Você está na página 1de 6

Tabela matriz a utilizar para a realização da 1ª parte da tarefa, conforme indicações do Guia da Sessão

Conhecimento na área Bibliotecas escolares que cada um acompanhai

Aspectos críticos
que a Literatura Desafios. Acções
Domínio Pontos fortes Fraquezas Oportunidades Ameaças
identifica a implementar

Profissional
altamente qualificado
e com fortes
Liderança forte.
capacidades de
liderança.
Formação
Integração na
( necessidade de
O professor escola/agrupamento. Falta de
permanente
bibliotecário deve reconhecimento/
Carências de Professor actualização ).
Competências do assumir-se como Relacionamento com
formação em /bibliotecário a tempo
desvalorização do
professor bibliotecário especialista em as várias estruturas papel desempenhado
algumas áreas inteiro Conseguir atrair os
aprendizagem. - a educativas. pelo
professores para um
prática diária deve prof./bibliotecário.
tipo de uso da
centrar-se no
biblioteca diferente
contributo dado para
(trabalho
que os utilizadores
colaborativo)
atinjam os seus
objectivos de
aprendizagem.
Todo o trabalho da Equipa relativamente Fazer da avaliação
Organização e Gestão da BE deve centrar-se estável e Dificuldades na um dos elementos do
no contributo dado diversificada. gestão do tempo e da Sobrecarga de processo de gestão,
BE para que os sua distribuição pelas trabalho para o com presença
utilizadores atinjam Divisão de tarefas tarefas. prof/bibliotecário. constante nas
os seus objectivos de práticas do dia-a-dia
aprendizagem logo, Institucionalização da Complexidade de da biblioteca.
a sua gestão deve BE. alguns dos
centrar-se nas instrumentos de
Conhecimento na área Bibliotecas escolares que cada um acompanha

recolha de dados.
Integração da BE na
acções e evidências
página Web do
que revelem até que
agrupamento
ponto estes Articulação com
objectivos estão a ser todos os ciclos que Dificuldades em fazer
Dinamização da BE
atingidos e que integram o Implementação do chegar a mensagem
do 1º CEB
alterações podem ser agrupamento(pré- Modelo de a todos os
implementadas para escolar ao ensino Autoavaliação das professores e em
Actividades em
que níveis de secundário) Bibliotecas Escolares encontrar parceiros
parceria com
desempenho para levar a cabo
BibMunicipal( de
superiores possam todas as tarefas
dinamização, de
ser atingidos. exigidas.
formação…)
Procura de novas
Dificuldade em fontes de
manter uma colecção financiamento.
A colecção ultrapassa adequada face às Parcerias
Fundos documentais
em muito as paredes alterações estabelecidas ou a Circulação de fundos
cada vez mais
Gestão da Colecção da biblioteca
diversificados e
curriculares e de estabelecer com Falta de recursos entre as bibliotecas
(conection not oferta educativa das organismos financeiros. do concelho.
adequados às
collection) escolas. exteriores ao
necessidades.
Catálogo agrupamento Criação do catálogo
informatizado ainda colectivo das
em construção. bibliotecas do
concelho.
A BE como espaço de O sucesso de uma Recursos Dificuldades em Implementação do Mobilidade dos Planificação de
biblioteca está no disponibilizados. motivar os Modelo de docentes. actividades em
conhecimento e “fazer a diferença” , professores para a Autoavaliação das conjunto com as
aprendizagem. Trabalho no assumir-se como Existência de práticas realização de Bibliotecas Escolares Dificuldade em várias estruturas de
colaborativo e articulado um espaço de de uso da BE pelo trabalho colaborativo. encontrar espaços orientação educativa
construção do professor( de acordo nos horários dos
com Departamentos e conhecimento, onde com as tipologias Dependência dos professores para
docentes. o aluno possa apresentadas por professores em reuniões de
desenvolver uma Zmuda: isolated relação ao planificação do
aprendizagem event e coordinated prof/bibliotecário trabalho.
baseada na effort)
Conhecimento na área Bibliotecas escolares que cada um acompanha

investigação.
Diversificação das
actividades de
promoção da leitura.
Reforço da parceria
O sucesso da Recolha de
Trabalho conjunto com Biblioteca
Formação para a leitura e biblioteca escolar
com Biblioteca
evidências para
Municipal
passa pela sua avaliação de todas as Falta de colaboração
para as literacias capacidade de
Municipal
acções levadas a de alguns
Articulação com todos
contribuir para o cabo e dos seus reais professores
Formação e apoio as estruturas de
desenvolvimento das efeitos.
aos utilizadores. orientação educativa
várias literacias.
do agrupamento
Apoio às aulas das
Áreas Curriculares
Não Disciplinares
Múltiplos
dilemas/questões que
se apresentam na Reivindicar a
relação dos alunos presença do
com as novas Coordenador da BE
tecnologias: na equipa PTE.
dificuldades em
manusear o grande Equipamentos Possibilidade de Exigir junto dos
Manutenção dos
volume de Acesso às novas informáticos renovação dos órgãos de gestão do
equipamentos
informação a que se tecnologias desactualizados. equipamentos agrupamento que a
BE/ PTE e os novos pode aceder, informáticos da
informáticos
renovação do parque
ambientes digitais. existentes.
dificuldades em Apoio aos Pouca formação do biblioteca. informático
avaliar a relevância utilizadores. utilizador centrada contemple a
da informação… nas TIC biblioteca.
As dificuldades
sentidas pelos alunos Realização de mais
no domínio das novas formação do utilizador
tecnologias devem na área das TIC
ser pistas para a
intervenção do
prof./bibliotecário
Conhecimento na área Bibliotecas escolares que cada um acompanha

Elaboração de
relatórios de
avaliação das
actividades
desenvolvidas. Dificuldades em
Gestão baseada em
Realização de passar dos resultados
As evidências práticas de recolha de
inquéritos a da avaliação para a
recolhidas, aliadas ao evidências.
professores e alunos definição e
saber profissional do Implementação do
e tratamento dos implementação de
Gestão de evidências/ professor
dados. actividades de
Modelo de
Gerir o tempo
Fazer reflectir os
avaliação. bibliotecário, devem Autoavaliação das resultados da
Recolha sistemática melhoria.
servir para Bibliotecas Escolares avaliação na efectiva
de alguns dados
redireccionar as melhoria dos serviços
(empréstimos Assegurar a
estratégias prestados pela
domiciliários, colaboração dos
biblioteca.
requisições para a professores.
sala de aula…).
Integração na auto-
avaliação do
Agrupamento.

Gestão da mudança
SÍNTESE Factores de sucesso Obstáculos a vencer Acções prioritárias

Trabalho colaborativo entre professor Trabalho isolado Implementar práticas de trabalho colaborativo.
A biblioteca tem de se assumir bibliotecário e professores.
como espaço de conhecimento Tempo ( a quantidade de tarefas inerentes ao Planear todo o trabalho da biblioteca tendo em
e não apenas de informação. Conhecimento das estruturas que estão na funcionamento e dinamização da biblioteca vista a avaliação do seu impacto na
(“só o conhecimento é poder” base do conhecimento. coloca verdadeiros desafios em termos de incrementação do conhecimento e das
Kuhlthan citado por Ross Todd) gestão do tempo). competências dos seus utilizadores.
Atenção constante às necessidades dos
O verdadeiro sucesso da utilizadores. A forma tradicional de ver a biblioteca e o seu Gerir melhor os recursos humanos
biblioteca reside no impacto papel na comunidade educativa. disponíveis.
que tem nos resultados Conhecimento dos standards ( resultados /
escolares dos alunos. competências) Actualização constante de conhecimentos nas
várias áreas que se relacionam com o trabalho
Conhecimento na área Bibliotecas escolares que cada um acompanha

Avaliação dos efeitos do trabalho


desenvolvido.
da biblioteca(gestão, tecnologias da
Clarificação do “como” se vai avaliar o “quê”. informação, promoção da leitura…).
.
i
Os coordenadores devem realizar aanálise SWOTT à biblioteca que gerem.

Para saber mais sobre análise SWOTT:

http://pt.wikipedia.org/wiki/An%C3%A1lise_SWOT
http://www.infopedia.pt/$analise-swot