Você está na página 1de 30

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM

ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA DE SANTARÉM


CURSO DE LICENCIATURA EM ENGENHARIA DA PRODUÇÃO ANIMAL

Acompanhamento da Produção de Frangos de


Carne da Quinta do Bonito (ESAS)

Unidade Curricular de Avicultura

Santarém
2008

Avicultura 2008/2009 Acompanhamento da Produção de Frangos da Quinta do Bonito (ESAS)


Objectivos
O objectivo deste trabalho visou o
acompanhamento de um bando para a
produção de frangos de carne (Broiler),
durante toda a sua produção, desde a
recepção do “pinto do dia” até à saída
para o matadouro e a aquisição de
conhecimentos da produção avícola
dos alunos, de EPA da ESAS.

Avicultura 2008/2009 Acompanhamento da Produção de Frangos da Quinta do Bonito (ESAS)


Introdução
Actualmente, a produção tem tido um crescimento
contínuo, graças à mudança dos hábitos de consumo,
devido essencialmente a ser:

• A carne mais barata e rápida de produzir;


• Fácil de preparar;
• Sem contra-indicação nutricional,religiosa…

Avicultura 2008/2009 Acompanhamento da Produção de Frangos da Quinta do Bonito (ESAS)


Produção Mundial de Carne de
Aves
• E.U.A.
• China
• Brasil

• U.E.
França (18,1%)
R. Unido (14,3%)
Espanha (12,3%)
Alemanha (10,1%)

Avicultura 2008/2009 Acompanhamento da Produção de Frangos da Quinta do Bonito (ESAS)


Produção Portuguesa de Carne de Aves

• 75% da produção total da carne de aves


• 70% UE
• 2003 12,7% (crise dos nitrofuranos)

• 2004 5,8%

Avicultura 2008/2009 Acompanhamento da Produção de Frangos da Quinta do Bonito (ESAS)


Esquema Geral da Produção de Frangos de Carne

Avicultura 2008/2009 Acompanhamento da Produção de Frangos da Quinta do Bonito (ESAS)


Gastos Energéticos das Aves

Avicultura 2008/2009 Acompanhamento da Produção de Frangos da Quinta do Bonito (ESAS)


Descrição da Exploração
em Estudo
Localização da Exploração:
A exploração pertencente à ESAS,
situa-se na Quinta do Bonito em S.
Vicente do Paul, concelho de Santarém.

A Quinta do Bonito é uma


propriedade com 120 ha,
com produção de suínos,
coelhos e aves.

Avicultura 2008/2009 Acompanhamento da Produção de Frangos da Quinta do Bonito (ESAS)


Instalação avícola:

As medidas do pavilhão são:


• 30 metros de comprimento;
• 10 metros de largura;
• 5,50 m de altura.

O Pavilhão é constituído por:


• 16 janelas no total;
• Dois portões em cada
extremidade;

Avicultura 2008/2009 Acompanhamento da Produção de Frangos da Quinta do Bonito (ESAS)


Equipamentos
• Caldeira (sist. antigo de aquecimento);
• Tecto é de poliuretano projectado
• Paredes pintadas de azul[1];
• Um depósito de água
• Duas linhas de comedouros
• Três linhas de bebedouros

[1] proporcionam menor claridade, tornando o ambiente mais calmo;

Avicultura 2008/2009 Acompanhamento da Produção de Frangos da Quinta do Bonito (ESAS)


Equipamentos
O pavilhão contém quatro
ventiladores e as janelas
automáticas

Finalidade:
manter a qualidade do ar
impedir a acumulação de gases
manter a temperatura e a humidade
relativa
Avicultura 2008/2009 Acompanhamento da Produção de Frangos da Quinta do Bonito (ESAS)
Equipamentos
• Sistema de iluminação:
• duas janelas existentes nas
extremidades
• 12 lâmpadas florescentes
distribuídas de uma forma
uniforme,
• durante um período de 24
horas/dia.

Sistema de Aquecimento:
6 criadeiras à gás

Avicultura 2008/2009 Acompanhamento da Produção de Frangos da Quinta do Bonito (ESAS)


Animais (Pinto)
Animais

Lote:F10689

A estirpe dos frangos de carne criados na


exploração pertencem à estirpe Ross

Características:
Pintos provenientes de ovos com mais de 40
gramas, com vitalidade, bem cicatrizados e sem
defeitos físicos

Embalagem:
Caixotes de plástico reutilizável, cada um com
100 pintos. Em cada embalagem acresce 2% de
bónus para colmatar eventuais erros de triagem e
contagem.

Avicultura 2008/2009 Acompanhamento da Produção de Frangos da Quinta do Bonito (ESAS)


Interaves (esquema de integração)
• Produção:
Sistema de integração
• a Interaves colocou os
pintos, forneceu ainda
alimento, vacinas e as
vitaminas,
• ficando os clientes com as
despesas de luz, água, gás e
mão-de- obra.

Avicultura 2008/2009 Acompanhamento da Produção de Frangos da Quinta do Bonito (ESAS)


Maneio efectuado no Efectivo
Avícola
• Recepção dos pintos:
– Preparação da cama:
- desde 2004
- com aparas de madeira

• tendo se acrescentado apenas em locais


que não se encontravam em boas
condições

Avicultura 2008/2009 Acompanhamento da Produção de Frangos da Quinta do Bonito (ESAS)


Recepcção
Preparação para a chegada dos pintos do dia:
– Apenas se utilizou metade do pavilhão
(10m).
– O pavilhão foi dividido com plástico

Avicultura 2008/2009 Acompanhamento da Produção de Frangos da Quinta do Bonito (ESAS)


Viatura de transporte
Viatura:
ambiente controlado:
• temperatura de 24ºC
• ventilação de 26ºC
• humidade de 36%.

Avicultura 2008/2009 Acompanhamento da Produção de Frangos da Quinta do Bonito (ESAS)


Repecção
• Chegada dos pintos:

- Contagem aleatória de pintos, mais ou


menos 5% dos caixotes;
- Inspecção dos pintos

Avicultura 2008/2009 Acompanhamento da Produção de Frangos da Quinta do Bonito (ESAS)


Maneio do bando
Maneio Alimentar
• Sistema de abeberamento
- 3 linhas de sistemas de bebedouros do
tipo pipeta
- Água sempre disponível
Dia de ajusto dos bebedouros Altura dos Bebedouros
20.10.08 15 cm
27.10.08 18 cm
1.11.08 22 cm
18.11.08 33 cm

Quadro 1: Dia de ajusto da altura das pipetas


Avicultura 2008/2009 Acompanhamento da Produção de Frangos da Quinta do Bonito (ESAS)
Alimentação
• Sistema de alimentadores:
- colocada em comedouros de 1ª idade
- passagem para o sistema de alimentação automático, após os
pintos mostrarem interesse.
- alimento 104 (migalha)- desde o 1º até ao 18º dia
- alimento 115 (granulado) - 18º dia até um dia antes do abate

Dia de ajusto dos comedouros Altura dos comedouros


20.10.08 O comedouro está depositado no chão
6.11.08 15 cm
18.11.08 18 cm

Tabela 2: Dia de ajusto da altura dos comedouros

Avicultura 2008/2009 Acompanhamento da Produção de Frangos da Quinta do Bonito (ESAS)


Maneio Higio-sanitário

Controlo patológico
• Tribissen 48% (antibiótico) – Foi adicionado na água de bebida
cerca de 200 ml /1000L – durante 5 dias
• Proditivit Hepavet (Vitaminas) – Foi adicionado 1L/1000L de água
de bebida – durante 3 dias + 2 dias
• Vacina D78 (Vacina viva liofilizada contendo a amostra
intermediária purificada D78 do vírus da doença de Gumboro) –
5000 doses na água

Análises à água uma semana antes da recepção dos pintos

Programa de desratização, controlo de aves e insectos:

• 2 iscos raticidas no interior do pavilhão


• Janelas do pavilhão eram revestidas com rede

Avicultura 2008/2009 Acompanhamento da Produção de Frangos da Quinta do Bonito (ESAS)


Controlo de peso
• Pesagens:
- Capturava-se os frangos, em cada uma
das extremidades do pavilhão e no centro

- 5 pesagens, pesando-se 10 frangos de


cada vez.

Avicultura 2008/2009 Acompanhamento da Produção de Frangos da Quinta do Bonito (ESAS)


Acabamento e apanha
• Restringiu-se o alimento 4,5 horas antes de saírem do pavilhão

• Efectuou-se alguns procedimentos, como levantar os comedouros e


bebedouros, ventilação mínima, reduzir a intensidade da luz

• O processo de apanha foi efectuado durante a noite (21 h)

• O espaço de captura foi reduzido com cercas para facilitar a apanha e


reduzir a excitação das aves.

• A apanha dos frangos foi efectuada pelos tarsos, transportando-se 3


frangos em cada mão

• Colocados em jaulas no camião de transporte (12 frangos/jaula)

Figura 18: Processo de


apanha dos frangos

Avicultura 2008/2009 Acompanhamento da Produção de Frangos da Quinta do Bonito (ESAS)


Biossegurança
As medidas foram insuficientes, tendo-se verificado algumas falhas tais como:
• Higienização de todos os veículos de transporte de pintos, rações, aves, e
de assistência técnica à produção, tanto na entrada como na saída do
aviário (rodilúvio), inexistente;
• Uso obrigatório de roupa de protecção e calçado próprio devidamente
higienizada a cada entrada no pavilhão, para todos os visitantes e todos os
que trabalham na exploração em questão, inexistente;
• Encontravam-se restos de alimentos, sacas de alimento e até pintos no
exterior do pavilhão, atraindo microorganismos e roedores;
• O acesso não era interdito a pessoas alheias à exploração;
• Em redor do pavilhão e do silo, presença de vegetação alta (mato);
• Ausência de determinação de PCC’s;

