeiro trabalho como quadrinista foi ENTIDADE, que conta a história de um mendigo misterioso que recebe pedidos de pessoas comuns em troca da vida de seus familiares. Trepanação é seu mais novo trabalho, mas muitos outros estão por vir. http://carjes.wordpress.com/ http://www.facebook.com/erickcarjes

Esta revista foi produzida com apoio da

Quadrinhópole Digital Comics
Se você também é autor independente e procura por apoio para diagramar, divulgar, distribuir, traduzir sua revista ou convertê-la para versões digitais, entre em contato! Oferecemos diferentes e flexíveis opções de serviços dependendo do projeto de cada autor! www.quadrinhopole.com | contact@qdcomics.com

Ainda, conheça outros títulos da editora, já disponíveis nas melhores comic shops!

Undeadman Vol. 1: Idade Média Jason de Ely ganhou a imortalidade na Idade Média. Porém, o que muitos considerariam uma dádiva, para Jason tornou-se uma maldição, já que ele passou mais de um século sendo torturado sem o alívio da morte. Uma vez livre, este guerreiro imortal passou por várias aventuras. Foi ao Japão, enfrentou Drácula antes deste tornar-se um vampiro, participou das Cruzadas, viu a peste negra de perto e muitas outras coisas. Este primeiro volume de histórias do “Undeadman” reúne todas as aventuras passadas na Idade Média, desde sua origem até a trágica saída da Europa.

Na cidade de Três Buracos, Laura Bogart é sequestrada. O que os bandidos não sabem é que seu pai tem relações com a máfia local. O que o Don não sabe é que seu filho, Nick, tem um caso com Laura. O que Nick não sabe é que há outros bandidos atrás de sua amante. E o que ninguém sabe é como terminará essa história. Sequestro em Três Buracos é uma história de máfia em 4 partes escrita por Leonardo Melo (Quadrinhópole, Undeadman) e ilustrada por André Caliman (E.LF., Revolta!). Publicada originalmente na forma de webcomics, esse volume reúne agora as 4 partes deste inusitado conto pela primeira vez em formato impresso, para ser apreciada por colecionadores e pelos fãs do gênero.

MELO • CALIMAN

Sequestro em Três Buracos Na cidade de Três Buracos, Laura Bogart é sequestrada. O que os bandidos não sabem é que seu pai tem relações com a máfia local. O que o Don não sabe é que seu filho, Nick, tem um caso com Laura. O que Nick não sabe é que há outros bandidos atrás de sua amante. E o que ninguém sabe é como terminará essa história.
“Uma história que não se passa no Brasil e não tem personagens tupiniquins mas que, para nossa sorte, foi criada por dois brasileiros talentosos.” – Maurício Muniz, jornalista e editor de quadrinhos

SEQUESTRO EM TRÊS BURACOS

ISBN 978-85-912790-8-1
R$ 25,00

9 788591 279081

Você olharia para Neymar e pensaria que ele é mais um viciado em crack infestando as ruas. Mais um sintoma da doença que assola a cidade. Mas as coisas estão para mudar na vida de Neymar. Ao fugir do traficante para quem deve dinheiro, ele acabará entrando nos domínios da criatura conhecida como O MORTO, o que mudará sua vida para sempre.

Para o bem ou para o mal.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful