Você está na página 1de 2

ES3DS.FT4/3P.HSSTII.NVIII.CEFEC.

2PP
PROF. RENATO COSTA

FICHA DE TRABALHO º 4
RECURSOS HEURÍSTICOS
Nível III/Tipo 2/Curso
Curso de Educação e Formação (CEF) de Empregado
comercial
Nível III/Tipo 3/Curso
Curso de Educação e Formação (CEF)
(CEF de Acompanhante de
Acção Educativa

HIGIEE, SAÚDE E SEGURAÇA O TRABALHO II


Turmas: 9 EC e 9 AC
Módulo 3 – Introdução à Higiene, Segurança, e Saúde no Trabalho II
Conteúdos: (2.3) O Stress no Trabalho
Abril de 2009/3º Período
eríodo | 2008/09

STRESS NO TRABALHO

Stress no trabalho: Tal como outras actividades, o trabalho contém algumas características e exigências
que podem provocar situações de stress.
stress. Quando estas exigências destas situações são percebidas pelo
indivíduo como superiores aos recursos que o indivíduo tem para lidar com elas, então surgirá o stress, que
pode conduzir nomeadamente a desmotivação, angústia, baixo desempenho e quebra de produtividade. O
stress será tanto maior quanto maior for a discrepância e o desequilíbrio entre a percepção dos indivíduos e
as propriedades
dades objectivas do ambiente de trabalho.

Situação actual: O stress representa um problema importante na vida dos trabalhadores. Na União
Europeia, numa amostra representativa, 60% dos trabalhadores, incluindo os que trabalham por conta
própria, consideram
m que o trabalho afecta a sua saúde e 28% associa com o trabalho sintomas de stress.

Todas as revisões da literatura sobre saúde mental no trabalho referem a importância do stress no trabalho.
Não surpreende portanto que 60% das mulheres empregadas venham referir que o stress é o problema
número um no seu trabalho. E, mais que isto, que a doença relacionada com o stress seja quase duas
vezes mais frequente nas mulheres que nos homens.
home

Mais de 50% dos trabalhadores dos países industrializados referem que estão expostos a stress no trabalho
o que, tal como a sobrecarga de trabalho, se associa a alterações crónicas de saúde especialmente quando
a exposição ao stress é prolongada. Nos Estados Unidos, foi verificado que os custos dos cuidados de
saúde prestados a trabalhadores expostos a altos níveis de stress são 50% superiores ao custo médio.
Ângelo Reis, 2007:
2007 in Setúbal na Rede

1. Considere o esquema da fig. 1 que evidencia o contexto do stress no trabalho:

INDIVÍDUO
Diminuição do
A desempenho

Exigências B
requeridas
C

Figura 1

FT4.HSSTII.pág1
ES3DS.FT4/3P.HSSTII.NVIII.CEFEC.2PP
PROF. RENATO COSTA

1.1. Complete as letras do esquema de forma a respeitar a lógica científica do esquema.

1.2. Descreva as várias relações que constituem o processo evidenciado na figura.

1.3. Uma vez que já abordou o conceito de ergonomia, que outro conjunto de indutores de stress,
actuantes só por si, pode ser acrescentado àqueles discriminados na figura?

1.4. Descreva o estado de stress de um indivíduo, tendo em conta as várias dimensões do mesmo
afectadas.

2. Fundamente através de uma passagem do texto o facto de ser cientificamente considerado que as
condições do sistema de trabalho interferem na saúde do trabalhador.

3. “Na União Europeia, numa amostra representativa () 28% [dos trabalhadores] associam com o
trabalho sintomas de stress.”
Comente esta afirmação sobre uma das características singulares deste problema ao nível do próprio
indivíduo.

4. Explique a relação entre agentes indutores de stress, a situação de stress propriamente dita e
doença.

4.1. Os agentes indutores de stress ou fontes de stress ou simplesmente “stressores” podem ser
agrupados em três tipos quanto às suas características, sendo que alguns desses agentes podem
ter mais que uma conotação típica.
Dê atenção a cada um dos quadros relativos aos tipos de agentes indutores de stress: defina
cada tipo e agrupe de forma correcta as várias fontes “stressoras” que tem discutido na aula. Seja
coerente face ao teor que cada grupo representa.

“Macro-Stressores” “Stressores Pessoais” “Micro-Stressores”


DEFINIÇÃO: DEFINIÇÃO: DEFINIÇÃO:

LISTA: LISTA: LISTA:

5. Prove, com base no conteúdo textual, que as situações de stress no trabalho são mais incidentes nos
indivíduos do sexo feminino.

6. Construa uma justificação aceitável acerca do sexo-alvo predominante – o feminino – das situações de
stress.

FIM

FT4.HSSTII.pág2