18/09/13

MS-DOS/Lista de comandos - Wikilivros

MS-DOS/Lista de comandos
Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto. < MS-DOS
Este item foi movido da Wikipédia para cá e ainda precisará de adaptações

Abaixo segue uma lista de comandos do sistema operacional MS-DOS da Microsoft. Para obter ajuda na utilização de um comando, digite /? logo após o nome do comando, na tela do MS-DOS. Exemplo:
C : \ >D I R/ ?

Ao invés de ser executado, o MS-DOS retornará uma página de ajuda do comando escolhido (com a definição, opções disponíveis e talvez alguma observação). A lista abaixo apresenta informações semelhantes (definição e analogia com comandos do Unix e/ou Linux, sintaxe, opções e exemplo). Uso: No prompt do MS-DOS digita-se:
C : \ >< c o m a n d o >< E N T E R >

No prompt de comando ainda pode ser utilizado uma seqüencia de comandos na mesma linha utilizando o caracter "|" (pipe), que faz com que a saída de um comando sirva de entrada para o comando seguinte. Exemplo:
C : \ >< c o m a n d o >|< 2 ºc o m a n d o >|< 3 ºc o m a n d o >e t c . . .< E N T E R >

Para executar vários comandos independentes em sequência, utiliza-se o caracter "&" ("and"): Exemplo:
C : \ >< c o m a n d o >&< 2 ºc o m a n d o >&< 3 ºc o m a n d o >e t c . . .< E N T E R >

Para redirecionar a saída para um arquivo, usa-se ">" para criar este arquivo ou ">>" para incluir a informação no final do arquivo. Exemplo:
C : \ >D I RC : \ m i n h a s f o t o s \ * 2 0 0 1 * . *>F O T O S _ 2 0 0 1 _ E _ 2 0 0 2 . T X T C : \ >D I RC : \ m i n h a s f o t o s \ * 2 0 0 2 * . *> >F O T O S _ 2 0 0 1 _ E _ 2 0 0 2 . T X T
pt.wikibooks.org/wiki/MS-DOS/Lista_de_comandos 1/16

bat.18/09/13 MS-DOS/Lista de comandos . d o cc : \ a b c f i l e s \ funciona se digitado na linha de comandos. o comando f o r% xi n( a . mas não funciona na linha de comandos. Por exemplo. c )d om o v ec : \ m y f i l e s \ % % x * . b .org/wiki/MS-DOS/Lista_de_comandos 2/16 . f o r% % xi n( a . d o cc : \ a b c f i l e s \ funciona dentro de um batch file. c )d om o v ec : \ m y f i l e s \ % x * . Índice 1 ATTRIB 2 CALL 3 CHDIR 4 CLS 5 COMP 6 COPY 7 DATE 8 DELTREE 9 DIR 10 DISKCOMP 11 DISKCOPY 12 ECHO 13 FIND 14 FOR 15 FORMAT 16 IF 17 LABEL 18 MKDIR 19 MEM 20 MODE 21 MORE 22 MOVE 23 PATH 24 PAUSE 25 PROMPT 26 RENAME 27 RMDIR 28 TREE 29 TIME 30 TITLE 31 TYPE pt. o formato a ser usado na linha de comandos é diferente do formato a ser usado em arquivos . b .bat (batch files). Por outro lado. mas não dentro de um arquivo .wikibooks. ao usar-se variáveis.Wikilivros Note-se que.

Wikilivros 32 VER 33 EDIT 34 EXIT 35 WIN 36 FDISK ATTRIB Na linha de comando do sistema operacional MS-DOS. Exemplo C : \ > A T T R I B+ RC : \ E X E M P L O .bat) Sintaxe C A L Ls c r i p t< e n t e r > Exemplo C : \ > C A L LC : \ T E S T E .wikibooks.18/09/13 MS-DOS/Lista de comandos . comando ou script DOS (arquivo de lote ou arquivo . Nota: sua função é análoga ao comando chmod do Unix e chattr do Linux. Sintaxe A T T R I B< o p ç õ e s >< u n i d a d e >< c a m i n h o >< a r q u i v o > Opções + : Acrescenta um atributo . arquivo do sistema.org/wiki/MS-DOS/Lista_de_comandos 3/16 . * CALL Usado para chamar (executar) um programa. B A T CHDIR pt. e permite alterá-los. T X T ' ' '' ' ' C : \ > A T T R I BR/ D/ SN : \ * . arquivo morto e oculto). o comando ATTRIB é usado para mostrar os atributos dos arquivos e diretórios (somente leitura.: Retira um atributo R : Atributo somente leitura A : Atributo de arquivo morto S : Atributo de arquivo do sistema H : Atributo de arquivo oculto /s : Inclui todos os arquivos do diretório definido e todos os seus subdiretórios /d : Inclui diretórios no processamento (necessita da opção /s).

