Você está na página 1de 8

Foto: Denise Medeiros

2 Editorial extra
maio de 2009

Portabilidade, mas para onde?


Caroline Grandi Clientes são
No final de 2008, uma boa notícia
Uma pausa para o atendimento diferentes
foi divulgada a quem tem problemas
com operadoras de celulares no pronto atendimento que oferecem inúmeros
Julie Menegaz Jussi Moraes
Brasil, ou seja, quase todos que serviços para o cliente em seu menu. Ao
possuem um aparelho. A procurar o atendimento, o cliente não espera
portabilidade, anunciada aos poucos “Digite 1 para solicitar serviços, 2 para se deparar com uma gravação enjoada que Várias vezes ouvimos as pessoas
para todos os usuários, permite que cancelamento, 3 para reclamações, 4 para tenta adivinhar o que ele quer fazer. dizerem que não foram bem atendidas
se troque de operadora, continuando informações. Aguarde um instante, sua ligação As empresas esqueceram dos conselhos num local. Seja por mau humor do
com o mesmo número. No entanto, é muito importante para nós”. Quem nunca dos principais gurus empresariais: manter e atendente ou até mesmo por
para onde fugir se todas apresentam ouviu estas frases e está cansado de esperar personalizar o contato com os clientes. Falta preconceito. Acredito até que esse
praticamente os mesmos problemas? para ser importante para as empresas? O fato humanização no atendimento. É isso que as seja um dos piores sentimentos do
É inacreditável o tempo que é que, mesmo depois das novas regras de pessoas procuram: alguém que entenda e mundo.
gastamos tentando resolver alguma atendimento ao consumidor pelos call centers, ofereça uma solução para os seus problemas, Meu pai é eletricista, sempre
conta errada ou mudar de plano em nada mudou. e não que os complique ainda mais. trabalhou com carteira assinada,
conversas com gravações por Desde o dia 1º de dezembro de 2008, as As empresas parecem ignorar o sentimento dedicado à família e às atividades que
telefone. Já vi minha mãe cair no sono empresas que prestam serviço de atendimento e a solicitação do consumidor, esquecendo que realiza. Certo dia foi em uma
com o celular na mão e ainda assim ao consumidor por telefone devem cumprir este é sua principal fonte de renda. São os concessionária, com a roupa de
não conseguir falar com uma pessoa algumas normas para facilitar a vida do cliente, atendidos os melhores disseminadores de trabalho (aqueles uniformes azuis
de verdade do outro lado da linha. entre elas o contato direto com atendentes serviços. O que parece é que esqueceram de usados em empresas), trocar de carro.
Como não sou das pessoas mais logo nos primeiros menus e menos de um investir no atendimento da principal Chegando lá, ninguém falou com ele,
econômicas, tenho um plano que minuto de espera para que isto aconteça. O estratégica de marketing: o consumidor chegavam a desviar. Saiu da loja, foi
carrega um determinado número de que se vê, porém, são números confusos de satisfeito. na concorrente e comprou um carro,
créditos automaticamente uma vez passou em casa, trocou de roupa e
por mês e quando o valor acaba, retornou na concessionária que não
acaba. Contudo, no último mês, eles o atendeu. Só entrou, vieram duas
(mais uma vez) não foram pessoas perguntar o que ele desejava.
depositados, apesar de o pagamento Ele respondeu que só veio mostrar o
ter sido realizado muito antes da data carro que tinha acabado de comprar.
limite. Como as lojas empregam os Nem tudo é o que vemos e ouvimos Outros conhecidos meus já foram
funcionários apenas para vender e em lojas e por estarem com uniforme
não para resolver problemas e o de escolas públicas, simplesmente,
atendimento eletrônico não funciona É só parar para assistir qualquer programa não foram atendidos. Uma vergonha.
Mariana Alcântara de entretenimento matinal ou canal de vendas
nem por decreto, tive que recorrer ao Talvez você já tenha passado por uma
irritante telemarketing. A primeira para ver o absurdo dos milagres oferecidos situação dessas. Ficar num local, se
ligação levou mais de 10 minutos. No É muito comum que o vendedor se pelos produtos. São comprimidos de cogumelo sentindo a pior pessoa do mundo ou
final, já tinha decorado a gravação e aproveite da ignorância do consumidor. que curam tudo, cremes faciais com fórmula com a sensação de ter uma doença
até mesmo a azucrinante música de Apesar de toda informação que se propaga secreta que promete plástica natural e contagiosa, na qual as pessoas não
espera. Quando ela finalmente parou, atualmente, os vigaristas continuam a aparelhos que fazem abdominais por você. podem, de forma alguma, chegar
ergui as mãos para o céu e esperei a p a r e c e r. E e l e s n ã o s ã o s ó a q u e l e s Nenhum deles, ou a maioria, têm comprovação perto. Só por causa da roupa? Isso é
uma voz amiga do outro lado, para vendedores que ligam oferecendo livros científica dos seus efeitos. Mas a maioria dos um absurdo.
me consolar. Mas é claro que não medicinais e colchões magnéticos. Os consumidores acaba ouvindo: ora, se você No livro Casas Bahia: uma
seria assim tão fácil: “No momento, enganados também não são apenas senhores acreditou o problema é seu! trajetória de sucesso, o autor conta
todos os nossos atendentes estão Sim, publicidade enganosa é crime, que Samuel Klein só conseguiu
de idade e analfabetos.
ocupados, retorne mais tarde”. conquistar seu império, graças às
São grandes empresas e multinacionais as sujeitando o infrator a uma pena de detenção
No final, tive que pedir a uma pessoas de classe média. Essas são
que fazem mais propagandas enganosas. E do de três meses a um ano e multa. As
amiga com um pouco mais de as que pagam suas contas
pior jeito, implicitamente. Mostram, por propagandas enganosas, as quais estamos
paciência para fazer a ligação. corretamente. Normalmente, a
exemplo, as maravilhas da comida congelada: sujeitos todos os dias não são punidas.
Ainda assim, a pobre coitada prestação pode ser de dez reais por
conseguiu sair do sério. Quando ‘é fácil, coloque apenas cinco minutos no forno Dificilmente alguém realmente emagrece mês, mas pagam. Essas não usam
desligou, passou umas duas horas de microondas’. Mas ao abrir a embalagem nos apenas colocando um aparelhinho que dá roupas de marca, mas o que isso
falando em gerúndios. Sua dúvida deparamos com uma imagem bem diferente choques na barriga. As empresas têm que ter importa? É essa lição que deve ser
era: “E agora, nós ‘vamos estar daquela da televisão. Algumas vezes nem dá um pouco mais de ética, pelo menos um pouco levada. Não é a forma como nos
fazendo’ uma reclamação da para identificar o que é a comida que está ali. mais de consciência e explicar os reais efeitos. vestimos que vai dizer quantos reais
reclamação para quem?” temos no bolso.

