Você está na página 1de 18
Primeira Etapa 3 a PARTE
Primeira Etapa
3 a PARTE
Primeira Etapa 3 a PARTE Matemática  Física  Química  Biologia LEIA COM ATENÇÃO 01.

Matemática Física Química Biologia

LEIA COM ATENÇÃO

01. Só abra este caderno após ler todas as instruções e quando for autorizado pelos fiscais da sala.

02. Preencha os dados pessoais.

03. Autorizado o início da prova, verifique se este caderno contém 64 (sessenta e quatro) questões. Se não estiver completo, exija outro do fiscal da sala.

04. Todas as questões desta prova alternativa correta.

05. Ao receber a folha de respostas, confira o nome da prova, o seu nome e número de inscrição. Qualquer irregularidade observada, comunique imediatamente ao fiscal.

06. Assinale a resposta de cada questão no corpo da prova e, só depois, transfira folha de respostas.

07. Para marcar a folha de respostas, utilize apenas caneta esferográfica preta e faça as marcas de acordo com o modelo (∑∑∑∑∑∑∑∑∑∑∑∑). A marcação da folha de respostas é definitiva, não admitindo rasuras.

08. Só marque uma resposta para cada questão.

09. Não risque, não amasse, não dobre e não suje a folha de respostas, pois isso poderá prejudicá-lo.

os resultados para a

uma

são de múltipla escolha, apresentando como resposta

10. Se a Comissão verificar que a resposta de uma questão é dúbia ou inexistente, a questão será posteriormente anulada e os pontos a ela correspondentes, distribuídos entre as demais.

11. Os fiscais não estão autorizados a emitir opinião nem prestar esclarecimentos sobre o conteúdo das provas. Cabe única e exclusivamente ao candidato interpretar e decidir.

Nome: Inscrição: Identidade: Órgão Expedidor: Assinatura: COMISSÃO DE PROCESSOS SELETIVOS E TREINAMENTOS
Nome:
Inscrição:
Identidade:
Órgão Expedidor:
Assinatura:
COMISSÃO DE PROCESSOS
SELETIVOS E TREINAMENTOS

Matemática

1. O gráfico a seguir ilustra a variação do IPC, Índice de Preços ao Consumidor, no Recife, de abril a agosto de

2005.

Índice de Preços ao Consumidor 2,00% 1,50% 1,00% 0,50% 0,00% -0,50% -1,00% -1,50% abril maio
Índice de Preços ao Consumidor
2,00%
1,50%
1,00%
0,50%
0,00%
-0,50%
-1,00%
-1,50%
abril
maio
junho
julho
agosto
IPC
0,70%
1,59%
0,31%
0,25%
-1,17%

Qual a média do IPC nestes cinco meses? (Aproxime sua resposta até os décimos.)

A) 0,1%

B) 0,2%

C) 0,3%

D) 0,4%

E) 0,5%

Letra C Justificativa:

A média dos valores do IPC é de (0,7 + 1,59 + 0,31 + 0,25 – 1,17)/5 = 0,336%.

2. Se, no primeiro semestre de 2004, com a cobrança de tarifas, os bancos arrecadaram um total de 16 bilhões de reais e, no primeiro semestre de 2005, este valor subiu para 19,6 bilhões de reais, qual o crescimento percentual do valor obtido pelos bancos com a cobrança de tarifas neste período?

A) 22,5%

B) 23,4%

C) 24,3%

D) 25,2%

E) 26,1%

Letra A Justificativa:

O valor arrecadado com a cobrança de tarifas aumentou em um percentual de [(19,6 - 16)/16]100 =

22,5%.

3. Júnior tem uma coleção de cds de música nos gêneros erudito, popular e jazz. Se 65% da coleção consiste de música erudita, 1/5 consiste de música popular e 930 cds são de jazz, quantos são os cds de música erudita da coleção?

A) 4010

B) 4020

C) 4030

D) 4040

E) 4050

Letra C Justificativa:

Como 1/5 corresponde a 100.1/5 = 20%, temos que

os 930 cds compreendem 100 – 65 – 20 = 15% do total da coleção; daí, os cds de música erudita formam um total de 65/15.930 = 4030 cds.

4. Segundo pesquisa recente, 7% da população brasileira é analfabeta, e 64% da população de analfabetos é do sexo masculino. Qual percentual da população brasileira é formada por analfabetos do sexo feminino?

A) 2,52%

B) 5,20%

C) 3,60%

D) 4,48%

E) 3,20%

Letra A Justificativa:

Temos que 100 - 64 = 36% da população de analfabetos é do sexo feminino, que corresponde a 0,36.7 = 2,52% do total da população.

5. A diferença 55555 2 - 44444 2 não é igual a:

A) 9 11111 2

B) 99999 11111

C) 1111088889

D) 33333

E) 11110 88889

2

Letra E Justificativa:

Temos 55555 2 – 44444 2 = (55555 + 44444)(55555 – 44444) = 99999.11111 = 9.11111 2 = (3.11111) 2 = 33333 2 e portanto A), B) e D) são corretas. Também temos 99999.11111 = (10 5 – 1)11111 = 1111100000

– 11111 = 1111088889 e, portanto, C) é correta. E)

é incorreta, pois o dígito das unidades do número de E) é zero.

6. Na ilustração a seguir, temos um retângulo ABCD, com medidas AB = 12 e BC = 5, e duas faixas retangulares EFGH e IJKL, com EF e JK de mesma medida. Se a área da região colorida e a da região do retângulo ABCD exterior à área colorida são iguais, qual a medida de EF?

D

L

I

A

H G

área colorida são iguais, qual a medida de EF? D L I A H G A)

A) 1,8

B) 1,9

C) 2,0

D) 2,1

E) 2,2

E F

C

K

J

B

Letra C

Justificativa:

Seja x = JK = EF a medida da largura das faixas

retangulares. A área da união das faixas na figura é 5x + 12x – x 2 = 17x – x 2 , que é metade da área do retângulo ABCD. Portanto, 17x – x 2 = 12.5/2 = 30 e

x

2 – 17x + 30 = 0 que tem raízes

x

= (17 ±

1 6 9 )/2 = (17 ± 13)/2 = 15 ou 2 e como x

169 )/2 = (17 ± 13)/2 = 15 ou 2 e como x

< 5 temos x = 2.

7. Para escaparem de uma penitenciária, 10 prisioneiros decidem cavar um túnel de 450m de comprimento. Em uma fuga anterior, 12 prisioneiros cavaram um túnel de 270m, trabalhando 6 horas por noite, durante 9 noites. Se os atuais prisioneiros pretendem trabalhar 4 horas por noite, em quantas noites o túnel ficará pronto?

A) 26

B) 27

C) 28

D) 29

E) 30

Letra B

Justificativa:

O número de horas de trabalho utilizadas para cavar

um túnel de 270m foi 6.9.12 horas; portanto, para cavar um metro de túnel, são necessárias 6.9.12/270 = 2,4 horas de trabalho (de um prisioneiro). Conseqüentemente, um túnel de 450m precisará de

2,4.450 = 1080 horas de trabalho para ser concluído,

e os 10 prisioneiros, trabalhando 4 horas por noite, completarão este número de horas em 1080/(10.4) = 27 noites.

8. As cidades A e B estão conectadas por três rodovias,

e as cidades B e C estão conectadas por cinco rodovias.

C A B
C
A
B

Se escolhermos aleatoriamente uma trajetória para ir de A até C e voltar para A, usando as rodovias indicadas, qual a probabilidade de a trajetória não conter rodovias

repetidas?

A) 2/5

B) 7/15

C) 8/15

D) 3/5

E) 2/3

Letra C

Justificativa:

O número total de trajetórias A – B – C – B – A é

3.5.5.3, e o número de trajetórias, sem se passar duas vezes pela mesma rodovia, é 3.5.4.2; portanto,

a probabilidade de a trajetória escolhida ao acaso

não conter rodovias repetidas é 3.5.4.2/(3.5.5.3) =

8/15.

9. Uma fábrica aumentará o preço do quilo de certo

produto de 15%, mas diminuirá o peso das embalagens em que o produto é comercializado, de maneira que o preço da nova embalagem permaneça

o mesmo da anterior. De qual percentual deve ser

diminuído o peso da embalagem? (Indique o inteiro mais próximo do valor obtido.)

