Você está na página 1de 2

A osmose é a passagem do solvente de uma solução diluída para uma solução mais concentrada através de uma membrana semipermeável

. Já a pressão osmótica é a pressão externa que deve ser aplicada na solução para evitar a sua diluição. Quando uma solução é diluída por um solvente que atravessou uma membrana semipermeável, dizemos que ocorreu o processo denominado deosmose. Todas estas definições acima dizem respeito a uma propriedade coligativa dos líquidos, e é com base neste conceito que podemos definir a Osmoscopia.

A osmose é uma propriedade coligativa que corresponde ao surgimento da pressão osmótica de soluções. Osmose é quando, o solvente passa de um meio menos concentrado, para um mais concentrado graças a uma membrana semipermeável.E osmoscopia o estudo da mesma. Ela foi primeiramente descrita por J. A. Nollet, que em uma experiência em que colocou espírito de vinhonum cilindro, fechou a boca do mesmo com uma bexiga animal e mergulhou-o em água pura. A bexiga inchou consideravelmente, algumas vezes chegando a romper. A membrana animal era semipermeável, a água pôde atravessá-la, mas o álcool, não. O primeiro estudo quantitativo detalhado da pressão osmótica acha-se numa série de pesquisas de W. Pfeffer, publicada em 1887. A sua descoberta trouxe inúmeros benefícios, como o processo de dessalinização. Obs¹:O processo da osmose é parecido com o de uma hemodiálise.
O texto Propriedades Coligativas explica que existem quatro dessas propriedades, sendo que uma delas é aosmoscopia . O fenômeno da osmoseacontece quando colocamos duas substâncias em contato com uma membrana semipermeável (ou parede porosa) entre elas, ocorrendo, assim, a difusãodo solventede umasubstânciaparaa outrade modoespontâneo. Na osmose sempre ocorre a passagemdo solvente (geralmente a água) da solução mais diluída para a mais concentrada (ou menos diluída). No esquema abaixo, você poderá observar a passagem das moléculas de água através de uma membrana semipermeável para uma solução:

ela permanece conservada por mais tempo. também conservando a fruta por mais tempo. . depois de algum tempo as folhas murcham? Isso ocorre justamente porque a água difunde das células vegetais da alface (meio menos concentrado) para o meio mais concentrado. Como a calda está mais concentrada. se colocarmos a alface na água. o meio externo está mais concentrado (por causa do sal) e o meio interno (interior das células da carne) está menos concentrado. Assim. Por exemplo. uma prática comum usada para conservar carnes é salgá-la.Se no caso fossem duas soluções. enquanto que a membrana semipermeável não permitiria que as moléculas do soluto passassem de uma solução para a outra: A osmose é um fenômeno muito comum no cotidiano. Outra técnica de conservação de alimentos são as chamadas “compotas”. com isso a alface ficará mais vistosa. pois contém uma elevada quantidade de açúcar. ocorrerá passagem de solvente do meio externo para dentro das células vegetais. em que frutas são colocadas em calda. com a saída de água das células dos micro-organismos. Isso também ocorre quando vamos fazer uma salada com folhas cruas. o solvente da solução mais diluída passaria para a menos diluída. que é a solução de vinagre e sal. ocorrerá a osmose na fruta. O contrário também é verdadeiro. Nesse caso. tais como a alface. por isso ocorre a saída de água das células de micro-organismos que poderiam causar a deterioração da carne. Você já reparou que quando temperamos a salada.