Você está na página 1de 17

Brasília-DF - 2009

Pr. Clayton

Min. Luz aos Povos


É a parte da teologia que estuda cada livro da bíblia
sagrada. Iremos neste estudo analisar cada livro
individualmente. Iremos tratar de assuntos importantes de
cada livro. Por isto, desde já, peço a sua oração para que
possamos expor de forma clara e objetiva a Palavra de Deus.

Antes de adentrarmos nos livros da bíblia é importante


relatarmos fatos essenciais em relação à Palavra de Deus.

O termo bíblia é originário do grego “biblos” e significa


“livros” ou “coleção de livros” este termo é bem apropriado devido
ao fato de a bíblia ser constituída de 66 livros. Este nome era dado
a uma casca de um papiro no século XI a.C e os cristãos
utilizavam o termo já no séc. II d.C. Não encontramos esta palavra
nas páginas do livro sagrado, mais isto não altera em nada a
inspiração da Palavra de Deus. Ela é o livro mais lido, mais antigo.
Começou a ser escrito com Moisés, sob ordem de Deus, no Monte
Sinai, em meio aos trovões e, finalizou com o Apocalipse de João,
na Ilha de Patmos, sendo ele mesmo um filho do trovão. Tempo
estimado, cerca de 1600 anos; cerca de 40 autores.
A Bíblia está dividida em duas partes principais: Antigo
Testamento 39 Livros, que estão divididos da seguinte forma:
Pentateuco: Gênesis – Êxodo – Levítico – Números –
Deuteronômio (Total de 5 Livros)
Históricos: Josué – Juízes – Rute – I e II Samuel – I e II
Reis – I e II Crônicas – Esdras – Neemias – Ester (Total de 12
Livros)

Pr. Clayton – Ministério Luz aos Povos – JESUS É A LUZ DO MUNDO – 2


Mt 4:16
Poéticos: Jó – Salmos – Provérbio – Cantares de Salomão
– Eclesiastes (Total de 5 Livros)
Proféticos: Isaías – Jeremias – Lamentações – Ezequiel –
Daniel (Estes são chamados, também de profetas maiores) – Oséias –
Joel – Amós – Obadias – Jonas – Miquéias – Naum – Habacuque
– Sofonias – Ageu – Zacarias – Malaquias (Também chamados
profetas menores) (total dos profetas: 17 Livros)
Novo Testamento 27 Livros, que estão divididos da
seguinte forma:
Biografia: Mateus – Marcos – Lucas – João (4 Livros)
História: Atos (1 Livro)
Epístolas: Romanos – 1ª e 2ª aos Coríntios – Gálatas –
Efésios – Filipenses – Colossenses – 1ª e 2ª Tessalonicenses – 1ª
e 2ª Timóteo – Tito – Filemon – Hebreus – Tiago – 1ª e 2ª Pedro –
1ª, 2ª e 3ª João – Judas (21 Epístolas, note destas, 13 são de
autoria do Ap. Paulo).
Profecia: Apocalipse
Por fim, ela possui 31.101 Versículos; 1.189 Capítulos

Pr. Clayton – Ministério Luz aos Povos – JESUS É A LUZ DO MUNDO – 3


Mt 4:16
Pentateuco é o conjunto dos cinco primeiros livros da bíblia
sagrada: Gênesis, Êxodo, Levítico, Números e Deuteronômio. O
termo significa “cinco rolos”. Pela figura abaixo vemos como eram
os livros do Antigo Testamento:

A palavra Gênesis significa: princípio, começo, origem. É


derivado do primeiro verso do próprio livro “No princípio criou Deus os
céus e a terra”. Gn 1:1
Em Gênesis Cristo é a Semente da Mulher – Gn 3:15
Gênesis é o livro dos princípios.
O livro de Gênesis tem 50 capítulos.

Esboço:
1. Princípio da Criação – Caps. 1 e 2
2. Princípio do Pecado Humano – Cap. 3
3. Princípio do Culto Público a Deus – Cap 4:26
Pr. Clayton – Ministério Luz aos Povos – JESUS É A LUZ DO MUNDO – 4
Mt 4:16
4. Princípio do poder imperialista – Gn 10:8-12; 11:1-4
5. Princípio da nação de Israel – Gn 12:1-4; 13:15
6. Deus preserva seu povo da fome e, conseqüentemente, o
mundo – Gn 37, 39-50

Resumo de fatos importantes

1. Princípio da criação – caps.1 e 2


a. Deus se auto-revelando como único Criador – versos 1 a 27
I) – a expressão disse Deus é repetida oito vezes – vv. 3, 6, 9,
11, 14, 20, 24 e 26
II) – a expressão “viu Deus que isto era bom” é repetida sete
vezes – vv. 4, 10, 12, 18, 21, 25, 31
i) – A lição que tiramos disto é que a obra de Deus sempre é boa e,
jamais ruim – Rm 8:28; Jo 13:7; Rm 12:1, 2; Mt 6:10
a.a. A forma como Deus criou todas as coisas – vv. 3 a 27
I) – Pelo poder de sua Palavra – v. 3 – E disse Deus: Haja luz. E
houve luz. Comparar com Hb 11:3; Sl 33:6, 9
i) – foi Ele que criou a luz – v. 3
ii) – foi Ele que criou o céu – vv. 6-8. Pergunta: Porque Deus não
disse que o céu era bom, como as demais coisas que Ele criara?
Resposta em Efésios 6:12; Ap 12:3, 4, 7-9
iii) – foi Ele que ajuntou as águas em montões e fez aparecer a
porção seca, a terra, a parte habitável aos animais e seres humanos
– vv. 9, 10
iv) – foi Ele que criou os vegetais, os animais, os répteis, todo ser
que se arrasta na terra; as aves para povoarem o céu; os peixes
para encher os mares e rios. Todos conforme suas espécies – vv. 11-
13 (Entende-se por espécie uma classe de plantas ou animais que
tenham propriedades e características comuns e que possam se
propagar indefinidamente sem mudar essas características – Fonte:
Conhecendo as Doutrinas da Bíblia – Myer Pearlman – Ed. Vida;
Pag. 103)

Pr. Clayton – Ministério Luz aos Povos – JESUS É A LUZ DO MUNDO – 5


Mt 4:16
iv.i) – estes versos derrubam a teoria da evolução, pois, Deus criou
os animais segundo suas espécies – verso 21
v) – foi Ele que formou o homem e a mulher – versos 26-28; 2:7, 18,
v.i) – do pó da terra – 2:7 – Então o Senhor Deus formou o homem
do pó da terra...
onde está aqui espaço para a evolução? A bíblia afirma que foi do pó
da terra (ver Gn 3:19; Jó 10:9; 34:14, 15; Sl 103:14; Ec 3:20; 12:7; e
a mulher da costela de Adão – Gn 2:21-24
v.ii) – à sua imagem e semelhança – 1:26, 27; 5:1; 9:6; Assim Myer
Pearlman define a imagem de Deus no Homem:
• Parentesco com Deus: O homem foi feito do pó da terra,
mais Deus soprou em seus narizes o fôlego da vida (Gn 2:7),
dotando-o de uma natureza capaz de conhecer, amar e servir
a Deus. Por causa dessa imagem divina, todos os homens
são, por criação, filhos de Deus. Mais como essa imagem foi
manchada pelo pecado, os homens devem ser recriados ou
nascidos de novo (Ef. 4:24), para que sejam em realidade
filhos de Deus.
• Caráter Moral: de todas as criaturas o homem é o único que
tem o conhecimento do bem e do mal, ou seja, ele tem a
capacidade de fazer o que é certo.
• Razão: O animal é meramente uma criatura da natureza, o
homem é senhor da natureza. Basta analisarmos as
invenções que o mesmo tem feito. Que surgiram de sua
mente; o relógio, o microscópio, o vapor, o rádio, etc.
• Capacidade para a imortalidade: A existência da árvore da
vida no jardim do Éden indica que o homem nunca teria
morrido se não tivesse desobedecido a Deus.
• Domínio sobre a terra: O homem foi designado imagem de
Deus com respeito a soberania. Deus deu-lhe tanto um
“império” quanto um “povo” (Gn 1:28; Sl 8:5-8).
2. Princípio do Pecado Humano – Gn 3:1-6
a. Satanás, o agente do pecado – Gn 3:1 comparar com Ap.
12:9; Ez. 28:11-17

Pr. Clayton – Ministério Luz aos Povos – JESUS É A LUZ DO MUNDO – 6


Mt 4:16
I) – Lúcifer não só instigou o ser humano ao pecado, ele
mesmo o originou – Ez. 28:15
i) – Soberba – Ez. 28:17; Is. 14:13, 14; Lc 10:18; I Tm 3:6
ii) – Mentira e engano – Ap. 12:4; Jo 8:44; I Tm 2:14
iii) – Sagacidade (habilidade de enganar, seduzir e induzir ao
erro) comparar com Ez. 28:17b

II) – a serpente engana a mulher – Gn 3


i) – distorce a Palavra de Deus – vv. 1, 4, 5
i.i) - dizendo que eles não morreriam – v.4
i.ii) - que os olhos deles se abririam e teriam o verdadeiro
conhecimento – v. 5
i.iii) - que seriam como Deus – v. 5

III) – A queda – Gn 3:6


i) – a mulher ficou dominada pelo desejo de comer do fruto
porque ela viu que era... – v. 6 ver Tg 1:14, 15
i.i) - ...boa para se comer... – ...que aquela árvore era boa
para se comer... – v. 6
i.ii) - ...agradável aos olhos – ...e agradável aos olhos... – v. 6
i.iii) - e desejável para dar entendimento - ... e árvore
desejável para dar entendimento... – v. 6
i.iv) - a mulher comeu e deu a seu marido - ...tomou do seu
fruto, e comeu, e deu também a seu marido, que estava com ela,
e ele comeu.

b. Conseqüência do pecado – Gn 3:7-23


I) – culpa entre si – v. 7
i) – revelado pelo ato de se cobrirem com folhas de figueira
– v. 7

II) – culpa diante de Deus – v. 8


i) – revelado pelo ato de ambos se esconderem da
presença de Deus... – v. 8
ii) - ...pelo medo - v. 10
Pr. Clayton – Ministério Luz aos Povos – JESUS É A LUZ DO MUNDO – 7
Mt 4:16
III) – Juízo divino – vv. 14-19
i) – sobre a serpente – vv. 14, 15
i.i) - Jesus declarou que o príncipe deste mundo já está
julgado – João 16:11
i.ii) - a vitória da humanidade mediante o Senhor Jesus, a
semente da mulher – v. 15
ii) - sobre a mulher – v. 16
ii.i) - dar luz com grande dor de parto – ...multiplicarei
grandemente a dor da tua gestação; em dor darás a luz filhos;
ii.ii) - seria dependente do homem – ... o teu desejo será para
o teu marido, e ele te dominará - v. 16 (infelizmente, em alguns
lugares do mundo a mulher tem sido tratada como escrava e
propriedade do homem).
iii) – sobre o homem – vv.17-19
iii.i) - por causa dele a terra estava sob maldição – ... maldita é
a terra por tua causa... v. 17
iii.ii) - comer dela com fadiga até a morte (cansaço resultante
de trabalho intenso) - ...em fadiga comerás dela...– v. 17
iii.iii) - a terra produziria espinhos e abrolhos – Ela produzirá
também espinhos e abrolhos v. 18
iii.iv) - do suor do rosto comeria seu pão até a morte – Do suor
do teu rosto comerás teu pão, até que te tornes à terra - v. 19
iv) – sobre ambos, e este nós herdamos – vv. 21-23
iv.i) - foram lançados fora do jardim do Éden – o Senhor Deus,
pois, o lançou fora do jardim do Éden – v. 23; Rm 3:23

3. Princípio do culto a Deus – Gn 4:26


a. Iniciado pela geração de Enos – Também a Sete nasceu um
filho, a quem deu o nome de Enos. Nessa época começou-se
a invocar o nome do Senhor.
I) – algo que foi seguido por seus descendentes
i) – Enoque – Gn 5:22-24
ii) – Lameque – Gn 5:28, 29
iii) – Noé – Gn 6:8, 9

Pr. Clayton – Ministério Luz aos Povos – JESUS É A LUZ DO MUNDO – 8


Mt 4:16
iv) – Abraão – Gn 12:1-3, 7
v) – Isaque – Gn 26:25
vi) – Jacó – Gn 28:20-22
vii) – a nação de Israel – Ex. 33:7; 40:34-38
viii) – a Igreja – João 4:24; I Pe 2:9

4. Princípio do poder imperialista – Gn 10:8-12; 11:1-4


a. Iniciado por Ninrode – Gn 10:8-12; que fundou cidades
importantes como:
I) – Babel, que deu origem a Babilônia
II) – Nínive, que mais tarde se tornou a capital da Assíria
III) – Tivemos no mundo 4 principais reinos, como segue:
i) - Babilônico
ii) – Medo-persa
iii) – Grego
iv) – Romano, que foi o mais longo de todos.

5. Princípio da nação de Israel – Gn 12:1-4; 13:15


a. – a chamada de Abraão, pai da nação judaica – Gn 12:2
I) – Deus prometeu fazer dele uma grande nação – Gn 12:2
II) – Deus prometeu que sua descendência seria tão
numerosa quanto o pó da terra – Gn 13:16
III) – Deus prometeu que sua descendência seria tão
numerosa quanto às estrelas do céu – Gn 15:5
IV) – Por ser pai da nação judaica e de muitas nações, Deus
mudou o nome de Abrão (pai exaltado) para Abraão (pai
de muitas nações, de multidões) – Gn 17:5-8

b. – Isaque, continuador da promessa de Deus – Gn 15:4


I) – O herdeiro que viria do próprio Abraão – Gn 15:4
i) – nascido sob um milagre de Deus – Gn 18:10-15; 21:1-7
ii) – Ismael não poderia herdar com Isaque, pois, ele era o
descendente que Deus havia prometido a Abraão – Gn
21:12, 13.

Pr. Clayton – Ministério Luz aos Povos – JESUS É A LUZ DO MUNDO – 9


Mt 4:16
iii) – como descendente legal de Abraão, Isaque recebeu as
mesmas promessas – Gn 26:3, 4
iii.i) - teve dois filhos (gêmeos) – Gn 25:19-34
1º) – Esaú e Jacó nasceram depois que Isaque orou,
persistentemente, ao Senhor por sua esposa – v. 21
• Aqui aprendemos o valor da oração – Tg 5:16
• Através da oração Deus pode realizar milagres,
maravilhas – Lc 18:1-8
• Quando oramos e pedimos algo para sanar necessidades
nossas e alheias Deus ouve e responde – Lc 11:5-11
2º) –– Isaque, um tipo de Cristo – Gn 22
i) – a oferenda de Isaque, tipifica o sacrifício de Cristo –
vv.2, 9, 10
ii) – Abraão é um tipo do Pai que ofereceu seu Filho Jesus –
vv. 3, 9 comparar com João 3:16.

II) – Abraão, Isaque e o servo de Abraão, tipo do Deus Tri-


uno – Gn 24
i) – Assim como Abraão pediu ao seu servo para ir buscar
uma esposa para Isaque (vv. 2-4), o Pai, também, enviou
o Espírito Santo para vir preparar e buscar uma esposa
para seu Filho Jesus – ver João 14:16, 17; 15:26; Rm 8:9;
Mt 25:1-13; Ef. 4:30; I Ts 5:19
ii) – Assim como Abraão pediu que seu servo fosse entre
sua parentela buscar uma esposa para seu filho, da
mesma maneira o Pai enviou o Espírito Santo sobre a
vida de sua igreja – João 20:22
iii) – Assim como o servo de Abraão deu ornamentos a
Rebeca (vv. 22, 30, 47, 53), o Espírito Santo ornamenta a
igreja de Cristo mediante a verdade da Palavra de Deus –
João 14:26; 15:26; 16:13
iii.i) - Santificando-a – II Ts 2:13; I Pe 1:2; Sl 119:105
iii.ii) - Regenerando-a e renovando-a – Tito 3:5

Pr. Clayton – Ministério Luz aos Povos – JESUS É A LUZ DO MUNDO – 10


Mt 4:16
iv) – Assim como o servo de Abraão levou Rebeca ao
encontro de Isaque, o Espírito Santo levará a igreja ao
encontro de seu noivo: Jesus Cristo – Ap. 22:17
iv.i) - temos sete vezes o termo “Quem tem ouvidos ouça, o
que o Espírito diz às igrejas” – Ap. 2:7, 11, 17, 29; 3:6, 13, 22.
v) – Assim como foi essencial o servo de Abraão ir buscar
uma esposa para Isaque, da mesma forma precisamos do
Espírito Santo, isto porque:
v.i) - Ele é o único substituto de Cristo aqui na terra – João
14:16 = a expressão “outro” refere-se, no original a alguém da mesma
espécie, isto em referência a divindade de Cristo e do Espírito Santo.
v.ii) - Ele é o penhor (garantia) da nossa herança (Ele nos foi
dado como garantia que Deus cumprirá as demais promessas) – Ef.
1:14; II Co 5:5; 1:22
v.iii) - Ele é o selo (marca) de Deus, que nos faz sermos, de
fato, filhos de Deus – II Co 1:22; Ef. 1:13; 4:30; Rm 8:9, 11
v.iv) - Ele é o único que nos guia a toda a verdade – João
16:13 comparar com 15:26; Rm 8:14. Isto inclui duas coisas: 1º) – é Ele
que nos faz entender, compreender, enxergar a verdade quanto à
Palavra de Deus (nos dá o conhecimento exato) – I Co 2:10-16 – 2º) – é
Ele que nos conduz no caminho da verdade, isto é, nos faz viver a
Palavra de Deus – Rm 8:13; Gl 5:16-18
v.v) - Ele é o nosso Consolador – João 14:16; 15:26
v.vi) - Ele é o que deve habitar em nossas vidas – I Co 3:16;
6:19, 20
v.vii) - quem não tem Ele não é filho de Deus – Rm 8:9

c. - Jacó, o escolhido por Deus – Gn 25:23


I) -Esaú e Jacó, já do ventre, representavam duas nações –
v. 23
II) – Jacó , a nação de Israel
III) – Esaú ou Edom, os árabes
a. Pela soberana escolha divina, Jacó seria o herdeiro das
promessas abraâmica – v. 23; Rm 9:12, 13; Ml 1:2, 3

Pr. Clayton – Ministério Luz aos Povos – JESUS É A LUZ DO MUNDO – 11


Mt 4:16
i) – Jacó já as desejava ao passo que Esaú não se
importava – vv. 29-34
i.i) - tem muitos crentes que não se importam com as
bênçãos de Deus e as trocam por coisas passageiras – Hb 12:16,
17 comparar com Lc 14:18-20
i.ii) - Jacó não precisava, junto com Rebeca, enganar seu pai,
pois, Deus mesmo o havia escolhido – Ml 1:2, 3
• Da mesma forma acontece conosco, pois, se Deus
prometeu algo em nossas vidas Ele mesmo cumprirá –
Nm 23:19.
• Atitudes que Deus espera de nós para o cumprimento de
sua vontade nas nossas vidas:
1º) – Crer – Hb 11:6
i) – isto é, entregar – Sl 37:5; deixar nossa vida ser
guiada por Deus – Gl 2:20
ii) – esperar – Sl 37:7; tudo tem o seu tempo
determinado – Ec. 3:1; Gl 4:4; At. 1:7
iii) – descansar – Sl 37:7; fala de tranqüilidade, quietude
em meio às tribulações, lutas e dificuldades da vida,
não de ociosidade – At. 16:25; II Cr 20:2-4, 20-25
2º) – Obedecer – I Sm 15:22
i) – a Palavra de Deus – Mt 7:24, 25; Sl 1:1-3; 119:9, 11,
105
ii) – os desígnios de Deus, que inclui: chamada –
vocação – ministério – dons - João 15:16; Mt 25:14,
15
iii) – os líderes estabelecidos por Deus – Hb 13:17; I Tm
4:12;
iv) – os pais – Ef. 6:1-3
v) – e as autoridades constituídas por Deus (desde que
as mesmas não se oponham ao evangelho de Cristo
Jesus) – Rm 13:1, 2
vi) – por fim, não devemos e nem precisamos usar meios
errados, enganosos para alcançar algo de Deus, pois,

Pr. Clayton – Ministério Luz aos Povos – JESUS É A LUZ DO MUNDO – 12


Mt 4:16
quem assim fizer trará sobre si a conseqüência – Gl
6:7, 8; II Tm 3:
IV) – Fatos importantes da vida de Jacó – Gn 28-37
i) – como já vimos foi ele escolhido por Deus para herdar
as promessas dadas a Abraão – Ml 1:2, 3
ii) – Junto com sua mãe, enganou seu pai e seu irmão –
Gn 27:6, 7, 35
iii) – trouxe divisão na família ao ponto de ter que voltar
para a terra de Padã-Arã – Gn 28:1, 2
iv) – casou-se com Léia, Raquel e teve duas concubinas:
Bila e Zilpa – Gn 29:14-18
iv.i) – mais, assim como ele enganou seu pai e irmão também
foi enganado por Labão – Gn 29:23-25
v) – Léia teve 6 filhos: Rúben (o primogênito de Israel),
Simeão, Levi, Judá, Issacar (nono filho de Israel),
Zebulom (décimo filho de Israel) e uma menina
chamada Diná.
vi) – Raquel teve dois filhos: José (décimo primeiro filho
de Israel) e Benjamin (décimo segundo, o caçula)
vii) – Bila, serva de Raquel teve dois filhos: Dã (quinto filho
de Israel) e Naftali (sexto filho de Israel)
viii) – Zilpa, serva de Léia ou Lia também teve dois filhos:
Gade (sétimo filho) e Aser (oitavo filho)
viii.i) – colocando na ordem os 12 filhos de Jacó:
Rúben Simeão
Levi Judá
Dã Naftali
Gade Aser
Issacar Zebulom
José Benjamin

vix) – Jacó luta no vale de Jaboque – Gn 32:22-31


vix.i) – tem o seu nome mudado – vv. 27, 28

Pr. Clayton – Ministério Luz aos Povos – JESUS É A LUZ DO MUNDO – 13


Mt 4:16
vix.i.i) – isto revela que quando o homem tem um encontro
com Deus seu caráter é mudado – de enganador ele passou a
ser um príncipe diante de Deus e dos homens
vix.i.ii) – a benção recebida no Jaboque já revelava a vitória de
Israel sobre seu irmão - ...porque você lutou com Deus e com
homens e venceu... – v. 28b
vix.i.iii) – entrou no Jaboque enganador e saiu príncipe que
luta
vix.iv) – entrou no Jaboque caminhando como Jacó e saiu
caminhando como Israel – v. 31
vix.v) – isto porque entrou no Jaboque decidido a ter uma
mudança – E Jacó ficou sozinho v. 24
• Quando desejamos mudança devemos ficar a sós
com Deus – Mt 6:6
x) – Israel volta a Betel – Gn 35
x.i) – Deus ordena que ele volte e edifique um altar – v. 1
x.ii) – Israel coloca ordem espiritual em sua casa – vv. 2, 4
x.iii) – Israel levanta altar em Betel – v. 6
x.iv) – Deus fala com Israel em Betel – vv. 9-13
x.v) – Deus abençoa Israel e sua família em Betel – v. 9-13
x.vi) – Betel significa “Casa de Deus”, logo podemos tirar
algumas lições para nossas vidas:
1) – Quando estamos longe de Betel sofremos, como
Jacó sofreu
2) – Longe de Betel somos o velho homem
3) – Quando saímos de Betel ficamos no mundo
4) – mais, assim como Deus ordenou Israel para voltar a
Betel, o Senhor chama-nos a voltarmos para Betel –
5) – Á caminho de Betel, Deus começa mudar história –
Mt 4:17
6) – para ir a Betel temos que abandonar o pecado – Mt
7:13, 14; Mt 16:24
7) – Betel é o lugar onde Deus fala, consola, edifica,
fortifica, abençoa, etc – Hb 10:25; Sl 122:1

Pr. Clayton – Ministério Luz aos Povos – JESUS É A LUZ DO MUNDO – 14


Mt 4:16
6. Deus preserva seu povo da fome e,
conseqüentemente, o mundo – Gn 37, 39-50
I) – José, décimo primeiro filho de Israel é escolhido por
Deus para salvar Israel e o mundo da fome – Gn
37:6, 9; 41:37-44; 45:5, 6
II) – Israel desce ao Egito – Gn 46:1-4
i)- Deus havia falado a Abraão que seu povo desceria ao
Egito – Gn 15:13-16
ii) – Deus conforta Israel, prometendo descer com ele – Gn
46:4
Deus promete fazer dele uma grande nação, mesmo no Egito – Gn 46:3;
comparar com Gn 15:5
ii.i) – Desceram 70 pessoas dos filhos de Israel, José já
estava no Egito – Ex. 1:5
III) - As bênçãos de Israel sobre seus filhos e a morte
dele e de José – Gn 49 e 50
i) – dentre todas as profecias temos uma messiânica –
Gn 49:8-12
i.i) – através de Judá viriam reis, mais este reino chegaria até
a quem pertence, de fato – Gn 49:10

Comparação entre Gênesis e Apocalipse

A primeira palavra de Gênesis – “No princípio criou Deus os


céus e a terra” – Gn 1:1
Em Apocalipse “Vi um novo céu e uma nova terra” – AP. 21:1
“Ao ajuntamento das águas chamou mar” – Gn 1:10
“E o mar já não existe” – AP. 21:1
“Ás trevas chamou noite” – Gn 1:5
“Lá não haverá noite” – AP. 21:25
“Deus fez os dois grandes luzeiros” – Gn 1:16
“A cidade não precisa nem do sol nem da lua, pois, a glória
de Deus a ilumina” – AP. 21:13
“No dia em que dela comeres morrerás” – Gn 2:17
“Não haverá mais morte” – Ap. 21:4

Pr. Clayton – Ministério Luz aos Povos – JESUS É A LUZ DO MUNDO – 15


Mt 4:16
“multiplicarei sobremodo as tuas dores” – Gn 3:16
“Não haverá mais sofrimento” – Ap. 21:4
“Maldita é a terra por tua causa” – Gn 3:17
“Não haverá mais maldição” – Ap. 22:3
Satanás aparece como enganador da humanidade – Gn 3:1-
4
Satanás desaparece para sempre – Ap. 20:10
Foram afastados da árvore da vida – Gn 3:22-24
Reaparece a árvore da vida – Ap. 22:2
O homem afastou-se da presença de Deus – Gn 3:8, 9
“Verão a sua face” – Ap. 22:4
A primeira habitação do homem foi um jardim à beira de um
rio – Gn 2:10
A eterna habitação do homem redimido será ao lado de um
rio que corre para sempre do trono de Deus – Ap. 22:1

Bibliografia: Conhecendo as Doutrinas da Bílbia – Myer


Pearlman – Ed. Vida
Bíblia de Estudo Thompson
Bíblia do Ministro

Contato:
clay.carvira@hotmail.com
pastorclayton96@yahoo.com.br

Pr. Clayton – Ministério Luz aos Povos – JESUS É A LUZ DO MUNDO – 16


Mt 4:16
Esta apostila pode ser distribuída livremente a todos os
que desejam conhecer um pouco mais sobre o maior e
melhor livro da Terra, a Santa Palavra de Deus – Bíblia
Sagrada.

Pr. Clayton – Ministério Luz aos Povos – JESUS É A LUZ DO MUNDO – 17


Mt 4:16