A) 15%

C) 13%

D) 12%

E) 11%

Letra C Justificativa:

Se p é o preço do quilo do produto e a embalagem pesa q kg, temos que o preço da embalagem é pq. Após o aumento do preço, o quilo custará 1,15p. Se x é o percentual do qual devemos diminuir o peso da embalagem, temos que 1,15p(1 – x/100)q = pq, e portanto 1,15 – 0,0115x = 1, que tem solução x = 0,15/0,0115 = 13,04%.

10. Um recipiente na forma de um cone reto invertido está preenchido com água e óleo, em duas camadas que não se misturam. A altura, medida na vertical, da camada de óleo é metade da altura da parte de água, como ilustrado a seguir.

h 2h Se o volume do recipiente é 54cm 3 , qual
h
2h
Se o volume do recipiente é 54cm 3 , qual

camada de óleo?

A) 32cm

B) 34cm

C) 36cm

D) 38cm

E) 40cm

3

3

3

3

3

o volume da

Letra D Justificativa:

Sejam x e 54 – x os volumes respectivos de óleo e água. O cone menor, contendo a água, e o cone maior são semelhantes na razão 2/3. Portanto, (54 – x)/54 = (2/3) 3 = 8/27. Segue que 54 - x = 16, que eqüivale a x = 38cm 3 , que é o volume de óleo.

11.

A idade de uma mãe, atualmente, é 28 anos a mais

que a de sua filha. Em dez anos, a idade da mãe será

o dobro da idade da filha. Indique a soma das idades

que a mãe e a filha têm hoje. (Observação: as idades são consideradas em anos.)

A) 61

B) 62

C) 63

D) 64

E) 65

Letra D

Justificativa:

Seja x a idade atual da filha. Então, a idade de hoje da mãe é de x + 28 anos e, em dez anos, filha e mãe terão, respectivamente, x + 10 e x + 28 + 10 = x + 38 anos. Segue que x + 38 = 2(x+10) e x = 18. A soma das idades de mãe e filha, hoje, é 18 + (18+28) = 64 anos.

12. A ilustração a seguir representa uma escada de comprimento 2,5m apoiada em uma parede vertical. A extremidade inferior da escada está a uma distância de 0,7m da parede. Determine a aresta da maior caixa cúbica que pode ser transportada pela região limitada pela escada e pela parede vertical. (Aproxime seu resultado até os centésimos.)

A) 0,50m

B) 0,52m

C) 0,54m

D) 0,56m

E) 0,58m

centésimos.) A) 0,50m B) 0,52m C) 0,54m D) 0,56m E) 0,58m Letra C Justificativa: A medida

Letra C

Justificativa:

A

medida da aresta do cubo, temos, da semelhança entre o triângulo superior e o maior na figura, que 2,4/0,7 = (2,4 – x)/x e daí x = 1,68/3,1 = 0,54m.

distância entre a extremidade superior da escada e

o

5,76 = 2,4 m. Se x é a

piso mede

2 2 2,5 0,7 =
2
2
2,5
0,7
=

13. Um boato se espalha da seguinte maneira: no primeiro dia, apenas uma pessoa tem conhecimento dele; no segundo, ela conta a outras três pessoas, e, a cada dia que passa, todas as pessoas que sabem do boato contam-no para três novas pessoas. Assim, a seqüência formada pelo número de pessoas que sabem do boato, em termos dos dias que passam, é

Em uma cidade com 1,5

milhão de habitantes, quantos dias serão necessários para que todas as pessoas sejam informadas do boato? (Aproxime sua resposta para o menor inteiro maior ou igual ao valor obtido. Dados: use a

dada por 1, 4, 16, 64,

aproximação log 2 (1,5.10 6 ) 20,52.)

A) 12

B) 13

C) 14

D) 15

E) 16

Letra A Justificativa:

Se p n é o número de pessoas que sabem do boato no n – ésimo dia, então, no (n+1) – ésimo dia, elas

contarão o boato a 3p n pessoas e, portanto, p n+1 =

3p n + p n = 4p n . Desde que p 1 = 1, temos p 2 = 4, p 3 =

4 2 , p 4 = 4 3 , , p n = 4 n-1
4 2 , p 4 = 4 3 ,
, p n = 4 n-1 . Queremos saber o menor
valor
de
n para
o
qual
p n
=
4 n-1 ≥ 1,5.10 6 , que
eqüivale a (n - 1)log 2 4 ≥ log 2 (1,5.10 6 ). Segue que n
≥ 20,52/2 +1 11,26.

14. Considere a função f, tendo como domínio o conjunto dos números reais, e dada por

f(x) =

1

+

1

x

2 +

1

Qual das afirmações a seguir acerca de f é incorreta?

A)

B) f(x) > 1 para todo real x.

C) A equação f(x) = 3/2 admite duas raízes reais.

D) f é uma função par.

E) f é uma função injetora.

f(x)

2 para todo real x.

Letra E

Justificativa:

Como x 2 0, para todo x real, temos 1 + x 2 1, 1/(1

+ x 2 )

Uma vez que 1/(1+ x 2 ) > 0 temos f(x) > 1, para todo x real, e B) é correto.

A equação f(x) = 3/2 eqüivale a 1/(1 + x 2 ) = 1/2 ou

x 2 = 1 que tem raízes x = ± 1, portanto, C) é correto.

Desde que f(-x) = 1/(1 + (-x) 2 ) +1= 1/(1 + x 2 ) + 1 = f(x), temos que f é par e D) é correto. Temos que f(-1) = 3/2 = f(1), e daí f não é injetora; logo, E) é incorreto.

1 e f(x) = 1/(1+ x 2 ) +1

2, logo, A) é correto.

15. Na ilustração a seguir, ABCD é um quadrado, M e N são os pontos médios e respectivos dos lados AB e CD, e G e H pertencem à circunferência com centro em M e raio MN.

D N C H G A M B Qual a medida do ângulo GMN? o
D
N C
H
G
A
M B
Qual a medida do ângulo GMN?
o
A) 33
B) 32
o
o
C) 31
D) 30
o
o
E) 29
Letra D
Justificativa:
O triângulo GMH é eqüilátero, pois GM, MH e GH
têm a mesma medida do lado do quadrado. Como
MN é perpendicular à GH, será a bissetriz do ângulo
GMH, que mede 60 o . Logo, GMN mede 30 º .
16. O conjunto solução do sistema
2
x 2 +
y
5
y
2x
=
0

consiste:

A) dos pontos (1,2) e (-1,-2).

B) do segmento com extremos nos pontos (1,2) e

(-1,-2).

C) dos pontos (1,-2) e (1,2).

D) do segmento com extremos nos pontos (0,0) e

(1,2).

E) dos pontos (0,0), (1,2) e (-1,-2).

Letra B Justificativa:

Substituindo y = 2x, na primeira desigualdade, temos

x 2 + 4x 2 ≤ 5 ou x 2 ≤ 1, que tem solução -1 ≤ x ≤ 1. O conjunto solução do sistema é {(x,2x): -1 ≤ x ≤ 1} que representa o segmento com extremos em (1,2) e

(-1,-2).

FÍSICA

Aceleração da gravidade: g = 10 m/s 2

Velocidade da luz: c = 3,0 x 10 8 m/s

Densidade da água: 1,0 x 10 3 kg/m 3

Calor específico do gelo: 0,5 cal/gC

Calor específico da água: 1,0 cal/gC

Calor latente de fusão do gelo: 80 cal/g

Índice de refração do ar: 1,0

17. A UNESCO declarou 2005 o Ano Internacional da Física, em homenagem a Albert Einstein, no transcurso do centenário dos seus trabalhos que revolucionaram nossas idéias sobre a Natureza. A equivalência entre massa e energia constitui um dos resultados importantes da Teoria da Relatividade. Determine a ordem de grandeza, em joules, do equivalente em energia da massa de um pãozinho de 50 g.

A) 10

B) 10

C) 10

D) 10

E) 10

9

11

13

15

17

Letra D

Justificativa:

A

E

E

partir da equação relacionando massa e energia,

= mc 2 , obtemos

= mc 2 = 5,0 x 10 -2 kg x (3,0 x 10 8 m/s) 2 = 4,5 x 10 15 J.

18. Os velejadores costumam consultar a tábua de marés antes de sair ao mar, pois o acesso a várias marinas depende do nível da maré. O gráfico abaixo mostra aproximadamente o comportamento da altura (nível) H da maré, em metros, em função do tempo t, em horas, em um dado intervalo de tempo. No intervalo de tempo entre 6,0 h e 12,0 h, calcule o módulo da velocidade média, em m/h, com que a maré está baixando.

H (m) 1,50 1,00 0,50 0 0 1,0 3,0 5,0 7,0 9,0 11,0 t (h)
H (m)
1,50
1,00
0,50
0
0 1,0
3,0
5,0
7,0
9,0
11,0
t (h)
A) 0,75

B) 0,60

C) 0,55

D) 0,30

E) 0,25

Letra E

Justificativa:

A definição de velocidade média é v média = H/ t . Assim, v média = (0 – 1,5)/(12 – 6,0) = 0,25 m/h.

19. Um ginasta de cama elástica precisa planejar cada movimento que será realizado enquanto estiver em vôo. Para isso, ele gostaria de calcular de quanto tempo irá dispor para realizar cada movimento. Desprezando a resistência do ar e sabendo que a altura máxima atingida pelo atleta é 5 m, calcule o tempo total de vôo do atleta, em segundos.

A) 1

B) 2

C) 3

D) 4

E) 5

Letra B

Justificativa:

Escrevendo a equação de Torricelli v 2 = v 0 2 – 2gh

 

0 2 = v 0 2 – 2

10

5

v 0 = 10 m/s. Como v = v 0

gt

t subida = (v - v 0 )/-g = -10/-10 = 1 s. Porém t subida =

t descida , logo t total = 2 s.

20. A figura abaixo mostra um bloco de peso P = 10 N suspenso por duas molas de massas desprezíveis e constantes elásticas k 1 = 500 N/m e k 2 = 200 N/m. Logo, podemos afirmar que as elongações das molas 1 e 2 são, respectivamente:

k 1 k 2 P
k
1
k
2
P

A) x 1 = 2,0 cm e x 2 = 5,0 cm

B) x 1 = 1,0 cm e x 2 = 2,5 cm

C) x 1 = 5,0 cm e x 2 = 2,0 cm

D) x 1 = 2,5 cm e x 2 = 1,0 cm

E) x 1 = 2,0 cm e x 2 = 1,0 cm

Letra A

Justificativa:

A força responsável pela elongação das molas é o peso P do bloco; portanto:

 

P

 

10 N

2 m

 

P

=

k .x

1

1

x

1 =

k

1

=

500 N / m

=

2,0

x

10

=

2,0 cm.

P

 

k

 

P

10 N

5,0

 

10

2 m

 

5,0 cm.

=

2

.x

2

x

2

=

=

=

x

=

k

2

200 N / m

21. Devido a um vento lateral, a força de resistência do ar que atua sobre um pequeno foguete, em um dado instante t 0 durante a subida, é F ar = 10 N (ver figura). Nesse instante, a massa do foguete é m = 6,0 kg. A força de empuxo do motor atua na vertical e tem módulo igual a F M = 137 N. Calcule a componente da aceleração do foguete, em m/s 2 , na direção vertical.

30º F ar
30º
F
ar

A) 4,0

B) 8,0

C) 12

D) 16

E) 20

Letra C

Justificativa:

Pela segunda lei de Newton, tem-se que F y = ma y

sen (30) = ma y

F M – P – F ar

a y = 12 m/s 2 .

22. Um rapaz puxa, por 3,0 m, um caixote, aplicando uma força, F = 50 N, com direção oblíqua em relação à horizontal (ver figura). O caixote se desloca com velocidade constante e em linha reta. Calcule o trabalho realizado pela força de atrito sobre o caixote, ao longo do deslocamento, em joules.

F 60º A) - 25
F
60º
A) - 25

B) - 30

C) - 50

D) - 75

E) - 90

Letra D Justificativa: Pela segunda lei de Newton, tem-se que F cos (60∞) – F
Letra D
Justificativa:
Pela
segunda
lei
de
Newton,
tem-se
que
F
cos (60∞) – F atrito = 0
F atrito = 25 N e o trabalho é =
d =
75 J.
F atrito

23. Um esqueitista inicia uma prova no ponto A da pista mostrada na figura. Ele desce a pista após uma impulsão inicial, que faz com que atinja a altura

máxima do seu trajeto no ponto B da pista. Desprezando qualquer atrito, calcule a velocidade inicial devido à impulsão, em m/s.

B A h B = 5,0 m h A = 3,2 m
B
A
h B =
5,0 m
h A = 3,2 m

A) 2,0

B) 3,0

C) 4,0

D) 5,0

E) 6,0

Letra E

Justificativa:

Pela conservação da energia mecânica, tem-se que

E mec (A) = E mec (B)

mv 0 2 /2 + mgh A = mgh B v 0 = 6,0 m/s.

24. Um bloco de massa m = 100 g oscila ao longo de uma linha reta na horizontal, em movimento harmônico simples, ligado a uma mola de constante elástica k = 1,6 x 10 2 N/m. Um gráfico da posição x do bloco em função do tempo t é mostrado na figura abaixo.

x (cm) +5,0 0 0,08 0,16 0,24 0,32 t (s) -5,0
x (cm)
+5,0
0
0,08
0,16
0,24
0,32
t (s)
-5,0

Determine a aceleração máxima do bloco, em m/s 2 .

A) 10

B) 20

C) 40

D) 60

E) 80

Letra E Justificativa: Temos que k m Da figura vemos que a elongação máxima é
Letra E
Justificativa:
Temos que
k
m
Da figura vemos que a elongação máxima é igual a
5,0 cm. Portanto:
160 N / m
2
2
=
x 5,0 x 10
m
=
80 m / s
a máxima
0,1 kg

F

máxima

= k.x

máximo

F máxima = k.x máximo a máxima = x máximo

a

máxima

=

x máximo

26. Uma barra de gelo de 200 g, inicialmente a -10 ° C, é usada para esfriar um litro de água em uma garrafa térmica. Sabendo-se que a temperatura final de equilíbrio térmico é 10 ° C, determine a temperatura inicial da água, em ° C. Despreze as perdas de calor para o meio ambiente e para as paredes da garrafa.

A) 29

B) 28

C) 27

D) 26

E) 25

Letra A Justificativa: O calor absorvido pelo gelo é dado por Q = m c
Letra A
Justificativa:
O calor absorvido pelo gelo é dado por
Q
= m
c
t
+ m
L
+ m
c
t
g
g
1
g fusão
g
ag
2
,
onde
t
=
t
=
10 C
1
2
Q = 200g x (0,5cal/g°C x 10 °C + 80cal/g + 1,0 cal/g
°C x 10°C) = 1,9 x 10 4 cal = 19 kcal.
Esta quantidade de calor é liberada pela água para
diminuir
a sua temperatura, de uma quantidade, em
t
módulo,
igual a
. Então, podemos escrever a
ag
equação:
1,9 x 10
4 cal
Q
= m
C
t
t
=
=
19 C
ag
ag
ag
ag
3
10
g x 1,0 cal / g C
Portanto,
a
temperatura
inicial
da
água
é
t
= t
+
t
t
=
29 C.
inicial
final
inicial

27. Duas fontes S 1 e S 2 , separadas pela distância D = 3,0 m, emitem, em fase, ondas sonoras de comprimento

de onda . Um ouvinte, ao se afastar da fonte S 2 , percebe o primeiro mínimo de interferência quando se encontra no ponto P, a uma distância L = 4,0 m desta

fonte (ver figura). Qual o valor de , em metros? 25. Uma certa quantidade de
fonte (ver figura). Qual o valor de , em metros?
25. Uma certa quantidade de água é bombeada com
velocidade constante para uma caixa d’água com
capacidade de 15 mil litros, através de tubulações de
área de seção reta uniforme A = 2,5 x 10 -3 m 2 .
Sabendo-se que, para encher completamente essa
caixa, são necessários 50 minutos, qual é a
velocidade de escoamento da água, em m/s?
P
L = 4,0 m
S 1
S 2
A) 1,0
B) 1,5
C) 2,0
D = 3,0 m
D) 2,5
E) 3,0
A) 5,0
B) 4,0
Letra C
C) 3,0
D) 2,0
Justificativa:
E) 1,0
Num intervalo de tempo t, o volume d’água
bombeado é igual a
Letra D
3
Volume
15 m
Justificativa:
Volume
=
Av
t
v
=
=
=
2,0 m/ s
A
t
3
2
3
2,5x10
m
x 3,0x10 s
Os
mínimos de interferência
ocorrem
quando: a
diferença de caminho ( s) = múltiplo de meios
comprimento de onda.
O
primeiro mínimo ocorre em
s
=
/2.
Da figura,
temos:
2
2
2
2
s
=
D
+
L
L
=
3
+
4
4
=
1 m
=
2
m.

28. Um dispositivo composto por três blocos de vidro com índices de refração 1,40, 1,80 e 2,0 é mostrado na figura. Calcule a razão t A /t B entre os tempos que dois pulsos de luz (“flashes”) levam para atravessarem este dispositivo.

1

1,46

1

1,47

D) cos

E) cos

=

=

Letra E L L Pulso A Justificativa: O ângulo entre o feixe incidente e a
Letra E
L
L
Pulso A
Justificativa:
O
ângulo entre o
feixe incidente
e
a normal
à
1,40
1,80
superfície AB é ( 2
). Aplicando a lei de Snell à
Pulso B
2,0
superfície
AB,
obtemos
n sen
=
1
para
2
reflexão total.
.
1
Erro: Origem da referência não encontrado
Daí obtemos
cos
=
. A partir do gráfico temos
A) 0,8
n
B) 1,0
que
n = 1,47
para
=
400
nm
e,
portanto:
C) 1,3
1
D) 1,5
cos
=
E) 1,6
1,47

30. Duas esferas metálicas idênticas, com cargas Q e 3Q,

estão separadas por uma distância D, muito maior que

o raio das esferas. As esferas são postas em contato,

sendo posteriormente recolocadas nas suas posições iniciais. Qual a razão entre as forças de repulsão que

atuam nas esferas depois e antes do contato?

A) 1/3

B) 4/3

C) 3/2

D) 2/3

E) 5/3

Letra A Justificativa: L L L t A = + = 3,2 O pulso A
Letra A
Justificativa:
L L
L
t A =
+
=
3,2
O pulso A levará o tempo
,
c 1,4
c /1,8
c
onde c é a velocidade da luz no vácuo. O pulso B
2L
L
c / 2
c
t
4
B

levará o tempo

t B =

=

4

.

A razão

t 3,2 =

A será

0,8 .

29. Um feixe de luz de comprimento de onda = 400 nm, paralelo à superfície
29. Um feixe de luz de comprimento de onda = 400 nm,
paralelo à superfície BC de um prisma de vidro, incide
na superfície AB, como mostrado na figura. O índice
Letra B
Justificativa:
Inicialmente
a
força
entre
as
esferas
será
de refração do vidro depende de , como indicado no
2
3Q
gráfico abaixo. O maior valor possível do ângulo ,
para que o feixe seja totalmente refletido na superfície
AB, é tal que
F
= k
. Após as duas esferas se tocarem, as
0
2
D
Q
+ 3Q =
cargas em ambas serão iguais a
2Q .
2
Erro: Origem da referência não encontrado
Posteriormente, quando elas forem posicionadas na
1.48
2
(2Q)
distância D, a força de repulsão será
F = k
.
2
D
F
4
Portanto
=
F
3
1.47
0
1.46
31. No circuito da figura, a corrente é 1,6 A quando a
chave Ch está aberta. A resistência do amperímetro é
desprezível. Qual será a corrente no amperímetro,
em ampères, quando a chave estiver fechada?
V
Ch
12
1.45
300
350
400
450
500
550
600
650
700
750
Comprimento de onda, (nm)
2,0
12
1
A
A) sen
=
1,45
1
B) sen
=
A)
0,6
1,46
B)
0,8
1
C)
1,4
C) sen
=
1,47
D)
1,8
Índice de refra ão

E) 2,3

Letra C Justificativa: A corrente no amperímetro com a chave aberta é V Quando a
Letra C
Justificativa:
A corrente no amperímetro com a chave aberta é
V
Quando a chave estiver fechada, o circuito é
equivalente ao circuito
6,0
2,0
A
corrente
através
da
bateria
será
V 14i
A
i
=
=
. Como as duas resistências de
6,0
+ 2,0
8,0
12 estarão ligadas em paralelo, a corrente que vai
i
passar no amperímetro será
2
que i
=
1,6A , obtemos i
= 1,4 A.
A
A

i A

=

12

+ 2,0

; portanto,

V = 14i

A

.

i A

=

. Considerando

32. Uma partícula com carga q = 3,2 x 10 -19 C e massa m = 3,2 x 10 -30 kg desloca-se em uma região de campo magnético uniforme com B = 0,05 T, descrevendo uma trajetória circular de raio r = 5,0 mm. Determine a velocidade da partícula em m/s.

A) 1,2 x 10 7

B) 1,5 x 10 7

C) 2,3 x 10 7

D) 2,5 x 10 7

E) 3,2 x 10 7

Letra D

Justificativa:

A força magnética será perpendicular à trajetória e

atuará como força centrípeta. Portanto:

qVB

=

2

mV / r . Substituindo os valores numéricos

dados, se determina V = 2,5 x 10 7 m/s.

Química

Letra E

Justificativa:

A reação (I) é de fusão nuclear. A reação (II) está

incorreta, como informado na afirmativa (2). A afirmativa (3) está correta.

34.

O ácido ascórbico, mais conhecido por vitamina C, é

uma substância que apresenta atividade redox. Sendo

o potencial de redução do ácido ascórbico, em pH 7,

igual a 0,06 V, podemos compará-lo com outras substâncias conhecidas, cujos potenciais de redução a pH 7 são também apresentados:

O 2 (g)

+

4e

-

+

4H + (aq)

 

2H 2 O(l)

E = 0,816 V

Fe 3+ (aq) +

e -

Fe 2+ (aq)

E = 0,77 V

2H + (aq) + 2e -

 

H 2 (g)

E = - 0,42 V

Com base nessas informações, podemos afirmar que o ácido ascórbico deve ser capaz de:

A) reduzir o íon Fe 3+ .

B) oxidar o íon Fe 2+ .

C) oxidar o O 2 .

D) reduzir a água.

E) oxidar o íon H + .

Letra A

Justificativa:

O ácido ascórbico é uma agente redutor, por causa

do seu baixo potencial de redução. Das espécies citadas nas alternativas, somente o Fe 3+ pode ser reduzido.

35. Sobre alguns aspectos relacionados aos elementos químicos, analise as afirmativas abaixo.

1)

Elementos com baixo número de elétrons de valência tendem a formar ligações covalentes com elementos de elevado número de elétrons de valência.

2)

Elementos gasosos se localizam geralmente na parte central da tabela periódica, pois estes elementos possuem orbitais d semipreenchidos.

3)

Um elemento facilmente ionizável deve possuir um elevado número atômico e um baixo número de elétrons de valência.

Está(ão) correta(s) apenas:

33. Os elementos químicos conhecidos foram, em sua maioria, sintetizados através de processos nucleares que ocorrem em estrelas. Um exemplo está mostrado na seqüência de reações abaixo:

A) 3

B) 2

C) 1

D) 1 e 2

E) 2 e 3

I) +

 

He

4

He

4

Be 8

 

Letra A

Be

8

He

3

C 12

+

 
 

Justificativa:

A

afirmativa (1) e apropriada para ligações iônicas. A

1)

São reações de fissão nuclear.

afirmativa (2) está completamente errada, pois

2)

Na reação (II), deveria estar escrito He 4 no lugar de He 3 .

elementos com orbitais d semipreenchidos são metálicos, e os gasosos se localizam no lado direito

3)

He 3 e He 4 são isótopos.

 

da

tabela periódica.

II) +

Destas reações, podemos afirmar que:

Está(ão) correta(s):

A) 1, 2 e 3

B) 1 apenas

C) 3 apenas

D) 1 e 2 apenas

E) 2 e 3 apenas

36. Uma mistura é constituída de areia, óleo, açúcar e sal de cozinha. A melhor seqüência experimental para separar essa mistura em seus constituintes puros é:

A) destilação do óleo, filtração da areia, dissolução do sal e do açúcar em água.

