Frequência Absoluta e Frequência Relativa

Na Estatística, os dados coletados em pesquisas são utilizados para análise de determinada situação envolvendo comparações. A partir desses dados, podemos construir as frequências absolutas e relativas. A frequência absoluta está associada ao número de vezes que um valor da variável é citado, e a frequência relativa é determinada em porcentagem, através da relação entre a frequência absoluta da variável e o somatório dos valores citados. Vamos representar situações cotidianas, a fim de demonstrar os processos de construção de tabelas com as frequências informadas. Exemplo 1 Uma pesquisa foi realizada com os 200 funcionários de uma empresa de comércio atacadista, no intuito de analisarem as preferências por esportes. Dentre as opções esportivas foram fornecidas as seguintes opções: futebol, vôlei, basquete, natação, tênis e ciclismo. Observe os resultados: Futebol: 70 Vôlei: 50 Basquete: 40 Natação: 20 Tênis: 15 Ciclismo: 5

Exemplo 2 Em uma empresa, os salários dos 60 funcionários foram divididos de acordo com a seguinte informação:

: fechado à esquerda e aberto à direita. Vamos determinar a frequência relativa dos salários dessa empresa:

A coleta de dados em uma pesquisa tem por objetivo analisar determinada situação, as informações coletadas devem ser organizadas em tabelas para se ter um melhor entendimento das diferentes opções de respostas escolhidas pelos entrevistados. A frequência absoluta registra exatamente a quantidade de vezes que determinada realização ocorreu, não sendo possível uma análise de comparação. Para que os dados se tornem significativos devemos recorrer à frequência relativa da pesquisa, sendo esta feita através de dados percentuais, definidos como a razão entre a frequência absoluta e o número total de observações. Em uma empresa foi realizada uma pesquisa a fim de saber a quantidade de filhos de cada funcionário. Os dados da pesquisa foram organizados na seguinte tabela:

é a percentagem relativa à frequência acumulada. 15% possuem três filhos.75% dos funcionários não possuem filhos. 37. A frequência relativa acumulada. 6. Juntamente com as frequências.25% possuem quatro filhos.5% possuem dois filhos. esta poderá incluir frequências relativas. A tabela de frequências é uma forma de representação da frequência de cada valor distinto da variável. De uma forma geral. é a percentagem relativa à frequência. frequências acumuladas e frequências relativas acumuladas. Neste caso. 22. . a tabela de frequências é usada para variáveis categóricas. uma vez que no caso de uma variável contínua a maior parte dos valores terá frequência 1.A frequência relativa nos fornece uma melhor visualização. Veja a análise: 18. o que não resolve o problema inicial de se resumir a informação. Frequência e Tabela de frequências A frequência absoluta. é o numero de vezes que uma variável assume um valor inferior ou igual a esse valor. pois os dados percentuais traduzem melhor a situação comparativa de cada caso. transformado-a numa variável categórica e assim ter mais sentido a tabela de frequências respectiva. pode-se agrupar os valores da variável contínua em intervalos. A frequência acumulada de um valor. ou apenas frequência. de um valor é o número de vezes que uma determinada variável assume esse valor. A frequência relativa.5% possuem exatamente um filho. Ao conjunto das frequências dos diferentes valores da variável dá-se o nome de distribuição da frequência (ou apenas distribuição).

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful