Você está na página 1de 5

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ

CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE ABAETETUBA


FACULDADE DE CIÊNCIAS DA LINGUAGEM

CARLOS ALESSANDRO CHAVES DA CRUZ


KAMILA RODRIGUES LIMA
LAUDERVÂNIA MORAES DE SOUSA
LÍGIA PINHEIRO NEGRÃO
MARIA KARLA BESSA PAIVA
SUELI CRUZ DE BARROS

“LEXICOGRAFIA ABAETETUBÊS”

ABAETETUBA/ PARÁ
ABRIL/ 2009
CARLOS ALESSANDRO CHAVES DA CRUZ
KAMILA RODRIGUES LIMA
LAUDERVÂNIA MORAES DE SOUSA
LÍGIA PINHEIRO NEGRÃO
MARIA KARLA BESSA PAIVA
SUELI CRUZ DE BARROS

“LEXICOGRAFIA ABAETETUBÊS”

Trabalho solicitado como método de Avaliação da


disciplina ENSINO/ APRENDIZAGEM DO
PORTUGUÊS I, ministrada pela Professora Glória
Regina Amaral à Turma de LETRAS 2006.

ABAETETUBA/ PARÁ
ABRIL/ 2009
TEMA: “LEXICOGRAFIA ABAETETUBÊS”

PÚBLICO ALVO: 6ª Série do Ensino Fundamental

DURAÇÃO: 64 dias

• OBJETIVO GERAL:

 Orientar os alunos a reconhecerem as variedades lingüísticas.

• OBJETIVOS ESPECIFICOS:

 Investigar o léxico dos cidadãos abaetetubenses.


 Identificar as peculiaridades do dialeto local.
 Produzir um minidicionário de vocábulos e expressões “abaetetubês”.

• JUSTIFICATIVA:

Levando-se em consideração os PCN’s de Língua Portuguesa do 3º e 4º


ciclos do ensino fundamental (1998), no que concerne a prática de análise
linguística, que entre outras trata do reconhecimento das características dos
diferentes gêneros de textos e dos diferentes componentes do sistema linguístico
em que a variação se manifesta no léxico. Na busca por sanar a ocorrência do
preconceito lingüístico por parte dos alunos, optou-se por apresentar o gênero piada,
por esta, em alguns casos, utilizar-se da variedade não padrão da língua para
provocar o riso. Dessa forma, este trabalho traz como proposta a elaboração de um
minidicionário para o reconhecimento da lexicografia abaetetubense.

• METODOLOGIA:

 1º Momento: Explanar sobre o assunto Variedades Lingüísticas (2h/aula – 1


dia).
 2º Momento: Encaminhar a turma para pesquisa de palavras e expressões
faladas em Abaetetuba (30 dias).
 3º Momento: Selecionar as palavras e expressões a serem usadas (4h/aula –
2 dias).
 4º Momento: Confeccionar o minidicionário em uma gráfica (30 dias).
 5º Momento: Expor o resultado final para a comunidade escolar (1dia).

• ATIVIDADE AVALIATIVA:

De acordo com o exposto em sala de aula sobre Variedades Linguísticas,


realizaremos uma pesquisa das palavras e expressões peculiares à fala
abaetetubense. Após a pesquisa todos os alunos trarão para sala de aula os dados
coletados para a seleção das palavras e expressões a serem utilizadas na produção
do minidicionário “abaetetubês”. A atividade será concluída com a exposição do
resultado final deste trabalho em uma Tarde Cultural.

• RECURSOS HUMANOS:

 Professor
 Alunos
 Pessoas entrevistadas
 Coordenadores do Projeto
 Patrocinadores

• RECURSOS MATERIAIS:

 Quadro branco
 Caneta para quadro branco
 Texto base
 Computador
 Impressora
 Folhas brancas
• REFERÊNCIA:

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais:


terceiro e quarto ciclos do ensino fundamental: língua portuguesa/Secretaria de
Educação Fundamental. –Brasília: MEC/SEF, 1998.

DIONÍSIO, A. P. “Variedades lingüísticas: avanços e entraves”. In ___ & BEZERRA,


M. A. [Org]. O livro didático de português. Rio de Janeiro: Lucerna, 2003.