Nota: sua função é análoga ao comando clear do Unix. Sintaxe C H D I Rd i r e t o r i o< e n t e r > Exemplo C : \ > C H D I RC : \ W I N D O W S \ D e s k t o p \ E x e m p l o Carrega o diretório Exemplo.wikibooks. Exemplo C : \ > C L S< e n t e r > COMP COMP compara dois arquivos Sintaxe C O M PA r q u i v o 1A r q u i v o 2< o p ç õ e s >< e n t e r > Opções /D Saída em hexadecimal /A Saída ASCII /L Mostra o número das linhas que são diferentes /C Não faz distinção entre caracteres maiúsculos e minúsculos COPY Usado para copiar um ou mais arquivos de um diretório para outro.18/09/13 MS-DOS/Lista de comandos . e coloca o cursor no canto superior esquerdo.Wikilivros CHDIR (pode ser abreviado para CD) é usado para trocar o diretório corrente ou acessar um subdiretorio. o comando CLS é usado para apagar todas as informações mostradas na tela. *c : \ w i n d o w s \ d e s k t o p/ V Opções pt. Nota: sua função é análoga ao comando cp do Linux Sintaxe C O P Yc : \ w i n d o w s \ * . dentro da pasta Destktop CLS Na linha de comando do sistema operacional MS-DOS.org/wiki/MS-DOS/Lista_de_comandos 4/16 .

o comando DATE é usado para mostrar a data atual do sistema. Ao digitar uma nova data.org/wiki/MS-DOS/Lista_de_comandos 5/16 . dd/mm/aaaa ou dd.Wikilivros /V Verifica a integridade do arquivo destino após a cópia Exemplo C : \ > C O P YD : \ E X E M P L O \ A R Q U I V O . devido aos danos ocasionados por usuários inexperientes ou mal-intencionados. *E : \ P A S T A = = > >C o p i at o d o so sa r q u i v o sd od i r e t o r i oC : \p a r aE : \ P A S T A DATE Na linha de comando do sistema operacional MS-DOS.mm. Nota: sua função é análoga ao comando date do Unix. o comando DELTREE é usado para apagar um ou mais diretórios junto com todos os seus subdiretórios e arquivos neles contidos.aaaa). Exemplo C : \ > D A T E D a t aa t u a l :t e r2 0 / 0 1 / 1 9 9 9 D i g i t ean o v ad a t a :( d d m m a a )0 6 / 0 1 / 2 0 0 0 DELTREE Na linha de comando do sistema operacional MS-DOS.wikibooks. Sintaxe D A T E< o p ç õ e s > Opções /t : Mostra a data sem permitir alterá-la.18/09/13 MS-DOS/Lista de comandos . T X TE : \ P A S T A Dica Para copiar todo o conteúdo de uma pasta. Sintaxe D E L T R E E< o p ç õ e s >< u n i d a d e >< c a m i n h o > Opções /y : Exclui o caminho indicado sem pedir confirmação. Não é mais usado desde o Windows 2000.* C : \ > C O P YC : \ * . pode ser usado como caractere separador o hífen. use *. a barra ou o ponto (dd-mm-aaaa. Exemplo pt. podendo ser atualizada.

