Você está na página 1de 3
PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS ENGENHARIA CIVIL DISCIPLINA: ENG2033 – TEORIA DAS ESTRUTURAS II Prof.

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS ENGENHARIA CIVIL DISCIPLINA: ENG2033 – TEORIA DAS ESTRUTURAS II Prof. Luiz Álvaro de Oliveira Júnior

AULA 35 – PROCESSO DE CROSS

Exemplo 2 – Estrutura indeslocável com duas rotações desconhecidas

Traçar o diagrama de momento fletor da viga contínua abaixo submetida ao carregamento

indicado. Considere que as barras são inextensíveis e que possuem a mesma a rigidez à flexão

que vale = 30000 .

mesma a rigidez à flexão que vale = 30000 ∙ . a) Coeficientes de rigidez de

a) Coeficientes de rigidez de cada barra e em cada nó:

Para o nó B:

=

3

=

3 + 4

8

6

=

3

24

=

8 25

Para o nó C:

4

=

=

4 + 4

6

6

3

=

8

=

25

24

= 0,36

=

4

6

=

4

3

4

=

=

=

4

24

=

6

25

4

=

=

=

4

6

0,64

4

6

=

=

4

6

3

4

= 0,50

b) Momentos de engastamento

Barra 1:

=

8

Barra 2:

=

12

=

12

Barra 3:

=

12

= −

12

c) Solução

= −

4

∙ 8

8

=

8 ∙ 6

12

= −

8

∙ 6

12

=

6 ∙ 6

12

= −

6

∙ 6

12

=

=

4

3

6 4

= −32

= 24

= −24

= 18

= −18

= 0,50

6 1 2 = − 6 ∙ 6 1 2 = ∑ = 4 3 6
6 1 2 = − 6 ∙ 6 1 2 = ∑ = 4 3 6

d)

Momentos finais e diagrama de momento fletor

d) Momentos finais e diagrama de momento fletor e) Reações de apoio Para encontrar as reações
d) Momentos finais e diagrama de momento fletor e) Reações de apoio Para encontrar as reações

e) Reações de apoio

Para encontrar as reações de apoio, basta rotular a estrutura nos apoios internos e fazer o equilíbrio nodal com as cargas externas e momentos fletores encontrados nos apoios que foram rotulados.

f) Diagrama de esforço cortante

Para traçar o diagrama de esforço cortante, basta empregar as reações de apoio determinadas segundo o item (e) e os carregamentos externos.