Você está na página 1de 15
RAIO X – OAB – CURSO MARCATO DIREITO PROCESSUAL PENAL DETRACAO PENAL – tempo de prisão provisória será abatido do tempo de prisão definitiva. Hoje o juiz, na própria sentença, já reconhece a detração penal na sentença condenatória. PRAZO – prazo para termino de IP – preso 10 – solto – 30 – lei de drogas triplica Para oferecimento da denuncia – metade do prazo do IP – 5 e 15. Na dei de droga o prazo e único – 15 dias. Prazo de recurso – prazo regra 5 dias – serve para apelação, agravo de execução. Embargos de declaração – 2 dias no CPP, na lei 9099 o prazo da apelação e de 10 dias e o dos embargos de declaração e de 5 dias. Prazo da prisão temporária – regra, 5 prorrogável por mais 5. Em caso de crime hediondo o prazo e 30, prorrogável por mais 30. O PRAZO DE PRORROGACAO DEVE SER SEMPRE IGUAL. A citação por edital tem o prazo de 15 dias. Procedimento – ordinário – pena igual ou superior a 4 – 8 testemunhas – sumario – pena inferior a 4 – 5 testemunhas – rito sumaríssimo – infrações de menor potencial ofensivo – pena contravenções penais Tribunal do júri – crimes dolosos contra a vida – a primeira fase do júri dura 90 dias – a segunda fase 6 meses – testemunhas de defesa e acusação na 1 fase são 8 – na segunda fase são 5 testemunhas. Final da primeira fase – pronuncia – recurso em sentido estrito – desclassificação – RSE – demais decisões – impronuncia e absolvição sumaria – cabe apelação. Plenário do júri – jurado – tem o principio a favor dele da soberania dos veredictos – as decisões tomadas por eles não podem ser reformadas em instancia superior. Mas a pena que o juiz aplica pode ser reformada em instancia superior. Se o advogado não concordar com a decisão do júri deve buscar a sua anulação para a feitura de um novo júri. Não e admitido a prova ilícita por derivação – interceptação telefônica ilícita -= dessa interceptação foi encontrada uma testemunha que viu o crime – porem o veneno da interceptação contamina a prova testemunhal que e considerada ilícita por derivação, pode ser considerada licita se uma fonte independente a apontar ou se fosse possível a descoberta inevitável. Ação penal - a vítima que representa pode se retratar até antes do OFERECIMENTO da denuncia – representação do ministro da justiça Ação penal privada – exclusiva – prazo de queixa crime 6 meses contados do conhecimento da autoria delitiva – personalíssima – só existe um crime que esta ligado ao casamento – induzimento a erro essencial ou ocultação para o pagamento – prazo e 6 meses do transito em julgado da sentença anulatória dói casamento - e subsidiaria da publica – para ter queixa-crime o MP deve ter ficado inerte – prazo de 6 meses a partir do esgotamento do prazo que o MP teria para oferecer a denuncia. Prisão preventiva – crime doloso e pena superior a 4 anos – juiz não pode decretar a prisão de oficio nem as medidas cautelares em época de investigação. Prisão domiciliar e aceita para maior de 80 anos, pessoa debilitado em razão de doença grave, gravidez de risco e essencial a cuidados de crianças menor de 6 meses ou deficiente físico. Direito tributário Competência tributaria – diferenciar competência tributaria (legislar para criar o tributo, e indelegável) – e capacidade tributaria ativa (fiscalizar e arrecadar – podem ser delegados para outra pessoa jurídica de direito publico – art. 7 do CTB). Modalidade de competência tributaria – privativa ou ordinária para instituir os impostos – da união art. 153 – dos estados art. 155 – municípios – art. 156. Competência residual – NOVO – só a união tem essa competências – e entregue a união para instituir novos impostos e competências para instituir novas contribuições para a SEGURIDADE SOCIAL - art. 154, I, CF e art. 195, p. 4 CF. Competência tributaria extraordinária – e a competência também entregue somente para união para que ela institua um imposto extraordinário – guerra externa ou sua iminência – basta LEI ORDINARIA – art. 154, II, CF. Competência especial – e a competência