B) dissolução do açúcar e do sal em água, filtração da areia, decantação do óleo, recristalização fracionada da fase aquosa.

C) filtração, dissolução do açúcar e do sal em água, decantação do óleo e destilação da fase aquosa.

D) destilação do óleo, dissolução do sal e do açúcar em água e separação da areia por filtração.

E) filtração do óleo e simples catação dos componentes da fase sólida.

Letra B

Justificativa:

As demais alternativas não permitem a separação entre o açúcar e o sal.

37. No tocante a ligações de hidrogênio, é correto afirmar que:

A) ligações de hidrogênio ocorrem somente entre moléculas e nunca dentro de uma mesma molécula.

B) o ponto de fusão da água é menor que o do sulfeto de hidrogênio, por conta das ligações de hidrogênio, que são muito intensas na molécula de água.

C) ligações de hidrogênio têm a mesma energia que uma ligação covalente simples.

D) ligações de hidrogênio podem influenciar na densidade de uma substância.

E) átomos de hidrogênio ligados covalentemente a átomos de oxigênio não podem participar de ligações de hidrogênio.

Letra D

Justificativa:

Existem ligações de hidrogênio dentro de uma mesma molécula (o que invalida a alternativa A). O ponto de fusão da água é maior que o do sulfeto de hidrogênio. A energia de ligação de hidrogênio é inferior a uma ligação covalente típica. Átomos de hidrogênio ligados a átomos de oxigênio realizam ligações de hidrogênio. A alternativa D está correta, pois ela é um típico exemplo da importância das ligações de hidrogênio, que alteram, por exemplo, a densidade da água, próxima ao ponto de fusão, tornando o gelo menos denso que a água líquida.

38. O éter etílico (CH 3 CH 2 OCH 2 CH 3 ), apesar de tóxico, já foi muito usado como anestésico local por esportistas, pois alivia rapidamente dores causadas por torções ou impactos (pancadas). Ao entrar em contato com a pele, o éter evapora rapidamente, e a região que entrou em contato com o líquido resfria-se (fica “gelada”). Sobre a situação descrita acima, é incorreto afirmar que:

A) o éter etílico é um líquido de alta pressão de vapor.

B) o fato de o corpo de uma pessoa que está em atividade física estar mais quente que o corpo de uma pessoa em repouso contribui para uma evaporação mais rápida do éter.

C) o éter etílico é um líquido volátil.

D) ocorre transferência de calor do líquido para o corpo do atleta.

E) o etanol também poderia ser utilizado para a mesma finalidade, mas sem a mesma eficiência.

Letra D

Justificativa:

Na verdade, a transferência de calor ocorre do corpo do atleta para o líquido (éter).

39. Uma amostra mineral contendo magnetita (Fe 3 O 4 ) foi analisada dissolvendo-se 0,928g de amostra em HCl

concentrado. Obteve-se uma mistura contendo íons ferro nos estados de oxidação II e III. A esta solução, adicionou-se HNO 3 suficiente para oxidar todo o Fe 2+ a Fe 3+ , que foi, em seguida, precipitado como Fe(OH) 3 pela adição de NH 3 . O hidróxido de ferro III foi, então, submetido a um tratamento térmico que originou 0,480

g de Fe 2 O 3 puro.

Qual é a porcentagem em massa de magnetita na amostra? (Dados: massas molares em g mol -1 : Fe = 56; O = 16;

H = 1; N = 14)

A) 50%

B) 60%

C) 55%

D) 25%

E) 75%

Letra A

Justificativa:

As massas molares dos óxidos de ferro Fe 3 O 4 e

Fe 2 O 3 são 232 g mol -1 e 160 g mol -1 respectivamente.

A

reação envolvida no processo é:

2

Fe 3 O 4

3 Fe 2 O 3

Se 0,480 g de Fe 2 O 3 são obtidos, teremos:

2

Fe 3 O 4

3 Fe 2 O 3

2

x 232 g mol -1 ------- 3 x 160 g mol -1

x g

------- 0,480 g

x = 0,464 g, que é a massa de magnetita na amostra inicial e que corresponde à metade da massa da amostra mineral analisada (0,928 g). Portanto, 50,00% da amostra mineral é composta por magnetita.

40. Foram adicionados 2,5 x 10 -3 mols de Ag + em 100mL de uma solução 0,1 mol L -1 de cloreto de sódio. O NaCl apresenta uma solubilidade em água de aproximadamente 36 g /100 mL, e o produto de solubilidade do cloreto de prata (AgCl) é 1,8 x 10 -10 . Considerando esses dados, analise as afirmações abaixo.

1)

Haverá a formação de um precipitado.

2)

A solução inicial é condutora, mas torna-se isolante após a adição de Ag + .

3)

A quantidade de precipitado é limitada pela concentração de íons Ag + .

4)

O cloreto de prata é um sal pouco solúvel.

5)

Será formado, aproximadamente, 7,5 x 10 -3 mol de produto.

Está(ão) correta(s) apenas:

A) 2 e 5

B) 1, 2 e 3

C) 5

D) 1, 3 e 4

E) 1 e 4

Letra D

Justificativa:

A alternativa 1 está correta. [Ag + ] = 2,5 x 10 -2 mol L -1

e [Cl - ] = 0,1 mol L -1 . O produto entre esses valores será 2,5 x 10 -3 , que é maior que o produto de solubilidade do AgCl, levando à sua precipitação.

A alternativa 2 está errada: se a solução contém íons

deverá ser condutora. A precipitação de AgCl não remove todos os íons da solução.

A opção 3 está correta: Ag + e Cl - reagem na

proporção de 1 mol:1 mol para formar o AgCl. Nos

100 mL da solução existem 2,5 x 10 -3 mols de Ag + e 0,01 mol de Cl - ; portanto, o Ag + é o reagente limitante.

A opção 4 é verdadeira: o K ps de 1,8 x 10 -10 é

pequeno.

A opção 5 está incorreta. Considerando que estão

disponíveis no sistema 2,5 x 10 -3 mols de Ag + , se toda a prata precipitar, haverá formação de 2,5 x 10 -3 mols de AgCl.

41. Sabe-se que o íon hipoclorito pode se combinar com a água, originando uma reação ácido-base, cuja constante de equilíbrio é 3,0 x 10 -7 . Considere as afirmações abaixo.

1)

Soluções de NaClO são alcalinas.

2)

O íon hipoclorito é um ácido fraco.

3)

O HClO é o ácido conjugado ao ClO - .

4)

A concentração de ClO - em uma solução de NaClO 0,30 mol L -1 será menor que 0,30 mol L -1 .

Estão corretas apenas:

A) 1, 2 e 3

B) 2 e 3

C) 2 e 4

D) 1, 3 e 4

E) 1 e 3

Letra D

Justificativa:

1. Verdadeiro: ClO - + H 2 O

2. Falso: o íon hipoclorito é uma base fraca.

3. Verdadeiro

4. Verdadeiro: apesar de o equilíbrio estar deslocado

para a esquerda, certa quantidade de ClO - será

convertida a HClO.

HClO + OH -

42. O alumínio metálico pode ser obtido por processo eletroquímico, no qual o íon Al 3+ é convertido a alumínio metálico. Se uma unidade montada com esta finalidade opera a 100.000 A e 4 V, qual será a massa do metal obtida após 50 minutos de operação? (Dados: constante de Faraday: 96.500 C mol -1 , Al = 27 g mol -1 ).

A) 3,0 x 10 8 g

B) 2,8 x 10 4 g

C) 27,0 g

D) 8.100 g

E) 8,1 x 10 6 g

Letra B Justificativa: q = I x t q = 100.000 x 3.000 = 3
Letra B
Justificativa:
q = I
x t
q = 100.000 x 3.000 = 3 x 10 8 C
Reação: Al 3+ (aq) +
3e -
Al (s)
27g
--- 3 x 96.500 C
x g
---
3 x 10 8 C
x = 2,8 x 10 4 g

43. A reação de decomposição da amônia gasosa foi realizada em um recipiente fechado:

2NH 3

A tabela abaixo indica a variação na concentração de reagente em função do tempo.

