Você está na página 1de 24

Guia do Caloiro 2012

Guia do Caloiro 2012

Editorial

Guia do Caloiro 2012

Editorial Guia do Caloiro 2012 “Os veteranos não estão nem aí para a moda” Toda a

“Os veteranos não estão nem aí para a moda”

Toda a tua vida esperaste por este momento? É quase como o primeiro dia de aulas, ampliado à tua vida adul- ta, certo? Novos amigos. Novos professores. Uma nova cidade. Uma nova casa. Tudo é novo. E chegou a tua hora, de mostrares que consegues. De mostrares que estás à altura do desafio. Das novas contas para pagar, das no- vas disciplinas para estudar. Dos novos amigos para fazer. Mas não te iludas. O mundo académico não é só farra. Claro que vais ter momentos de diversão, mas tudo com contenção. Porque também é disso que se faz o “ser adulto”. O ser responsável e não correr para debaixo das saias da mãe.

Ao longo deste guia dizemos-te o que fazer para transfor- mar os próximos anos nos melhores da tua vida. Fica a saber como enfrentar este mundo dos universitários, que

te vai deixar à porta da vida profissional. São estes anos

que te vão definir enquanto trabalhador. São eles que te

vão pôr à prova. Cabe-te a ti, descobrir se és capaz. Nós cá, achamos que sim. E tu, também o sabes.

Editorial Guia do Caloiro 2012 “Os veteranos não estão nem aí para a moda” Toda a

Nas próximas páginas, podes ainda ficar a saber como é

possível juntar uns trocos a mais, para seres um caloiro mais independente. Fica ainda a saber como ganhar bol- sas de mérito, ou ter direito a bolsas de estudo. E claro, descobre onde podes estudar fora de casa e quais as melhores formas de o fazer. Aprende dicas sobre estudo,

que te vão valer para a vida. O MU está cá para isso, afinal

de contas.

Sabe como será o primeiro dia de aulas, como decorrem

as praxes. Ah, aprende com as nossas dicas. Nunca levar a melhor roupa no primeiro dia. Os veteranos não estão nem aí para a moda. E não há nada que uma tinta, ou um rebolar no chão não estrague.

E como a vida não é sempre cinzenta, falamos-te ainda das melhores festas que te esperam. Daquelas com muita tradição académica e que te vão dar momentos de sorri-

sos que ficam para sempre. Momentos que te vão marcar

e que te vão tornar num adulto que hoje começas a ser.

Porque afinal, este pode bem ser o primeiro dia do resto

da tua vida.

Patrícia Tadeia Directora Editorial ptadeia@mundouniversitario.pt

Índice
Índice
  • 04 Estou a estudar!

...

Soluções Santander Totta

  • 14 – Shiu

  • 06 – Estudar pode sair mais barato

  • 16 – Agenda de estudante: Organiza-te!

  • 08 – Ora toca a conta os tostões

  • 18 – Caloiro sofre. Ou não!

  • 10 – Quem estuda quer casa

  • 20 – Toca a festejar, caloiro!

  • 12 Eu cá estudo, mas também trabalho

  • 22 – Contactos úteis

ficHa TécNica: Título registado no I.C.S. sob o n.º 123881 | Propriedade/Editor: Metro News, Publicações, SA | Empresa Jornalística n.º 223575 | Matrícula n.º 505434229 da C.R.C. de Cascais | NI PC 505434229 | Capital Social €156.480,00 | Principais accionistas Cofina, SG PS, SA , António Stilwell Zilhão, Francisco Pinto Barbosa, Gonçalo Sousa Uva | Directora Editorial: Patrícia Tadeia | Projecto Gráfico e Paginação: Rui Gonçalves, António Garcia | Publicidade: Director Comercial – Ricardo Branco | Coordenadoras – Ana Silveira, Joana Santana; Agências – Adriana Macedo, Margarida Rêgo, Paula Tavares, Raquel Pinto, Daniel Barata; Directos – Eva Oliveira, Filomena Mestre, João Rodrigues, Luís Farinha, Ricardo Afonso, Sónia Andrade | Porto Coordenador Comercial: Tiago Medeiros; Directos: Vitor Machado; Agências: Ivone Pinheiro; Telefone: 225 322 310; Fax: 225 322 399 | Sede: Arruamento D à Rua José Maria Nicolau, nº 3, 1549-023 Lisboa | Tel: 21 049 4000 | Im- pressão: Jorge Fernandes Lda, Rua Quinta Conde de Mascarenhas, 9, Vale Fetal - 2820-259 Charneca da Caparica | Distribuição: José Magalhães | Distribuição: Gratuita

gerir
gerir

SolUÇÕES SaNtaNdEr totta

Investimento e poupança

Pois é, chegou a tua hora. A hora de pensares no resto da tua vida. A hora de entrares no Ensino Superior. E por isso mesmo, chegou também a hora de pensares bem nas tuas

opções e claro, nas tuas finanças pessoais. Propinas, casa, livros, fotocópias… Tudo custa

dinheiro. Mas fica a saber que o Santander Totta tem as melhores soluções para ti!

Investimento e poupança são mesmo as palavras-chave. Fica já a saber tudo.

SUPER CONTA ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS

Com uma conta bancária geres os

teus gastos e as tuas finanças mais

facilmente. E melhor, podes fazê- -lo, onde e quando quiseres. Com a

Super Conta Estudantes Universitários

não tens quaisquer custos de ma-

nutenção. E mais: podes abri-la com

apenas 5 euros. Não pagas comissões nos principais serviços e operações

bancárias e claro, como estamos numa época de multimédia, podes gerir a tua conta através de várias plataformas. Para além da habitual caixa multi- banco, podes também recorrer ao APOIO4U, uma linha de atendimento especializada em ti, que és univer- sitário, disponível todos os dias das

12h às 21h. Com o serviço Netbanco, podes, através da Internet, efetuar consultas de movimentos, transfe- rências ou pagamentos, por exemplo da água ou da luz da tua casa nova e ainda carregamentos de telemóvel. E tudo isto, quem sabe, nos corredores da universidade, nos intervalos das aulas.