extra Jornal-laboratório do Curso de Comunicação Social – Jornalismo – da Unisul, Campus Tubarão

Textos e fotos: alunos do 6º semestre/Prof. Cláudio Toldo | Edição: alunos do 7º semestre/Prof. Ildo Silva | Opinião: alunos do 7º
Fale com a gente! semestre/Profª. Darlete Cardoso | Planejamento gráfico e diagramação: Lucas Lemos, 7º semestre/Jornalismo | Capa: Foto de
ESPAÇO DO LEITOR Denise Medeiros, montagem de Lucas Lemos, 7º semestre/Jornalismo | Contracapa: Igor Pereira e Lais Corrêa Fabre, alunos do 4º
O Extra precisa da sua opinião semestre de PP/Profª. Valéria Braga
agcom@unisul.br Coordenadora do Curso de Comunicação Social: Profª. Darlete Cardoso
(48)3621-3303
Coordenador do Jornal-laboratório: Prof. Cláudio Toldo | Impressão: Gráfica Soller

Reitor: Ailton Nazareno Soares | Vice-Reitor: Sebastião Salésio Herdt | Pró-Reitor Curso de Comunicação
Acadêmico: Mauri Heerdt | Chefe de Gabinete: Willian Máximo | Secretário-Geral da
Reitoria: Albertina Felisbino | Pró-Reitor de Administração: Fabian de Castro
Social
extra Perf il
erfil 3
maio de 2009

Ter casa não é só ter moradia


Viviane Slussarek colocou os dois na justiça, pra ver
Foto: Viviane Slussareck
editado por Gislaine Fernandes se consegue obrigá-los a arcar com
e Jackson de Souza os deveres. Sem trabalhar, também
não tem dinheiro para sustentar a
Vista de fora, a casa nem parece prole.
tão pobre assim. Mas quem passa Neste dia, ela foi buscar na
pela rua não imagina como é a vida Associação Feminina de
lá dentro. Tem portão para a entrada Assistência Social de Criciúma
do carro na garagem. Chamo no (Afasc) a última cesta básica a que
portão e uma senhora aparece, é tinha direito. A instituição ajuda
Dona Maria Terezinha. Peço por famílias carentes com alimentos e
Silvia, que imagino ser a filha dela. roupas. Mas já foram três meses
“Silvia não está, não. Acabou de seguidos. Agora ela não vai mais
sair”. Respondo que deve estar ganhar a comida. No pacote vem
chegando, e não saindo, pois arroz, farinha, feijão, macarrão, óleo,
acabei de falar com ela e me disse sardinha, massa de tomate, e
que estaria em casa. apenas três litros de leite. “Só
Não demora e a moça chega da três?!”, pergunto. “É, só três. E
rua. Cabelo amarrado, bolsa a como é que faz depois, quando o
tiracolo. Veste calça jeans e blusa leite termina?” Ela diz
de malha azul. As crianças correm envergonhada: “faço uma mistura
ao encontro da mãe. Sou de água com farinha e um pouco de
convidada a seguir adiante. açúcar. Eles gostam”.
Em uma casa de material bem Pergunto para Leandro, parado
pequena, nos fundos da casa de na porta do banheiro (o mais velho
Dona Maria, é a residência da mãe continua lá dentro, com vergonha
com cinco filhos. O maior tem 12 de sair), se ele gosta mesmo do
anos de idade. Chama-se Leonel e mingau e se tem vontade de comer
está tomando banho. Tem o alguma coisa diferente. Ele
Leandro de 9, a Élen, de 7 anos. A responde, com o olhar preso no
Emily que vai no colo, 1 ano e 7 chão: “é bom sim, não tenho
meses, e o bebê Luiz Gustavo, de vontade de outra coisa, não”.
apenas 3 meses, que está na casa Parece que o menino está
da avó paterna. Pergunto então se consciente da situação. Mas e
a avó ajuda a cuidar das crianças, quando a comida da cesta básica
pois o pai abandonara os filhos, e terminar, onde buscar alimento?
Silvia responde: “Não, esta é a avó
dos três maiores. A desta aqui e do
bebê nem quer saber deles”.
A história é longa. Começou
Silvia enche os olhos de lágrimas e
num impulso deixa cair o pranto.
“Não sei. Me desespero só em
pensar”. A família vive com R$
“ Faço uma mistur
misturaa de água com ffarinha
e um pouco de açúcar
açúcar.. Eles g
arinha
ostam
gostam
quando Silvia tinha 16 anos de
idade. Hoje ela tem 28. Morava em
outro bairro – o São Simão. “O meu
primeiro marido resolveu se meter
100,00 do Programa Bolsa Família,
dinheiro que vem do Governo
Federal.
Na casa tem energia elétrica. A
menina, paredes cor de rosa. Uma
pintura assim, meio lambuzada, mas
uma máquina de lavar (instalada
perto da porta do banheiro),
escolinha de futebol. Bela
oportunidade para não ficar