N 2 + 3 H 2

Concentração de NH 3 em mol L -1

8,0

6,0

4,0

1,0

Tempo em horas

0

1,0

2,0

3,0

Qual é a velocidade média de consumo do reagente nas duas primeiras horas de reação?

A) 4,0 mol L -1 h -1

B) 2,0 mol L -1 h -1

C) 10 km h -1

D) 1,0 mol L -1 h -1

E) 2,3 mol h -1

Letra B

Justificativa:

Nas duas primeiras horas, são consumidos 4,0 mols de amônia por litro. Logo, a velocidade média é de 2,0 mol L -1 h -1 .

44. Uma solução composta por duas colheres de sopa de açúcar (34,2 g) e uma colher de sopa de água (18,0 g) foi preparada. Sabendo que: MM sacarose = 342,0 g mol -1 , MM água = 18,0 g mol -1 , Pf sacarose = 184 °C e Pf água = 0 °C, podemos dizer que:

1)

A água é o solvente, e o açúcar o soluto.

2)

O açúcar é o solvente, uma vez que sua massa é maior que a da água.

3)

À temperatura ambiente o açúcar não pode ser considerado solvente por ser um composto sólido.

Está(ão) correta(s):

A) 1 apenas

B) 2 apenas

C) 3 apenas

D) 1 e 3 apenas

E) 1, 2 e 3

Letra D

Justificativa:

Em uma solução, o solvente está em maior quantidade, e o soluto em menor quantidade. A alternativa (1) está correta uma vez que a solução descrita apresenta 1,0 mol de água e 0,1 mol de açúcar. Conseqüentemente, a alternativa (2) está incorreta. A alternativa (3) está correta, pois sendo um sólido, o açúcar não é capaz de formar uma mistura homogênea com a água, ou seja, uma solução.

45. O biodiesel é uma alternativa de combustível renovável bastante interessante para o Nordeste, tendo em vista as condições climáticas favoráveis para a produção do óleo de mamona. Os reagentes para produção do biodiesel estão descritos na reação abaixo. Em relação à produção do biodiesel, analise a reação seguinte e assinale a alternativa correta.

O O CH 2 C O O CH 2 C O O CH 2 C
O
O
CH 2
C
O
O
CH 2
C
O
O
CH 2
C

R

R

R

+ 3 M eOH

O O CH 2 C O O CH 2 C O O CH 2 C R

Produtos

A) Os principais produtos obtidos na reação para produção do biodiesel são ácidos graxos.

B) A reação para obtenção do biodiesel é chamada de saponificação.

C) A reação para produção de biodiesel é chamada de transesterificação, na qual são formados ésteres de cadeia R longa.

D) Somente o óleo de mamona pode ser utilizado na produção de biodiesel.

E) O metanol não reage com óleos (triglicerídeos) vegetais.

Letra C

Justificativa:

As alternativas (A), (B) e (E) estão incorretas, uma vez que a reação descrita para obtenção do biodiesel é uma reação de transesterificação; portanto, o produto deverá ser um éster. A alternativa (D) está incorreta, pois diversos óleos (triglicerídeos) podem ser utilizados como fonte para a obtenção do biodiesel, dependendo apenas do custo-benefício.

46. A

L-

ascórbico, é comercializada a partir do composto mostrado abaixo. Sobre a vitamina C comercial, é incorreto afirmar o que segue.

Vitamina

C,

também

conhecida

como

ácido

HO OH O O
HO
OH
O
O

OH

OH

Vitamina C (comercial)

A) Não é um ácido, mas sim um composto cíclico insaturado com anel de cinco membros.

B) No pH do estômago, ocorre a abertura do anel de cinco membros e a formação do ácido ascórbico, descrito abaixo:

OH HO OH O OH OH OH
OH
HO
OH
O
OH
OH
OH

C) Apresenta quatro hidroxilas.

D) Apresenta carbonos sp, sp 2 e sp 3 .

E) Apresenta dois carbonos assimétricos.

Letra D

Justificativa:

As alternativas (A), (B), (C) e (E) estão corretas, uma vez que a vitamina C comercial apresenta um anel de cinco membros contendo uma insaturação, sofre uma reação de abertura do anel em pH ácido, gerando o ácido ascórbico, apresenta quatro hidroxilas e dois carbonos assimétricos. A alternativa (D) está incorreta, pois a vitamina C comercial apresenta apenas carbonos sp 3 e sp 2 .

47. O óleo de soja, comumente utilizado na cozinha, contém diversos triglicerídeos (gorduras), provenientes de diversos ácidos graxos, dentre os quais temos os mostrados abaixo. Sobre esses compostos, podemos afirmar que:

CH 3 (CH 2 ) 16 COOH

(1 )

CH 3 (CH 2 ) 7

H

(CH 2 ) 7 COOH

COOH (1 ) CH 3 (CH 2 ) 7 H (CH 2 ) 7 COOH H

H

(2)

CH 3 (CH 2 ) 7

(CH 2 ) 7 COOH

CH 3 (CH 2 ) 7 (CH 2 ) 7 COOH H H

H H

(3 )

CH 3 (CH 2 ) 4 H
CH 3 (CH 2 ) 4
H
CH 2 (CH 2 ) 7 COOH H H H
CH 2
(CH 2 ) 7 COOH
H H
H

(4 )

A) o composto 1 é um ácido carboxílico de cadeia insaturada.

B) Os compostos 2 e 3 são isõmeros cis-trans.

C) o composto 2 é um ácido graxo de cadeia aberta contendo uma dupla ligação (cis).

D) o composto 3 é um ácido graxo de cadeia fechada contendo uma insaturação (cis).

E) o composto 4 é um ácido carboxílico de cadeia aberta contendo duas duplas ligações conjugadas entre si.

Letra B

Justificativa:

Apenas a resposta (B) está correta, pois o composto 1 é um ácido carboxílico de cadeia saturada; o composto 2 apresenta uma dupla ligação trans; o composto 3 apresenta uma cadeia aberta; o composto 4 contém duas duplas não conjugadas; 2 e 3 são isômeros cis-trans.

48. Diversas substâncias orgânicas são responsáveis pelos odores, os quais, na maioria dos casos, estão diretamente relacionados ao processo de reprodução de plantas (odor de flores e frutas), insetos (feromônios) e animais. Observe as estruturas abaixo e indique a alternativa que apresenta a nomenclatura correta.

CH 3

OH

CH 3 CHCH 2 CHCH=CHCH 3

feromônio praga do coqueiro (Rhynchophor us palmarum)

O CH 3 CH 2 CH 2 C OCH 2 (CH 2 ) 3 CH
O
CH 3 CH 2 CH 2 C
OCH 2 (CH 2 ) 3 CH 3
aroma do morango
CH 3
CH 3
O
CH 3 C=CHCH 2 CH 2 C=CHC
H
feromônio de trilha da formiga
(Trigona subterranea)

A) 6,6-dimetil-2-hexen-4-ol, pentanoato de butila,

3,7-dimetil-2,6-octadienal.

B) 6-metil-2-hepten-4-ol, butanoato de pentila, 3,7-

dimetil-2,6-octadienal.

C) 2-octen-4-ol, butanoato de pentila, 2,6- decadienal.

D) 6-metil-2-hepten-4-ol, pentanoato de butila, 3,7-

dimetil-2,6-octadienal.

E) 6,6-dimetilexen-4-ol, butanoato de pentila, 2,6- decadienal.

Letra B

Justificativa:

A nomenclatura correta dos compostos acima, segundo as regras da IUPAC, são: 6-metil-2-hepten- 4-ol, butanoato de pentila, 3,7-dimetil-2,6-octadienal.

Biologia

49. Analise a figura e assinale a alternativa que indica: 1) um centro de acondicionamento de moléculas; 2) um corpúsculo denso, não delimitado por membrana, rico em um tipo de RNA que comporá os ribossomos, e 3) uma organela de armazenagem geral e preenchimento da célula, importante nos fenômenos osmóticos, nesta ordem.

1 3 2 A) vacúolo, retículo endoplasmático e nucléolo.
1
3
2
A) vacúolo, retículo endoplasmático e nucléolo.