para instituir empréstimos compulsórios e contribuições especiais – competência entregue apenas para a união. Contribuições especiais – são 4 – CIDE – de interesse nas categorias profissionais ou econômicas – COSIP – contribuição para o custeio de iluminação publica – competência do Município. Competência tributária cumulativa – o DF cumula a competência dos estados e dos municípios. Ver art. 148 – empréstimo compulsório – art. 149 e 149 _a da cf sobre contribuição especial Limitações ao poder de tributar Princípios – legalidade – tributo deve estar previsto em lei – exceções a legalidade – importação, exportação, IPI e IOF, podem ter suas alíquotas alteradas por meio de um decreto – CIDE combustível – pode ser alterada por decreto – ICMS combustível e monofásico – sua alíquota será fixada por um convenio - arts. 153, p. 1, art. 177, p. 4, art. 155, p. 4, inc. IV, todos da CF. Irretroatividade – a lei não pode retroagir – exceções – retroatividade benigna – a lei que dispuser sobre a PENA menos severa ao contribuinte poderá retroagir para beneficiá-lo – o código estabeleceu uma condição – desde que o ato, a discussão, não tenha transitado em julgado, art. 106, II, c, do CTN. O que pode retroagir e a pena, a multa. Anterioridade – 2 regras – anual - e noventena ou nonagesimal – prazo mínimo de 90 dias – arts. 150, III, b e c, CF. Exceções da anterioridade – importação, exportação, IOF, empréstimo compulsório e – art. 150, p. 1 da CF. Tributos que basta aguardar o prazo de 90 dias – IPI, CIDE combustível, ICMS combustível e monofásico e contribuições para seguridade social – arts. 150, p. 1, art. 177, p. 4 da CF – art. 155, p. 4, inc. IV, c, CF, art. 195, p. 6, da CF. Impostos que não respeitam a noventena - IR, majoração pela base de calculo do IPVA e do IPTU – art. 150 CF. Imunidades – 4 imunidades do art. 150 , VI, CF – recíproca (somente IMPOSTOS, estendidas a 2 unidades da segundo o STF empresa publica e sociedade de economia mista também podem gozar da imunidade recíproca desde que prestem serviços de natureza publica) – religiosa – condicional (partidos, entidades de associação) – objetiva (livros, jornais). CTN – obrigação tributaria – principal – obrigação de dar dinheiro para pagar tributo e pagar a penalidade pecuniária – acessória – todo que for meramente procedimento – fazer o IR – art. 113 do CTN, p. 1 e 2. Sujeição passiva – aquele que tem o dever de pagar o tributo, pode ser – contribuinte – sujeito que realizou o fato gerador – e o responsável tributário – pessoa física ou jurídica que embora não tenha realizado o fato gerador a lei atribui a essa pessoa o dever de pagar o tributo. Modalidades de responsabilidade tributaria – responsabilidade por sucessão – arts. 130 (responsabilidade do adquirente de imóveis – sucessão imobiliária) a 133 (responsabilidade da pessoa que adquire estabelecimento empresarial), CTN. Credito tributário – hipóteses de suspensão da exigibilidade do credito tributário – estado suspensa a exigibilidade o fisco não pode executar o sujeito, não pode ajuizar execução fiscal, mas ele pode autuar, lançar o tributo – art. 151 do CTN. Extinção do credito – art. 156 CTN – decadência (perda do direito de lançar) e prescrição (perda do direito de propor a ação executiva). DIREITO DO CONSUMIDOR Consumidor e a parte vulnerável da relação. Existem 4 tipos de vulnerabilidade – técnica, informacional, jurídica e econômica. Art. 6 do CDC – direitos básicos do consumidor – reparação de danos, vícios de produtos ou serviços – problema que diminui o valor, e um prejuízo financeiro , todos os fornecedores respondem pelos danos – forncedor e o fabricante ou o comerciante, eles tem 30 dias para concerto, se não concertar nesse tempo, pode o consumidor escolher o abatimento proporcional do preço, a devolução do direito. Prazo de 90 dias para produto durável e 30 dias não durável. Se produto tem um defeito, atingiu a segurança do devedor, o prazo para requerer a reparação dos danos e de 5 anos. Quando for defeito de