Direito indígena

   

1750 1755 1775/6 1808 – chega a família real. A colônia começa a ser institucionalizada. A relação se estreita ainda mais com colonizadores. O pessoal do latifúndio nunca teve dificuldade com a coroa. 1814 – termina o comando de Napolião.

1821/22 – D. Pedro I assume a direção do Brasil. José Bonifácio de Andrade Silva, competente, culto, habilidoso. Cuida de Dom Pedro I que cuidava dos latifundiários. Estes falaram que não precisavam mais da coroa, só precisavam de dinheiro para tratar de negócios com os burgueses. Foi Bonifácio que negociou com o Ingleses para ajudar na independência do Brasil. O Brasil colônia precisava de um tempo para se institucionalizar. A Inglaterra mandou um recado para Portugal não invadir o Brasil e tentar recuperar a colônia se não iriam entrar em guerra. D. Pedro estava em Santos namorando a Marquesa de Santos, vinha subindo a Serra do mar em um jumento, com dor de barriga, quando chega o enviado de Bonifácio com a notícia que teria o apoio da Inglaterra. Dom Pedro I teve a escolha de voltar para Portugal e a Inglaterra colocaria uma outra pessoa no seu lugar ou ficaria no Brasil declarando a independência do Brasil de Portugal.

1823. Nomeia a assembleia nacional constituinte, com Bonifácio a frente para celebrarem a CONSTITUIÇÃO do Brasil. Deputados constituintes: todo o pessoal dos latifúndios que eram colegas de D. Pedro I. 1824. A constituição Imperial é promulgada. D. Pedro briga com Bonifácio e manda prender o seu irmão que era dono do jornal o Tamoio. Foi a primeira constituição imperial. Foi criada uma constituição permanente de catequização e regularização fundiária. Num acordo com o pessoal do latifúndio. Catequização naquela época era sinônimo de educação. Ele achava que esse processo dava cultura aos índios. Em contrapartida, foi prometida a regularização das terras, ou seja, a reforma agrária dos latifúndios e das sesmarias. Não existe nenhuma citação aos índios nessa constituição. Mas no final existe essa comissão de catequização. Ocorre o princípio da recepção. O ato institucional 02

Só não passará por essa regularização as terras onde apresentar a presença de índios. 1854. Não precisamos mais do rei. D. Que na verdade estava doente e morreu alguns meses depois. inova com o reconhecimento de que a terra indígena é usufruto exclusivo dos índios. Então nesse ano é criado por ele a guarda nacional. mesmo na Amazônia. ou seja. foi comandante do Forte São Joaquim foi dado o título de coronel. Início da República no Brasil. 1889.    1891. Pedro preocupado em manter íntegro o território brasileiro. Assim os coronéis chegavam para os pobres que moravam nas suas vizinhanças e cobravam a terra que erroneamente tinha sido anexada a sua propriedade. só dá prejuízo. nada. Nesse momento a burguesia se associa agora com os militares. 75 reforça o direito indígena. Não pode arrendar. Nova constituição. a republicana. precisava criar um exército de reserva. alugar. Rui Barbosa . na bacia do prato.  1850. já que havia apenas 30 dias para impugnar a sentença. que em nenhum momento há menção ou palavra índio. Nele novamente volta-se a falar sobre o índio. É dado a esses integrantes o título de coronel. vender. foi o que foi confirmado pelo STF na questão Raposa Serra do sol. Na verdade aumentou ainda mais as diferenças sociais. além disso. a própria lei de terras respeita a presença de índios. também militar. porque o latifundiário terminou anexando as terras menores que estavam nas suas proximidades homologados pelos juízes que sentenciavam o que os agrimensores colocavam no papel.de 1601 então ainda está vigente. É oficializado a autorização de tomar a terra com regime de exceção. Sempre que preciso eram convocados para combater contra invasores do território brasileiro. O primeiro presidente militar foi Marechal Deodoro da Fonseca para dizer agora que existia uma força para garantir a ordem e a segurança. só o índio pode usar. No art. Os EUA quase 100 anos antes já haviam se tornado república. Aqui mesmo no vale do Rio Branco. Ela veio regularizar o processo de regularização de terras. até mesmo no Paraguai. promotores da justiça. Cumprimento da promessa com os latifundiários com a criação da lei das terras (decreto 609). Decreto veio quatro anos depois para regulamentar a lei de terras. Floriano foi quem assumiu depois. Também traz o fenômeno da recepção.  1830.

trouxe o modelo republicano dos EUA. estados federados. já havia escravos que iam aos cartórios pegar os registros dos seus ascendentes e processando o Estado em milhões e cobrando também dos fazendeiros. que é uma descentralização do poder. Antes ocorria a centralização no Rio de Janeiro e agora esse poder passaria para as províncias. Bancado pelos coronéis que resolvem administrar o Brasil sem a monarquia. 1947. . Antes disso éramos província de lá. Na verdade. Ele que trouxe a idéia de república e federação. Criação de Boa Vista. fez isso porque nos EUA.  Livro: 1808 de Laurentino Gomes. Eram os coronéis que elegiam os governadores das províncias. Território federal desligado do Amazonas. A partir daí terra indígena era definida pelos governadores e não mais pelo Rio de Janeiro. Rui cometeu alguns prejuízos ao brasil: foi escolhido ministro da justiça e determinou que os cartórios de justiça queimasse todos os registros dos negros no Brasil porque era uma vergonha para o Estado.  1943. latifundiários.