B) retículo endoplasmático liso, polissomos, complexo de Golgi.

C) complexo de Golgi, nucléolo e vacúolo central.

D) lisossomo, complexo de Golgi e peroxissomos.

E) vacúolo digestivo, polissomos e lisossomos.

Letra C

Justificativa:

O Complexo de Golgi é uma organela celular que tem como uma de suas funções o armazenamento. Na região organizadora do nucléolo, há genes responsáveis pela síntese de RNA ribossômico, que comporá o nucléolo. Esse RNA ribossômico irá se associar a proteínas e dar formação aos ribossomos. Os vacúolos de suco celular são exclusivos de células vegetais. Numerosos e pequenos nas células jovens, fundem-se em um único, grande e bem desenvolvido, à medida que a célula cresce. Em seu interior, há uma solução aquosa de várias substâncias, como sais, carboidratos e proteínas.

50. No esquema abaixo está representado um fenômeno X. Esse fenômeno ocorre numa determinada fase da divisão de certas células. Assinale a alternativa que indica: o fenômeno X, a fase da divisão e o tipo de divisão celular em questão.

X X
X X
X
X
X X

A) recombinação, prófase, mitose.

B) permutação, prófase I, meiose.

C) quiasma, metáfase, meiose.

D) permuta, anáfase II, meiose.

E) permutação, interfase, meiose.

Letra B

Justificativa:

O fenômeno é o da permutação genética. Ele pode

ser observado na prófase I (quando a célula está em

paquíteno) da divisão meiótica.

51. O fenômeno mostrado na figura é denominado:

C G T A A T C G T A C G G A T
C
G
T
A
A
T
C
G
T
A
C
G
G
A
T
A
C
G
G
G
C
C
T
A
A
A
U
T
G
C
C
C
G
G
A
U
T
T
A
A
T
G
C
T
A
G
C
T
A
T
A

A) duplicação do DNA.

B) transcrição gênica.

C) tradução do RNA viral.

D) permutação genética.

E) reparo do DNA viral.

Letra B

Justificativa:

É mostrado o processo da transcrição gênica. O

trecho da molécula de DNA, com a informação genética a ser transcrita, sofre abertura e começa o pareamento entre os nucleotídeos do DNA e os

nucleotídeos do RNA, dando formação à molécula de RNA

52. Analise o quadro abaixo e assinale a alternativa que

indica a probabilidade de obter-se, a partir do cruzamento de indivíduos F1, quatro descendentes, todos
indica a probabilidade de obter-se, a partir do
cruzamento de indivíduos F1, quatro descendentes,
todos de fenótipo cinza.
Geração
P
Gametas
g
produzidos pela
G
geração P
Geração
Todos são Gg
F 1
F 1 x F 1
Geração
F 2

A) 81/256.

B) 27/64.

C) 1/256.

D) 1/64.

E) 1/1024.

Letra A

Justificativa:

Como mostrado na figura, 3/4 é a probabilidade do

nascimento de animal de coloração cinza na F2, a

partir da F1 exemplificada. Para um total de quatro

descendentes, todos de coloração cinza, a

probabilidade é dada por (3/4) 4 , ou seja, 81/256.

53. Os animais pertencentes a diferentes espécies podem ser classificados em gêneros, em famílias, em ordens, em classes e em filos. Considerando esse critério, correlacione as afirmativas 1, 2, 3 e 4 com quatro animais entre os ilustrados na figura abaixo.

2) 3) 1) 4) 5) 7) 6)
2)
3)
1)
4)
5)
7)
6)
 

1)

Animal pertencente ao filo Arthropoda, do qual fazem parte, também, as abelhas, as baratas, as borboletas, as pulgas e os gafanhotos.

2)

Animal cordado, pertencente ao mesmo filo que os lagartos, as cobras e os jacarés; e que constituem os primeiros vertebrados adaptados ao meio terrestre.

3)

Animal invertebrado que, assim como as ostras, os mariscos, os polvos e as lulas, pertencem a um mesmo filo.

4)

Animal invertebrado, alongado, pertencente ao filo Nematoda, ao qual também pertencem os vermes causadores do amarelão e da elefantíase.

Os

animais que

correspondem,

respectivamente,

ao

descrito em 1, 2, 3 e 4 são:

A) 1, 2, 3 e 4.

B) 1, 4, 5 e 7.

C) 3, 4, 5 e 7.

54. O ciclo vital de uma verminose muito difundida no mundo, com milhões de casos
54. O ciclo vital de uma verminose muito difundida no
mundo, com milhões de casos no Brasil, é
apresentado na figura abaixo. Assinale a alternativa
que indica tal verminose.
Hospedeiro
Fêmeas
definitivo
adultas
Cercárias
ovos
Esporócitos
Miracídios
H
d
i
I
t
diá i
Á

A) Cercariose.

B) Teníase.

C) Esquistossomose.

D) Cisticercose.

E) Hidatose.

Letra C

Justificativa:

Com as fezes da pessoa parasitada (hospedeiro definitivo), os ovos chegam ao meio ambiente e podem atingir locais de água doce, como lagoas, reservatórios etc. O miracídio, uma larva ciliada, originada a partir do ovo, se locomove ativamente e pode penetrar no corpo de um caramujo planorbídeo. Nas vísceras do caramujo, a larva se transforma em uma pequena cápsula (esporocisto). Dentro desta cápsula, surgem milhares de novas larvas, as cercárias. Estas larvas, após deixarem o caramujo (hospedeiro intermediário), podem penetrar na pele humana.

55. Com relação à regulação da digestão humana, é correto afirmar que:

D) 1, 3, 5 e 6.

A) quando o alimento chega ao estômago, células

E) 4, 5, 6 e 7.

da parede estomacal produzem o hormônio enterogastrona.

Letra B

Justificativa:

B) o alimento acidificado, que chega ao duodeno, estimula a produção dos hormônios gastrina e mucina.

O

escorpião é o animal que corresponde ao que se

afirma em I. Pertence ao filo Arthropoda, que inclui

C) enquanto o hormônio colecistocinina estimula a produção de suco pancreático, o hormônio secretina estimula a produção de suco entérico.

o grupo de insetos, ao qual pertencem animais como besouros, abelhas, baratas, borboletas, pulgas e

gafanhotos, esses distribuídos em diferentes ordens.

D) a presença de gorduras no quimo estimula células da parede duodenal a produzirem o hormônio colecistocinina.

A

tartaruga, o caracol e a lombriga são os animais

que correspondem, respectivamente, a 2, 3 e 4.

E) quando uma porção de alimento sai do duodeno, há aumento do hormônio enterogastrona, e outra porção de quimo é liberada do estômago.

Letra D

Justificativa:

Os alimentos gordurosos estimulam a parede do duodeno a produzir o hormônio colecistocinina, como consta na alternativa D. -Quando o alimento chega ao estômago, células da parede estomacal produzem o hormônio gastrina. -O alimento acidificado que chega ao duodeno estimula

a parede deste órgão a produzir o hormônio secretina. – Tanto o hormônio secretina quanto o colecistocinina estimulam o pâncreas a liberar secreções. O hormônio secretina estimula o pâncreas a liberar secreção aquosa rica em bicarbonato de sódio. O hormônio colecistocinina estimula o pâncreas a liberar suco pancreático. -Quando uma porção de alimento sai do duodeno, cessa a produção de enterogastrona e, como conseqüência, o estômago, que estava inibido em sua motilidade e excreção, libera outra porção de quimo para o duodeno. Novo ciclo tem início. -Os alimentos gordurosos estimulam a parede do duodeno a produzir o hormônio colecistocinina, como consta na alternativa D.

56. No homem, diferentes glândulas endócrinas merecem atenção especial, uma vez que são marcantes os problemas clínicos provocados por suas disfunções, como exemplificado no quadro abaixo.

GLÂNDULA

DISFUNÇÃO

1

Hiperfunção da glândula: gigantismo.

2

Hipertrofia da glândula: bócio endêmico

3

Hipofunção da glândula: diabetes melito.

A

alternativa

que

indica

as

glândulas

1,

2

e

3,

respectivamente, é:

A) tireóide, paratireóide e pâncreas.

B) paratireóide, hipófise e fígado.

C) neuro-hipófise, paratireóide e pâncreas.

