Você está na página 1de 5

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ

SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO


1ª UNIDADE REGIONAL DE EDUCAÇÃO
E.E.E.F.M PROFº BOLIVAR BORDALLO DA SILVA

TEMA: EDUCAÇÃO COMO INSTRUMENTO DE JUSTIÇA E PAZ

CURSISTA
ZÉLIA LOPES CAXIAS

PROFESSOR MULTIPLICADOR
DÊNCIA

BRAGANÇA-PARÁ
MAIO DE 2009
TEMA:EDUCAÇÃO COM INSTRUMENTO DE JUSTIÇA E PAZ

SUBTEMA: AS CONDIÇÕES SOCIOECONOMICAS DOS MORADORES DA ÁREA DE


INVASÃO DO BAIRRO DO CEREJA EM BRAGANÇA

QUESTIONAMENTO: Quais as alternativas possíveis de políticas públicas podem


melhorar a qualidade de vida dos moradores da invasão do bairro do Cereja?

JUSTIFICATIVA
Bragança, privilegiada por sua posição geográfica na região do salgado, vem
atraindo pessoas de várias regiões do Brasil, estimulados pelo incentivo ao
comércio local, pelos recursos naturais, pesqueiros e agricultura, que se
destacam na economia local.
No final do século XX e início do século XXI, tem se percebido um grande
fluxo demográfico, em decorrência de migrações possibilitando a expansão da
cidade, através da criação de novos bairros e áreas de invasão(ocupação)
organizadas desordenadamente, onde evidencia-se “ o mapa da exclusão social”
como a fome, a moradia, o saneamento básico, a violência e criminalidade, o
analfabetismo etc.
Com base nesses argumentos nosso estudo está direcionado para a área de
invasão do bairro do Cereja em Bragança, investigando sobre as condições
socioeconomicas dos moradores dessa área e buscar alternativas possíveis de
políticas públicas pelos alunos, propondo ações, para a melhoria da qualidade de
vida.

CLIENTELA
O projeto destina-se a alunos de 7ª série do Ensino Fundamental e 2ª Série do
Ensino Médio.

OJETIVO GERAL
Analisar a própria realidade histórica, discutindo problemas e possibilidades de
soluções no contexto da atuação não apenas das formas político-institucionais
como, também, pela diferentes formas de organização da sociedade civil, em
busca da cidadania.
ESPECÍFICO
● Compreender a importância de sua contribuição como agente histórico
para a construção de uma ordem social mais justa.
● Possibilitar a mobilização dos moradores a reivindicar junto os órgãos
competentes locais para criar políticas públicas sustentáveis em relação ao
saneamento básico, abastecimento de água etc, promovendo assim a
justiça social.

DISCIPLINA/CONTEÚDOS: História: História de Bragança.


: Geografia: A dinâmica da população.

RECURSOS
HUMANOS:
● Os alunos, professores e moradores da área de invasão do Cereja em
Bragança

DIDÁTICOS:
● Livros de História, Cadernos, canetas, lápis, mapas, jornais etc.

TECNOLÓGICOS:
● Computadores;máquina digital; celular, DVD, PENDRIVER,DATASHOW etc.

METODOLOGIA
trabalho em grupo;
pesquisa de campo;
elaboração de questionários;
entrevista com os moradores;

PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS
produção de tabelas no editor de planilhas Calc com informações
coletadas sobre números de moradores que habitam na área; tipo de
trabalho, formal e informal; número de crianças que estão fora da escola
etc., utilizando as ferramentas Calc e Impress do Linux Educacional .
produção de textos ( informátivos) no editor de texto writer elaborados
pelos alunos ( cada grupo fará o informativo do bairro que pesquisou).
exposição do trabalho dos alunos em classe e divulgação do informativo a
comunidade local;

PROGRAMAS EDUCACIONAIS
Nossa escola possui Laboratório de Informática que contém o programa
Linux Educacional, que podemos utilizar como ferramenta de grande
importância para desenvolver nossas aulas através de conteúdos, video, jogos
e outros, possibilitando aos alunos pesquisar e construir o seu conhecimento. Ex.
file:///home/ConteúdoMEC/Rived/história/erafeudal.SWF pesquisar Desigualdades
Sociais:

CRONOGRAMA mês AGOSTO


Atividade 10 11 12 13
Estudo do local com os alunos x
Coleta de dados x
Entrevistas com os moradores x
Produção de textos em sala aula x

AVALIAÇÃO
Organizar os grupos em classe, de modo a permitir um tratamento
diversificado dos objetivos e dos conteúdos da programação, vinculando-os aos
interesse, motivações e capacidades dos alunos. A avaliação tem caráter
qualitativo e quantitativo, priorizando a participação nas aulas, elaboração de
tarefas, trabalhos em grupos, em dupla e individual, aulas expositivas,
pesquisas, seminários, provas escritas, estudos dirigidos, estudos de textos etc,
permitindo ao aluno expor seus conhecimentos, opiniões e escolhas, nas
atividades desenvolvidas.

REFERÊNCIAS

CAMPOS, de Flávio e MIRANDA, Renan Garcia. A escrita da História:ensino


médio:volume único: livro do professor.1ª edição. São Paulo. Escala Educacional,
2005.
Site:file:///home/ConteúdoMEC/Rived/história/erafeudal.SWF
Google Earth:http://maps.google.com.br.