produto, em regra, o comerciante não responde por regra, apenas por excecao, quando não se consegue identificar o forncedor. CONTRATO – art. 6, V, direito básico do consumidor a modificação do contrato quando o contrato for desproporcional. O juiz pode fazer a revisão judicial do contrato, o consumidor quem tem direito de rever o contrato e não o fornecedor. Para a revisa;o basta um fato superveniente que torne a prestação excessivamente onerosa. Principio da transparência – art. 46 do CDC. Direito de arrependimento – art. 49 do CDC, consumidor se comprar algo fora do estabelecimento comercial tem o prazo de 7 dias para desistir da compra, contados a partir do momento que recebeu a mercadoria ou da assinatura do contrato. Não confundir com vicio. Publicidade ENGANOSA – leva o consumidor a erro, mente para o consumidor, diz que e uma coisa e outra – existe a possibilidade enganosa por omissão – deixa de dar uma informação essencial sobre o produto - ou ABUSIVA – que incita o medo e a violência, incita a superstição, que desrespeita os direitos ambientais, a vulnerabilidade da criança. DIREITO AMBIENTAL Principio da preservação ou prevenção – evitar danos ao meio ambiente. A responsabilidade civil de quem causa dano ao meio ambiente, do poluidor, a responsabilidade e objetiva e solidária. Não se analisa a culpa – existe uma atividade de risco integral e ele responde pelos danos. No direito penal não há responsabilidade objetiva. Sanção pelo cometimento de crimes ambientais, são crimes de perigo, basta expor a risco que já comete o crime. Sanção administrativa – multa, demolição de prova, proibição de contratar com Principio da sustentabilidade ou desenvolvimento sustentável – busca a harmonia entre desenvolvimento econômico e preservar do meio ambiente. Licenciamento ambiental – se a atividade for poluente, serve para diminuir o impacto ambiental, e um procedimento administrativo que visa o obtenção de uma licença ambiental. Licença previa – faz a analise do projeto; Licença de instalação – após corrigido o projeto, serve para permitir a construção; Licença de operação ou funcionamento. Estudo de impacto ambiental – faz sobre a atividade poluente, em regra não e obrigatória, somente em algumas atividades são obrigatórias – hiderletrica, atividade de mineração, ferrovia. Estudo de impacto de vizinhança – focado no meio ambiente urbano, analisa se a atividade econômica vai trazer um impacto muito grande na localidade. Unidade de conservação – são áreas protegidas, criadas pelo estado, por ato do poder publico. Pode ser criada por lei ou por decreto. Podem ser de proteção integral (pouca presença humana) ou uso sustentável, art. 225 da CF. DIREITO ADMINISTRATIVO Principio da autotutela – sumula 473 do stf – invalidar os atos que eu mesma praticar – anulação (existe quando se tem um vicio de ilegalidade – os efeitos desse ato não podem persistir – os efeitos são retroativos – ex tunc) e revogação ( retira a produção de efeito do ato daqui para frente – efeitos ex nunc – decorre de conveniência e oportunidade). O Judiciário pode rever os atos administrativos quanto ao aspecto da legalidade. Princípios aplicáveis a administração publica : LIMPE. Moralidade: sua violação decorre de ato imoral, ato de improbilidade administrativa – ato desonesto, conseqüências da improbildade - suspensão de direitos policiticos, perda da função, publica, indisponibilidade dos bens e . Não existe prazo para ressarcir ao er[ario, e imprecritivel. O ato de improbidade prescreve em 5 anos. Prazo de prescrição para reparação civil do Estado – 5 anos. Nepotismo> sumula vinculante 13, utilização de cargos livres (são cargos em comissão e função de confiança – direção, chefia e assessoramento) para colocação de parentes. Linha reta e colateral ate terceiro grau. Eficiência – acrescentado pela emenda 19 – criou também a agencia reguladora (autarquia em regime especial) e agencia executiva (contrato que os entes públicos assinam para aumentar a sua autonomia, contrato em se que compromete a cumprir metas – contrato de gestao). OS e Oscip: qualificação dada a uma pessoa privada, cuja atividade tem interesse publico, por isso, ganha uma ajuda, um fomento para exercer suas atividades. E assinado um contrato de gestão. Oscip assina um termo de parceria, preenchidos os requisitos o poder publico e obrigado a dar a qualificacao. ATOS ADMINISTRATIVOS REQUISITOS – COFOFIMO – competencia, forma, finalidade, motivo e objeto. Motivo e objeto são o mérito do ato adminstrativo. Teoria dos notivos determinantes – todas as vezes que o adminstrador alega um motivo, ele fica vinculado a esse motivo. Se o motivo for ilegal o ato será invalidade. ATRIBUTOS DO ATO ADMINISTRATIVO – PATI – presunção de legitimidade, autoexecutoriedade, tipicidade e imperatividade. Licitação: fracassada (existem participanates, mas eles não preenchem os requisitos) e deserta (não tem ninguém, não existem interessados). Tipos e modalidade de licitação – são diferentes – MODALIDADES – concorrência, tomada de preços, concurso, convite e pregão. TIPOS DE LICITACAO – preço, técnica e tecnica e preço. Hoje ainda se fala em maior lance. Licitação inexigível (não há possibilidade de competição – rol exemplificativo) é diferente de licitação dispensável (rol taxativo). Contratos administrativos Concessão e parceria publica privada – são contratos especiais de direitos administrativo. Ambos são precidos de licitação na modalidade concorrência. Concessão – o objeto e prestação de serviços, particular cobra uma tarifa e todo o valor fica pra ele. PPP – sevicos que não são muito atrativos ao particular, alem da cobrança de tarifa o estado ainda ajuda. Responsabilidade do estado e objetiva, não precisa haver a prova da culpa. Os argumentos de defesa são culpa exclusiva da v;itima, caso fortuito e forca maior – teoria do risco administrativo. O agente publico que praticou o ato, sua responsabilidade e subjetiva, precisa demonstrar dolo e culpa. Autarquia – CRIADA por lei, as demais entidades são AUTORIZADAS em lei, mas nascem em cartório. Para as pj de direito privado so e necessário liciutar as atividades-meio. Intervenção do estado na propriedade – desapropiacao clássica – art. 5 CF – necessidade publica, utilidade publica ou interesse social. Indenização previa, justa e em dinheiro. Desapropriação sanção – pode ser rural (para reforma agrária – união) ou urbana (municipio). São sanções pois vão ser indenizadas por títulos da divida publica – precatório. Servidão – direito real e incide sobre a coisa – antena no prédio, placa no muro. E um ônus real. Ocupação temporária – Requisição – tem interesse publico, mas há um perigo. Limitação – diz respeito ao poder de policia. PROCESSO DO TRABALHO Capacidade postulatória das partes – restrita ao segundo grau de jurisdição, ate o TRT, no TST a parte deve estar assistida por advogado – as ações rescisoiras, cautelar e mandado de segurança e preciso de advogado desde o incicio. Justiça gratuita – isento de custas o reclamante quando ganha ate 2 salarios mínimos ou quando declara que e pobre e o processo ira atrabaplhar o seu sustento. a pessoa jurídica pode ser beneficiário da justiaca gratutita, mas e necessário comprovar. Entes isentos de custas, pj de direito publico, massa falida e MP. Competência – todas as lides decorrentes da relação de trabalho, exceto o servidor publico estatutário. Ação em face do INSS como segurado a competência e da justiça comum para postular auxilio doença ou aposentadoria por invalidez. Contribuições previdenciárias decorrentes de sentenças são da competência da justiça do trabalho. Competência em razão do local – regra e o local de prestacao dos servi;os, onde esta a prova. Trabalho realizado fora do brasil – 2 requisitos – brasileiro e não pode haver tratado dispondo em contrario para poder entrar com ação aqui no brasil. Petição inicial – pode ser escrita e oral, quando reduzida a termo pelo escrivão. Perempção – quando ele faz reclamação verbal, ele tem 5 dias para retornar a vara