Regência Verbal Fonte: www.educacional.com.br/ EXERCÍCIOS 1.

Assinale a alternativa em que a regência verbal este em desacordo com a norma culta: a) A iniciativa da acusação desagradou ao cliente. b) Os familiares da vítima aspiram a um resultado justo. c) Uma equipe de advogados assiste ao acusado. d) O advogado inescrupuloso visa somente seus próprios interesses. e) O povo assistiu perplexo ao julgamento. RESPOSTA: D COMENTÁRIO: O verbo “visar”, no sentido de “almejar”, é transitivo indireto, exigindo a preposição “a”. OBS: Na alternativa C, o verbo “assistir”, no sentido de “auxiliar”, parece ter sido empregado de forma equivocada. Na verdade, o uso mais comum no Brasil, nesse sentido, é como transitivo direto. É correta, contudo, a construção com preposição, como aparece na alternativa. 2. Assinale a alternativa em que a regência verbal está em desacordo com a norma culta: a) Não o informaram de que eu viria? b) Não lhe informaram que eu viria? c) Não lhe informaram de que eu viria? d) Não desobedeça ao juiz. e) O chefe desta repartição era enérgico e ninguém lhe desobedecia. RESPOSTA: C COMENTÁRIO: O verbo “informar” é transitivo direto e indireto, portanto exige dois complementos, um sem e outro com preposição. Na alternativa, ocorrem dois objetos indiretos: o “lhe” e a oração introduzida por “de que”. Há duas maneiras de corrigir o enunciado, usando um objeto direto e um indireto: Não o informaram de que eu viria; Não lhe informaram que eu viria. 3. As frases que seguem são comuns na língua popular. Transcreva-as, adaptando-as à norma culta. a) Todo político visa apenas os seus interesses. b) Ninguém conseguiu assistir o jogo, sentado. c) O jornal vinha informando seus leitores que as condições das estradas eram precárias. d) Ninguém lhe avisou de nada. e) Discurso de político não agrada ninguém. f) À noite, em São Paulo, ninguém obedece farol vermelho. RESPOSTA: a) Todo político visa apenas aos seus interesses. b) Ninguém conseguiu assistir ao jogo. c) O jornal vinha informando a seus leitores que as condições das estradas eram precárias; O jornal vinha informando seus leitores de que as condições das estradas eram precárias. d) Ninguém o avisou de nada; Ninguém lhe avisou nada. e) Discurso de político não agrada a ninguém. f) À noite, em São Paulo, ninguém obedece a farol vermelho.

4. A regência verbal está correta em: a) Ele foi preso porque não pagou o advogado. b) O julgamento a que assistimos foi emocionante. c) Aquela vaga que você aspirava já está preenchida. d) Não me simpatizo com pessoas que esquecem dos amigos. e) Prefiro ler um bom livro do que ver qualquer filme. RESPOSTA: B COMENTÁRIO: O verbo “assistir”, no sentido de “ver”, “presenciar”, é transitivo indireto, exigindo a preposição “a”. 5. Como se sabe, o verbo “avisar” tem a mesma regência que “informar”. Com base nesse dado, leia a passagem que segue, extraída do Diário do ex-Presidente Getúlio Vargas: “Apareceu-me o senhor Oswaldo Aranha. Zangado, julgava-se desconsiderado porque não lhe avisei da inclusão, na lista, do Senhor Valadares, que alcunhava de débil mental, incapaz, sem moralidade, etc.” a) O verbo “avisei” está usado de acordo com a regência da norma culta escrita? b) Caso não esteja usado corretamente, reescreva a oração em que ocorre o verbo “avisar”, fazendo a correção. RESPOSTA e COMENTÁRIO: a) Não. Na norma culta, ele é transitivo direto e indireto, exigindo, portanto, objeto direto e indireto. No trecho, foi empregado equivocadamente com dois objetos indiretos. b) Há duas possibilidades de correção: Não o avisei da inclusão (“o”, objeto direto; “da inclusão”, objeto indireto); Não lhe avisei a inclusão (“lhe”, objeto indireto; “a inclusão”, objeto direto). 6. Preencha os espaços com os pronomes pessoais oblíquos de terceira pessoa adequados: a) Há profissões muito desvalorizadas no mercado: ninguém aspira ....... b) Entrou em cartaz um filme que trata de um julgamento por discriminação racial: meus amigos que ...... assistiram gostaram. c) Não ...... agradou a forma como o advogado conduziu a defesa. d) A polícia informou ........ de que o político não podia deixar o país. e) Já ....... avisei que não há vagas. f) Desisti desta vaga: visei ..... durante muitos anos. g) O advogado está irritado: o cliente não ..... obedeceu. RESPOSTA e COMENTÁRIO: a) A elas. OBS: O verbo “aspirar” não aceita o pronome “lhe”. b) A ele. OBS: O verbo “assistir”, no sentido de “ver”, não admite o pronome “lhe”. c) Lhe. d) O. OBS: Como a oração introduzida por “de que” funciona como objeto indireto, o pronome “o” desempenha função de objeto direto. e) Lhe. OBS: A oração introduzida pelo “que” funciona como objeto direto. Assim, o “lhe” é o objeto indireto. f) A ela. OBS: O verbo “visar” não admite o pronome “lhe”. g) Lhe.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful