Você está na página 1de 2

A história do pequeno Zaqueu

Texto principal: Lucas 19.1-10

Zaqueu era um chefe dos publicanos, judeu que cobrava imposto para o governo
romano. Era desprezado por trabalhar para um dominador estrangeiro e por ser
geralmente desonesto. Seu nome significa “Puro”, algo que não se harmonizava tanto
com sua vida cotidiana.
Zaqueu morava em Jericó, cidade situada 9km a oeste do rio Jordão e 11km ao norte do
mar Morto. Fica a 240m abaixo do nível do mar. É provavelmente a cidade mais antiga
do mundo.
O sicômoro citado no texto é um tipo de figueira de raízes profundas e galhos fortes que
produz figos de qualidade inferior. Zaqueu precisou subir nela para poder ver Jesus,
devido a sua pequena estatura e por causa da multidão que cercava Jesus.

1ª LIÇÃO:
“Fomos feitos a imagem e semelhança de Deus, mas nos tornamos pecadores”.

Apesar de Zaqueu ter recebido o nome que significava “Puro”, seu comportamento era
desonesto, ele agiu como um impuro. Nós também somos como Zaqueu. A Bíblia diz
que Deus nos fez a sua imagem e semelhança (Gn.1.26), entretanto nos comportamos
como não fôssemos.

2ª LIÇÃO:
“Dentro de nós há um desejo de buscar a Deus, mas o pecado nos impede”.

No verso 3 do nosso texto principal diz que Zaqueu procurava ver Jesus, mas não
conseguia, por causa da sua pequenez e da grande multidão que o cercava. Assim tem
sido com muitas pessoas também. Tentam se aproximar de Jesus, mas os seus pecados o
impedem. Acham-se imperfeitos de mais para se aproximarem de Deus por isso
desistem de ser discípulos de Jesus.

3ª LIÇÃO:
“Não devemos esperar tornarmos perfeitos para buscar a Deus”.

No verso 4 do nosso texto principal diz que Zaqueu correu adiante e subiu naquela
figueira para poder ver Jesus. Não podemos confiar em nós mesmos, não podemos
presumir que seremos perfeitos algum dia para podermos nos aproximar de Deus. A
Bíblia nos diz que todos nós somos pecadores (Rm.3.23), e nos diz também que por
meio de nossas obras não seremos salvos (Ef.2.8,9). Devemos fazer como Zaqueu, ele
superou as suas dificuldades para poder ver Jesus. Supere seus traumas, seus pecados,
seus problemas e venha para Jesus. Não espere que eles sejam resolvidos ou
desaparecerem. A Bíblia nos diz que sem Jesus não podemos fazer nada (Jo.15.5).

4ª LIÇÃO:
“Quando vamos até Jesus com uma atitude sincera ele nos acolhe”.

Zaqueu foi recebido por Jesus. Todos os que estavam próximo da árvore que Zaqueu
havia subido esperavam que Jesus viesse recriminá-lo por causa de suas trapaças.
Entretanto no verso 5 do texto principal Jesus se convida para jantar em sua casa. Meu
amigo, nós não merecemos nem o perdão e nem a presença de Deus. Mas quando nos
aproximamos diante dele de maneira sincera ele nos acolhe. A Bíblia cita um convite
pessoal de Jesus para todos nós, semelhante ao que ele fez a Zaqueu: “Eis que estou à
porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei
com ele, e ele, comigo”. (Ap.3.20)

5ª LIÇÃO:
“Não se preocupe com o que vão dizer de você. Jesus te recebeu, isso é o que importa”.

No verso 7 do texto principal diz que a multidão recriminava Jesus por ter entrado na
casa de um pecador. Puxa vida, e quem não é pecador? Nós achamos que por sermos
bons cidadãos ou politicamente corretos não somos pecadores. Já outras pessoas que
têm uma fama de ladrão, prostituta, malandro e etc. são pecadoras. Isso é mentira!
Aquelas pessoas que criticaram Jesus por ter entrado na casa Zaqueu não eram menos
pecadoras do que ele. A Bíblia diz que não há ninguém que diga que não tenha pecado
(1Jo.1.10). Portanto, você não deve se importar com o que vão dizer, siga a Jesus,
busque a Deus. “Ele criou a igreja não para ser vitrine dos perfeitos, mas para ser um
lugar de conserto dos imperfeitos”. (Daniel Durand). O verso 10 do texto principal diz
que Jesus veio foi para os perdidos.

6ª LIÇÃO:
“Um coração aberto para Deus produz arrependimento e santidade”.

Veja bem, Zaqueu se arrependeu depois. No verso 8 do texto principal diz que ele
devolveu o que havia furtado. Primeiro Zaqueu procurou Jesus, depois Zaqueu começou
a mudar de vida. Abra seu coração para Jesus, procure com o coração aberto, o
arrependimento dos teus pecados surgirá e Deus te santificará. Mas é preciso que você
vá até Jesus, busque a Deus com o coração aberto, sem desculpas ou justificativas, com
um coração na dependência de Deus.

Interesses relacionados