Você está na página 1de 84

UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E DA COMUNICAÇÃO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA

FERNANDA GOMES MARIA FERNANDA VIEIRA

PROJETO EXPERIMENTAL CLIENTE: MARCUSSOON

BLUMENAU

2009

FERNANDA GOMES MARIA FERNANDA VIEIRA

PROJETO EXPERIMENTAL CLIENTE: MARCUSSOON

Projeto Experimental apresentado para Banca do Curso de Comunicação Social com habilitação em Publicidade e Propaganda de Centro de Ciências Humanas e da Comunicação da Universidade Regional de Blumenau.

Profª Cynthia Morgana Boos de Quadros Profª Fernanda Schroeder Macha Ostetto Profª Janine Kuroski Fischer Profº Juliano Tejada de Almeida

BLUMENAU

2009

SUMÁRIO

1.

REVISÃO DO

MERCADO

6

1.1.1

O mercado brasileiro

 

6

1.1.2

O desenvolvimento da moda catarinense

6

1.1.3.

As dificuldades do mercado

7

1.1.4.

Uma análise do mercado regional

8

1.1.5.

Concept Stores

8

1.2.

PRODUTO

 

10

1.2.1.

Roupas

11

1.2.1.1. Multimarcas

 

11

1.2.1.2. Marca MarcusSoon

 

11

1.2.2. Acessórios

 

12

 

1.2.2.1

Melissa

12

1.2.3. Arte

 

12

1.2.4.Arquitetura

13

1.3.

ANÁLISE DA CONCORRÊNCIA

 

14

1.3.1 Concorrentes Nacionais

14

1.3.1.1 Carmelitas

14

1.3.1.2 Diva

15

1.3.1.3 Ronaldo Fraga

16

1.3.1.4 Isabela Capeto

17

1.3.1.5 Maria Bonita Extra

18

1.3.2 Concorrentes Regionais

19

1.3.2.1 Mônica Linz Fashion Design

19

1.3.2.2 Chria Objetos de Design

21

1.4.

CONSUMIDOR

 

23

2. DIAGNÓSTICO:

PROBLEMAS E OPORTUNIDADES

25

3. OBJETIVOS

DE

MARKETING

27

4. OBJETIVOS

DE

COMUNICAÇÃO

28

5. ESTRATÉGIAS:

FERRAMENTAS

RECOMENDADAS

29

5.1.

PUBLICIDADE E PROPAGANDA

29

5.1.1.

Objetivos:

 

29

5.1.2.

Estratégias:

29

5.2. MARKETING DE RELACIONAMENTO

29

5.2.1. Objetivos:

29

5.2.2. Estratégias:

29

5.3

RELAÇÕES PÚBLICAS

29

5.3.1 Objetivos:

29

5.3.2 Estratégias:

30

6. TIPO DE CAMPANHA

31

7. IDEIA CRIATIVA

32

8.LAYOUT E TEXTOS

35

8.1

ASSINATURA COMPLEMENTO DE MARCA

35

8.2.PEÇAS

35

8.2.1 Revista

35

8.2.2 SITE

38

8.2.3 BLOG

41

8.2.4 BANNER SITE

42

8.2.5 E-MAIL MARKETING

42

8.2.6 MÍDIA INDOOR

43

8.2.7 PAINEL

44

8.2.8 CARTÃO POSTAL

45

8.2.9 ADESIVO DE VITRINE

47

9.

MÍDIA

48

9.1 OBJETIVOS DE MÍDIA

48

9.2 ESTRATÉGIAS DE MÍDIA

48

9.2.1

Defesa das

Mídias

48

9.3

TÁTICAS DE MÍDIA

51

9.3.1 Revista

Nanu!!

51

9.3.2 Revista

Catarina

52

9.3.3 Revista

Tie Break

54

9.3.4 Site Data Prisma

54

9.3.5 Blog Corporativo

55

9.3.6

Banner de site - Antenado.Com

55

9.3.7

E-mail Marketing Data Listas

55

9.3.7

Mídia Indoor

56

9.3.8

Rodízio de Painel - Barbieri Painéis

57

9.3.10 Assessoria de Imprensa Catarina Press

58

9.3.11 MATERIAIS GRÁFICOS

59

9.3.11.1 Cartão Postal

9.3.12 MATERIAL DE PDV

9.3.11.1Adesivo de Vitrine

59

59

59

9.3.13 PRODUÇÃO FOTOGRÁFICA

59

10.

CRONOGRAMA DE MÍDIA

60

11.RESUMOS DE INVESTIMENTOS

61

12. REFERÊNCIAS

 

63

13. APÊNDICE

1

PESQUISA QUALITATIVA

64

14. APÊNDICE 2 GALERIA DE IMAGENS MARCUSSOON STUDIO

77

1. REVISÃO DO MERCADO

1.1. Análise de Mercado

1.1.1 O mercado brasileiro

O Brasil possui, através de autossuficiência de algodão, a imaginação livre para misturar matéria-prima e desenvolver tendências e produtos exclusivos. Atualmente o mercado de moda representa 3,5% do PIB do Brasil e o País está na lista dos 10 principais mercados mundiais da indústria têxtil. Porém inevitavelmente perde a competitividade nas exportações, principalmente para China, que também é seu rival nas importações. É deste país que vem 65% do vestuário comercializado no Brasil, com preços extremamente baixos, devido a não aceitação americana e européia dos produtos. Em contrapartida, uma forma de evitar esse efeito é o investimento na produção de artigos de moda com um conceito diferenciado, que transmita o estilo de vida do consumidor. É aí que os brasileiros estão mostrando que o estilo criado no País vai muito além de Havaianas e biquínis. Segundo o Índice Global de Desenvolvimento de Varejo da AT Kearney, o mercado de roupas brasileiro vale o equivalente à cerca de R$ 57 bilhões e cresce 7% ao ano. Além disso, grandes aquisições também indicam o despontamento do Brasil no mundo, como a incorporação da Rosa Chá pelo Grupo Marisol e a Sommer pela AMC Têxtil.

1.1.2 O desenvolvimento da moda catarinense

Neste cenário, o estado de Santa Catarina também se destaca pelo alto investimento em tecnologia e pelo posto de segundo melhor pólo têxtil da América Latina. Antigamente, lojistas do sudeste e outras regiões do país costumavam viajar até o estado para encontrar os produtos de qualidade para serem revendidos em outros locais do Brasil. Hoje Santa Catarina já está firmada com marcas reconhecidas em todo País e, em alguns casos, mundialmente. Alguns exemplos dessas marcas são Dudalina, Damyller e Naguchi. A Colcci, talvez a que mais se destaca, mudou radicalmente o seu conceito de marca quando foi incorporada ao AMC Têxtil, grupo que também possui a Sommer, a Coca Cola

Clothing e a Carmelitas. Há 8 anos, deixou de ser uma marca de roupas básicas e confortáveis para se transformar no desejo de consumo de adolescentes. Essa renovação de conceito valorizou camisetas que no ano de 2000 custavam R$ 25,00 e atualmente são comercializadas por uma média de R$ 300,00. Isso se deve à confecção de peças que comunicam modernidade e universalidade, design, marketing direcionado, além de campanhas publicitárias envolvendo nomes de referência para o mercado consumidor jovem, como Gisele Bündchen e Paris Hilton. Outra prova do crescimento do mercado catarinense é a intensificação de cursos de qualificação. Santa Catarina oferece cada vez mais grandes oportunidades para o profissional da área de moda, com a abertura de vagas nos cursos do IBModa, interesse das universidades da região em criarem cursos de graduação e projetos como o SCMC Santa Catarina Moda Contemporânea.

1.1.3. As dificuldades do mercado

Em contrapartida a este cenário, muitas empresas catarinenses ainda falham em quesitos essenciais para crescimento da marca, como o investimento em conceito e layout de lojas, expansão de negócios e na divulgação permanente de seus produtos na mídia. Esse pensamento ainda persiste em algumas empresas pelo fato de investirem mais em tecnologia do que em gestão de marca. Porém, o mercado aponta tendências contrárias à essas. Algumas medições, por exemplo, indicam que a indústria catarinense perde cada vez mais sua rentabilidade. Há algum tempo a margem da indústria girava entre 12% e 14% e atualmente despencou para 4%. Uma solução apontada pelos especialistas é a entrada no mercado varejista, atuando através da força de vendas, aquisição e criação de marcas próprias. Outro problema identificado nas empresas de Santa Catarina é o fato de possuírem, em sua maioria, caráter familiar. Por conta disso, a maior parte delas não consegue se estruturar e criar um posicionamento no mercado nacional. Poucas possuem planos de negócios ou conhecem o seu mercado através de

pesquisas estruturadas e por isso agem muito mais pela experiência adquirida com o passar dos anos.

1.1.4. Uma análise do mercado regional

Segundo André Rubic, doutor em Marketing, Santa Catarina possui diversos pólos têxteis. A capital Florianópolis é identificada pela maturidade das empresas no investimento em gestão de marcas. Já a região do Vale do Itajaí é focada na produção em escala e na parte fabril. Na contramão dessa tendência, a marca MarcusSoon se destaca ao praticar moda através de peças semi- exclusivas e de cunho experimental. Também o Studio, ponto-de-venda da marca em Blumenau, se diferencia por traduzir a personalidade da marca desde sua fachada aos provadores e produtos. Sobre consumo de marcas da região, de acordo com pesquisa qualitativa realizada com consumidoras da MarcusSoon, a cliente compra em Blumenau, mas, quando pode, gosta de comprar em lugares como São Paulo, Balneário Camboriú ou até mesmo no exterior. Isso porque acham que em Blumenau faltam opções. Porém, ao mesmo tempo, dizem gostar de prestigiar o comércio da cidade muitas vezes por uma questão de custo benefício.

1.1.5. Concept Stores

Uma tendência mundo afora são as concept stores. Grandes marcas já trabalham seu conceito através de lojas que traduzem os aspectos da marca através de design, iluminação, cores e decoração. Esses espaços denominam todo o universo da marca e as experiências que o consumidor terá nesse local. Acompanhando essa tendência, o Studio MarcusSoon pode ser considerado uma concept store, pois trabalha com elementos dentro de sua loja através da disposição das roupas, da luz intimista, das cores das paredes, o que a diferencia das demais lojas da cidade. Algumas consumidoras que participaram da pesquisa qualitativa acabaram revelando que a cidade tem um ponto vulnerável com relação a esse tipo de novidade. “Eu acho que tem um grande problema em

Blumenau que as pessoas não aceitam muito essa mudança. (

)

A mulher sai

daqui pra comprar em Balneário, em outro lugar. Não prestigia” (Alana). Segundo elas, por este motivo, muitas lojas que se propõem a ser diferentes acabam fechando.

1.2. Produto

O Studio MarcusSoon tem foco na comercialização de peças de roupas, produzidas no ateliê com cunho artesanal e de semiexclusividade, sob a direção dos estilistas-proprietários. São peças diferenciadas criadas para um público que valoriza moda e paga pelo valor agregado da criação e pela exclusividade. Além disso, o conceito da loja traduz uma ideia de que tudo pode ser vendido, desde os acessórios básicos aos manequins.

O objetivo das criações é valorizar a personalidade do consumidor e causar

novas sensações, tanto para quem usa e tanto para quem vê a peça. No entanto,

as participantes da pesquisa qualitativa comentaram que apesar de se identificarem com a loja, dizem que somente algumas peças acabam fazendo o

seu estilo. Conforme Alana, as roupas tem um estilo bem diferente, às vezes não

é tudo o que se encaixa. É muito diferente, mas eu adoro. (

uma peça que me surpreenda que eu esteja usando, mas isso é bom pra mim. (

Eu acho legal aquela marca que ousa, como eles [MarcusSoon]. ( característica deles na obra.

A loja oferece um atendimento personalizado, que visa dar credibilidade às

mudanças ou adaptações na maneira de se vestir desejadas por seus consumidores. Tem por filosofia funcionar como um templo de culto ao estilo das pessoas, que deve ser sempre muito original. Neste sentido, é inovadora e tendenciosa, muito admirada pelo público especializado. Porém, a marca não trabalha com o conceito comercial e tradicional, que de certa forma, afasta o público mais conservador. Neste sentido, a MarcusSoon Studio vende produtos dirigidos às classes B+, A- e A+, com preços que variam de R$ 15 a R$ 500. As datas com maiores picos de venda, além do Natal, são os lançamentos de coleção, que acontecem nos meses de março e agosto. Os desfiles, em si, tem pouca influência neste processo. O que acaba realmente delimitando as vendas é o contato com os clientes, feito tanto por telefone quanto por e-mail.

Às vezes que tenha

)

Tem a

)

)

É possível dizer que a loja é dividida em quatro linhas de produtos: roupas (feminino, masculino e infantil), acessórios (feminino e masculino), arte e arquitetura.

1.2.1. Roupas

São divididas em dois segmentos: multimarcas e marca MarcusSoon, divididos novamente entre os públicos feminino e masculino. As roupas femininas são maioria e incluem bermudas, t-shirts, calças, blusas, batas, coletes, casacos, vestidos, tricôs, moletons, boleros, lenços e jeans. As masculinas, por sua vez, acabam se limitando às multimarcas e contam com bermudas, calças, coletes, lenços e t-shirts. A loja também oferece opções bastante limitadas para bebês.

1.2.1.1. Multimarcas

Os estilistas trazem peças de viagens feitas tanto dentro do Brasil quanto para o exterior, que incluem peças vintage e de acervo.

1.2.1.2. Marca MarcusSoon

O início do processo de criação dos estilistas parte de uma pesquisa, geralmente realizada em viagens para a Europa. As inspirações vem tanto de produtos prontos como de ideias vindas dos mais diversos meios, como: móveis, arquitetura, entre outros. Então partem para um processo de criação de produto por meio de croquis, para então testar modelagens. As peças piloto são avaliadas para uma possível produção do produto para venda. Muitos tecidos também são trazidos de viagens ou comprados de fornecedores, geralmente de outras regiões, e outra parte ainda é produzida em parceria com empresas, como a Tecnoblu e a RenauxView. De acordo com as entrevistadas da pesquisa qualitativa, a marca é vista como original, criativa, ousada, contestadora, jovem e divertida sendo ligada, muitas vezes, a uma imagem um tanto infantil. Neste sentido, é possível afirmar que o ponto forte da loja está efetivamente nos produtos da MarcusSoon.

1.2.2. Acessórios

Geralmente são comprados pelos próprios estilistas em lojas brasileiras ou estrangeiras, que tomam o cuidado de garantir exclusividade desses produtos em Blumenau. Poucos acessórios, portanto, acabam levando o nome MarcusSoon. Dirigidos tanto a homens quanto a mulheres, os produtos incluem: anéis, broches, tic-tacs, brincos, braceletes, cintos, arcos, colares, carteiras, bolsas, chaveiros, bonés, sapatos. Recentemente a marca também passou a comercializar alguns produtos da Melissa.

1.2.2.1 Melissa

a comercializar alguns produtos da Melissa. 1.2.2.1 Melissa Logotipo – Melissa A Melissa é um calçado

Logotipo Melissa

A Melissa é um calçado fabricado pela empresa Grendene e desde o seu lançamento, em 1979, a marca não parou de crescer. Os designs encantam as mulheres devido ao estilo divertido, original e fashion de todos os modelos. Criados para serem usados em todas as ocasiões - como ir à praia, ao cinema, a uma festa, de dia, à noite - os modelos são exclusivos e sempre relacionados a moda, ao design, tecnologia, dinamismo e beleza.

1.2.3. Arte

Com a proposta de trazer informação e criatividade, MascusSoon Studio também se define como um espaço cultural. A loja expõe obras de artistas da região, como Pita Camargo e Taba. Os lançamentos dessas exposições são feitos

por meio de um coquetel, que conta com a participação dos estilistas-proprietários, artistas, clientes e formadores de opinião. Ainda assim, nenhuma obra chegou a ser efetivamente comercializada dentro da loja.