B A T 6/16 < D I R > < D I R > < D I R > < D I R > < D I R > < D I R > < D I R > pt. Ele existe desde a primeira versão do MS-DOS e está embutido no interpretador de comandos deste sistema operativo. 7 8 7I N F 0 0 0 .Wikilivros C : \ > D E L T R E EA : \ E X E M P L O DIR Na linha de comando do sistema operacional MS-DOS. exibe as opções que podem ser utilizadas no DIR Exemplo Este exemplo foi tirado em uma implementação de interpretador de comandos do Windows 2000. Sintaxe D I R< o p ç õ e s >< u n i d a d e >< d i r e t ó r i o > Opções Algumas implementações do MS-DOS dispõem de mais opções. S Y S e B o o k s 1 8 5B O O T . C : \ > D I R V o l u m ei nd r i v eCi sM A I NW 2 K V o l u m eS e r i a lN u m b e ri s2 3 2 6 3 0 E 6 D i r e c t o r yo fC : \ 1 1 / 1 7 / 2 0 0 1 0 4 / 1 6 / 2 0 0 2 0 5 / 1 9 / 2 0 0 2 1 1 / 2 2 / 2 0 0 1 1 1 / 2 2 / 2 0 0 1 1 2 / 0 9 / 2 0 0 1 1 1 / 2 2 / 2 0 0 1 0 1 / 0 3 / 2 0 0 2 1 1 / 2 2 / 2 0 0 1 1 1 / 2 2 / 2 0 0 1 0 3 / 0 8 / 2 0 0 2 1 1 / 2 2 / 2 0 0 1 1 1 / 1 7 / 2 0 0 1 0 5 / 1 2 / 2 0 0 2 1 0 / 1 4 / 2 0 0 1 0 8 / 0 1 / 2 0 0 2 0 9 : 4 0 p 1 0 : 1 2 p 0 4 : 3 4 p 0 5 : 1 7 p 0 5 : 1 0 p 0 9 : 0 7 a 0 5 : 4 0 p 1 2 : 0 5 a 0 4 : 5 9 p 0 5 : 1 2 p 0 2 : 0 8 p 0 2 : 1 7 p 1 0 : 0 4 p 0 5 : 5 7 p 0 9 : 5 1 a 0 7 : 1 5 p 2 5 7 . Nota: sua função é análoga ao comando ls do Unix. estas são apenas as mais comuns. S W P 4 4 6V I R U S L O G . 6 8 1S C A N D I S K . pelo prompt do MS-DOS. w 9 8 2 5 3B O O T . L O G 1 . B A D 1 . 6 6 3M S D O S . /A[xx] : Lista os arquivos com alguns atributos específicos /B : Lista apenas o nome dos arquivos /L : Nome dos arquivos em letras minúsculas /O[xx] : Modifica a ordenação da lista /P : Pausa a cada página /S : Lista também os subdiretórios (Use dir/s + nome do arquivo para procurar um aquivo específico em todo HD. o comando DIR é usado para listar arquivos e diretórios.wikibooks.18/09/13 MS-DOS/Lista de comandos . 7 7 5M S D O S . T X T f i l e l i b 2 2 8B O O T . Equivale a tecla F3 no Windows Explorer) /W : Formato de lista amplo /? : Help. B A D 8 . ao contrário do ls que é por si só um programa. w 2 k W I N N T G a m e s D o c u m e n t sa n dS e t t i n g s d o s t e m p D o w n l o a d s 1 6 0A U T O E X E C .org/wiki/MS-DOS/Lista_de_comandos .

6 7 2 . 6 7 4 . t x t DISKCOMP DISKCOMP compara o conteúdo de dois disquetes.18/09/13 MS-DOS/Lista de comandos .txt]. Sintaxe D I S K C O M PU n i d a d e 1U n i d a d e 2< e n t e r > Opções Exemplo C : \ > D I S K C O M PA :B : DISKCOPY DISKCOPY copia um disquete. 1 6 0b y t e sf r e e Uma das funcionalidades práticas do DIR é exibir o resultado da pesquisa em um arquivo de texto.Wikilivros 1 2 / 0 9 / 2 0 0 1 1 0 / 1 4 / 2 0 0 1 0 9 / 3 0 / 2 0 0 2 1 1 / 2 5 / 2 0 0 2 0 3 / 0 8 / 2 0 0 2 0 3 / 3 1 / 2 0 0 2 0 5 : 2 4 p < D I R > B a c k u p 0 9 : 2 5 a < D I R > M S D O S 7 0 3 : 4 8 p < D I R > c y g w i n 0 3 : 0 2 a < D I R > M yD o c u m e n t s 0 2 : 4 5 p < D I R > P r o g r a mF i l e s 0 7 : 4 1 p < D I R > T e m p 9 F i l e ( s ) 2 . 4 7 6 .org/wiki/MS-DOS/Lista_de_comandos 7/16 .wikibooks. Para tanto. Usado em scripts DOS para controlar as mensagens enviadas para a saída padrão (monitor. Exemplo C : \ > d i r/ s/ w> C : \ l i s t a . Nota: sua função é análoga ao comando echo do Linux. tela ou ecrã). Sintaxe E C H O[ O N ][ O F F ][ m e n s a g e m ]< e n t e r > Opções pt. ou controla o envio. 0 6 0b y t e s 1 6D i r ( s ) 2 . Não pode ser usado para copiar o HD. podendo inclusive ser utilizada toda e qualquer opção disponível. e não apenas na tela do monitor. Sintaxe D I S K C O P YO r i g e mD e s t i n o< e n t e r > ECHO Envia. de mensagens para a saída padrão. basta utilizar o comando: DIR [opções] [unidade] [diretório] >[unidade][nome do arquivo .

