Você está na página 1de 8

Muitas são as dúvidas a respeito de como transcrever corretamente as referências.

Por isso, a Biblioteca Central da Universidade Federal de Viçosa , MG elaborou este manual resumido contendo as principais normas de referências bibliográficas atendendo padrões técnicos estabelecidos pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) através da NBR 6023:2002. Esta norma fixa a ordem dos elementos das referências e estabelece convenções para transcrição e apresentação da informação originada do documento e/ou outras fontes de informação (NBR 6023). A referência é constituída de elementos essenciais que são informações indispensáveis à identificação do documento, e de elementos complementares que são informações acrescentadas para melhor identificação do documento. São elementos que variam conforme a tipo e/ou suporte documental. 1. Elaboração 1.1 Formas de entrada Entrada é a expressão ou palavra (nome do autor, título, etc) que encabeça uma referência, também chamada de cabeçalho. 1.1.1 Autores pessoais Indica-se a entrada pelo último sobrenome do autor, em maiúsculas, seguido dos prenomes abreviados ou não, da mesma forma como constam do documento, adotando o mesmo padrão. Os nomes devem ser separados por ponto-e-vírgula, seguido de espaço. MORAES, A. Direito constitucional . 12. ed. São Paulo: Atlas, 2002. 836p. NUZZI, E. F.; BARROS FILHO, C. Globalização mídia e ética : temas para debater em cursos de comunicação social. São Paulo: Plêiade, 1998. 201p. OKUNO, E.; CALDAS, I. L.; CHOW, C. Física para ciências biológicas e biomédicas. São Paulo: Harper & Row do Brasil, 1982. 490p. Para documentos elaborados por mais de 3 (três) autores, indica-se apenas o primeiro, acrescentando-se a expressão et al. GAW, A. et al. Bioquímica clínica . 2. ed. Rio de Janeiro: Guanabara koogan, 2001. 165p. Nota : Em casos específicos tais como projetos de pesquisa científica nos quais a menção dos nomes for indispensável para certificar autoria, é facultado indicar todos os nomes. Os documentos elaborados por vários autores, e houver uma indicação explícita de responsabilidade pelo conjunto da obra (Organizador, Editor, Coordenador e outros), a entrada deve ser feita pelo nome deste responsável seguida do tipo de participação escrito abreviado, no singular, entre parênteses. PALADINO, G. G.; MEDEIROS, L. A. (Org.). Parques tecnológicos e meio urbano : artigos e debates. Brasília: Amprotec, 1997. 319p. Entrada de sobrenome composto indicando parentesco como Junior, Sobrinho, Filho, Neto. COSTA NETO, P. L. O. Estatística . São Paulo: Edgar Blücher, 1999. 260p. 1.1.2 Autoria desconhecida A entrada será pela primeira palavra do título em maiúscula. DIAGNÓSTICO do setor editorial brasileiro. São Paulo: Câmara Brasileira do Livro, 1993. 64p.

MG: 2000. Indicam-se emendas e acréscimos à edição de forma abreviada. Ministério da Ciência e Tecnologia. 47p. (inglês) 2e ed. sendo a primeira palavra impressa em letras maiúsculas. 1. reimpressões.. SIMPÓSIO BRASILEIRO DE REDES DE COMPUTADORES.Anais . usando-se reticências. pode-se atribuir um título.1. 1998. 2002. 27p. independentemente do período decorrido desde a primeira publicação.4 Congressos. simpósios. tiragem.5 Entrada por título As obras de responsabilidade de entidades coletivas (com exceção daquelas de cunho administrativo ou legal) publicações anônimas ou não assinadas. Curitiba: CREA.. MANUAL de orientação da câmara especializada de agronomia. Bragança Paulista: PROPEP..1... 2002. Para os documentos sem título. 4. todas as suas impressões. Estatuto da Universidade Federal de Viçosa. Quando se tratar de obras de cunho administrativo ou legal. seminários e outros Em se tratando de reuniões e encontros científicos tem entrada pelo nome do evento. Viçosa. Anais . que identifica o conteúdo do documento. por extenso: UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA. Brasília. 655p. ed. 1995 Belo Horizonte. Indica-se a edição de uma publicação a partir da segunda Quando houver uma indicação de edição. não é indicada.. com indicação do respectivo número do evento em algarismos arábicos. entre colchetes. 1. (francês) . ambas na forma adotada na língua do documento.1. 94p. . produzidas sem modificações. 3. 1995. (português. ano e local de realização.1. Paginação irregular. têm entrada pelo título da publicação. Nota – Quando a editora é a mesma instituição responsável pela autoria e já tiver sido mencionada. utilizando-se abreviaturas dos numerais ordinais e da palavra edição. Os títulos muito longos podem ter as últimas palavras suprimidas. Bragança Paulista. BRASIL. 13. conferencias. entrar diretamente pelo nome da entidade ou pelo nome geográfico que indica a esfera de subordinação (país. CONGRESSO DE PESQUISA E EXTENSÃO. esta deve ser transcrita. Para os casos de mais de um evento realizados simultaneamente.. devem ser separados entre si por ponto e vírgula. 1998. 2. estado ou município).Belo Horizonte: UFMG. Ex. etc. 1. Programa de biotecnologia e recurso genéticos . Edição Todos os exemplares produzidos a partir de um original pertencem à mesma edição de uma obra.3 Entidade coletiva Obras de responsabilidade de entidade têm entrada pelo seu próprio nome. ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA. espanhol) 2nd ed.

Viçosa. indica-se entre colchetes. [ca. Na impossibilidade de identificar a editora. Se as editoras forem três ou mais. 1960] data aproximada. abreviada. (alemão) 2ª ed. [1969?] data provável.n. [entre 1906 e 1912] use intervalos menores de 20 anos.n. abreviada. . No caso de homônimos de cidades. MG . mas pode ser identificada. desde que sejam dispensáveis para identificação. 4. ed.].2. Na impossibilidade de identificar o local. RJ Quando houver mais de um local para uma só editora. A. 3. Exemplo: PASQUALI. O Gueto da comunicação . copyright e de distribuição. Auful. a NBR 6023 recomenda não deixar nenhuma referência sem data. [1973] data certa. 247p. indica-se a expressão sine nomine . utilizar data de impressão. entre colchetes. indica-se o primeiro ou o mais destacado. AL . Quando houver duas editoras. 5. indicam-se ambas. e aum. Quando a cidade não aparece no documento. abreviando-se os prenomes e suprindo-se palavras que designam a natureza jurídica e comercial. rev. (italiano) Quando esta for revista e aumentada deve ser acrescentada de forma abreviada. Local O local de publicação deve ser indicado tal como figura o documento. não indicada no item.l. Viçosa. indica-se a primeira ou a que estiver em destaque. 2. Caso não seja possível indicar uma data.]. entre colchetes [s. O.]. Porto Alegre: [s. registra-se uma data aproximada entre colchetes como se segue abaixo: [1971 ou 1972] um ano ou outro. 1987. do país etc. [197-] década certa. Data Sendo a data um elemento essencial. [197-?] década provável. acrescenta-se o nome do estado. Editora O nome da editora deve ser registrado como figura no documento. se nenhuma dessas estiver disponível. com seus respectivos locais (cidades). ed. Ex. [S. Viçosa. utiliza-se a expressão sine loco. No entanto. Ex. 2.

data de publicação. História da riqueza do homem . Elementos essenciais são: SOBRENOME DO AUTOR. As referências são alinhadas somente à margem esquerda do texto e de forma a se identificar individualmente cada documento. Título .2 Monografia no todo em meio eletrônico As referências devem obedecer aos padrões indicados para os documentos monográficos no todo. guia. Nota – Quando se tratar de obras consultadas online. Prenome. Quando necessário. grifo ou itálico) quando utilizado para destacar o título deve ser uniforme em todas as referências de um mesmo documento As referências constantes em uma lista padronizada devem obedecer aos mesmos princípios. Melhoramento de plantas . indica-se a data mais antiga e a data mais recente da publicação. Nota série ou coleção. também são essenciais as informações sobre o endereço eletrônico. Local: Editora. História da riqueza do homem . 1999. A . precedido da expressão Disponível em: e a data de acesso ao documento.[18--] século certo. O recurso tipográfico (negrito. MG: UFV. Nas referências de vários volumes de um documento. 1 CD-ROM. separadas por hífen. REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO Os elementos essenciais e complementares da referência devem ser apresentados em seqüência padronizada. BORÉM. minutos e segundos. Local: Editora. dicionário etc. L. Rio de Janeiro: LTC. HUBERMAN. 6. Título . Ao optar pela utilização de elementos complementares. [18--?] século provável. dimensão. Ex: HUBERMAN. subtítulo. estes devem ser incluídos em todas as referências daquela lista. Descrição física (número de páginas ou volumes). em espaço simples e separado entre si por espaço duplo. precedida da expressão Acesso em: opcionalmente acrescida dos dados referentes a hora. MODELOS DE REFERÊNCIAS 7. a partir da segunda linha da mesma referência. 286 p. Notas especiais. Edição. . 1986. ISBN. ed. enciclopédia.1 Monografia no todo Inclui livro e/ou folheto (manual. 1986. 21. L. catálogo. publicados em datas diferenciadas. dissertações. Edição. Os elementos complementares são: SOBRENOME DO AUTOR.) e trabalhos acadêmicos (teses. ilustração. Rio de Janeiro: LTC. ed. Requisitos do sistema: PC 486 com 12 MB RAM. abaixo da primeira letra da palavra. apresentado entre os sinais < >. Driv CD-ROM 8x. 7. de forma a destacar o expoente e sem espaço entre elas. 21. ISBN 85-216-1306-7 7. data de publicação. Tradução de Waltensir Dutra. Quando aparecer em notas de rodapé. Tradutor. Revisor. acrescentam-se elementos complementares à referência para melhor identificar o documento. Viçosa. Prenome. entre outros). acrescidas das informações relativas à descrição física do meio eletrônico. Inclui índice. serão alinhadas.

G. seguido dos dados de local de publicação. cap. volume. capítulo. Os elementos essenciais são: nome do evento. ano de publicação. In:_____ Organização estruturada de computadores. Recife: UFPe.. 15:30:30 7. A. É. anais. fragmento e outras partes de uma obra.Br/nutriesaude3-4htm>.]: Planeta DeAgostini. In: DICIONÁRIO da língua portuguesa. volume.. resultados. T. 2001.1 Trabalho apresentado em evento . data. ed. In: ENCICLOPÉDIA multimídia dos seres vivos [S. (Org. SIMPÓSIO DE PRODUÇÃO DE GADO DE CORTE..3 PARTE DE MONOGRAFIA Inclui capítulo. F. Nutrição parenteral. 182-249. 1996. In: CARVALHO. Comunicação integrada: conceitos e casos. data. 4.ufpe. TÍTULO DO SIMPOSIO. . In: AUTOR DO LIVRO. proceedings.3. 2002. DZO. Paginação ou volume.MG : UFV. 117126. (Em seguida. Acesso em: 03 set. Lisboa: Priberam informática. Local de publicação (cidade): Editora. 1997.. p. 2001.). Disponível em: <endereço>. Recife. p. 7.Obs .MG.1 Capítulo com autoria própria : BAMBERG.. 1999. 7.br/anais. São Paulo: Atlas. com autor(es) e/ou título próprios. Viçosa. Local: Editora. 3. Título do documento . entre outras denominações).org.3. Título do capítulo.). EVENTO COMO UM TODO EM MEIO ELETRÔNICO CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UFPe.fugesp. 1996. Disponível em: <http://www. Acesso em: dia mês. Marketing na nova economia. atas. POLÍTICA. Título: subtítulo do livro. Anais eletrônicos. FAINTUCH. São Paulo: CAD. Disponível em: < http://www. NEVES. local. Anais. 2002.3 Partes de monografia em meio eletrônico: As referências devem obedecer aos padrões indicados para partes de monografias.4. Título. Disponível em: < http://priberam. Não se recomenda referenciar material eletrônico de curta duração nas redes AUTOR. 2000. G. ano de realização. CD-ROM 9. página inicial-final da parte. Local: Editora.4 EVENTO COMO UM TODO Inclui o conjunto dos documentos reunidos num produto final do próprio evento (atas. deve-se mencionar o título do documento (anais).l. 2001. Rio de Janeiro: LTC. tópico temático etc. D. nº do evento.3. Ano..Viçosa. S.pt/dIDLPO > . 7. 3. MORFOLOGIA dos artrópodes. 1998. 7. 271 p.htm >. ano e local (cidade) de realização. numeração (se houver).propesq. J. 7. CARVALHO. acrescidas das informações relativas à descrição física do meio eletrônico. Acesso em: 21 jan. 13. Editora e data de publicação. M. AUTOR DO CAPÍTULO.. c1998. Acesso em: 8 mar.2 Capítulo sem autoria própria: TANENBAUM. O Nível convencional de máquina..

