Você está na página 1de 130
pete g CM Or CCE ok "Torvanl Manual do Arcano “ Lucas Borne Leonel Caldela Manual do Arcano CCeiagio: Gustavo Brauner, Leonel Caldela, Marcelo Cassaro, Rogerio Saladino, Guilherme Dei Svaldie J. M. Trevisan. Desenvolvimento: Lucas Borne ¢ Leonel Caldela Edigdo: Guilherme Dei vad (Capat Erica Awano ¢ Thiago Ribeico. Ate: André Vaztios, Denise Akemi, Eduardo Francisco, Fria Awano, Remo di Sconzi, Robersa Pres, Rod Reis ¢ Wellington Dis Cartografia: Leonel Domingos Logotipia e Projeto Gréfico: Dan Ramos, Diagramasio: Guilherme Dei Sra Revisio: Leonel Caldel 1-Chefe: Guilherme Dei Svai Gorente-Geral: Rafael Dei Svald Basa nas gr origins do jogo Dungeons &e Dragons, ctiadas por E. Gary Gigae Dave Arson, as eyes da nora dco ‘ogo Dungcons & Dragons, deenvabidas por Jonathan Toes, “Monee Cook, Skip Willams, Richard Baker e Peter Adon selva & pubicdo sob os ermas da Open Game License. “Tao ocontcida Open Game &explkado a pgna 128 sua € uma obra de fog, Qualque semelhanga com a reliade rts de um casa de lsio out dominasio mental, Livres divertidos [Rus Sarmento Leite, 627 + Porto Alegre, RS CEP 90050-170 + Tal (51) 3012-2800 ceditor2@jamboeditora.com br # wow jamboeditora.com.br Tendo odin do ig reser uh Ellen Bribie 2 isp welo prce pr quer mes xs gue ‘ea seer, em ata ps, pores deli Pla em aguso de 2012 ISBN 9788591 300-4 adler de Catto Pubes ‘tira sponse Dene Stach Machado CRE 10/20 WG fore Lace ‘al asco Laces Borne Ll Cdl hse po saan fetal ~~ Po Alegre amb, 2012 Tap Jogor denis RPG. LC, Leonel IL ano, Ea ie eDU794a81.31 2 Magia em Aron, Wynne, a Deusa da Mag Csigo de Wynn ‘Sagos Especialists Abjurado.. Adlvinho Braxo ‘Ceonomance Encantador. Eyocador.. Geomante Isionise Tvocador. Necromance “ransmutador Snhagens Sobrenaunis. Linhagem Casta Linhagem Celestia... Linhagem Demoniaca Linhagem Diabalia... Linhagem Feévica Linhagem Ofidica Linhagem Ordeira. Linhagem Primordial Capiealo 2: Estudos Avangado Novos Tents. Clases de Prestigio. “Amador Fars Aecano éa Tore. ‘Géoio do Mal Guctcito Magic Ingusidor de Wynra.. Magi-Ranger Professor de Magia Racionalisa Renegado iba Equipamento Ferramentse Trstrumentos Treas Alqulesicos Roupas e Aces © Laboratsrio Arcana eens Migicos ‘Griando Ieens Magicos Capfealo 3: Artes Arcane 66 Novas Magis (Capiealo 4: A Academia Arcana. Formas de Acesso Periodo Letivo. Testes de Admisio.. 0 Campus Mapa da Acdemia Arcana As Tendénciase o8 Grémior. AS C88 essnnnsnnnnin ‘Vida Escola ¢ Niveis de Experencia ‘Mestrando na Academia, : © Corpo Docent. (Os Professores Seniores Outros Professor Capitulo 5: O Mestre da Magh.n0u-108, (Campanas Arcana ons [Novas Regras "Novos Monstos. Abelha de Fogo. Cobra Cromitica.. Cromo Hidrs Exqueletos Arcanas.. Esqueletos Arcanos Maiores. Lobo-das-Neves.. Necro-Aranhs. Sprout. Lendas Arcanas ‘Aleph Otlos Vermelhos. Gwen Haggenfir Nefiecum Sangue Negro Raclydd Raschid, 0 Zelador dda Academia Arca. Capitulo 1 A Béncao E exranho, mas aos poucos estamos perebendo: Tormenta BEG nts é apenas Aron Quo »ceniri foi eriado, hd mais de dez anos, ena wom Be pers avencras, um ‘mundorunivere™ No sinha vegas peer — come parce da reves Dragio Brasil, pedia war Bc te outro jogen. Todor saberos que iv miuedow. Arton ie cvs conjuntos de rege, até chegar naguela que pare- ss ers definition: 0 Gua do Jogador ¢ 0 Guia do Mes- Be pers DED 3.5. Os autores exavam sarisfeto. Tormenta Tesco como nm mando elsico de fantasia med Peemente adequado a D&D. mente, D&D muden: al, eva fe Surin uma nova edicto do jogo. Enguanco sue trceira Pe posse wma Licenga Aberts, que permitia que todos pu- Beco livros com mans regs, a quart edigan era muito mais Pein Tiloce mais grave: 0 novo sistema ena desnecesri, cad, contnrio a tudo que sornav a fantasia medieval um Bs cise pre RPG, Emde Tornena no mig porn Beers edit (asim como a maior parte dos jogadaresbrasi- ee Mes 05 ansgos livros de D&D no enum mais vendidos Dies gacores nia podiam comecar suas campanbas, Ent preciso He mov sistema. Fok anim que surgi Tormenta RPC © nov livro basco wav quase as mesmas regras de D&D BS apes adapracdasealinhsvadas depois de anos de experiencia Bm 0 itera, Ena totalmente compativel com materaisantigas Babes por iso tena agradad ao prio brasileira. que rejetara 2 quartaedigio. E com Tormenta RPG tivemos wma surprst Jagadores que nfo evam fis de Arton comesavam a se interesar, Estando “énftos” de wm conjunto de regras para fantasia medieval clésica, ees novos adeptos dejavam o sistema de Tormenta RPG, mesmo que néo foxsem situar suas campanhas no cendria. Fu mecmo vi ese fonimeno de perto, quando al- guns de meus amigos comecaram campanbas de Tormenta RPG fem outros cendrios, sem munca seqyuerpivar em Arton. Um deles chamava-se Lucas Borne Cert, talver ele ndo senha realmente comegado wna cam- panlsa, Ms interesiou-se pelo sistema de tal forma que comeou a ddesenvaleer material. No inkl, ideias sobre arcanos expecialisas ce vegras para magia, Aplicages de sua vasa experiencia com RPG (Gncluindo sistemas e cendrias obscures) « rexgates de concetos do velho AD&D. Lego 0 material se expandiu, pasou a engleber nova magia, regras variantes,itens, clases de pretigie.. Era 0 embrido de wm lero, logo apelidado de “0 Livro do Lucas’ Apreentanosa idea do “Livro do Lucas” para Marcelo Cas- sare, que complementone com a sugestio de incuir todo 0 material descritivo sobre a Academia Arcana. Afinal, 6a parse importante cde Arton estava ainda sem presenga no novo sistema. A Academia seria 0 tague artoniano em sam loro quase genético, aguilo que igaria as nova reas ao mundo que conbecems. (0 resultado vocé tom em mien, Este & ue loro diferente, 0 primasivo de urna série detinada a expandit as diferentes clases de ipersonagens. Nav fica rstrito apenas a magos feiiceros — mas, Capitulo 1 ‘para ess, apresenia todo um novo conjunto de opgbes. E. embora ‘steia intimamense ligado a Avion, este loro destinase a tadet os “iftes” de D&D, todos agueles que cesejam a continuidade de uma tradigio, no uma mudanca brusca e biearra ‘Se voeé for umm apaisonado por Arton, bem-vindo de vole. Se oct ainda no conbece este mundo e eed interesado sé nas regras incase & voncade, Este &woso primero lara escrito com vosé em ‘mente, por alguém exatamente como voce Porque, come sempre, Tormenta é ainda maior do gue ulgamos, — Leonel Caldela A Magia em Arton Arton é um mundo de problemas. Mas, talvez até mais do que isso, é um mundo de magia. A magia esti presente em quase todos os aspectosimpor- antes da vida dos artonianos. Embora, nas aldeias remotas © ‘nos ermos, muitos nunca tenham visto 0 menor ttugue mi ico, a magia influencia-os — aeravés das decides de sus ro- gentes, dos fendmenos em sus regio, da propria nacureza 20 seu redot. Plebeus acitam 3 presenga de eratueas Fancétias « eventos inexpliciveis como parte da esranheza do mundo, ras os académicos saber que erata-se de magia Seja por sua influéncia decsiva ou por sua auséncis, a magia define boa parce de Arvon. Wynlla, o Reino de Magis, 0 exemplo mais dhvio: um pais governado pelos arcanos, nde rtuaissio fung6es estatais ¢ a economia gira em torno de componentes migicos. Por outro ado, Portsmouth tam- bém € definido pela magia: seu regente proibe a magia arcana — segundo alguns, para manter 0 dominio sobre ess arte em sua nagio. Tio imporcante €a magia que sua indsponibilidede suficence para vale a Portsmouth a alcunha de “o Reino da Magia Proibids"! Os devoros de Khalmyr e os cavaleiros da Luz ndo usam itens de magia arcana, e io famosos por isso — pois @ maiora dos aventureiros encontra ¢ utiliza pelo menos tum objeto encantado em sus carers. Nos lugares