t x t|s o r t>p e s q u i s a . uma para ser invocada pela linha de comandos.txt) e guardar o resultado no arquivo pesquisa. Sintaxe F I N D< o p ç õ e s >T e x t oa r q u i v o s Opções /C : Conta as ocorrencias /I : Ignora diferença entre maiúsculas e minúsculas. caso não colocar a sintaxe nao funcionará C : \ > F I N D/ I" T E S T E "C : \ d e m o s n s t r a n d o . A sintaxe para arquivos em lote (. OFF : Desativa a saída dos comandos para a saída padrão.BAT). /V : Mostra apenas linhas que NÃO contém Texto Exemplo C : \ > F I N D/ I" s e q u e n c i a "C : \ W I N D O W S \ e x p l o r e r . e x e o parametro "sequencia" faz parte da linha. t x t C : \ > F I N D/ I" p a l a v r a "* . Exemplo C : \ > E C H OT E X T O FIND Procura uma cadeia de caracteres numa lista de arquivos. e outra para ser invocada dentro de arquivos de lote (batch.Wikilivros ON : Ativa a saída dos comandos para a saída padrão. t x t Neste caso ele vai pesquisar no diretório corrente todos os arquivos (.BAT) precede o nome da variável com dois sinais de porcentagem (%%).txt. Sintaxe (versão para arquivos de lote) F O R% % V a r i a v e lI N(l i s t a)D OC o m a n d o pt. Assim como os demais comandos que usam variáveis. este comando tem duas sintaxes. normalmente de extensão . FOR Usado para repetir comandos. enquanto que a sintaxe para ser chamada diretamente pelo interpretador de comandos usa apenas um sinal de porcentagem (%).wikibooks. /N : Número das linhas em que Texto aparece.18/09/13 MS-DOS/Lista de comandos .org/wiki/MS-DOS/Lista_de_comandos 8/16 .

/4 : Formata um disquete de baixa densidade em drives de alta densidade. preparando-o para receber dados. Sintaxe F O R M A T< u n i d a d e >< o p ç õ e s > Opções /s : Formata o disco na unidade especificada e grava o sistema operacional MS-DOS em seguida. ele irá para o ponto chamado "END".org/wiki/MS-DOS/Lista_de_comandos 9/16 . e encerrará. LABEL pt. o comando FORMAT é usado para formatar um disco. ele irá criá-la. Exemplo C : \ > F O R M A TA : IF Executa Comando se Condição for verdadeira Sintaxe I FC o n d i ç ã oC o m a n d oe l s eo u t r oc o m a n d o Exemplo C : \ > I FE X I S TP A S T A 1(G O T OE N D)E L S E(M DP A S T A 1) Se no diretório especificado existir a pasta com o nome de "PASTA1". Caso não exista a PASTA1.wikibooks.Wikilivros Exemplo C : \ > F O R% % AI N(t e x t o 1t e x t o 2t e x t o 3 )D OE C H O% % A Exemplo (linha de comando) C : \ > F O R% AI N(t e x t o 1t e x t o 2t e x t o 3 )D OE C H O% A FORMAT Na linha de comando do sistema operacional MS-DOS. /q : Formata rapidamente o disco da unidade especificada (formatação rápida).18/09/13 MS-DOS/Lista de comandos . Nota: sua função é análoga ao comando mkfs do Unix. /u : Formata o disco na unidade especificada independente da condição.