para que o escrivão reduza a termo sua reclamação. A autor terá que esperar 6 meses para propor nova reclamação. Notificação e por postal, se voltar o postal o juiz manda citar por edital. A notificação postal e em 48 hs, notifica para comparecer a audiência, a primeira desimpedida no prazo de 5 dias. Art. 191 do CPC – prazo em dobro quando há litisconsórcio passivo com advogados diferentes. Esse prazo não se aplica ao processo do trabalho, OJ 310, em razão do principio da celeridade. Se o reclamante ou ambos não forem a audiência, arquiva a reclamação, se o reclamado não foi ele será revel. Se o reclamante ou a reclamada não apareceu para depor será confesso. Em caso de duvida, ninguém comparecendo para depor na audiência de instrução, o juiz ira julgar conforme o ônus da prova. Contestação – oralmente em 20 min. Razoes finais – 10 min. Testemunhas – rito ordinário – 3 – rito sumaríssimo – 2 Perícia técnica – prova necessária quando houver pedido de insalubridade e periculosidade – mesmo com a revelia deve haver a designacao da perícia. Prazo dos recursos trabalhistas – 8 dias, salvo embargos de declaracao – 5 dias, e recurso extraordinário 15 dias e agravoi regimental nos tribunais regionais – 5 dias Agravo regimental do TST 8 dias. Efeitos dos recursos trabalhistas – somente devolutivo, não tem efeito suspensivo. Medida para obter o efeito suspensivo – ação cautelar – sumula 414. Preparo – recurso que terminam em ão não tem preparo, os demais tem. Recursos cabíveis – Primeiro – sentença – recurso ordinário Segunda – acórdão regional – recurso de revista Terceira – TST – embargos no TST Se não subiu o recurso, agrave – agravo de instrumento. ESTATUTO DA CRIANCA E DO ADOLESCENTE Principio da proteção integral da criança – art. 1 ECA, art. 227 CF Criança – ate 12 anos incompletos Adolescente – 12 anos completos ate 18 incompletos. Em relação a criança somente são cabíveis as medidas de proteção. Para o adolescente que pratica ato infracional (crime ou contravenção penal na forma da lei) são cabíveis as medidas socioeducativas e protetivas. Se a criança não comparece na escola, cabe uma medida de proteção. Medidas socioeducativas – art. 112 – são 6 – rol taxativo – so o juiz pode aplicar mnedida sócioeducativa Advertência – e a bronca que o juiz da ao adolescente em razão do ato infracional; Reparação de danos - tem o objetivo de educar, ressocializar o adolescente. Ex: furtou uma bicicleta, devolve ela. Prestação de serviços a comunidade – o adolescente presta serviços de interesse geral. Prazo maximo de 6 meses, com 8 horas semanais, podendo ser divididas. Liberdade assistida – LA- o adolescente e orientado por uma pessoa no seu dia-a-dia. O orientador deve fazer um laudo sobre o acompanhamento do menor, se esta sendo valido ou nao. Prazo MINIMO de 6 meses. Essas 4 medidas podem vir acompanhadas de remissão. Semi-liberdade – o adolescente fica em uma entidade de atendimento durante um tempo e outro em casa. Essa medida não comporta prazo em sentença. Utiliza-se os prazos da internação. Internação – restringe a liberdade do adolescente, mas ele pode sair para atividades externas, dependendo do que o Juiz disse na sentença. Que e para estudo, trsbalho. Art. 122: casos em que e possível a internação. I - Violência ou grave ameaça contra a pessoa; II – praticou reiteradamente ato infracional considerado grave (STJ entende que somente na terceira pratica do ato infracional e que há reiteração) III – internação sanção – quando o adolescente não cumpre as medidas anteriomente impostas. NESTE CASO DE INTERNACAO SANCAO O PRAZO MAXIMO E DE 3 MESES. O juiz não vai definir na sentença o prazo de internação, devendo ser avaliado a cada 6 meses. O prazo maximo para internação e de 3 anos. Com saída compulsória aos 21 anos. Adoção unilateral – mantem o vinculo biológico com uma parte e cria o vinculo de adoção afetiva com outra parte. Marido que adota o filho somente da esposa. DIREITO INTERNACIONAL INTERNACIONAL PRIVADO – Direitos da pessoa – da