Cartão Universitário Inteligente

Totta (Super Conta Estudantes Uni- versitários), permitindo o acesso a uma série de serviços prestados pelo Banco. Pode ser usado no estrangeiro, e a melhor parte: não tem custos de emissão, nem anuidades. Agora só tens de te informar e descobrir se a tua universidade tem acordo com o

Santander Totta na implementação deste cartão. Será que o teu campus

já é Inteligente?

E se tivesses um cartão que funciona

como identificação na tua universi- dade e ainda pode ser usado no Mul- tibanco? Pois é, este cartão de débito Universitário Inteligente (TUI) além de ser um cartão de estudante com inúmeras funcionalidades no campus, tem a possibilidade de se associar a

Se quiseres, podes ainda optar pelo

cartão de débito Novo Classic Uni- versitário, sem custos e um bom complemento ao TUI. Trata-se de um cartão puramente bancário e mais uma forma de acederes à tua conta, mesmo quando acabares o teu curso.

uma conta bancária no Santander

Guia do Caloiro 2012

Guia do Caloiro 2012 Internet é o teu futuro Passas o dia ao computador? Nave- gas

Internet é o teu futuro

Passas o dia ao computador? Nave-

gas a toda a hora? Se a resposta é afirmativa já nem precisas de te

deslocar a uma caixa multibanco ou ir até ao balcão do teu banco para

gerires as tuas finanças. Faz como os profissionais e acede ao Netbanco

Santander Totta. Basta que vás a www.santandertotta.pt e podes fa-

zer todas as operações bancárias

que pretenderes. O site está dis- ponível 24 horas por dia e durante todo o ano, e sem qualquer custo.

E ainda ficas a ganhar, pois ao aderi- res quer à Super Conta Estudantes

Universitários quer ao NetBanco terás direito a um conjunto alargado de regalias, benefícios e vantagens no Portal Bons Momentos. Tens disponíveis ofertas e descontos em várias áreas: Paladares, Aventura, Dia-a-Dia, Momentos, Gastronomia,

Aventura, Diversão… Aproveita!

Soluções para os teus estudos

Pois está claro que já ouviste falar na crise. Troika e FMI são palavras recorrentes no teu dia a dia. Quer na televisão, nos jornais, ou na mesa lá de casa com os teus pais a fazerem

contas à vida. Mas fica a saber que o Santander Totta tem várias soluções de poupança e financiamento, que

te permitem concluíres os teus es-

tudos superiores. Uma das soluções

que o banco te oferece é o Crédito Ensino Superior. Através de um pro- tocolo estabelecido com o Ministério da Ciência Tecnologia e Ensino Supe- rior, e em parceria com a Sociedade

Portuguesa de Garantia Mútua, po-

des contar com um financiamento

mensal, até ao final dos teus estu- dos. Podes assim, ter uma grande ajuda para terminares a tua licencia- tura, Erasmus ou outro Programa de Mobilidade Internacional, mestrado ou doutoramento. E a melhor parte é que as tuas notas (nas disciplinas)

Prémios Santander totta:

Torna-te fã da página do Santander

Universidades no Facebook. Ao aderires à conta universitário até 31 de Dezembro de 2012, podes

habilitar-te a ganhar um Opel Corsa!

No Facebook: Há prémios para os fãs do Facebook Santander Univer- sidades Portugal. E está ainda a decorrer o passatempo 20 Valores,

entre 17 de Setembro e 31 de

Dezembro, onde os participantes com “melhores notas” ganham 1 Notebook por semana e 1 bicicleta eléctrica por mês.

Sabe mais em www.santandertot- ta.pt ou num balcão ou quiosque universitário perto da tua universidade.

também vão influenciar o que vais pagar! Quanto mais te aplicares, mais baixo fica o spread das taxas de juro deste crédito. Toca a estudar!

Vantagens e condições:

  • - Financiamento até 25.000€ - o equivalente

a 5.000€ por ano, em que receberás o dinheiro

em mensalidades iguais;

  • - Prazo até 16 anos, dependendo da duração

do curso; Assim, para cursos de 3, 4 ou 5 anos receberás as mensalidades até à conclusão dos mesmos, exceto para os cursos de 6 anos, em que recebes as mensalidades durante 5 anos;

  • - Ao terminares o curso no período

previsto da sua duração, beneficias

do prazo de 1 ano em que não pagas

capital (período de carência de capital). Após esse ano dá-se o início do reembolso, num prazo máximo de 10 anos.

Se gostas de tratar tudo pelo tele- fone, há uma solução para ti. Com o Apoio 4U, podes resolver os teus assuntos financeiros, falando com

um assistente. O Apoio 4U está disponível através dos números: 707 21 23 23, 21 780 73 24, 91 358 23 23, 93 220 25 25 ou 96 593 24 25. Po- des ainda usar o e-mail apoio4u@ santander.pt ou o chat na página do

Facebook (em www.facebook.com/ santanderuniversidadesportugal). Aqui podes consultar e movimentar as tuas contas, bem como solicitar

informações sobre os produtos e soluções que o Santander Totta tem

para ti, sem teres que te deslocar a um balcão.

Guia do Caloiro 2012 Internet é o teu futuro Passas o dia ao computador? Nave- gas
Guia do Caloiro 2012 Internet é o teu futuro Passas o dia ao computador? Nave- gas
poupar
poupar

aÇÃo SoCial E BolSaS dE EStUdo

Estudar pode ser mais barato

É verdade. Tens 18 anos e já te sentes crescido. E com os anos, já sabes, vêm as

preocupações! As monetárias são umas delas. Mas não te preocupes. Há soluções para quem quer mesmo investir na vida académica. Para que nenhum aluno fique de fora por razões económicas, as universidades oferecem bolas de estudos àqueles que mais precisam, e não só. Se provares ser um dos melhores também sais beneficiado!

A bolsa de estudo é uma prestação pecuniária atribuída anualmente e que serve para comparticipar o alu- no nos encargos com a frequência

poupar aÇÃo SoCial E BolSaS dE EStUdo Estudar pode ser mais barato É verdade. Tens 18

de um curso ou com a realização de

um estágio profissional de caráter

obrigatório. A bolsa é atribuída, a

fundo perdido e no respetivo ano

letivo, sempre que o estudante não

tenha condições financeiras para

pagar os estudos. A bolsa de estudo anual corresponde a um ano letivo com- pleto e é atribuída ao longo de dez meses.

As condições de atribuição de bolsa de estudo encontram-se definidas na legislação atualmente em vigor, nomeadamente no Regulamento de Atribuição de Bolsas de Estudo a Estudantes do Ensino Superior (Despacho n.º 8442-A/2012, de 22 de junho). Se quiseres saber mais, basta que te dirijas aos SAS (Ser-

viços de Ação Social) ou GAS (Gabi- nete de Ação Social) da instituição de Ensino Superior Público que

frequentas.

Guia do Caloiro 2012

Guia do Caloiro 2012 Bolsas de mérito Além das Bolsas de Estudo, são todos os anos

Bolsas de mérito

Além das Bolsas de Estudo, são todos os anos atribuí-

das as Bolsas de Mérito aos melhores alunos, aqueles que tenham aproveitamento escolar excecional, inde- pendentemente do rendimento do agregado familiar.

Estas bolsas de estudo por mérito são atribuídas pelos

estabelecimentos de Ensino Superior Público e Privado

e de acordo com o Regulamento de Atribuição de Bol-

sas de Estudo por Mérito a Estudantes de Instituições de Ensino Superior.

Sabe mais em http://www.dges.mctes.pt/

instituições que oferecem bolsas

Santander UniVerSidAdeS

Se não conseguires uma bolsa através da tua universidade, podes

sempre candidatar-te a bolsas que são concedidas por outras

instituições em diversas áreas de estudo. Ora vê:

FUNDAçãO CAlOUSTE GUlBENkIAN

Bolsas de estudo no estrangeiro de curta duração – de 16 dias a 3 meses

ou de 3 a 6 meses; subsídios para a participação em congressos interna-

cionais, bolsas de investigação científica, apoio a jovens investigadores

em estudos de arte, dança, teatro, encenação, artes plásticas e cinema.

Sabe mais em www.gulbenkian.pt.

FlAD – FUNDAçãO lUSO-AMERICANA

Apoios nas áreas da educação, ciência, tecnologia e inovação, cultura,

jornalismo e ambiente nos Estados Unidos da América. Sabe mais em www.flad.pt.

FUNDAçãO ORIENTE

Bolsas de estudo, de investigação e doutoramento em países do Extremo Oriente.

Sabe mais em www.foriente.pt.

DIREçãO GERAl DAS ARTES

Apoios individuais pontuais a jovens artistas em diversas áreas da cultura.

Sabe mais em www.dgartes.pt.

INSTITUTO CAMõES

Bolsas de estudo para cidadãos portugueses no âmbito de programas

de cooperação cultural bilateral entre Portugal e diversos países

Sabe mais em www.instituto-camoes.pt.

FORTE COOPERAçãO COM O ENSINO SUPERIOR

Com a criação, em 2006, da Divisão

Global Santander Universidades, o Grupo Santander tem vindo a

desenvolver um projecto de dimensão internacional com o ensino superior. Atualmente está presente em 20 países e mais de 800 universidades de Espanha, Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Marrocos, México, Portugal, Porto Rico, Reino Unido, Venezuela, Rússia, Estados Unidos e China. Em Portugal, o sucesso tem sido crescente com as parcerias com universidades, contando com mais de 40 convénios de cooperação, que per- mitem anualmente atribuir 350 bolsas a estudantes, entre as quais: bolsas de mobilidade internacional, bolsas sociais e prémios de mérito. De desta- car o programa de bolsas luso-brasi-

leiras, já na quarta edição, que atribui anualmente cerca de 200 bolsas de mobilidade e concede bolsas de ação social em algumas das universidades com as quais estabeleceu convénio.

Para mais informações sobre bolsas

consulta www.santandertotta.pt.

planear
planear

QUaNto CUSta EStUdar?

Ora toca a contar os tostões

Pois é! É tempo de começares a fazer contas à vida. Ele é pagar a renda da casa, as propinas, os livros, os montões de fotocópias, e claro, aquele café de vez em quando ou a ida ao cinema quando há tempo para isso. Por isso mesmo, lembramos-te aqui quanto dinheiro vais precisar e para quê.

Propinas

Um estudo da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), realizado em 2011, refere que Portugal é dos

países da União Europeia em que os alunos mais pagam pelas propi-

nas nas instituições públicas. De

acordo com o relatório “Education at a Glance” de 2011, em Portugal,

as propinas pagas para obter uma licenciatura numa universidade

pública ficam nos 1.233 dólares (985

euros). Um valor que ultrapassa os 1.037 dólares (829 euros) das propi- nas espanholas ou os 853 dólares

(682 euros) da Áustria. “Entre os países da Europa a 21 para quais há dados, apenas as institui-

ções públicas na Itália, Holanda,

Portugal e Reino Unido cobram propinas anuais que ultrapassam os 1.200 dólares (959 euros) por cada estudante nacional a tempo inteiro”, sublinha a OCDE. Já se falarmos numa instituição privada o valor aumenta, e bem, já que se trata de uma propina mensal e que varia consoante a instituição.

Guia do Caloiro 2012

Guia do Caloiro 2012 Alojamento Se estudas na tua cidade, tens sorte. Podes ficar por casa

Alojamento

Se estudas na tua cidade, tens sorte. Podes ficar por casa dos teus

pais e poupar num dos gastos mais elevados, depois das propinas, claro. Agora, se estás numa cidade diferente, podes contar com um mínimo de 200 euros para alugar um quarto. Mas lá, está, o valor também varia consoante a cidade.

