Você está na página 1de 3

Prefeitura Municipal de Belém - Leis e Decretos Municipais

Página 1 de 3

de Belém - Leis e Decretos Municipais Página 1 de 3 Prefeitura Municipal de Belém Secretaria

Prefeitura Municipal de Belém Secretaria Municipal de Assuntos Júrídicos - SEMAJ DECRETOS E LEIS MUNICIPAIS

Lei Ordinária N.º 7787,

15 DE MAIO DE 1996.

Disciplina a construção de calçadas e passeios no Município de Belém e dá outras providências.

passeios no Município de Belém e dá outras providências. A CÂMARA MUNICIPAL DE BELÉM estatui e

A CÂMARA MUNICIPAL DE BELÉM estatui e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1° - A pavimentação das ruas e avenidas e a construção do meio fio correspondente são obrigações do Poder Público Municipal.

Parágrafo Único – São também responsabilidades do Poder Público Municipal a pavimentação, ornamentação e conservação das praças públicas e passeios públicos.

Art. 2° - Os proprietários de imóveis urbanos no Município de Belém ficam obrigadas à construção e conservação das calçadas correspondentes aos limites de seu patrimônio, desde que o logradouro seja pavimentado.

§ 1° - Entidades públicas e/ou prestadoras de serviços ficam obrigadas à reconstrução das calçadas e/ou passeios públicos imediatamente após a conclusão dos seus serviços e nos mesmos padrões originais.

§ 2° - Fica a critério da Prefeitura Municipal de Belém o desconto de parte do valor do IPTU correspondente à construção de calçada pelo proprietário do imóvel, a partir da construção do meio fio.

Art. 3° - O meio fio servirá de referência à construção das calçadas, observadas as seguintes normas:

I – quanto ao revestimento – as calçadas e passeios serão revestidos obrigatoriamente de material não derrapante;

II – quanto a altura:

a) não será permitida a construção de calçadas em desnível com

calçadas laterais e quando justificado o desnível pela falta de

meio fio, o desnível será obrigatoriamente em rampa;

b) se o logradouro não dispuser de meio fio, a calçada terá a

altura que o proprietário convier, se o logradouro dispuser de meio fio, a calçada obedecerá o nível do meio fio e se estenderá desde o meio fio até o limite de alinhamento do imóvel;

http://www.belem.pa.gov.br/semaj/app/Sistema/view_lei.php?id_lei=53

25/03/2012

Prefeitura Municipal de Belém - Leis e Decretos Municipais

Página 2 de 3

c) se o meio fio for construído pelo Poder Público Municipal

após a construção ou não da calçada, esta obedecerá o nível do meio fio quando se fizer necessária a sua conservação e/ou quando qualquer reforma for realizada no imóvel;

d) em ruas íngremes onde se fizer necessária a construção de

degraus será obrigatória a prévia autorização e orientação do

órgão municipal competente.

III – quanto ao acesso a garagens:

a) se o meio fio for posterior a construção do acesso,

respeitá-lo-á tanto quanto possível e, na inconveniência de respeitá-lo, novo acesso será de responsabilidade do Poder

Público Municipal.

b) se já houver meio fio, serão obedecidas as seguintes

normas:

b.1) se houver necessidade de grade para o acesso à garagem, a grade será basculante, para facilitar a limpeza da sarjeta; e

b.2) se houver necessidade de rampa na extensão da calçada, esta obedecerá obrigatoriamente a prévia orientação, do órgão municipal competente.

Art. 4° - Quanto a tapumes, jardineiras, defensas, coberturas, toldos, depósitos de lixo, batentes e placas, ficam os parâmetros a serem utilizados na Fiscalização do Código de Posturas do Município de Belém, elaborados pelo Núcleo Setorial de Assuntos Jurídicos da Secretaria Municipal de Urbanismo, em anexo a esta Lei.

Art. 5° - Nas esquinas de rua e passeio público é obrigatória a construção de rampa de acesso para facilitar o fluxo de deficientes físicos e visuais.

Art. 6° - Se o imóvel não dispuser de calçada quando da construção de meio fio, o proprietário fica obrigado a construí-la no prazo máximo de 180 (cento e oitenta) dias a contar da conclusão do meio fio.

Art. 7° - O proprietário urbano que infringir esta Lei será multado em 05 (cinco) UFM/m 2 (Unidade Fiscal do Município, por metro quadrado) de calçada.

§

cumulativamente;

Esta

multa

-

será

acrescida

de

20%

(vinte

por

cento)

cada

ano,

§ 2° - Após cinco anos de multas acumuladas os proprietários inadimplentes serão executados pelo Poder Público Municipal judicialmente;

§ 3° - Se a propriedade constar de terreno baldio ou imóvel abandonado e/ou desabitado, os proprietários serão convocados através de edital publicado em pelo menos dois jornais de grande circulação local, pelo prazo de 30 (trinta) dias, em publicação semanal;

§ 4° - Se os proprietários não respondem ao edital previsto no parágrafo anterior, o

http://www.belem.pa.gov.br/semaj/app/Sistema/view_lei.php?id_lei=53

25/03/2012

Prefeitura Municipal de Belém - Leis e Decretos Municipais

Página 3 de 3

imóvel irá a leilão público para ressarcimento das dívidas e possível saldo depositado em juízo;

§ 5° - Para efeito desta Lei, será considerado imóvel abandonado aquele que não estiver em dia com os tributos municipais pelo prazo de cinco ou mais anos; não tiver inquilino legalmente tipificado; e não receber conservação pelo prazo de mais de 03(três) anos.

Art. 8° - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

Art. 9° - Revogam-se as disposições em contrário.

PALÁCIO ANTÔNIO LEMOS, 15 de maio de 1996.

HÉLIO MOTA GUEIROS

Prefeito Municipal de Belém

Atenção: Considerando-se a possibilidade de erros de digitação, arquivos desatualizados, ou a ação de terceiros, mesmo que remotamente, é possível que existam documentos que não guardem total fidelidade aos textos oficiais. É imprória e desaconselhável a sua utilização como suporte em ações públicas, portanto, deve-se restringir a utilização dessa página apenas à consultas.

Secretaria Municipal de Assuntos Jurídicos - SEMAJ - Trav. 1º de Março, 424 – Campina – CEP: 66017-120 - Belém - Pará - Brasil Telefones: 3182-1100 / 3182-1109 / 3182-1110 biblioteca.semaj@cinbesa.com.br

http://www.belem.pa.gov.br/semaj/app/Sistema/view_lei.php?id_lei=53

25/03/2012