personalidade – nascimento, morte, casamento, divorcio, filhos, herança – a regra e o DOMICILIO DO INDIVIDUO. O direito anda com a pessoa. TESTAMENTO - aplica-se a LEI DO LOCAL ONDE FOI CELEBRADO. Contratos e negócios jurídicos – aplica-se o local em que FOI CELEBRADO. No caso de contrato entre ausentes a regra e o domicilio do proponente, quem propôs o negocio jurídico. A lei brasileira pode ser aplicada quando os efeitos do contrato for no Brasil Competência concorrente – pode ser processado no Brasil ou no estrangeiro. EMPRESA – pessoa jurídica e sempre o local da constituição, onde ela foi criada. REGRA PROCESSUAL – as partes podem eleger o foro. Art. 17, LINDB – o Brasil não reconhece a aplicação de direitos que contrariem a ordem publica e os bons costumes. INTERNACIONAL PUBLICO Art. 12 da CF – estatuto do estrangeiro – visto e deportação – não e crime serve para estrangeiro que esta no Brasil em situação irregular. Palestina e estado observador da ONU, assiste as reuniões, mas não voto, não sendo ainda um estado soberano. DIREITO CONSTITUCIONAL Suspeição e perdas de direitos políticos – art. 15, no Brasil e vedada a cassação de direitos políticos (não confundir com cassação de mandato), o que existe são hipótese de perda e suspensão. Cancelamento de naturalização por sentença transita em julgado – perda da nacionalidade – perda de direitos políticos. Improbidade administrativa – caso de suspensão dos direitos políticos. CNJ – art. 103-B – faz parte do poder judiciário, órgão interno do Poder Judiciário; formado por 15 membros; exerce o controle administrativo e financeiro do poder judiciário. P. 4 – competência do CNJ. Controle de constitucionalidade – Preventivo – fase do projeto, da proposta, da discussão, esta se prevenindo a constitucionalidade, ex. veto do presidente. Repressivo – difuso (exercido por todos os órgãos do poder judiciário) ou concentrado (órgão de cúpula – STF). Controle concreto – ocorre dentro de um caso concreto, e uma questão incidental dentro do processo. O efeito e somente entre as partes, inter partes. Para ser transformado em erga omnes o STF deve comunicar o Senado que suspende a execução da lei – art. 52 CF. Controle abstrato – discute a lei em tese, em abstrato, ADI – art. , 103, I, a – julgado no STF, pedido – que uma lei ou norma federal ou estadual seja declarada inconstitucional. No STF não cabe ADI contra lei municipal, mas cabe no TJ do Estado a ADI de lei estadual ou municipal que viole a Constituição Estadual. Se a lei municipal for contraria apenas quanto a CF e desde que esteja contrariando um preceito fundamental, caberá ADPF no STF. No brasil para que uma lei seja declarada inconstitucional e necessária a maioria absoluta do tribunal do todo ou maioria absoluta do órgão especial – CLAUSULA DE RESERVA DE PLENARIO - art. 97 CF. Há exceção, que ocorre quando a matéria já esta pacificada no Tribunal. ADPF – tem, caráter subsidiário, so pode ser proposta quando não existir outro meio. No supremo não cabe ADI de LEI PRE CONSTITUCIONAL, anterior a CF de 88, cabendo a ADPF em caráter de subsidiariedade. Sumula vinculante – art. 103-A – so o STF pode editar, a sumula apenas será vinculante se 2/3 dos Ministros concordarem. A sumula pode ser cancelada ou revista de oficio pelos Ministros ou pelos legitimados da ADI . Não cabe ADI contra sumula e nem contra sumula vinculante. Da decisão que contraria sumula vinculante cabe reclamação. Processamento criminal do Presidente – autorização de 2/3 da Câmara, se não autorizarem não tem processo. Crime comum e processado e julgado no STF. Crime de responsabilidade e processado e julgado no Senado, precisa de condenação por 2/3 dos senadores. Ausência temporária do presidente – assume, nessa ordem: vice – presidente da câmara – presidente do senado – presidente do STF. Se a vacância for permanente, assume o presidente da Câmara e, dependendo do tempo que resta para a nova eleição, será feita nova eleição direta ou indireta, pelo Congresso Nacional. Mutação constitucional e a mudança da interpretação da norma sem alteração da sua forma. ETICA E FILOSOFIA JEC – não precisa de advogado ate 20 salarios, mas como o JEC e ate 40 salarios, de 20 a 40 precisa de advogado. Renuncia e ato privativo do advogado. Revogação e ato privativo do cliente. Requisitos para advogar contra ex-cliente e ex-empregador - Decurso do prazo de 2 anos e não quebrar o sigilo profissional. Para violar o escritório de advocacia precisa de 5 requisitos. Advogado não tem imunidade para desacato, mas como e crime inafiançável apenas assina o termo circunstanciado e vai embora, não precisa de representante da oab. Pode se fazer carga de processo findo mesmo sem procuração, para os demais e necessário procuração. O advogado apenas tem imunidade por injuria e difamação, mas para desacato e calunia ele não tem imunidade. Idoneidade moral, ligada a pratica de crime infamante – 2/3 dos votos Imcompatibilidade – proibicao total para o exercício da advocacia Impedimento – proibição parcial. Gerente e diretor de agencia financeira não pode advogar. Exceção – professor e diretor de faculdade publica de direito pode advogar., Registro da sociedade de advogado e no Conselho Seccional. Se morre um dos sócios o advogado tem 180 dias para regularizar a situação. Cobrar acima da tabela – locupletamento ilícito Abaixo da tabela – aviltamento de clientes. Não pode mandar spam por e-mail, apenas pode mandar e-mail para seus clientes ou para a pessoa que pedir. Censura – pena branda Inepto profissional – responde processo disciplina e e suspenso ate nova aprovação na oab. Mandato 3 anos – posse do conselho federal 1 de fevereiro. O voto e obrigatório. Natureza jurídica dos honorários advocatícios e privilegiada ou alimentar. FILOSOFIA Antiguidade – natureza e Deuses Medianidade – Deus Modernidade – razão Contemporaneidade – P.H. Hegel fundou o termo filosofia do direito. Justiça – retribuição, igualdade Equidade – tratar igualmente os iguais, e desigualmente os desiguais, na medida de suas desigualdades. Interpretação – fixa o sentido Integracao - lacunas Jusnaturalismo – direito natural e anterior e superior ao direito positivo. Lacuna – art. 4 LINDB. DIREITO CIVIL PRAZOS – distinção entre prazo de prescrição e decadência, analisar a ação judicial que esta subordinado ao caso – se pedir dinheiro e prescrição, se pedir qualquer outra coisa e decadência. 2 anos para prestação alimentícia em atraso; 5 anos para cobrar honorários advocatícios; 3 anos para ação indenizatória; 4 anos para excluir alguém por indignidade; 4 anos para entrar com ação anulatória no caso de erro, dolo, fraude; Contra absolutamente incapaz não corre nem prescrição nem decadência. Porem a favor corre o prazo. Contra o relativamente incapaz corre. Obrigações Responsabilidade civil – necessário o preenchimento de 4 pressupostos – conduta, dolo ou culpa, dano, nexo causal. Excludentes de responsabilidade civil – caso fortuito, forca maior, culpa exclusiva da vitima, culpa de terceiro. Responsabilidade objetiva – ocorre quando a lei determinar – teoria do risco – atividade desenvolvida normalmente pelo autor dano implica em risco aos direitos de outrem. Inadimplemento – pode ser absoluto (prestação inútil) ou relativo (prestacao util), a diferença e a utilidade da prestação. Boa-fé objetiva – estabelece regra de conduta, impõe conduta baseada em certos deveres que a doutrina chama de anexos. Dever de informação, colaboração, lealdade. Boa-fé subjetiva – e a boa fé psicológica, e a que gera crença ou ignorância. Contrato de compra e venda – venda de ascendente (pode ser avós, pais, etc) para descendente (filho, neto, etc) – há uma restrição – é anulável a compra e venda de ascendente para descendente no prazo de 2 anos se não estiver autorizada pelos demais descendentes e pelo cônjuge. Se o casamento se deu pelo regime da separação obrigatória (imposta pela lei – maior de 70 anos, quando necessária autorização para se casar, causas suspensivas – viúva que não deu partilha para os herdeiros) o cônjuge não precisa autorizar. A outorga esta dispensada na separação absoluta. Sumula 377 do STF – a separação obrigatória traz uma comunicação dos bens adquiridos onerosamente na constancia do casamento. Sucessões – da ordem da vocação hereditária – descendente, ascendente, cônjuge e colateral. O cônjuge pode concorrer com o descendente e vai concorrer com o ascendente. Primeiro passo é fazer o divorcio do morto com vivo. Regimes em que tem concorrência – separação convencional, separação final dos aquestos, comunhão parcial se houver bens particulares. Sucessão do companheiro: art. 1790 do CC – companheiro só participa da sucessão do outro em bens onerosamente adquiridos na vigência da união estável, ele concorre nesses bens com os parentes do falecido. Se concorre com filho comum – divisão igualitária. Se ele concorre com ascendente e colateral – o companheiro recebe 1/3. Se não tiver ninguém o companheiro leva tudo. DIREITO DO TRABALHO INCORPORACÃO DAS clausulas ao contrato de trabalho – art. 277 do TST – um direito adquirido por uma convenção coletiva não sai mais do contrato de trabalho, mesmo que a convenção não tenha mais validade. Apenas poderá retirar o direito se nova convenção dispor a respeito. Intervalo intrajornada não remunerado – sumula 437 TST – se não for concedido o intervalo, independente do tempo, deve-se pagar a hora inteira mais 50%. Para reduzir o intervalo precisa de autorização do Ministério do trabalho, refeitório no local do trabalho e náo pode se fazer horas extras. Sumula 437, II. Se o intervalo for remunerado, esse apagamento tem natureza salarial, vai interferir nas férias, 13, etc. Trabalho de 6 horas – intervalo de 15 min. Se o sujeito habitualmente fizer horas extras nesse caso essa hora vai alterar o contrato de trabalho e ele devera ter o intervalo maior, e, caso seja reduzido, segue o rito acima, Efeito da estabilidade do dirigente sindical – sumula 369: não precisa mais do prazo de 24 horas, mas ainda precisa o sindicato informar a empresa sobre o registro da candidatura do empregado. São 7 dirigentes e 7 suplentes com estabilidade. Estabilidade da gestante – sumula 244 do TST – a estabilidade dura da confirmação da gravidez até 5 meses após o parto. O empregador nunca poderá exigir exame de gravidez na admissão e exames periódicos, mas na demissão a lei é omissa, então pode-se interpretar que pode. Estabilidade da gestante ocorre no em todos os contrato por prazo determinado – serviço cuja natureza ou transitoriedade justifique a necessidade; atividade industrial transitória (nesses dois casos o prazo maximo do contrato e de 2 anos); contrato de experiência (prazo máximo ate 90 dias – pode prorrogar até 90 dias. Ex. 30 + 30, mas se o contrato inicial é de 90 dias não pode prorrogar). Estabilidade de quem sobre acidente ou doença do trabalho: Sujeito que sofre acidente no percurso do trabalho é acidente de trabalho, pouco importando o que ele fez. Da mesma forma se o acidente ocorre no horário do intervalo. A estabilidade começa a partir da alta medica. Os primeiros 15 dias ocorre a interrupção, a partir do 16 dia ocorre a suspensão do contrato de trabalho e vai até a alta médica, independente do prazo. A estabilidade começa na alta médica e vai até pelo menos 12 meses. Sumula 378, III. Se o sujeito for afastado por acidente de trabalho não poderá o empregador suspender seu plano de saúde. Sujeito que possui uma doença grave que gera preconceito, nesses casos o TST entende que existe uma presunção de dispensa discriminatória. A presunção é relativa, mas admite-se prova em contrário. Quanto aos direitos da doméstica a OAB não poderá cobrar a nova lei, se cair alguma questão responder com base na legislação anterior. Aviso prévio – 1 ano – 30 dias de aviso prévio A cada + um ano – tem direito a + 3 dias – até 90 dias. Como calcular 1 ano – 30 dias – 2 anos 33 – 3 anos 36 e assim vai até 90 dias. DIREITO PENAL Parte geral Vigência da lei penal – em regra, a lei penal não reatroage