com droga, agora ele tá metido com ligação é clandestina, do vizinho, vale a intenção. daquelas antigas, que só “batem” perambulando pelas ruas. Leonel
essas coisas. Aí tive que sair de lá por isso não tem conta pra pagar. A No quarto onde Silvia dorme a roupa. Em frente, a geladeira. Não coloca a melhor roupa. E
e vim pra cá, pro Renascer, morar água é a mesma do encanamento com os dois filhos menores, as tenho coragem de abrir. Por fora, a desodorante. Vem todo perfumado
perto da mãe”. Nesse tempo já da casa da mãe. A residência tem paredes são verdes. Verde traz cor azul já está desbotada. E pra bater a foto. O futuro é incerto.
tinham nascido os outros dois dois quartos, uma sala com uma esperança. E é bom que tenha bastante enferrujada. Tem também A Deus pertence. Nem mesmo a
também. Eram três e a situação já pequena cozinha num cantinho e o mesmo, para lidar com tantas um fogão a gás de quatro bocas, realidade difícil e sem muitas
estava bem complicada. Foi quando banheiro. Num dos quartos tem dificuldades. Armários praticamente uma pia e só. No chão, tapetes perspectivas, tira o sorriso franco
apareceu o segundo marido. “Ele uma cama de solteiro, onde dorme não existem. No quarto da mãe, cobrem o piso. Até que enfim dos lábios desses pequenos
me pegou numa hora difícil, eu tava o filho mais velho. Na outra, de todos se reúnem para cidadãos. Quem sabe a
passando muita dificuldade com as casal, dormem o outro menino e a assistirem televisão, dificuldade de comprar


crianças. Aí ele chegou, me ajudou menina. Encontro Élen sentada uma pequenininha, de a comida e de atender
e quando a menina (Emily) tinha 7 sobre a cama com um livro nas 14 polegadas, mas até Ele dizia que tinha todas as necessidades
meses eu engravidei do bebê. Ele mãos e um lápis. Pergunto o que que “pega” bem. Entre dessa família seja
soube e sumiu”. faz. “eu estou escrevendo no meu os poucos brinquedos
se separado dela superada pela força
O segundo marido é casado e livro”. Ela está no colégio e faz há um urso de pelúcia, há uns 6 meses, dessas crianças.
tem 45 anos de idade. “Ele me disse planos para o futuro. “Quando já bem encardido que, Pessoas como Silvia e
crescer quero ser doutora. Doutora mas era mentira

que tinha muito serviço em serve para as os filhos estão à margem
Tubarão e que não vinha mais. dos dentes”, diz convencida. A mãe brincadeiras das da sociedade de
Depois vi ele na casa da ex-mulher. agradece. “Quem sabe ela vai ser a crianças. consumo. Hoje não
Ele dizia que tinha se separado dela nossa salvação?” É só virar para o outro lado e Leonel sai do banheiro, e deixa ver podem ir ao supermercado comprar
há uns 6 meses, mas era mentira”. Olho para o teto e observo que estamos na sala de jantar. A mesa, as paredes de tijolos sem reboco. chocolate ou um pedaço de carne
Desde o início, a vida não foi só os quartos tem forro: uma lona num canto, tem seis cadeiras. Uma No verão, tudo bem. Mas no para assar no domingo. Nem à loja
fácil para Silvia. Teve que deixar o preta, presa com ripas de madeira. para cada um. Tem até uma inverno, deve ser muito úmido. da moda escolher a roupa ou o
trabalho no estacionamento “Esses dias quase pegou fogo aí. cristaleira – armário com portas de Descobri que os meninos calçado que desejam. Os
rotativo, no centro da cidade, A lona estava encostando na vidro. São poucas louças, alguns adoram futebol. Eles estudam no brinquedos já alegraram outras
porque não consegue creche para lâmpada”, diz Silvia. Embora a casa potes plásticos, copos. O aparelho Bairro da Juventude. De manhã, na crianças antes. Tudo o que
as crianças. Os dois maridos nunca seja pobre, cada cômodo possui de som que toca fita cassete e CD sala de aula, e duas vezes por consomem é de segunda mão, fruto
a ajudaram com pensão. Agora ela sua cor. No quarto onde dorme a está ligado bem baixinho. Ao lado, semana, à tarde, frequentam a da solidariedade.
4 Direito extra
maio de 2009