Avicultura 2008/2009 Acompanhamento da Produção de Frangos da Quinta do Bonito (ESAS)


Resultados Produtivos de Exploração e discussão:

• Idade de abate: 30 dias

• Peso médio final: Peso total do frango (vivo) / nº de frangos


5,420Kg/ 3,486 = 1,555 Kg
• Consumo por Frango = Alimento Consumido (Kg) / nº de Frangos
3740 Kg (A-104) + (4620-200Kg) Kg (A115) = 8160/ 3,486 = 2,340
Kg
• Índice de Conservação = Consumo total de Alimento (Kg) / Peso
Vivo Total (Kg)
8160 Kg/5,420 Kg = 1,5055 Kg
• Eficácia Alimentar = Peso Vivo Total (Kg) / Consumo Alimento
Total (kg)
5,420 Kg/ 8160 = 0,664 Kg

Avicultura 2008/2009 Acompanhamento da Produção de Frangos da Quinta do Bonito (ESAS)


Cálculos
• Mortalidade (%) = (Total de Baixas diárias +Total de
baixas por triagem) ×100/ Total de pintos entrados
(111/ (111+3486)) x 100 = 3,08 %
• Viabilidade = Nº de Aves retiradas ×100/nº de Aves
entradas
3486 x 100/ 3597 = 96,9
• GMD = Peso Vivo Total/ Nº de frangos × Idade Média
5,420/ 3;486 x 30 = 51,8 g
• Índice de Produção (IP) = GMD × Viabilidade × Eficácia
Alimentar × 100
51,8 x 96,9 x 0,664 x 100 = 333,28

Avicultura 2008/2009 Acompanhamento da Produção de Frangos da Quinta do Bonito (ESAS)


Animais

Avicultura 2008/2009
20
-1
0

0
5
10
15
20
25
22 - 20
-1 09
0
24 - 20
-1 09
0
26 - 20
-1 09
0
28 - 20
-1 09
0
30 - 20
-1 09
0
01 - 20
-1 09
1
03 - 20
-1 09
1
05 - 20
-1 09
1
07 - 20
-1 09
1

Dias
09 - 20
-1 09
Mortalidade

1
11 - 20
-1 09
1
13 - 20
-1 09
1
Mortalidade

15 - 20
-1 09
1
17 - 20
-1 09
1
19 - 20
-1 09
1-
20
09
Gráfico 1- Gráfico da Mortalidade
Mort.

Acompanhamento da Produção de Frangos da Quinta do Bonito (ESAS)


Crescimento
Tempo (Dia) Peso (Kg)
1 0,04
5 0,093 • Quadro 4- Aumento de peso em função dos dias de vida do frango

10 0,222
19 0,625
27 1,31
31 1,555

Curva de Crescimento

1,8
1,6
1,4
1,2
Peso (Kg)

1
Peso (Kg)
0,8
0,6
• Gráfico 2 – Gráfico da Curva de 0,4
Crescimento 0,2
0
0 5 10 15 20 25 30 35
Tempo (Dias)

Avicultura 2008/2009 Acompanhamento da Produção de Frangos da Quinta do Bonito (ESAS)


Conclusão
• Foram detectadas alguma falhas nas condições da exploração,
nomeadamente ao nível da biossegurança: desta forma não podemos dizer
que a exploração tenha as condições óptimas ou ideais para a produção de
frangos de carne.

• Em relação ao estudo económico da exploração, podemos dizer que este,


se revelou pouco vantajoso, já que o lucro ou balanço final foi baixo (20 €),
sendo ainda de salientar que não foi contabilizado o custo de produção em
relação aos parâmetros de produção como; agua, luz, mão-de-obra.

• À que salientar ainda o facto de ter existido um erro na contagem dos


pintos do dia, na exploração de multiplicação (sendo este um erro habitual
na contagem automática), sendo esse número superior ao declarado na
folha de fecho de bando.

• Alguns destes factores se devem ao facto da Quinta do Bonito se destinar


integralmente ao ensino, sendo para tal passível de desvios em relação ao
normal da produção deste tipo de animais em outras explorações onde se
dá o processo de integração.

• Para tal e desta forma o trabalho/relatório/acompanhamento da produção


destinava-se exclusivamente ao ensino dos alunos e compreensão de todo
o processo produtivo, e não a rentabilização da exploração ou da produção
para a obtenção de lucro.
Avicultura 2008/2009 Acompanhamento da Produção de Frangos da Quinta do Bonito (ESAS)
Bibliografia
• www.socampestre.com
• www.interaves.pt

Trabalho realizado por:

Ana Luísa Sena nº 2649


Cátia Simões nº 2678
João Ribeiro nº 2685
Marcos Fonseca nº 2676
David Quintino nº 2439

Avicultura 2008/2009 Acompanhamento da Produção de Frangos da Quinta do Bonito (ESAS)