Transportes

No início do ano muito se falou de

aumentos nos transportes. Estu- dantes por todo o país protestaram e manifestaram-se contra o corte no desconto do passe sub-23. O passe escolar sub-23 destina-se aos estudantes do ensino superior, pú- blico ou privado, até aos 23 anos. Ainda assim, para os alunos, é mais barato circular nos transportes pú- blicos.

Alimentação

Tens jeitinho para cozinhar? Se tens, ainda bem. Se não tens, acredita, vais passar a ter! A partir

de agora és o dono das panelas e

dos fogões, a não ser que a tua mãe

te vá mandando comida.

Ainda assim, terás de pôr mãos à obra.

Se assim for, conta com pelo menos

150 a 200 euros por mês para ires ao supermercado. Compara bem os preços nas prateleiras, e vais ver como podes realmente ser pou-

padinho. Se adoras ir almoçar ou

jantar fora, não te estiques, que o

dinheiro não dá para tudo!

Material Escolar

O mundo da faculdade é o mundo

das fotocópias. Acredita no que te

dizemos. Quando chegares ao fim

vais perceber. Mas esta também é a forma mais barata de estudar. Conta com várias horas na repro-

grafia da faculdade! Mas claro,

há vários livros que tens mesmo que comprar. Aí não te vai valer

o Santo das Fotocópias que, temos quase a certeza, existe mesmo!

6 mil euros por estudante As famílias portuguesas pagam anualmente, em média, cerca de seis mil
6 mil euros por estudante
As famílias portuguesas pagam
anualmente, em média, cerca de
seis mil euros pelos gastos de um
filho no ensino superior. A con-
clusão é de um estudo desenvolvi-
do pelo Instituto de Investigação
da Universidade de Lisboa.
Empréstimos para estudar
Há também um maior aumento
de estudantes a recorrer a em-
préstimos bancários para estudar.
Segundo o estudo “Quanto custa
estudar no Ensino Superior Por-
tuguês?”, o número de alunos do
Ensino Superior que pediu emprés-
timo bancário aumentou de 1,6%,
em 2004/2005, para 4,9% no úl-
timo ano letivo.
Em média, o valor do empréstimo é
de 9.851 euros.
Guia do Caloiro 2012 Alojamento Se estudas na tua cidade, tens sorte. Podes ficar por casa
conTA Aforro SAnTAnder ToTTA Ser estudante universitário não é só gastar. Nesta altura convém também teres
conTA Aforro SAnTAnder ToTTA
Ser estudante universitário não é só gastar.
Nesta altura convém também teres em mente
o verbo poupar. De certeza que tens projectos que
pretendes concretizar, como fazer umas férias com
os teus amigos ou dar entrada para o teu primeiro carro.
O Santander Totta ajuda-te a encheres a bolsa com
as soluções de poupança para universitários. Consul-
ta o guia de poupança em www.santandertotta.pt
e descobre como podes começar já a preparar
o teu futuro.
encontrar
encontrar

alojamENto

Quem estuda, quer casa

É uma nova etapa da tua vida. Tudo vai mudar. Mais responsabilidades, mas também mais diversão e aventura. Podes optar por alugar um apartamento com amigos antigos, com novos amigos, ou procurar uma residência. Os preços, claro,

variam consoante a cidade que escolheres.

encontrar alojamENto Quem estuda, quer casa É uma nova etapa da tua vida. Tudo vai mudar.

Como começar a busca?

Se escolheste uma faculdade numa cidade diferente da

tua, toca a economizar, pois vais precisar. O primeiro passo é “investigar” os anúncios no mural da faculdade. Muitos estudantes, imobiliárias ou proprietários de

imóveis colocam cartazes em que oferecem vagas, casas ou apartamentos para dividir. E é nessa altura que tens de

decidir se vais morar sozinho ou dividir o apartamento. Se

vais morar com amigos, tem em conta que é muito dife- rente ser apenas amigo ou morar junto. Não te esqueças que, além do valor da renda, terás outros custos, como condomínio, taxas, impostos, contas de serviços.

Guia do Caloiro 2012

Guia do Caloiro 2012 Quanto custa um quarto em: AVEIRO O espírito académico vive-se bem de

Quanto custa um quarto em:

AVEIRO

O espírito académico vive-se bem de perto em Aveiro. A cidade é

pequena, mas a cultura universitária está bem patente. Alugar um

quarto por aqui ronda os 150 a 200 euros mensais. Se estiveres

interessado num apartamento, o valor sobe para os 350/450 euros.

COIMBRA

É a cidade dos estudantes. Por aqui respira-se juventude e espírito universitário. As capas pretas, as tunas, e os livros surgem a cada esquina. E o que não falta são quartos para alugar. Dependendo da localização – mais perto ou mais longe da faculdade – os quartos rondam os 200 euros. Procura na tua faculdade informação sobre as casas disponíveis, e vais ter muito por onde escolher.

PORTO

No centro da cidade, os preços são mais altos, claro. Os quartos

podem rondar os 200 ou 250 euros. Mas podes sempre optar por procurar estadia nos arredores do Porto, por exemplo, Matosinhos,

Maia, ou até Vila Nova de Gaia. Aí os preços baixam. Se preferires

alugar um apartamento pequeno, como um T0, prepara-te para pagar uns 300 euros ou mais.

lISBOA

Por aqui, os preços sobem e não é pouco. Arranjar quarto em Lis-

onde ProcUrAr casa

NA UNIVERSIDADE

  • - Associação de estudantes

  • - No bar da faculdade

  • - Nos Serviços de Ação Social

OUTROS lOCAIS

  • - Delegações regionais do Insti- tuto Português da Juventude

  • - Secção de classificados dos

jornais

NA INTERNET

boa nunca fica abaixo dos 300 euros. As zonas influenciam e muito

o preço, claro. Ah, e não te esqueças que, muitas vezes, esse valor

nem inclui as despesas, como água ou luz. Se optares por um apar-

tamento, fica a saber que, muito provavelmente, só os encontras a

partir dos 450 euros. E claro, dependendo da zona.