Em defesa do consumidor
que foi procurada na mesma hora atendimentos são apro- Reclamações não faltam na Esse outro processo, ao qual
Denise de Medeiros
editado por Manuela Prá para prestar esclarecimentos”, ximadamente 400 por mês e instituição e o campeão é o setor ela se refere, não é o da
e Julie Menegaz narra Dilma. 80% dos casos são soluciona- de telefonia fixa, com aproxi- concessionária, mas contra uma
Por lei os consórcios têm 30 dos. madamente 70% de toda a editora de revistas. No final do
Os consórcios estão entre as dias para ressarcir o cliente, nesse “Recebida a reclamação, procura. Os clientes apontam ano passado a massoterapeuta foi
opções mais procuradas por caso já haviam se passado 90. No verificamos se a mesma está como principal problema as abordada por dois jovens que
quem pretende guardar dinheiro. mesmo dia que Dilma procurou o amparada pelo Código de Defesa faturas que cobram serviços não vendiam assinaturas. Eles a
Em tempos de crise, a busca por Procon ela recebeu uma ligação do Consumidor. Posteriormente, prestados. O segundo lugar fica convenceram a fechar um
um investimento garantido é cada dizendo que o dinheiro estaria encaminhamos uma investigação com a telefonia móvel. contrato para receber dois tipos
vez maior. No entanto, mesmo disponível no dia seguinte. Para a preliminar para que o acusado se de publicação por seis meses.
nesta forma de economia, podem surpresa dela, isso realmente pronuncie sobre a reclamação do Caso complicado Entretanto, ao chegar em casa e
ocorrer imprevistos. Essa foi a aconteceu. consumidor no prazo de dez dias ler com calma o contrato, ela
experiência vivida por Dilma após o recebimento da mesma. “Tenho duas linhas telefô- percebeu que tinha sido enganada.
Alexandre. Ela pagou as Procure o Procon Caso não aconteça um acordo, nicas em casa. A fatura de um O documento dizia que as
prestações de seu investimento encaminhamos o processo ao dos telefones é cobrada como assinaturas durariam um ano.
até o último mês, mas o dinheiro O Procon é um órgão público juizado”, explica o coordenador da débito em conta, já o outro eu Dilma foi até o Procon na semana
esperado não chegou. “Fiz o de defesa do consumidor, que unidade de Tubarão, Irani Valentin pago normalmente nas lotéricas. seguinte, mas em casos de
consórcio de uma moto em nome desistência de compras, o prazo
de minha filha. As prestações para a anulação do contrato é de
somavam 25, e no fim, depois de 48 horas. “Se eu tivesse
tudo pago religiosamente em dia, conhecimento do Código de
levamos mais de noventa dias Defesa do Consumidor, saberia
para receber o dinheiro”, relata. que qualquer compra ou
A massoterapeuta conta que contratação de prestação de
nunca atrasou as parcelas. No serviço pode ser desfeita, desde
décimo mês de pagamento foi que o produto não tenha sido
contemplada e poderia ter danificado. Mas no meu caso, eu
retirado o veículo, entretanto nem tinha o objeto comprado em
preferiu obter o crédito no valor mãos, poderia ter voltado lá e
da soma das prestações. desfeito o negócio”, lamenta.
Quando quitou as parcelas, O caso foi parar no juizado de
Dilma recebeu uma carta pequenas causas. As edições, que
anunciando que em trinta dias a chegariam semanalmente, nunca
quantia seria depositada na apareceram. Depois de três
conta da titular, mas o dinheiro meses esperando, as assinaturas
não chegou. foram canceladas e o dinheiro
Ela entrou em contato com a devolvido.
concessionária da cidade, onde os
contratos haviam sido assinados.
Uma atendente informou que o
procedimento seria simples.
“ Conhecer e entender os direitos do
consumidor é fundamental para evitar
Conhecer e entender os
direitos do consumidor é
fundamental para evitar que o
cidadão seja lesado. Em caso de
Bastava procurar um caixa do que o cidadão seja lesado insatisfação, o Procon deve ser
Banco do Brasil, apresentar o
cartão de pessoa física e em cinco
dias o depósito seria realizado.
“Passado este tempo, minha
oferece informações sobre
direitos na realização de com-pras
Alberton. As duas vencem em datas

diferentes, porém, no último mês,
acionado.
Na cidade de Tubarão, a
instituição fica na avenida
Marcolino Martins Cabral, anexo
filha foi até o banco, já que o plano e prestação de serviços. A Apoio da Adocon as faturas vieram com a mesma à Casa da Cidadania, no Centro.
estava no nome dela, mas, não instituição pode ser estadual ou data de vencimento e com A Adocon fornece orientações no
havia nada para receber. A municipal e, de acordo com o Outro órgão que também atua autorização de débito em conta, mesmo prédio e através do site
atendente do banco comentou artigo 105 da lei 8.078/90 do em defesa do consumidor é a sendo que não assinei nenhum www.adocontb.org.br.
que isso sempre acontece e leva código de defesa do consumidor, Adocon. A Associação das contrato nem pedi que fosse


muito mais tempo do que eles integra o Sistema Nacional de Donas-de-casa, dos Consumi- assim”, argumenta Dilma, que
prometem para que o dinheiro Defesa do Consumidor. dores e da Cidadania é uma passou por outro problema.
esteja disponível”. “Foi a primeira vez que entidade não-governamental, sem Novamente no Procon, Dilma
A empresa responsável pela procurei o Procon e o resultado fins lucrativos, e há 13 anos tem teve sua dificuldade parcialmente
venda do consórcio foi procurada foi muito rápido. Desde o ocorrido, a função de orientar o consumo resolvida. As faturas voltariam ao
Por lei, os
por mais três vezes. Todas sem no início deste ano, sempre que consciente. esquema habitual, mas apenas no consórcios
sucesso. A promessa era de que tenho algum problema “A Adocon age através da mês seguinte. Segundo ela,
o dinheiro seria depositado relacionado a produ-tos ou mídia falada, escrita e televi- “poderia ter brigado mais, mas não
têm 30
sempre dali a três ou quatro dias.
Nada aconteceu. Então, Dilma
serviços vou atrás do Procon”, sionada alertando os consumi- quis me incomodar. Nesse caso dias para
elogia Dilma. dores sobre seus direitos e deveres eu poderia ter pago a fatura e
decidiu procurar o Procon de No município de Tubarão, os como cidadão. Promo-vemos depois entrado com uma ação ressarcir o
Tubarão, cidade onde reside.
“Chegando ao Procon, fui muito
consumidores são orientados palestras para educar através da para receber o dinheiro de volta, cliente
pessoalmente, via telefone e até informação”, esclarece a presi- mas estou com um outro processo
bem atendida. Expliquei o caso e mesmo pela internet, através do e- dente da Adocon em Tubarão, parecido e a justiça é lenta
passei os dados da concessionária, mail procon@tubarao.sc.gov.br. Os Reneuza Borba. demais”.