D) adeno-hipófise, tireóide e pâncreas.

E) adrenal, paratireóide e fígado.

Letra D

Justificativa:

A hiperfunção da adeno-hipófise conduz ao gigantismo. Assim, pode-se observar um considerável aumento na estatura do indivíduo. A hipertrofia da tireóide, crescimento exagerado da glândula, por deficiência de iodo na alimentação, conduz ao aparecimento do bócio endêmico. A hipofunção do pâncreas acarreta o aparecimento da diabetes mellitus (ou diabetes melito), observando-se, no sangue da pessoa diabética, alta taxa de glicose (hiperglicemia) e aparecimento de glicose na urina (glicosúria).

57. No quadro, estão ilustradas plantas de quatro grupos vegetais. Sobre estas plantas, assinale a
57. No quadro, estão ilustradas plantas de quatro grupos
vegetais. Sobre estas plantas, assinale a alternativa
incorreta.
2)
1)
3)
4)

A) A planta 1 é uma briófita, vegetal em que o transporte de água efetua-se por osmose, não havendo tecido condutor.

B) As pteridófitas, como exemplificado em 2, apresentam tecido condutor de seiva, mas não apresentam flores.

C) As gimnosperma, exemplificadas em 3, são vegetais que não apresentam flores, mas apresentam sementes dentro de frutos de formatos especiais.

D) A planta mostrada em 4 é uma angiosperma, vegetal em que ocorre a dupla fecundação.

E) As monocotiledôneas e as dicotiledôneas pertencem ao grupo vegetal ilustrado em 4.

Letra C

Justificativa:

A planta ilustrada em 1 é um musgo (Briófita). As briófitas são vegetais avasculares. A planta ilustrada em 2 é uma pteridófita. As pteridófitas são vegetais vasculares e que não apresentam flores. Um aspecto importante e exclusivo das angiospermas é o da dupla fecundação, referida corretamente em relação à planta ilustrada em 4. Como afirmado na alternativa E, as monocotiledôneas e as dicotiledôneas pertencem às angiospermas. Na figura 3, estão ilustradas plantas gimnospermas. A alternativa C está incorreta porque as gimnospermas apresentam flores mas não possuem frutos. As sementes são nuas.

58. Na figura abaixo, está ilustrada uma cadeia alimentar estudada por um pesquisador em um ecossistema, onde ocorreu contaminação com o metal pesado mercúrio. Assinale a alternativa que indica em que nível trófico desta cadeia deve-se observar uma maior concentração tissular de mercúrio e em que nível trófico haverá uma maior quantidade de energia disponível, nesta ordem.

uma maior quantidade de energia disponível, nesta ordem. A) Produtor e consumidor primário. B) Consumidor primário

A) Produtor e consumidor primário.

B) Consumidor primário e produtor.

C) Consumidor terciário e produtor.

D) Produtor e consumidor secundário.

E) Consumidor secundário e consumidor terciário.

Letra C

Justificativa:

As plantas fotossintetizantes transformam a energia luminosa em energia química, armazenada na matéria orgânica. Esses autótrofos utilizam parte dessa energia química em suas atividades vitais, ocorrendo, nesses processos, perda de energia em forma de calor. A mesma perda é observada nos demais níveis tróficos de uma cadeia alimentar e, conseqüentemente, a quantidade de energia referida na questão é maior a nível de produtor e vai diminuindo a partir daí. Com relação à contaminação com o metal pesado mercúrio, esse deverá ir se acumulando nos tecidos dos organismos, se concentrando ao longo da cadeia. Assim, mesmo que a concentração de mercúrio nos produtores desta cadeia seja baixa, os herbívoros (consumidores primários), ao se alimentarem dos produtores, acumulam esse metal, o que também vai ocorrendo nos demais níveis tróficos.

59. O desenvolvimento dos embriões de vertebrados é auxiliado por anexos embrionários. O surgimento de um desses anexos se constituiu em um importante passo para a conquista do ambiente terrestre, posto que veio a possibilitar a vida do embrião sem o risco do dessecamento. Esse anexo embrionário é:

A) âmnio.

B) corio.

C) saco vitelínico.

D) placenta.

E) alantóide.

Letra A

Justificativa:

A cavidade amniótica é preenchida por líquido, o que impede o dessecamento do embrião, além de proporcionar o amortecimento contra possíveis choques. Logo, o surgimento do âmnio representou

um

terrestre.

importante

passo

na

conquista

do

ambiente

60. Com relação ao controle da atividade sexual e ao ciclo menstrual na espécie humana, assinale a alternativa incorreta.

A) A maturação e a atividade sexual são dependentes da ação de hormônios gonadotróficos provenientes da adeno-hipófise.

B) As células intersticiais do testículo produzem o hormônio testosterona e sofrem a ação do hormônio luteinizante (LH).

C) A testosterona exerce influência no aparecimento de características sexuais secundárias masculinas.

D) A maturação dos folículos ovarianos tem início sob a ação conjunta do hormônio luteinizante e da progesterona.

E) As concentrações plasmáticas dos hormônios estrógeno, progesterona, FSH e LH estão baixas, no momento em que a mulher menstrua.

Letra D

Justificativa:

No início da maturação dos folículos ovarianos (geralmente um folículo por mês), constata-se a ação do hormônio folículo estimulante (FSH).

61. As doenças humanas, causadas por bactérias, e cuja transmissão se dá através de gotículas eliminadas por tosse, espirro ou fala, são:

A) varíola, hanseníase e caxumba.

B) coqueluche, tuberculose e meningite.

C) sarampo, coqueluche e cólera.

D) poliomielite, tuberculose e rubéola.

E) rubéola, meningite e sarampo.

Letra B

Justificativa:

As três doenças indicadas na alternativa B são causadas por bactérias. Nas demais alternativas, pelo menos uma doença citada é causada por vírus.

62. Um antibiótico pode perder a eficiência no combate a bactérias, principalmente, se usado de forma inadequada. Essa perda de eficiência pode ser justificada pela ocorrência de dois fatores:

A) migração e oscilação genética.

B) oscilação genética e especiação.

C) mutação e seleção.

D) mutação e irradiação adaptativa.

E) seleção e convergência adaptativa.

Letra C

Justificativa:

Bactérias resistentes a um dado antibiótico podem originar-se através de mutações genéticas; mesmo que, originalmente, haja apenas bactérias sensíveis na população bacteriana. Enquanto as bactérias sensíveis ao antibiótico morrem, as bactérias resistentes ao mesmo são selecionadas. Assim, elas sobrevivem na presença do antibiótico e assim multiplicar-se e passar a dominar.

63. Manaus vive uma epidemia de malária, e o desmatamento exacerbado que vem ocorrendo está intimamente relacionado a esta situação de quebra do equilíbrio ecológico. Com relação a esta doença, assinale a alternativa incorreta.

A) A malária é transmitida ao ser humano pela picada do mosquito-prego ( Anopheles ).

B) O agente etiológico, o plasmódio, é um dinoflagelado que se reproduz rapidamente, de forma assexuada.

C) Os característicos acessos febris estão correlacionados à liberação, no sangue do doente, de toxinas produzidas pelo agente etiológico.

D) Entre as conseqüências mais graves da doença, citam-se: lesões no fígado e no baço.

E) Entre as medidas profiláticas, estão o combate ao vetor e a utilização de medicamentos antimaláricos.

Letra B

Justificativa:

O agente etiológico da malária não é um dinoflagelado e, sim, um protozoário esporozoário do gênero Plasmodium, transmitido ao homem por um vetor, o mosquito-prego (Anopheles).

64. O tecido conjuntivo congrega um grupo de tecidos que desempenham diversas funções. Entre os
64. O tecido conjuntivo congrega um grupo de tecidos que
desempenham diversas funções. Entre os tecidos
observados no homem e ilustrados na figura abaixo,
quais são tecidos conjuntivos?
1)
2)
4)
3)

A) 1, 2, 3, e 4

B) 1 e 3 apenas.

C) 3 e 4 apenas.

D) 2 e 3 apenas.

E) 1, 2, e 4 apenas.

Letra E

Justificativa:

As glândulas são formadas a partir de células do tecido epitelial, logo, são tecidos conjuntivos o ósseo, o sangüíneo e o