ÉVORA

A tradição académica também é muito forte por aqui. Em época

de aulas, há alunos por todo o lado e tradições bem vincadas! Os

quartos rondam os 150 euros. E se preferires alugar um estúdio, há alguns a partir dos 300/350 euros.

www.olx.pt

FARO

http://casa.sapo.pt

Ai a praia! É verdade, pelo Algarve a proximidade com as praias

www.lardocelar.pt

deixa-te logo mais bem disposto, certo? Os quartos rondas os 150,

www.bquarto.pt

200 euros. Se preferires um apartamento, aí terás de desembolsar

www.custojusto.pt

uns 300 euros por um T1, ou 400 euros por um T2.

lutar
lutar

EmPrEGo

Eu cá estudo, mas também trabalho

Se sentes que está na hora de ajudar os teus pais e se queres ter o teu próprio

dinheiro para as tuas coisinhas, está na hora de pôr as mãos à obra. Não é, de todo,

uma tarefa impossível, estudar e trabalhar ao mesmo tempo. Há tanta gente que o faz, e sem descurar nenhuma das partes. Além de juntares o teu próprio dinhei- rinho estás a dar os teus primeiros passos no mercado do trabalho. E arranjar um

trabalho em part-time não é assim tão difícil.

Ser trabalhador estudante tem as

suas vantagens. Terás mais faci- lidades na época de exames, se op- tares por este estatuto. Além de que há um período especial para estes alunos. Tens ainda uma época de re- curso, uma época especial, e a ava- liação é contínua. Mas há mais. Fica a saber que no teu local de trabalho,

têm de te dar dois dias de folga antes do exame para que te possas preparar. Ah, e há uma coisa muito importante. Esforça-te, porque se não obtiveres bom aproveitamento em dois anos conse- quentes ou interpolados, ou seja, se não transitares de ano, ou obtiveres aprova- ção em pelo menos metade das discipli- nas, os teus benefícios terminam.

Contudo, podes também optar por

ter um trabalho e não requerer este estatuto. Imagina que as tuas aulas são só de manhã, podes optar por trabalhar da parte da tarde, ou vice- -versa. Mas atenção, aí não tens qualquer vantagem. É mesmo a lei

do esforço que impera!

Guia do Caloiro 2012

Guia do Caloiro 2012 como obter o eSTATUTo de trabalhador-estudante? É relativamente fácil obter o estatuto.
como obter o eSTATUTo de trabalhador-estudante? É relativamente fácil obter o estatuto. Basta que entregues uma
como obter o eSTATUTo de trabalhador-estudante?
É relativamente fácil obter o estatuto. Basta que
entregues uma declaração da entidade patronal
na tua faculdade com informação sobre o teu
horário de trabalho e funções desempenhadas,
dentro dos prazos estabelecidos por cada insti-
tuição de ensino superior para o efeito.
Aconselhamos-te a contactar os serviços académi-
cos da tua faculdade ou a consultar o Código do
Trabalho para saber mais sobre como te candida-
tares a este regime.

Onde podes trabalhar?

RESTAURANTES

Por aqui podes procurar emprego ao balcão, nas mesas ou na cozinha.

Se já ajudavas lá em casa, ou nas

festas de amigos já tens uma van- tagem: sabes mais ou menos o que fazes. Procura nos cafés ao pé da tua casa, ou da faculdade, ou então nos centros comerciais.

lOJAS

Alguns dos centros comerciais onde passas têm na montra “Precisa-se empregado(a)”? Pois é. E que tal seres tu? Normalmente, estes espa- ços recebem trabalhadores em part- -time, e tu podes muito bem ser um deles. Basta que sejas desenrascado e simpático com os clientes, claro. Depois é receber o teu salário.

CAll-CENTERS

Os horários costumam ser acessíveis.

Podes conciliar com as aulas, e é um trabalho simples, que vai exigir muito

da tua simpatia e paciência. Se se tratar

de vendas, trabalhas a tua capacidade de convencer os outros. Mas pode ser apenas um trabalho de esclarecimentos e informações. A simpatia também é es- sencial.

DISCOTECAS/BARES

Estudar de dia e trabalhar de noite?

Não é assim tão difícil acredita. Prin- cipalmente se optares por trabalhar

apenas nas noites de fim de semana.

Podes optar pelo bar, ou por ser apenas promotor. O dinheiro que vais receber vai convencer-te.

Guia do Caloiro 2012 como obter o eSTATUTo de trabalhador-estudante? É relativamente fácil obter o estatuto.
Quem é trabalhador estudante? Todo o trabalhador por conta de outrem, inde- - Horário de trabalho
Quem é trabalhador estudante?
Todo o trabalhador por conta de outrem, inde-
-
Horário de trabalho flexível e ajustável à frequência
pendentemente do vínculo laboral, ao serviço de
uma entidade pública ou privada e que frequente
das aulas e à inerente deslocação para os respetivos
estabelecimentos de ensino
qualquer nível do ensino oficial ou equivalente,
-
Dispensa de serviço para frequência de aulas
incluindo cursos de pós-graduação, realização
de mestrados ou doutoramentos, em instituição
pública, particular ou cooperativa.
-
Ausência do local de trabalho sem perda de vencimento
Marcação de férias de acordo com as suas necessidades
escolares
-
passear
passear

oNdE EStUdar E ComEr

Shiu ... Estou a estudar!

Como é? És daqueles que se concentra numa sala cheia de gente ou dos que gosta de se enfiar na biblioteca em que o mínimo som é razão para te perderes?

Não te preocupes, há espaços para todas as concentrações e para todos os gostos.

liSboA
liSboA

Se gostas de espaços com gente, o Picoas Plaza é o ideal. Podes olhar

para os livros e ver gente. E claro, ir buscar uma água ou uma tosta quando a fome já aperta. É cada vez mais frequente ver estudantes

ou mesmo profissionais por conta própria agarrados ao computador nos Starbucks por aí. A rede Wi-fi

facilita o estudo/trabalho e pode ser também uma boa opção para ti. Outros espaços que podes gostar são o Kaffa Caffè, Coffee & Pot, a Cafetaria continental ou o Noobai Café. Se, por outro lado, és fã de es- paços mais sossegados tens os jar- dins da Fundação Calouste Gulben- kian, ou da Torre de Belém.

passear oNdE EStUdar E ComEr Shiu ... Estou a estudar! Como é? És daqueles que se

Guia do Caloiro 2012

Guia do Caloiro 2012 AVeiro PorTo éVorA A Casa do Estudante e o Bar do Es-
AVeiro PorTo éVorA A Casa do Estudante e o Bar do Es- tudante são os teus
AVeiro
PorTo
éVorA
A Casa do Estudante e o Bar do Es-
tudante são os teus locais de eleição
se estudas em Aveiro. Aqui onde quer
que vás, encontras os teus colegas,
com que podes estudar e tirar dúvi-
das. E o melhor é que estão abertos
em época de exames para que os es-
tudantes possam estudar, suprimindo
carências existentes nos espaços de
estudo habituais. A Casa do estudante
conta nessa altura com um horário
alargado, desde as 9.00h às 6.00h da
manhã todos os dias, e o bar do estu-
dante, também diariamente desde as
12.00h às 22.00h.
Na Invicta podes passar pelo Café da
Asprela, que fica mesmo em frente à
Faculdade de Medicina Dentária da
Universidade do Porto. Aqui há Inter-
net e ainda várias exposições, teatro e
música. E que tal o Centro Comercial
Miguel Bombarda? Não te assustes!
Aqui tens uma Galeria Comercial al-
ternativa, com várias lojas únicas e
uma esplanada calma a maior parte
do ano. Nos corredores há mesas e
cadeiras confortáveis perto de toma-
Por aqui encontras a segunda uni-
versidade mais antiga do país. Évora
mantém-se jovem graças a ti e aos
teus colegas.
Ao longo do dia, tens vários cafés e
bares com vista para estas ruas cal-
cetadas medievais. Dá um saltinho ao
Bar do Teatro, ou ao Bar Arena.
AlGArVe
das para o teu portátil. Se gostas de
A sul, uma ida à praia para estudar
é sempre uma boa opção para quem
quer estar sossegado. O som do mar é
coimbrA
Por aqui, podes optar pelos jardins
ao ar livre, como o Jardim Botânico
e o da Sereia. Aqui tens a calma ne-
cessária para estudar. Se gostares
mais de agitação vai até ao Galeria
Bar. No Verão tens uma esplanada e
no Inverno há aquecimento e música
jazz como ambiente. Tens ainda o Bar
da Associação Académica de Coim-
bra, onde há bares, e cantinas onde
também podes lanchar.
espaços mais calmos tens a Biblio-
teca da Faculdade de Engenharia da
Universidade do Porto. O espaço é
amplo e tem um excelente ambiente
para estudar. Muito concorrido nas
épocas de exame, tem boa ilumina-
ção, muitas tomadas, e uma excelente
conexão Wi-Fi.
relaxante e ajuda à concentração. Se
és mais uma “pessoa de pessoas”, vai
até ao Bar da Associação Académica
da Universidade do Algarve. Aqui há
debates, tertúlias, e até concertos.
organizar
organizar

SoBrEViVÊNCia

Agenda de estudante:

Organiza-te!

Vida de estudante não é fácil. Tens muita coisa em que pensar. E não se compara, em nada, à vida que tinhas no Secundário. A cidade é nova, os desafios também. Tens de te organizar para o que aí vem e é aí que nós entramos. Queremos que estejas muito bem preparado e por isso deixamos-te várias dicas para organizares a tua agenda de caloiro!

organizar SoBrEViVÊNCia Agenda de estudante: Organiza-te! Vida de estudante não é fácil. Tens muita coisa em

Mexe-te!

Aulas, trabalhos, amigos, namo- rado(a), ver a tua série preferida, ir ao ginásio e sair à noite. Tanta coisa para colocares na tua “agen - da mental”. Mas não stresses. Há tempo para tudo. Numa semana normal, se tiveres aulas durante a manhã, acorda um pouco mais cedo e vai a pé para a faculdade. Assim, estás a mexer-te, e a começar o dia da melhor maneira. Se, por outro lado, és dos fanáti - cos do desporto, aproveita o final do dia para uma ida ao ginásio, ou a uma corridinha no jardim mais perto da tua casa.

Guia do Caloiro 2012

Guia do Caloiro 2012 Há tempo para estudar? Claro que há. Se nas aulas ti -
Guia do Caloiro 2012 Há tempo para estudar? Claro que há. Se nas aulas ti -

Há tempo para estudar?

Claro que há. Se nas aulas ti - rares bons apontamentos, e os releres todos os dias, estás a es- tudar, a toda a hora. Não decores, percebe. Essa é a chave para o sucesso académico. Não precisas passar horas em frente aos li- vros, ou em frente à mesma frase. Basta que a entendas. Ah, e muito importante, não estudes só na véspera dos exames. Esse plano raramente resulta. Sobre os pra - zos de entrega de trabalhos, ar- ranja uma agenda. Vai facilitar-te a vida e principalmente o cumpri - mento de prazos.

Não sou “dona de casa”

Pois não, não és. Mas a verdade é

que alguém tem de o fazer! Se mo - ras com mais alguém, mais cedo ou mais tarde, vais ser chamado à razão se deixaste a loiça por lavar, ou a mesa por arrumar. A tua mãe não está por aí, e alguém tem de limpar a casa. E esse al - guém és tu. Tracem um plano de tarefas, na tua casa. O plano deve ser rotativo, para que as tarefas passem por todos os moradores.

Sair à noite a toda a hora?