extra Histórias 5
maio de 2009

Direitos colocados em prática


Samira Pereira É importante lembrar que, ao
editado por João Pedro Alves adquirir qualquer produto ou Foto: Samira Pereira
e Jackson de Souza serviço, as pessoas estabelecem
uma relação com o fornecedor que
O Código de Defesa do implica no cumprimento de direitos
Consumidor preza por diversos e deveres de ambas as partes.
direitos dos cidadãos nas relações Quando quem compra se sente
de consumo. Entre elas estão a lesado ou insatisfeito, devem pedir
proteção da vida, saúde e a solução do problema, sendo
segurança; educação e divulgação compensados pelo erro do
sobre o consumo adequado de vendedor ou prestador de serviço.
produtos ou serviços; proteção Caso a reclamação não seja
contra publicidade enganosa e atendida e a queixa persista,
abusiva; reparação de danos entidades públicas e privadas que
patrimoniais e morais; especi- defendem os direitos do consu-
ficação correta de quantidade, midor podem ser acionados. A
qualidade, composição e preços; última alternativa recomendada é a
entre outras. via judicial.

Barrada no próprio
baile de formatura
Conforme informações do acredita que houve exageros por
portal G1, uma jovem proibida de parte da organização da festa. “É
entrar no próprio baile de formatura lógico que em uma formatura
resolveu exigir o dinheiro de volta. existem certas regras a serem
Marche Taylor foi barrada porque cumpridas. Antes da realização do
estava com um vestido muito curto. evento vários acordos são feitos
Neste momento, os policiais para que tudo ocorra da melhor
algemaram e levaram a recém- forma”, diz. “Mas se o vestido era,
diplomada embora. “Eu gosto realmente, muito curto, e deixava à
dessa roupa, e todo mundo gostou mostra partes do corpo que não
também. Não entendi a razão de não deveriam aparecer, talvez as
poder entrar na festa”, afirmava a autoridades tenham considerado
garota em meio à literal “saia justa”. esta situação como atentado
A advogada Mariana Bonetti violento ao pudor”, pondera.

O brinquedo em meu
jardim incomoda
Uma situação bastante curiosa achando o processo ‘bobo’ estão
é de uma senhora de 89 anos de com medo, afinal, dizem, fica difícil
idade que alega estar cansada de pagar um advogado e ao mesmo URUSSANGA: coveiro do cemitério municipal, Vitalino Biz desenterrou um corpo do túmulo
ver a bola dos pequenos vizinhos tempo sustentar cinco filhos.
entrar em seu quintal.
Por conta disso, ela está
“Se ela tivesse pegado a bola,
furado e jogado fora, estaria no
Uma ffor
or ma dif
orma er
difer ente de cobr
erente ar
cobrar
processando os pais dessas
crianças “irresponsáveis”. O valor
direito dela, já que o brinquedo foi
parar dentro do seu terreno.
por ser viços não rrece
serviços ece bidos
ecebidos
da indenização não foi divulgado. Observando o caso, pode-se dizer
Um caso chamou a atenção falecido e jogou junto aos provar que o serviço não foi
“Eu sofri emocionalmente de tanto que esta decisão vai depender
da população de Urussanga há indigentes. A situação só se pago”, relata a advogada.
ser incomodada pelos brinquedos muito do juiz. Tudo é possível,
alguns meses. O coveiro do reverteu porque a família pediu A viúva, Vanusa Varnier,
que surgiam em meu jardim”, disse levando em conta a idade da mulher.
cemitério municipal, Vitalino insistentemente para que colocasse alega que ficou surpresa e
Edna Jester, residente em Acredito que o processo pode ser
Biz, mais conhecido com Biff, novamente o corpo no túmulo. “Eu desesperada quando soube do
Cincinnati, nos Estados Unidos. considerado sim”, avalia a
desenterrou um corpo do fiquei com pena porque a viúva ocorrido. “Foi ele mesmo quem
Os pais das crianças, mesmo advogada Mariana Bonetti.
túmulo porque a família não disse que se me pagasse os filhos me avisou. Ligou para dizer que
pagou os trabalhos realizados passariam fome. Se não fosse por tinha desenterrado o corpo do
Quero meu rim de volta! por ele. O enterro tinha ocorrido
há quatro meses, e os encargos,
isso, ele estaria lá até hoje”, declara.
O caso só não seguiu na justiça
meu esposo e só colocaria de
novo se eu pagasse a quantia
Outro caso, que não enquanto o resultado não é que custaram cerca de 400 reais, porque a família resolveu não tocar em dinheiro. Mas eu não tinha
necessariamente tem a ver com o divulgado, a mulher proíbe o pai de ainda não haviam sido adiante. Conforme a advogada como dar este valor, e acredito
tema, mas chamou a atenção das ver os três filhos, de oito, 11 e 14 quitados. “Já tenho 75 anos, e a Mariana Bonetti, o coveiro poderia que ele entendeu. Não quis
autoridades, advogados e curiosos, anos de idade. esta altura da vida não posso ser processado por ocultação de alongar mais esta situação com
foi o que ocorreu com Richard Batista pede na justiça que a mais trabalhar de graça. Se não cadáver. “Isto é completamente um processo na justiça. Nem
Batista e a esposa Dawell Batista, esposa devolva o rim que ele doou dão o que me devem, tenho que errado e fora do comum. Na época morto meu marido tem o
residentes nos Estados Unidos. em 2001, ou lhe repasse uma fazer isto mesmo”, afirma Biff. do enterro não foi feito um contrato descanso que merece”, fala
O processo de divórcio do casal indenização no valor de 1,5 milhão O coveiro retirou o homem de trabalho e ele não tinha como Vanusa.
dura mais de quatro anos, e de dólares.
6 Trib uto
ributo extra
maio de 2009

