Você está na página 1de 7

Universidade Federal de Campina Grande – UFCG Centro de Tecnologia e Recursos Naturais – CTRN Unidade Acadêmica de Engenharia Civil – UAEC

Disciplina: Hidrologia Aplicada Professor: Carlos de Oliveira Galvão Mestranda: Maria Isabel Mota Carneiro

ESTIMATIVAS
1. Precipitações médias sobre uma bacia hidrográfica Para calcular a precipitação média de uma superfície qualquer, é necessário utilizar as observações dos postos dentro dessa superfície e nas suas vizinhanças. Existem três métodos para o cálculo da chuva média: método da Média Aritmética, método de Thiessen e método das Isoietas. Métodos dos Polígonos de Thiessen Polígonos de Thiessen são áreas de “domínio” de um posto pluviométrico. Considera-se que no interior dessas áreas a altura pluviométrica é a mesma do respectivo posto. Os polígonos são traçados da seguinte forma; 1º. Dois postos adjacentes são ligados por um segmento de reta; 2º. Traça-se a mediatriz deste segmento de reta. Esta mediatriz divide para um lado e para outro, as regiões de “domínio”.

Ai é a área do respectivo polígono. Desconsidera-se as áreas dos polígonos que estão fora da bacia. A precipitação média na bacia é calculada pela expressão: P= n ∑A P i =1 i i A onde h é a precipitação média na bacia (mm). Define-se. A é a área total da bacia.Figura 1. Repete-se o mesmo procedimento para todos os postos. . para um posto qualquer (ex. Figura 2. hi é a precipitação no posto i (mm). Traçado da mediatriz 3º. o polígono daquele posto. Definição do polígono de área 4º. ligando-o aos adjacentes. 6º. desta forma. Este procedimento é realizado. 5º.: posto B). dentro da bacia (km2). inicialmente.

4 931. Bacia hidrográfica do Ribeirão Vermelho Com base nestes dados. Os totais anuais de chuva dos referidos postos estão apresentados na tabela abaixo: Posto pluviométrico P1 P2 P3 P4 P5 P6 P7 P8 P9 P10 Precipitação anual (mm) 703. A figura 3 mostra a bacia hidrográfica do Ribeirão Vermelho e 10 postos pluviométricos.2 905. Traçar o polígono de Thiessen.Exercício 1: Cálculo de precipitação média pelo método de Thiessen. pede-se: a) b) na bacia.1 650.4 652.4 731.2 809.4 693.0 847. instalados no seu interior e nas áreas adjacentes. Indicar o procedimento de cálculo para determinar a chuva média .2 871.4 Figura 3.

P 2 P 1 P 3 2. As chuvas registradas nos três pluviógrafos (área de captação A=150 cm² e área da Bacia A=1000 m²) foram 320. O fator que relaciona a evaporação de um reservatório e do tanque classe A oscila entre 0. deve ser pintado na cor alumínio e instalado numa plataforma de madeira a 15 cm da superfície do solo. . Estimativa  Através de fórmulas empíricas ou baseadas na física da atmosfera estabelecidas com o objetivo de uma melhor aproximação das condições reais.5 cm. foi de 1.Exercício 2. possuem dois tipos:  Tanque classe A  Evaporímetros de Piche TANQUE CLASSE A O mais usado é o tanque classe A.240 e 360 cm³ durante 150 min.7 o valor mais utilizado. b) a intensidade média da chuva.0 m³/h. sendo 0.0 e 7. c) o volume precipitado e d) o rendimento se a vazão média.5 cm da borda superior. Construído em aço ou ferro galvanizado.6 e 0. Deve permanecer com água variando entre 5. que tem forma circular com um diâmetro de 121 cm e profundidade de 25. Métodos de Medida da Evapotranspiração Evaporímetros: aparelhos que medem a evaporação. a) determinar a chuva média na bacia por thiessen. durante o tempo da chuva. Medida e Estimativa da Evaporação e Evapotranspiração Medida  Através de aparelhos de medição direta (evaporímetros ou tanques) ou pelo uso de registradores (evaporígrafos).8.