mais rcos, a magia assume o papel que a mais alta tecnologia desempena na Terta. No Palicio Imperial em Valkaria, hd uma sala de guerra alamente magica, que conta com todo tipo de proregesarcanas, .selada do mundo ex: terior © 56 se pode chegar até ela por meios migicos como selemansporee. Tarbém conta com projegées isda de mapas do Reinado e ourassimulagdesarcanss para auniliar a Rainha -Imperatiz em épocas de rie. A ata nobreza dspée de laxos gis como aparénca iluséia, para o tempo para nunca ter pressa ou mesmo scrvos criados por magia, que nunca fcam ddoentes e munca precisam descansat, Os generais eagam seus planos levando em conta a magia, © magos de grande poder so algumas das armas mais poderosas em qualquer campo de batalha — verdadeiras “pessoas de destuigio em mass”. F impossiel tagar wma “hiséria da magi” em Aron, Essa seria. a prepa hina do mando, ds Crago. Quand 0 Nada eo Vatio consumaram seu amor ederam origem a tudo aque conhecemos,realizaram a primeira e maior magia, segundo alguns. Quando os deuses deram origem as racas e moldaram 0 ‘mundo, o que foi iso sengo magia? A Revolta des Ts uiizou 4 magia: quando a raga proibida de ValkariaTillan Kallys- dranoch fi descoherta, 0 confionto entreos deuses foi magico. Alguns afirmam que as méguinas de guerta magieas criadas por Tillianalcangavam o tamanho de cidades. © proprio Kallyadta- noch, 0 Deus dos Dragées, era também um deus ligado & ma- gia, seus filhos dracinicossio alguns dos maioes arcanos de Avton. Muito mais tarde, as pueras que culminaram na Grande Batalha uelizaram a magia — e, de seu resultado, otiginow-se © éxodo que culminou na colonizagio do continente artoniano € na formacio das nagoes que hoje exstem. A criagio da Gran- de Academia Arcana mudow para sempre a fice de Aron. A posta encte os aquimagos Talude ¢ Vectorius eriow outra das rmaiores realizagées dos mortas: a cidade voadora de Vectors ‘Um ritual magico do necromante Vladislav Tpish dew inicio & saga do Paladino, que abalou Arton e o proprio Panteéo, Uma «as principais heroinas envolvidas foi a elfa “arquimaga” Nicle, AA chegada da Tormenta foi auriliada pelo tigico mago Ruts Domat. Durante 0 confronto contra Crinio Negro, um gigan- tesco ricual mégico wansportou o exgrcito de Bielefeld arravés do continente. O Dragio da Tormenta s8 foi vencido com a ajuda de arquimagos, numa baralha arcana de proporges até hoje inigualdveis. Quando Mestre Arsenal pds em pritia seu plano-meste, foi deido por um grupo de avencurcizos utile zando 0 Colosso Coridrian, um gigantesco golem criado em Wylla,o Reino da Magia. Aré mesmo os minocauros se rende- ram ao poder da magia, adotando uma "Legio Ausilia Magic’ para fornecer poder de fogo em sus guetra contra o Reinada, A magia esti em tudo, Alguns especulam que, sea magia subjeamente desaparecesse, muias criaturas(e até mesmo ragas inceiras) deixaiam de existir. Emboraseja uma realidade cata- logada e estudada em Arton, a magia torna possivel uma séxie de fendmenos que as forgas“mundanas” no explicam. F tanto cigncia quanto arte, tanco realidade brura quanto maravilhas. Bessa abunlincia tem uma rao Wynna, 2 Deusa da Maga Wynna, a Deusa da Magia Outros Nomes: Dalla, entre os elfos. Deserigéo: Wiynna ¢ considerada a Deusa da Magia, Els isticas necessiias pars protege os magos eFarnece as energias a execucio de suas magias. Ha controvérsias entee os arcanos a respeito de sua pr6= pria existéncia. Talude, 0 Mestre Maximo da Magia, é um dos mais fis seguidores de Wynna, e diz que deve a ela sua atual condigéo de mago supremo. O notério Aleph Olhos Vermie- Ios também ceria recebido da deusa seus grandes poderes. A imaioria dos devatos de Wynna (em geral magos) usa no dedo indicador um anel dourado com um pequeno rubi encravado no centro, como simbolo de sia creng. Mas outra corrente de