Exemplo C : \ > M E M 6 5 5 3 6 0b y t e sd em e m ó r i ac o n v e n c i o n a l 6 5 5 3 6 0b y t e sd i s p o n í v e i sp a r aoM S D O S 6 2 6 5 9 2t a m a n h od om a i o rp r o g r a m ae x e c u t á v e l 1 0 4 8 5 7 6b y t e sd em e m ó r i ae s t e n d i d ac o n t í g u a 0b y t e sd i s p o n í v e i sd em e m ó r i ae s t e n d i d ac o n t í g u a 9 4 1 0 5 6b y t e sd em e m ó r i aX M Sd i s p o n í v e l M S D O Se s t ár e s i d e n t en aá r e ad em e m ó r i aa l t a MODE Configura a tela e a porta serial. Sintaxe L A B E L( U n i d a d e )( N o m eD e s e j a d o ) MKDIR MKDIR.Wikilivros Usado para renomear uma unidade.18/09/13 MS-DOS/Lista de comandos . ou abreviado MD.org/wiki/MS-DOS/Lista_de_comandos 10/16 . pt.wikibooks. /d : Mostra vários dados sobre o uso da memória pelos programas. Sintaxe M K D I Rs u b d i r e t ó r i o Exemplo C : \ > M K D I R/ d i r e t o r i o 1 C : \ > M K D I R/ d i r e t o r i o 1 / d i r e t o r i o 2 MEM Na linha de comando do sistema operacional MS-DOS. o comando MEM é usado para mostrar informações sobre o uso da memória RAM. /c : Mostra o tamanho dos programas e os classifica de acordo com o uso da memória. cria um subdiretório. Sintaxe M E M< o p ç õ e s > Opções /p : Mostra o status dos programas que estão usando a memória.

1 . Nota: sua função é análoga ao comando mv do Linux. pt.. 8 . Sintaxe M O V E[ u n i d a d e : ][ c a m i n h o ][ n o m ea n t i g o ][ n o m en o v o ]o u[ O r i g e m ][ D e s t i n o ] Exemplo C : \ > M O V EC : A U L AC : T E S T E renomeia o diretório C:AULA para C:TESTE C : \ > M O V EC : A U L A * . *A : faz a movimentação de todos os arquivos do drive C: que iniciam com "AULA. N . PM O D EL P T 1 : = C O M 1M O D EL P T 1M O D EN Exemplo C : \ > M O D E1 2 5 Aumenta a tela do prompt ao máximo.wikibooks. e aguardar o pressionamento de uma tecla. Nota: sua função é análoga ao comando path do Linux. Tanto a entrada padrão quanto a saída padrão podem ser redirecionadas Sintaxe M O R Ea r q u i v o Exemplo C : \ > D I R|M O R E MOVE Move os arquivos de um diretório para outro. MORE Permite exibir 23 linhas de texto." para o drive de destino A: PATH Define os diretórios em que se encontram arquivos executáveis.18/09/13 MS-DOS/Lista de comandos ..org/wiki/MS-DOS/Lista_de_comandos 11/16 .Wikilivros Sintaxe M O D EC O M 1 : 2 4 0 0 . para 125 colunas. da entrada padrão na saída padrão.

Retorno de carro e avanço de linha Digite PROMPT com texto livre e o prompt se tornará o texto.18/09/13 MS-DOS/Lista de comandos .wikibooks.= (sinal de igual) $$ .Unidade atual $G .< (sinal de menor) $B .org/wiki/MS-DOS/Lista_de_comandos .Versão do Windows $N . e outros.| (símbolo de pipe) $H . D i r e t ó r i o 2 Opções Diretório2.Data atual $P .Backspace (apaga o caractere anterior) $E . são opcionais.$ (cifrão) $T . Exemplos C : \ > P R O M P T$ P $ G = = >A l t e r aop r o m p td ow i n d o w sp a r aC : \ >_ 12/16 pt.Hora atual $D .> (sinal de maior) $L . Sintaxe P R O M P T[ p a r â m e t r o s ] Opções O prompt é composto de caracteres normais e dos seguintes códigos especiais: $Q .Unidade e caminho atuais $V .Wikilivros Sintaxe P A T HD i r e t ó r i o 1 . Sintaxe P A U S EM e n s a g e m Opções Mensagem é opcional PROMPT Altera o aviso da linha de comandos do DOS. PAUSE Aguarda o pressionamento de uma tecla.Código de escape (código ASCII 27) $_ .

D O CE x e m p l o . Nota: sua função é análoga ao comando rmdir do Unix.DOC para Exemplo. é usado para apagar um diretório.BMP RMDIR Na linha de comando do sistema operacional MS-DOS. ou abreviadamente RD. RENAME Altera o nome de um arquivo. Exemplo C : \ > R DC : \ E X E M P L O TREE pt.org/wiki/MS-DOS/Lista_de_comandos 13/16 .Wikilivros C : \ > P R O M P T$ N $ Q $ G = = >A l t e r aop r o m p td ow i n d o w sp a r aC = >_ C : \ > P R O M P TM S V I E C K= = >A l t e r aop r o m p td ow i n d o w sp a r aM S V I E C K_ PROMPT $P$G é o padrão.wikibooks. Pode ser abreviado para REN Sintaxe R E NA n t i g oN o v o Opções caracteres-curinga * e ? Exemplo C : \ >R E NE X .DOC C : \ >R E N* . o comando RMDIR.JPG para . /q : Exclui sem pedir confirmação (usando ou não a opção /s).18/09/13 MS-DOS/Lista de comandos . J P G* . B M P muda a extensão dos arquivos em . Sintaxe R D< o p ç õ e s >< u n i d a d e >< c a m i n h o > Opções /s : Exclui todos os diretórios e arquivos neles contidos além do próprio diretório informado. D O C muda o nome do arquivo EX.

