Você está na página 1de 1

Herman Claudius van Riemsdijk

Rua Parnaíba, 86 – Vila Inah


05618-020 São Paulo – SP
Fones: 3746-7496 (res) e 9116-4943 (cel)
E-mail: hcvanriemsdijk@terra.com.br
Home-Page: www.hiperchess.com.br

Currículo Abreviado de Herman Claudius van Riemsdijk

- Nascido em Tiel, Holanda em 26 de agosto de 1948; Brasileiro Naturalizado desde 1972


- Mestre Internacional desde 1978
- Árbitro Internacional desde 1981
- Membro da Comissão Permanente das Regras de Jogo da Fide de 1982 a 1986 e desde 1998
- Membro da Comissão de Emparceiramento da Fide de 1994 a 1998
- Campeão Panamericano Individual Absoluto em 1977
- Co-campeão Sul-Americano , 1989
- Vice-campeão Sul-Americano em 1978
- Campeão Brasileiro Individual em 1970, 1973 e 1988
- Vice-campeão Brasileiro em 1975, 1976, 1977 e 1995
- Campeão Paulista Individual em 1969, 1970, 1974, 1975, 1977, 1980 e 1981
- Campeão Paranaense Individual em 1968
- Campeão do Clube de Xadrez São Paulo em 1996
- Co-campeão do Clube de Xadrez São Paulo em 2002
- Campeão do Torneio Aberto do Brasil, Caxias do Sul 2003
- Bi-campeão do Torneio Internacional Memorial Regina Helena Marques Prol, Santos 2003 e 2006
(co-campeão)
- Melhor 1o Tabuleiro do Interclubes Paulista, categoria B, São Paulo 2003
- Participante dos Torneios Interzonais em 1979 e 1990
- Recordista brasileiro em participações olímpicas: 1972 (Skopje – Macedônia), 1974 (Nice –
França), 1978 (Buenos Aires – Argentina) , 1980 (La Valletta – Malta), 1982 (Lucerna – Suíça,
capitão), 1984 (Tessalônica – Grécia, capitão), 1986 (Dubai – União dos Emirados Árabes, só
como capitão), 1988 (Tessalônica – Grécia), 1990 (Novi Sad, Iugoslávia), 1992 (Manila –
Filipinas), 1994 (Moscou – Rússia) e 1998 (Elista – Calmíquia, chefe de delegação). Também
estava classificado em 1968, 1970, 1976 e 1996, não participando por diversas razões. Em três
ocasiões (1982, 1984 e 1994) obteve a melhor pontuação da equipe brasileira
- Recordista como finalista em campeonatos brasileiros: 30 vezes no período de 1968 a 2007
- Vice-campeão Panamericano por Equipes em 1985 e 1991
- Campeão dos Jogos Abertos do Interior em 1971, 1973, 1990, 1992, 1993, 1994 e 1995
- Vice-campeão dos Jogos Abertos do Interior em 1988, 1991 e 1996
- Campeão em Torneios Internacionais em La Plata (Argentina), 1998; Amsterdam (Holanda),
1989; Buenos Aires, 1989; Santiago del Estero (Argentina), 1985; Asunción (Paraguai), 1985; Le
Havre (França), 1980.
- Várias vezes Campeão Paulista de Xadrez Relâmpago, a última em 2005
- Presidente da Federação Paulista de Xadrez de 1984 a 1988 e de 1994 a 1995
- Presidente do Clube de Xadrez São Paulo (2002/2005), no ano de seu Centenário: 2002
- Autor de “Veldjes Tellen” (Bélgica, 1996) em holandês, traduzido para o inglês como “The Final
Countdown” (Londres, 1997) e para o português como “Peões Mágicos” (São Paulo, agosto de
2008)
- Redator da coluna de xadrez de “O Estado de S. Paulo”, de julho de 1970 a outubro de 2001
- Venceu ainda os Torneios Cidade de Itu (2005), Homenagem a Sigismundo Gansl (2004),
Memoriais Márcio Elísio de Freitas (2001, 2005), Flávio de Carvalho Jr. (2001) e Cidade de São
Paulo tri-campeão: 2002, 2003 e 2007), 2o Torneio Aberto de Maresias (2002), co-campeão da
Copa São Paulo, Santos 2003; Vice-campeão do Campeonato da Austrália – Sydney 2008;Bi-
Campeão ‘hors-concours’ do Campeonato da Nova Zelândia de Xadrez Rápido – Auckland
2000 e 2008; Campeão do MIT Open em Auckland, 2009; 3º colocado no 40º Torneio Aberto de
Mar del Plata, 2009
- Árbitro adjunto do Campeonato Mundial (San Luis 2005); Árbitro principal do Open Barberà del
Vallès de 2003 a 2009; Árbitro Principal do Torneio Najdorf (Buenos Aires) em três ocasiões

Você também pode gostar