Se achas que entrar na universi - dade é sinónimo de borga todas as noites, lamentamos desiludir-

-te, mas estás muito enganado!

Claro que as primeiras semanas vão iludir-te. Mas na verdade, é um ritmo que não irias aguentar.

O que não é mau, acredita! Até

porque, a toda a hora vais ter fes-

tas por onde escolher! E se não

houver, podes ir até ao café com

os teus amigos, para desanuviar!

Se, por outro lado, moras so-

zinho, guarda a sexta-feira para

as tarefas mais cansativas. Terás o fim de semana à porta, o que te vai dar mais alento para deixar

tudo num “brinquinho”!

integrar
integrar

PraXES

Caloiro sofre. Ou não!

Andam pelas ruas de cara pintada. Entoam hinos com piada pelas ruas da cidade. Ficam

de joelhos quando o veterano se lembra. E são tratados como bichos. Ou ainda pior. Mas, na verdade, é tudo a brincar. É preciso que saibas entrar no espírito e penses que não passa de uma tradição de integração que faz parte do mundo académico. Quem participa, cria um elo de ligação com os veteranos. Mas também há os que ficam de fora. E é para isso que existe o estatuto anti-praxe. E tu, atreves-te a ser praxado?

Ser caloiro não é fácil, acredita. Mas faz parte. E tu vais ser ca- paz. As praxes são temidas por muitos, e com razão. Há várias

situações, de que já ouviste falar, em que os alunos exageram,

e as praxes tornam-se violência. Mas na maioria dos casos, não passam de brincadeiras de integração, que é preciso saber levar.

Guia do Caloiro 2012

Guia do Caloiro 2012 Origem? Foi na Universidade de Coimbra que tudo começou. Até porque ao

Origem?

Foi na Universidade de Coimbra que tudo começou. Até porque ao longo

os objecToreS

de vários séculos esta foi a única

universidade do país. E na altura era controlada por um corpo policial próprio, os chamados “archeiros”, que trabalhavam sob tutela das

autoridades universitárias, e cujo papel era o de zelar pela ordem no campus universitário e fazer cum- prir as horas de estudo e recolher obrigatório por alunos e professo-

res. E isto, sob pena de prisão! Em

1727, devido à morte de um aluno, D. João V proibiu as praxes, conhe- cidas na altura por “investidas”. Até hoje foram várias vezes repostas e proibidas, tendo sido a última vez na época da Implantação da República, em 1910 em que foi abolida, regres- sando depois ao campus em 1919.

Se és anti-praxe

Apesar de ser uma altura em que se criam as primeiras amizades em con- texto universitário, continuam a exis- tir abusos e os alunos devem saber que podem denunciar a má conduta ao Tribunal de Praxe que existe em

cada instituição de Ensino Superior.

E porque a praxe não é obrigatória,

fica a saber que podes contar com

o apoio de alguns movimentos anti- -praxe. O Antípodas e o M.A.T.A. (mo- vimento anti-tradição académica) são dois dos movimentos que visam

o fim da praxe académica, e a sua

substituição por uma receção basea- da em camaradagem de igual para igual e que encoraje a criatividade e o espírito crítico.

Contudo, e de acordo com a tradição académica, os alunos que se decla-

rem anti-praxe ficam privados de outras tradições como usar traje

académico, participar em atividades como o baptismo e desfile do ca- loiro, ter um padrinho, apadrinhar

caloiros, usar pasta com fitas, entre

outras.

Dicas para os primeiros dias: Mostra-te divertido e coopera com os veteranos. Acredita que se te
Dicas para os primeiros dias:
Mostra-te divertido e coopera
com os veteranos. Acredita que
se te mostrares à vontade, cor-
rerá tudo melhor. E acima de
tudo, nada de levar a melhor
roupa para os primeiros dias de
faculdade. Não te esqueças que
podes ter de andar a rebolar no
chão, ficar com a cara pintada, e
provavelmente a cheirar mal.
Guia do Caloiro 2012 Origem? Foi na Universidade de Coimbra que tudo começou. Até porque ao
festejar
festejar

rECEÇÃo ao Caloiro

Toca a festejar, caloiro!

Uma coisa é certa. As nossas universidades sabem receber! E para tal, organizam as melhores festas, e com animação até ser dia. Seja qual for a tua faculdade, está atento ao “cartaz das festas”, e às festividades de receção ao caloiro. E claro, a todas as festas que se realizam sempre durante todos o ano. Fica a saber o que este ano letivo te reserva.

liSboA
liSboA

A Associação Académica de Lisboa é a grande responsável pelas festividades

na capital. A Semana Académica é sem- pre a mais esperada! Mega Festa do Caloiro – Concertos e muita animação marcam esta típica festa lisboeta. Aqui encontram-se alunos

de todas as faculdades, e as associações

unem-se para fazer uma festa conjunta.

Rally das Tascas - Todas as facul-

dades o fazem. Servem para percor- rer a cidade, de bar em bar, e perce- ber se os caloiros conhecem bem o espaço que os acolheu. Atenção para não seres enganado, nas perguntas

com rasteira. Senão, lá está, terás de

beber ... Sabe mais em www.aal.pt

Guia do Caloiro 2012

Guia do Caloiro 2012 AVeiro A Associação Académica da Universi- dade de Aveiro organiza o “Integr@te”
AVeiro
AVeiro

A Associação Académica da Universi- dade de Aveiro organiza o “Integr@te”,

que tal como o nome indica, é um festival que recebe os novos alunos.

Mas há mais!

Arraiais Académicos - Espetáculos musicais de tunas universitárias acompanhados do habitual “porco no espeto”. Noites na Casa do Estudante – Espetáculos que decorrem durante

todo o ano. Há sessões de cinema

todas as segundas-feiras com pro- jeção de filmes de temas diversifica- dos; concertos musicais com ban- das e estilos variados; e espetáculos de stand-up comedy. Sabe mais em www.aauv.pt

coimbrA
coimbrA

A cidade portuguesa com mais tradições académicas conta com a Associação Académica de Coimbra para organizar as festividades. A Latada é das mais conhecidas e a que tão bem recebe os alunos. latada - Todos os anos, artistas de renome são convidados para atuar nesta grande festa de “receção ao caloiro”. Serenata Monumental - evento

reconhecido internacionalmente, que marca o início da semana da Queima. Após o soar das doze badaladas na Torre da Cabra, de quinta

para sexta-feira, o largo da Sé Velha recebe esta Serenata.

Sabe mais em www.academica.pt

PorTo
PorTo

A Invicta oferece sempre uma festa de Receção ao Caloiro organizada pela Federação Académica do Porto.

Queima das fitas: Monumental serenata – É o fim do primeiro ano de vida académica e uns dos momentos da Queima das Fitas que mais gente

mobiliza, mais emoções desperta e mais profundas recordações grava. A monumental Serenata marca

o início da Queima das Fitas, às

00h01, em frente à antiga cadeia

da Relação. Queima das Fitas: Rally Paper – Descobre se conheces bem o Porto? A organização prepara sempre um roteiro preenchido por atividades originais e vários jogos para uma excelente tarde à descoberta da cidade.

Sabe mais em www.fap.pt

fAro
fAro

A Semana Académica do Algarve

é das tarefas mais importantes da Associação Académica da Univer- sidade do Algarve. E que cumpre

sempre bem!

Monumental Serenata - Como man- da a tradição, há um dia de Maio em

que as escadarias da Igreja da Sé

de Faro recebem esta Monumental

Serenata de Abertura da Semana

Académica do Algarve 2012. Capas traçadas e o som das guitarras portuguesas enchem a noite de uma magia típica das universidades.

Sabe mais em www.aaualg.pt

éVorA
éVorA

Pelo Alentejo a festa também se faz ao longo do ano com a grande ajuda da Associação Académica Universi- dade de Évora. A Receção ao caloiro é sempre a primeira das festas. Queima das fitas - O cartaz surge sempre repleto de artistas portu- gueses e estrangeiros de renome, atuando ao longo de uma semana que se destaca pela sua variedade de atividades à disposição. Cortejo Académico – Integrado na Queima, leva os alunos a percorrer as ruas da cidade.

Sabe mais em www.aaue.pt

contactar
contactar

Contactos

úteis

Estás meio perdido? Nada disso. Desde que tenhas um telefone, ou peças a alguém,

depois é só perguntar. Nunca ouviste dizer que quem tem boca vai a Roma? Neste caso, tudo o que precisares, e dúvidas que tenhas, podes esclarecer junto

dos seguintes contactos.

ASSOCIAçõES ACADÉMICAS
ASSOCIAçõES ACADÉMICAS
LINHAS DE APOIO
LINHAS DE APOIO

Associação Académica

APAV – Associação Portuguesa

SOS Grávida

de Coimbra

 

de Apoio à Vítima

Dias úteis das 10h às 18 h

Rua Padre António Vieira

Dias úteis das 10h às 13h

T.

808 201 139 | 213 862 020

3000-315 Coimbra

 

e das 14h às 17h30

Site: www.ajudademae.com

T.

239 410 400

T.

707 20 00 77

E-mail: sosgravida@ajudademae.com

Site: www.academica.pt

Site: www.apav.pt

E-mail: geral@academica.pt

E-mail: apav.sede@apav.pt

SOS Voz Amiga

 

Diariamente das 12h às 24h

Federação Académica do Porto

Escutar – Voz de Apoio

T.

21 354 45 45 | 91 280 26 69 |

Rua do Campo Alegre, 627

T.

Diariamente das 21h às 00h

96 352 46 60

4150-179 Porto

225 50 60 70

Site: www.sosvozamiga.org

T.

226 076 370

Site: http://vozdeapoio.no.sapo.pt

Site: www.fap.pt

 

E-mail: sos.vozdeapoio@sapo.pt

Telefone da Amizade

E-mail: geral@fap.pt

Diariamente das 16h às 23h

linha Vida – SOS Droga

T.

808 22 33 53 | 228 323 535

Associação Académica de lisboa

Dias úteis das 10h às 20h

Site: www.telefone-amizade.pt

Rua da Cintura do Porto de Lisboa,

T.

1414

E-mail: jo@telefone-amizade.pt

Armazém I

Site: www.idt.pt

Naves 3,4 e 5

E-mail: 1414@idt.min-saude.pt

 

1200-109 Lisboa

Apoio4U (Universitários)

T.

213 966 103

linha SOS SIDA

Atendimento personalizado

Site: www.aal.pt

 

Dias úteis das 17h30 às 21h30

Dias úteis das 12h às 21h

E-mail: geral@aal.pt

T.

800 201 040

T.

707 21 23 23

 

Site: www.lpcs.pt

E-mail: apoio4u@santander.pt

Associação Académica da Universidade de Aveiro

Sexualidade em linha

Superlinha Santander Totta

Campus Universitário de Santiago

Dias úteis das 10h às 19h

Atendimento personalizado

Agra do Crasto

 

Sábado das 10h às 17h

Das 08h às 23h

3810-193 Aveiro

T.

808 222 003

T.

707 21 24 24

T.

234 372 320

Site: www.juventude.gov.pt

Site: www.santandertotta.pt

Site: www.aauav.pt

 
 

SOS Estudante

Rede Universia Portugal

Associação Académica da

T.

Das 20h à 01h

Atendimento personalizado

Universidade do Algarve

808 200 204 | 96 955 45 45

T.

Das 08h às 23h

Campus da Penha 8005-139 Faro

E-mail: estudante.sos@gmail.com |

707 21 24 24

T.

289 888 444

sosestudante@academica.pt

Site: www.santandertotta.pt

Site: www.aaualg.pt

 

Site: http://sos-estudante.

E-mail: geral@aaualg.pt

blogspot.com

Guia do Caloiro 2012

Guia do Caloiro 2012