o comando TITLE seguido de DOS iria mostrar o título da janela: "DOS" Sintaxe T I T L E( t e x t od et í t u l oaj a n e l a )< o p ç õ e s > Opções <blink>???</blink> TYPE pt. Sintaxe T R E E[ u n i d a d e : ] [ c a m i n h o ] Opções /F .Wikilivros Exibe de forma gráfica a estrutura de pastas de uma unidade ou caminho. podendo ser atualizada.org/wiki/MS-DOS/Lista_de_comandos 14/16 .wikibooks. 7 3 D i g i t ean o v ah o r a :2 0 : 0 6 : 0 1 . Sintaxe T I M E< o p ç õ e s > Opções /t : Mostra a hora sem permitir alterá-la. Exemplo C : \ > T I M E H o r aa t u a l :2 3 : 1 5 : 0 8 .Exibir os nomes dos arquivos de cada pasta /A .Usar ASCII em vez de caracteres estendidos Exemplo C : \ > T R E EC : \ W I N D O W S TIME Na linha de comando do sistema operacional MS-DOS. Nota: sua função é análoga ao comando date do Linux. o comando TIME é usado para mostrar a hora atual do sistema.18/09/13 MS-DOS/Lista de comandos . 3 0 TITLE Na linha de comando do sistema operacional MS-DOS.

para fechar o prompt. 2 2 2 2 ] C : \ > ou C : \ > v e r W i n d o w sX P[ V e r s ã o6 . como por exemplo. Nota: sua função é análoga ao comando cat do Linux.Wikilivros Exibe arquivos de textos através do prompt de comando. Nota: sua função é análoga ao comando uname do Unix. t x t VER Na linha de comando do sistema operacional MS-DOS.org/wiki/MS-DOS/Lista_de_comandos 15/16 . o comando VER é usado para mostrar a versão do sistema operacional em uso. EXIT Este comando é usado somente no prompt do DOS em ambiente Windows. em .wikibooks. Nele. podemos salvar arquivos em várias extensões. 1 0 . Exemplo pt. Sintaxe T Y P E[ u n i d a d e : ] [ c a m i n h o ] n o m ed oa r q u i v o Exemplo C : \ > T Y P EC : \ w i n d o w s \ d i r e c t x . t x t C : \ > T Y P EC : \ t e x t o . Sintaxe V E R Exemplo C : \ > v e r W i n d o w s9 8[ V e r s ã o4 .bat Equivale ao vi do Linux.18/09/13 MS-DOS/Lista de comandos . é usado para abrir o editor de texto. 4 6 ] C : \ > EDIT Na linha de comandos do sistema operacional MS-DOS. não sendo válido para usar em ambiente WINDOWS.

pode estar sujeito a condições adicionais. 2.0 Unported.x. Obtido em "http://pt. pt.18/09/13 MS-DOS/Lista de comandos .Wikilivros C : \ > e x i t< e n t e r > WIN Inicia o Windows nas versões 1.x.org/wiki/MS-DOS/Lista_de_comandos 16/16 .x.org/w/index.wikibooks. ativar. deletar e exibir partições.php?title=MS-DOS/Lista_de_comandos&oldid=247047" Categorias: !Itens movidos Livro/MS-DOS Esta página foi modificada pela última vez à(s) 02h04min de 4 de março de 2013. e 3. OBS. 7). FDISK Na linha de comandos do MS-DOS. Consulte as Condições de Uso para mais detalhes. Como o Windows era apenas uma interface gráfica na época e somente o DOS era considerado sistema operacional. o comando fdisk exibe o menu para criar.: Este comando foi removido no Windows XP e seguintes (Vista. tinha que se digitar WIN pelo DOS para iniciar o Windows.wikibooks. Este texto é disponibilizado nos termos da licença Creative Commons Atribuição-Compartilhamento pela mesma Licença 3.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful