Você está na página 1de 2
PopUp Lisboa 2009 1ª edição De Lisboa para o resto do país e além fronteiras

PopUp Lisboa 2009

edição

De Lisboa para o resto do país e

além fronteiras a arte urbana vai vestir um nome: PopUp Lisboa

2009

O PopUp Lisboa 2009 consiste

numa iniciativa de arte urbana a

nível nacional. Parte de Hugo Israel

a ideia de aproveitar espaços

urbanos devolutos ou inutilizados para serem ocupados pelas obras de artistas emergentes. Sem fins lucrativos, pretende apenas interferir na autoconsciência do

cidadão urbano dentro de um espírito existencialista: o indivíduo e a sociedade, a forma como este

o assimila e exterioriza. As

fronteiras Eu/Corpo, Eu/Outro, Eu/Sociedade, Eu/Universo estão patentes nas obras de mais de uma dezena de artistas nacionais.

A inauguração da exposição

colectiva vai ser no dia 5 de Junho na antiga Cavalariça do palácio da Trindade, no nº18 da Rua da Trindade ao Largo do Carmo. É no dia da inauguração que vão actuar os Macacos do Chinês, Barbara Lagido, e o Dj Rui Pregal da Cunha. Também neste dia alunos da Escola Superior de Dança vão preencher a Rua da Trindade ao Carmo. Até terminar, no dia 9 de Julho são diversos os Workshops

a ter lugar na antiga cavalariça:

Terapia pela Arte, Feng Shui, Reciclagem Urbana e Fotografia.

A ocupação de espaços devolutos

ou inutilizados com arte será a pedra toque do projecto nas diferentes cidades que visitar. O exemplo da Baixa lisboeta, a cavalariça, já serviu de escritório de arquitectura e até como produtora de cinema. Para arrendar, ali está um espaço repleto de luz natural dado ao abandono e ao vazio. Assim como dentro do indivíduo há um vazio ávido de ser preenchido

A fachada do edifício e o seu

interior vão ser submetidos a uma transformação plástica. A intervenção de artistas como Hugo Israel, Gonçalo Mar, Tiago Marques, André Uerba, Bruno Canas, Nuno Neto, Miguel Januário, Raquel Nicoletti, Inês Madeira

Coito, Ricardo Valentim entre muitos outros, será a diferentes níveis: multimédia, escultura,

fotografia, performance

e fazem

do PopUp Lisboa 2009 um evento cultural a não perder.

Fora da antiga cavalariça, está incluída na programação do PopUp Lisboa 2009, um ciclo de conversas de arte sobre temas de indiscutível actualidade no meio artístico. O ciclo de conversas é da responsabilidade da directora da revista Ncontrast Catarina da Ponte. O primeiro painel será sobre “Criadores, Criação, Agentes”; seguindo-se “Publicações em Linguagem Urbana”, “O lugar não-

-comum da Arte Urbana” e “Projectos: duplas criativas”.

O Ciclo de Conversas terá lugar

na Fundação Portuguesa das Comunicações por onde irão passar intervenientes activos e determinantes nos temas em questão, a realçar: Ema Cerveira da Agência Who, Pedro Palrão da Ncontrast, Silvia Câmara, técnica do departamento de património cultural da Câmara de Lisboa e Ram Artista Urbano.

Na Fundação Portuguesa das Comunicações estara, ainda, patente a exposição “De dentro” de José Mendes de Almeida. 14 fotografias em formato 90X130cm que mostram espaços devolutos, lugares desocupados. Um olhar exterior para dentro de

edifícios que perderam identidade

e funcionalidade.

POPUP

CITY.

BLOG

SPOT

.COM

PopUp Lisboa 2009 1st edition From Lisbon to the remainder of the country and beyond

PopUp Lisboa 2009

1st

edition

From Lisbon to the remainder of the country and beyond borders, urban art will have a name:

PopUp Lisboa 2009.

PopUp Lisboa 2009 is a nation-wide urban art iniciative. The ideia of taking urban spaces which are vacant or unutilized and using them to present works of up-and-coming artists comes from Hugo Israel. With no lucrative intent, its aim is to interfere with the urban citizens' self-conscience, within an existencialist spirit:: the individual himself and society, the way in which he assimilates and externalizes it The borders I/body, I/the other, I/society, I/universe are present in the works of more than a dozen national artists.

The collective exhibition's opening will take place on June 5th, in the old stables of Palácio da Trindade, Rua da Trindade, nº 18, in the vicinity of Largo do Carmo. The opening will include live acts from Macacos do Chinês, Bárbara Lagido and Dj Rui Pregal da Cunha. Dance students from Escola Superior de Dança will take Rua da Trindade by storm. Until its closing, on July 9th, several workshops will take place in the old stables: Therapy through

Art, Feng Shui, Urban Recycling and Photography.

The filling of vacant and lifeless spaces with art will be the touchstone of the project in the different cities that it will visit. Taking the example in downtown Lisbon, the stable has already served as an architecture atelier and even as a film production company. Available to rent, here is

a space full of natural sunlight let

to abandon and emptiness. Just like inside each individual there is an emptiness avid to be filled

The building's façade and its interiors will undertake an aestethetic transformation. The intervention of artists such as Hugo Israel, Gonçalo Mar, Tiago Marques, André Uerba, Bruno Canas, Nuno Neto, Miguel Januário, Raquel

Nicoletti, Inês Madeira Coito, Ricardo Valentim, among others, will be in different mediums: multimedia, sculpture, photgraphy,

performance

contribute into making PopUp Lisboa 2009 a must-see cultural event.

All of them

Outside the old stables, PopUp

Lisboa 2009's programming includes

a cycle of art conversations on

subjects of unarguable timeliness

within the artistic world. The cycle

is a creation of Ncontrast magazine

director, Catarina da Ponte. The first panel will be "Creatives, Creation, Agents"; followed by "Publications in Urban Language", "Urban Art's Uncommon Place" and

"Projects: Creative Pairs". It shall all take place in the Fundação Portuguesa das Comunicações (Portuguese Foundation for Communication), where relevant players in the subjects in question will be present , namely: Ema Cerveira -Who Agency; Pedro Palrão

- Ncontrast Magazine, Sílvia Câmara

- Lisbon's City Council department of cultural patrimony, and Ram - Urban Artist.

Also in the Fundação Portuguesa das Comunicações will be the exhibition “De dentro”, by José Mendes de Almeida. 14 photographs in 90X130 cm formats that show vacant spaces, idle places. An outsider's look into buildings that have lost their identity and functionality.

POPUP

CITY.

BLOG

SPOT

.COM