Aluguel: IPTU gera dúvida


Foto: Samira Pereira
Samira Pereira seguinte”, conta ele.
editado por João Pedro Alves No mesmo município ocorreu
um caso oposto. Daiane Feltrin
Causador de dores de cabeça em Sangaletti, proprietária de uma
muitos cidadãos brasileiros, o casa, aceitou pagar a parcela do
serviço público também se enquadra tributo. “Quando fizemos o contra-
no Código de Defesa do to havia uma cláusula que escla-
Consumidor. Apesar de não haver o recia que quem devia pagar o IPTU
hábito dos contribuintes registrarem não era o inquilino, e sim eu. Acho
reclamação junto aos órgãos de justo, mesmo que eu não esteja
defesa, instituições como prefeituras utilizando um imóvel, ele continua
estão sujeitas às sanções da lei caso no meu nome”, analisa. A contri-
violem os direitos dos consu- buinte acredita que ambas as partes
midores (neste caso, os pagadores ganharam com isso. “Ele adquiriu
de impostos). “Sabe-se que onde certa confiança e percebeu que,
existem relações de consumo, estes realmente, sou uma pessoa que
direitos podem ser exigidos. Aqueles gosta das coisas certas”, ressalta.
que usufruem determinados Os responsáveis pelo acordo
serviços têm o poder de solicitar na sobre o pagamento do imposto são
justiça que sejam compensados por unicamente o proprietário e o
eventuais danos”, explica a inquilino. O atraso do pagamento
advogada Mariana Bonetti. gera multa e juros, que se acumulam
Dentro das relações de consumo anualmente. “A jurisprudência é
do serviço público, o maior gerador bem pacífica quanto a isso. Os dois
de discussões e dúvidas é o devem chegar a um acerto final, e
Imposto Predial e Territorial Urbano perceber o que é o melhor, sem
(IPTU). O tributo cobrado anual- prejudicar nenhuma das partes. TRIBUTO: carnês do IPTU estão disponíveis no Setor de Tributação da Prefeitura de Urussanga
mente pelas prefeituras sobre os Nestes casos, a conversa é o melhor
imóveis leva em conta a área do remédio”, ratifica Bonetti.
terreno e o espaço construído, a No município de Urussanga, os Novas regras, mesma insatisfação
valorização do local e os serviços carnês do IPTU ficam à disposição
públicos utilizados (como a água, dos contribuintes na sede da Chênia Cenci cancelar o plano e nunca mais hora para a outra. Ficamos sem
luz, saneamento básico e asfalto). A Prefeitura Municipal. O Setor de editado por Denise Medeiros quis saber daquela empresa”, celular por um bom tempo. O que
taxa deve ser paga pelos proprie- Tributação da Prefeitura espera que comenta. foi realmente o fim, ou seja, a
tários ou titulares de terrenos ou Os centros de atendimento Algo parecido aconteceu gota da água”, enfatiza.
a inadimplência, que chegou a 17%
lotes. E é nesse ponto que se via telefone das empresas, com a publicitária Simone Cruz Outra usuária insatisfeita é a
no ano passado, diminua sensivel-
chamados de call centers, Tomáz, que resolveu aderir a um enfermeira Jóice Niss Pickler, que
concentra boa parte das perguntas mente. “Estamos com a expectativa
passaram por várias adaptações plano empresarial de telefonia contratou um serviço de internet
sobre este assunto. Afinal, quem de que 90% das pessoas venham em dezembro do ano passado. móvel para a sua empresa. Quan- banda larga. Segundo ela, “a
deve pagar? O dono ou o inquilino? retirar os carnês no prazo e paguem Mas, mesmo depois de estarem do ela precisou entrar em contato velocidade do serviço que chega-
Conforme Bonetti, tudo depen- em dia. Mas não perdemos a valendo as novas regras, ainda com o call center o problema foi va até minha casa era inferior ao
de do contrato de aluguel. As esperança de que todos os contri- há muita reclamação por parte enorme. “Quando o atendente que havia sido prometido”. Jóice
cláusulas devem ficar bem claras buintes cumpram seu dever de dos consumidores e usuários veio nos prometeu mil coisas, explica que, depois de muita
para que nenhuma das partes possa cidadão e paguem o imposto”, diz desse tipo de serviço. como bônus entre vários outros briga, a empresa reembolsou o
identificar algum problema ou se o chefe do setor, José Vitório Coan. Um exemplo disso é o benefícios. Com o passar dos dinheiro gasto e deu cinco meses
sinta lesado com o tributo. “Deve De acordo com Coan, os vendedor Carlos de Souza meses as contas vinham, mas de cortesia nos serviços. “Procu-
ser feito um acordo com os interes- proprietários e inquilinos preferem Nascimento, 42 anos, que há ainda não havíamos recebido os rei o Procon e um advogado
sados, para ver qual a melhor pagar em cota única para vários anos tinha um plano com bônus. Então entramos em também. Eles me encaminharam
maneira de efetuar o pagamento. Se aproveitarem o desconto. “Se pagar uma empresa de TV por contato com outros representan- a Anatel e dentro de poucos dias
porventura não houver nada à vista e no prazo certo, a redução assinatura. “Do nada cortaram a tes”, conta. o caso foi resolvido. As empresas
esclarecido no contrato, quem deve no valor chega a ser de 40%. Desta imagem da minha casa. Como era Simone explica que o têm que se responsabilizar pelos
pagar a taxa é o inquilino, que no forma, vale a pena manter em dia e cliente há mais de 15 anos, resolvi atendente da empresa de erros, eles não percebem que
momento está fazendo uso do não deixar a dívida acumular”, ligar para ver o que estava telefonia tentou resolver o perdem os clientes desse jeito”,
imóvel”, orienta. salienta. O chefe da Tributação acontecendo. Depois de várias problema e alegou que havia afirma. Conforme o Procon, os
O cidadão Carlos Bettiol Bez reforça que o atraso acarreta em horas consegui falar com a alguma coisa errada com a prejudicados devem entrar em
Batti, morador de Urussanga, Sul multa e juros. Os contribuintes que assistente. Meu problema não foi proposta feita pelo outro colega. contato com a instituição sempre
de Santa Catarina, conhece bem a possuem parcelamento de dívida resolvido e fiquei durante vários “Ele nos garantiu o cancelamento que não conseguirem solucionar
situação de assinar um documento ativa de outros anos podem retirar dias sem poder ver TV. Depois das linhas. Mas isso só aconte- os problemas junto as opera-
não esclarecido na questão do que fui ao Procon, consegui ceu depois de meses e foi de uma doras ou empresas.
o carnê normalmente no local.
IPTU. “Eu morava em uma casa A Prefeitura de Urussanga,
alugada há apenas quatro meses, Principais mudanças nas regras para os call centers:
cidade com pouco mais de 18 mil
quando o carnê foi entregue. No habitantes, espera arrecadar cerca - O SAC deve garantir ao consumidor, no primeiro menu eletrônico e em todas as suas subdivisões, o
contrato não havia nada escrito, e de R$ 600 mil em IPTU neste ano. contato direto com o atendente.
eu não sabia que eu tinha que Conforme o prefeito, Luiz Carlos - O tempo limite de espera para o atendimento varia de acordo com o serviço, no entanto, é por volta de
pagar. O proprietário do imóvel não Zen, 50% do montante terá como um minuto.
tinha me falado nada e fui destino as secretarias de Educação - O SAC deve garantir acesso para pessoas com deficiência auditiva ou de fala. E deve estar disponível,
praticamente obrigado a efetuar o e Saúde. A outra metade, além de ininterruptamente, durante 24 horas por dia e sete dias por semana.
pagamento. Por causa disso troquei manter os serviços de coleta de lixo, - A ligação não pode cair antes que o consumidor consiga falar com o atendente.
de residência, e antes de qualquer conservação do calçamento e - Se o primeiro atendente não resolver a demanda, a transferência para o setor competente deve ser
coisa acertei com o locador como limpeza pública, será investido na imediata, além disso, a ligação não pode ser interrompida durante o atendimento ou a espera do comsumidor.
ficaria a liquidação do IPTU do ano pavimentação de ruas.
extra Trânsito 7
maio de 2009