Tanque classe A Para se ter a evaporação potencial de superfícies líquidas naturais a partir dos dados medidos pelo tanque classe A.75) Os dados do tanque classe A podem ser usados para avaliar a evapotranspiração potencial.0. deve-se corrigir os dados pelo coeficiente de correção do tanque: Ep = E x Kt Onde: Ep = evaporação potencial E = evaporação do tanque classe A Kt = coeficiente do tanque (para a região nordeste Kt varia entre 0.Figura 5.6 e 1. corrigindo-os com o coeficiente de cultura Kc: ETP = (E x Kt) x Kc Onde os valores de Kc são tabelados para diferentes culturas nos seus vários estágios de desenvolvimento. Coeficiente de Cultivo Tabela 1. e no semi-árido é comum adotar-se Kt = 0. Coeficientes de cultivo .

71 . I + 0.78 2.4 0.68 2.6 mm/dia.55 Mar 8.6 0.4 0.7 2.1 1.  Equações com base nos dados do tanque classe A.492 (mm/mês) .4 0.35 Set 7.39 Nov 6.39 Dez 6.01791 . 10-6 .4 0.71 2.1 0.7 e a largura média do rio de 33. V = Ai .41 Ago 7. O método de Thorntwaite é calculado da seguinte forma: Onde: • • • T  ETP = Fc ⋅16 ⋅ 10 ⋅  I  a ETP = Evapotranspiração potencial (mm/mês) Fc = Fator de correção em função da latitude e mês do ano. Kt .73 2. para dias com 12 horas de brilho solar e mês com 30 dias.63 Jun 9.9 0.  Método de Blaney-Criddle.35 Out 6.53 Jul 8. Exercício 5: Com os dados abaixo calcular as perdas mensais de água por evaporação de um açude cujas áreas do espelho d’água são também indicados abaixo: Jan E(mm) 7. a = 6.72 2. K=0.36 2. I2 + 0. I3 – 7.68 2.66 2. Estimativa da Evapotranspiração A Evapotranspiração pode ser estimada por:  Equações com base na temperatura do ar:  Método de Thornthwaite. Considere E=4.00 2. Método de Thornthwaite O Método de Thornthwaite foi desenvolvido com base em dados de evapotranspiração medidos e dados de temperatura média mensal.75 .1 0.52 Fev 8.4 K 0. 10-8 .72 2.5 m.Exercício 3: Calcular o volume de irrigação de 1 hectare de feijão em zona árida sabendo que a evaporação do tanque classe A é de 6 mm/dia. Kc Exercício 4: Calcular a perda média diária (em m³) por evaporação na liberação de água de um açude para um ponto a jusante distante 77 km.6 0.61 Mai 8. Et .59 Abr 9.75 A(Km²) 2.43 3.1 0.

7 Dez 23. correspondente a soma de doze índices mensais.2 Ago 21.9 Mai 22.2 Jul 21.5 Nov 22.0 Set 21. ETP Onde: ETPcultura = Evapotranspiração potencial da cultura (mm/mês).4 Jun 22.3 Fev 24. ETP = evapotranspiração potencial (mm/mês).• I = índice anual de calor. Exercício 6: Use a equação de Thorntwaite para calcular as evapotranspirações mensais da estação de São Gonçalo (20°S). 514 • T =Temperatura média mensal (°C) Tabela 2. Kc = coeficiente de cultura. T=25°C Ano T°C Jan 24.8 .7 Mar 24.9 Out 22. T  I = ∑ i  i =1  5  12 1.4 Abr 23. Fator de Correção Fc do método de Thornthwaite Para corrigir os valores da evapotranspiração para cada tipo de cultura é só multiplicar a ETP pelo coeficiente de cultura Kc: ETPcultura = Kc .