Viçosa. BRASIL.ufpe. In: TÍTULO DO EVENTO. A educação à distância e a biblioteca universitária. 90f. Título do documento (anais.. Recife: UFPe. Lex : Coletânea de Legislação e Jurisprudência. etc.. 10. SILVA. Apelação cível nº 94. 1998. ORLANDO SOBRINHO.2 Jurisprudência Compreende súmulas. Relator: Juiz Flávio Dino. enunciados. 1998. Estudo de polimorfismo do gene candidato. Fortaleza. Tese (Doutorado em Zootecnia)-Universidade Federal de Viçosa.. autarquia e fundacional do Poder Executivo da União. Ano de apresentação. 1997. jurisprudência (decisões judiciais) e doutrina (interpretação dos textos legais).4. 2001. Disponível em: <http://propesq.1 Legislação PAÍS. In: CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UFPe. Rondônia. In: SEMINÁRIO DE BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS. Campinas. 1996.. Título: subtítulo. Apelante: Ilen Isaac.12. 2003. 1 CD-ROM. Acesso em: 21 jan. p. dez. E. N. CARMO. página inicial – final da parte referenciada. enfocando a legislação sanitária de alimentos do estado de Minas Gerais . SÃO PAULO (Estado).12. 7. DISSERTAÇÃO E MONOGRAFIA AUTOR. 2003. R. 2004. Número de folhas ou volumes. 1985. Anais . 2. F. 1985. mês e ano). resumos. 2004. 7. SANTOS. Prenome. J. nº do evento. acórdãos.123-157. 2001. o fator miogênico-5 ( myf 5).2563. Título do trabalho apresentado seguido da expressão. em suínos . ano de publicação. .MG.6. L. Resposta à calagem.6 DOCUMENTO JURÍDICO Inclui legislação. decorrentes da aplicação de nitrogênio e potássio . local (cidade de realização). L.. de 27 de abril de 1998. Dissertação (Mestrado em Ciências do Solo)-Universidade Federal de Viçosa.01. 7. Dispõe sobre a atualização cadastral dos aposentados e pensionistas da Administração Pública Federal direta.2 Trabalho apresentado em evento em meio eletrônico GUNCHO. Lei ou decreto. ano de realização.5 TESES. 7.MG. Decreto n... Anais . n.62. M..).htm >. In: SEMINÁRIO SOBRE CORRETIVOS AGRÍCOLAS. ano da defesa. sentenças e demais decisões judiciais.Anais eletrônicos .12942-8-RO. Viçosa. Crescimento e alocação de biomassa e de nutrientes em eucalipto. Recife. Local: Editora. Lex : jurisprudência do STJ e Tribunais Regionais Federais. Apelada: União Federal. p..br/anais/anais/educ/ce04. p. (Categoria e área de concentração) – Instituição. 62f. Viçosa.. Ementa.SOBRENOME DO AUTOR. v. 7. SILVA. Monografia (Especialização em Nutrição e Saúde)-Universidade Federal de Viçosa. R. São Paulo. Local. CARNEIRO. 2000. Tribunal Regional Federal. n. 4. M.6.. M. data (dia. R.136. nº.223-225. 1998. Fortaleza: Tec Treina. N. 1996. S. Procedimentos básicos para o planejamento de uma indústria de biscoitos. 69f. M.1493-1494. São Paulo. v. 25 de agosto de 2000. ESTADO E MUNICÍPIO.MG. OLIVEIRA. Dados de publicação que publicou a lei ou decreto. Campinas: Fundação Cargill. Q. Os limites pedagógicos do paradigma da qualidade total na educação.