Seguro às vítimas de acidentes


Foto e montagem: Lucas Lemos
Mariana Alcântara cios específicos. Um englobando as processos.
editado por Jussi Moraes categorias 1, 2, 9 e 10 e o outro as Segundo uma funcionária da se-
e Viviane Andres
categorias 3 e 4 da carteira de guradora de Tubarão, analista e
Você sabe o que é DPVAT? A motorista. O contrato de consti- responsável pelo escritório dentro
maioria das pessoas sabe apenas tuição do consórcio deverá conter do hospital de Laguna, que não quis
que é obrigatório. Mas, o Seguro as regras de adesão e retirada das ser identificada, a empresa não se
DPVAT (Danos Pessoais Causados seguradoras e suas alterações de- envolve com a circunstância do
por Veículos Automotores de Via verão ser previamente aprovadas acidente, apenas repassa o valor. A
Terrestre) é um direito, previsto pela pela Susep”, ou seja, não há presidenta do Hospital de Laguna
lei 6.194/74. O valor pago ao governo licitação. As seguradoras precisam explica que o contrato é de prestação
por todos aqueles que possuem preencher alguns requisitos para de serviços e prevê o repasse de
veículo motorizado é repassado às poder fazer parte do DPVAT. Atual- 20% do faturamento à empresa
empresas de consórcio de seguros mente existem 70 empresas aten- terceirizada. “O hospital recebe o
que pagam a indenização ao dendo no Brasil. dinheiro da seguradora Líder
consumidor. A Superintendência de Estas empresas podem contra- e repassa para a Zomer o que lhe é
Seguros Privados (Susep) declara tar outras que prestem serviço para devido”.
que o DPVAT é o “único no mundo elas. É o caso da Seguradora Líder “O serviço do DPVAT é bastan-
que tem cunho eminentemente dos Consórcios do Seguro DPVAT te complexo e burocrático, de modo
social, protegendo, indistintamente, S.A., que tem sede no Rio de Jane- que hospitais do porte do nosso
os 190 milhões de brasileiros das iro (RJ) e contrata uma empresa de precisam ter funcionários exclusi-
adversidades decorrentes de Tubarão (SC) para fazer o atendi- vos para o setor, caso não tenham
acidentes de trânsito e destinando mento no hospital de Laguna. A terceirizado o serviço, como acon-
vultuosos recursos para o sistema presidenta do Hospital de Caridade teceu aqui”, conta Regina.
de saúde pública do nosso país”. Senhor Bom Jesus dos Passos, Alguns hospitais não possuem
Segundo o site da Susep, “para Regina Ramos dos Santos, infor- serviços terceirizados ou um
operar o seguro DPVAT, as socie- mou que a empresa Zomer foi funcionário responsável para o setor.
dades seguradoras deverão aderir, contratada para ajudar o hospital Neste caso o atendimento é feito pelo
simultaneamente, aos dois consór- com a burocracia envolvida nos SUS ou por um convênio.

É necessário fazer um BO
Para receber o seguro, a vítima gerando impactos negativos é simples, basta que o interessado
deve ter sofrido acidente com diretos sobre a inflação e as tarifas escolha a seguradora ou procure
veículo motorizado. Mesmo se foi de transportes já a partir deste ano. um advogado e apresente a
atropelada ou era passageira de um Outra justificativa é que o país documentação necessária.
ônibus que se acidentou, por atravessa um momento adverso em Para indenização por morte é
exemplo, tem direito. É só registrar consequencia da crise econômica preciso apresentar certidão de óbito,
Parte superior Parte inferior
um boletim de ocorrência na mundial. O aumento na sinistra- registro de ocorrência expedido pela
delegacia e apresentar no hospital. lidade e a possível retirada autoridade policial competente e Perda total da visão de Perda total do uso de
Se a vítima for o dono do veículo, voluntária de sociedades segura- prova da qualidade de beneficiário. um olho – 30% uma perna - 70% R$
deve estar em dia com o pagamento doras participantes dos consórcios, Já para indenização por invalidez R$ 4.050,00 9.450,00
do DPVAT. O seguro também cobre colocariam em risco o Sistema permanente é necessário apresentar Quando não tiver a outra Perda total de um dos
casos em que a vítima estiver DPVAT. Exemplo disso ocorreu nos o registro da ocorrência e o laudo visão – 70% pés – 50%
dirigindo o veículo de outra pessoa. últimos anos. Em 2007, as indeni- do Instituto Médico Legal R$ 9.450,00 R$ 6.750,00
Para o atendimento em hospital, zações pagas representaram o total qualificando a extensão das lesões
incluindo a consulta, radiografias e de R$ 150 milhões contra apenas R$ físicas ou psíquicas. Os valores são Surdez total dos Amputação do 1º dedo do
ouvidos – 40% pé – 10%
até cirurgias, o acidentado tem o 3 milhões, em 2003. Esse valor atribuidos de acordo com os
R$ 5.400,00 R$ 1.350,00
direito de receber até R$ 2,7 mil, que traduziu um aumento de 4.900% no percentuais da Tabela das Condi-
são liberados para pagar a conta do período. ções Gerais de Seguro de Acidentes Perda total de Amputação de outro
hospital. Se ultrapassar esse valor, As mudanças foram princi- Pessoais, suplementadas, quando um braço – 70% dedo do pé – 3%
o Sistema Único de Saúde (SUS) palmente nos valores máximos for o caso, pela Tabela de R$ 9.450,00 R$ 405,00
completa. Foi o que aconteceu com pagos em indenização. A inde- Acidentes do Trabalho e da Perda total de Encurtamento da perna
o professor Antonio Mattos que nização de invalidez tem valor fixo Classificação Internacional de uma mão – 60% em mais de 5cm - 15%
sofreu um acidente de moto. Ele de R$ 13.500,00. O IML tem prazo Doenças. Outras indenizações R$ 8.100,00 R$ 2.025,00
conta que após ser submetido a máximo de 90 dias para fornecer podem ser conferidas no site http:/
radiografia e exames, foi constatado o laudo. As vítimas de acidentes /www.susep.gov.br. Perda do dedo 4 centímetros – 10% -
mínimo – 12% R$ 1.350,00
que teve apenas uma concussão. de trânsito continuam tendo as O interessado deve ter cuidado
R$ 1.620,00
Em fevereiro deste ano, foram mesmas opções de atendimento, ao aceitar a ajuda de terceiros, pois 3 centímetros – 6% -
feitas algumas modificações nas em hospitais públicos e parti- são muitos os casos de reclamações Perda do dedo R$ 810,00
condições operacionais do seguro. culares, com as despesas limita- de fraudes e de pagamentos de anular – 09%
Elas foram propostas pelo governo das a R$ 2,7 mil. Além do honorários desnecessários. R$ 1.215,00
federal através da Medida Provisória reembolso que a própria vítima Em caso de dúvida ou
nº 451, de 15 de dezembro de 2008. pode solicitar para pagamento de reclamação, ligue para a Central de
Os motivos da medida em “caráter despesas médicas ou hospita- Atendimento dos Consórcios
urgente” foram o reajuste linear de lares suplementares. DPVAT: 0800-0221204, consulte o
mais de 23%, excessivo a partir de site www.dpvatseguro.com.br ou
2009, dos prêmios do seguro Como pedir indenização ligue para a central de atendimento
obrigatório para todas as categorias, Entrar com pedido de indenização da Susep: 0800-0218484.