br >.com.) Os elementos essenciais são: título. nov. J.7. n. local de publicação. GRIFFITH. 7. sem título próprio. 2004. São Paulo. nº fascículo./dez. data de publicação. 7. Folha Turismo. entre outros.MG: Sociedade de Investigações Florestais. páginas inicial-final. números especiais e suplementos. M. GRIFFITH. Viçosa. local de publicação. título. nº volume.8. v. AUTOR. Volumes. reportagens. v.6. nº volume. 2003. v.7. M. 1998. 13. REFERÊNCIAS .br/pdf/rarv/v27n6/a12v27n6. Caderno 8 p. Rev. 1998. Modelo teórico para compreensão do ambientalismo empresarial do setor florestal brasileiro. entrevistas. seções. titulo do jornal. 6. J. boletim etc.Bimestral. n. 2003.27. Viçosa. 2003. Editora. informações de períodos e datas de sua publicação. Fortaleza. ISSN 0100-6762.scielo. REVISTA ÁRVORE. a paginação do artigo ou matéria precede a data. A. matérias jornalísticas.1 Artigo e/ou matéria de revista. fascículo ou número de revista. etc.pdf > Acesso em: 11 out. Editoras. caderno etc.MG: Sociedade de Investigações Florestais. Folha de São Paulo . e a matéria existente em um número. p. Disponível em: < http://www. Viçosa. Título do jornal . J. Nov. Os elementos essenciais são: Título da publicação. J.diariodonordeste.27. Acesso em: 28 nov.8 ARTIGO E/OU MATÉRIA DE JORNAL Inclui comunicações. numeração do fascículo. REVISTA ÁRVORE. Lagos andinos dão banho de beleza. Título do periódico . n. nº ou título do caderno. em meio eletrônico NARDELLI.7 PUBLICAÇÃO PERIÓDICA Inclui a coleção como o todo. Local. 27 nov. Revista Arvore .6. Quando não houver seção./Dec. boletim etc. 855-869. NAVES. 1999. Theoretical model for understanding corporate environmentalism in the Brazilian forestry sector. REVISTA ÁRVORE.. NARDELLI. p. A. dia mês. datas do início e de encerramento da publicação se houver. caderno ou parte do jornal e a paginação correspondente. na integra. Disponível em:http://www. Diário do Nordeste Online. seção. 1977Quando necessário acrescentam-se elementos complementares à referência para melhor identificar o documento. resenhas e outros.MG. número de jornal. P. Viçosa. Título do artigo. fascículo.7. Os elementos essenciais são: autor(es) se houver. B.855869. B. ano. Árvore . páginas inicial-final. 1977. 7. seção ou suplemento. Local de publicação (cidade). AUTOR. editorial.. reportagens. volume ou fascículo de periódico (artigos científicos de revistas. recensões. 7. nov. 28 jun. numeração do ano e/ou volume./dez. local de publicação. MG. caderno ou parte.2 Artigo e/ou matéria de revista.1 Artigo e/ou matéria de jornal em meio eletrônico ARRANJO tributário. Editora. Viçosa. Título do artigo. mês e ano. MG: Sociedade de Investigações Florestais.27.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS – ABNT. Manual para normalização de publicações técnico-científicas . J. 2003. e ampl. Rio de Janeiro. 2002. ed. L. 6. . rev. NBR 6023: informação e documentação: referências: elaboração. Belo Horizonte: UFMG. FRANÇA.