1.2.4.Arquitetura

Todas as peças em exposição estão à venda, mesmo não sendo anunciadas. Produzidos em sua maioria pelos próprios estilistas, os produtos levam o estilo de vida MarcusSoon para dentro da casa dos clientes. As peças incluem: mesas, sofás, manequins customizados, cadeiras, almofadas.

1.3. Análise da Concorrência

Pelo perfil conceitual da loja e da marca, grande parte dos concorrentes é de nível nacional. Além disso, outro fato que chama a atenção é o de a concorrência ser formada, em sua maioria, por marcas que levam o nome de seus estilistas. Estas marcas geralmente possuem outras marcas satélites, voltadas para outro perfil do consumidor ou para o mesmo público da marca âncora.

Na pesquisa qualitativa, as entrevistadas citaram as seguintes marcas e lojas da região: Naguchi, Mônica Linz Fashion Design, Maison Maina, Lolita, Hering, Chemise, Day On, Mercatto (sapatos e bolsas) e Filomena, todas de Blumenau; de Balneário Camboriú foram citadas a Giro Bazar, Vive La Vie e Yacamim; Copo de Leite em Penha, além da própria MarcusSoon.Também foram citadas marcas com maior abrangência como Osklen, Le Lis Blanc, Animale e Morena Rosa. Porém deve-se ressaltar que nem todas as marcas e lojas são vistas como concorrentes por não trabalharem com o mesmo conceito da marca e loja MarcusSoon.

1.3.1 Concorrentes Nacionais

1.3.1.1 Carmelitas

MarcusSoon. 1.3.1 Concorrentes Nacionais 1.3.1.1 Carmelitas Logotipo – Carmelitas Criada em 2000 por Karen Tognato e

Logotipo Carmelitas

Criada em 2000 por Karen Tognato e Carla Gaspar, a marca conta com mais de 35 pontos-de-venda. Sempre únicas e com algum toque manual, como apliques e bordados, as peças conquistaram desde a Daslu até as telas da MTV. Atualmente a marca pertence à AMC Têxtil, empresa catarinense sediada em Jaraguá do Sul que também é dona da Colcci e da Sommer. Segundo

informações coletadas em uma das filiais Colcci, a Carmelitas é hoje vendida, dentro de Santa Catarina, apenas em Jaraguá do Sul.

1.3.1.2 Diva

de Santa Catarina, apenas em Jaraguá do Sul. 1.3.1.2 Diva Logotipo – Diva Marca da estilista

Logotipo Diva

Marca da estilista Andréa Ribeiro, a Diva é caracterizada por peças trabalhadas, cheias de acabamentos manuais. Andréia abriu seu primeiro ateliê na Alameda Lorena, em São Paulo. Um ano depois lançou sua primeira coleção no recém inaugurado showroom Clube de Estilo. Tendo seu trabalho consolidado no atacado, a estilista abriu sua primeira loja própria, na capital paulista. Hoje a Diva é uma realidade no mercado nacional, com mais de 70 pontos-de-venda espalhados pelo Brasil. Recentemente Andréa lançou sua segunda marca, a Didi, que tem a proposta de roupas mais básicas.

Recentemente Andréa lançou sua segunda marca, a Didi, que tem a proposta de roupas mais básicas.

Imagem da loja

1.3.1.3 Ronaldo Fraga

1.3.1.3 Ronaldo Fraga Logotipo – Ronaldo Fraga O estilista, que leva o nome da marca, pertence

Logotipo Ronaldo Fraga

O estilista, que leva o nome da marca, pertence à nova geração da moda brasileira, reconhecido pela sua personalidade e pela identidade que suas roupas carregam. Suas coleções sempre procuram contar histórias através de um olhar pessoal, mas sempre cheios de elementos regionais e brasileiros. Antes de seguir as tendências de moda internacionais, sua moda segue um estilo: o seu. Ronaldo Fraga desfila suas coleções em eventos de grande repercussão como o SPFW - São Paulo Fashion Week, sem deixar de lado o Fashion Donna DC e a Semana de Moda do Senac, em Brusque.

A marca Ronaldo Fraga existe desde 1997, comercializada em duas lojas próprias (Belo Horizonte e São Paulo) e 30 pontos de venda no país, além da linha Ronaldo Fraga para Filhotes, direcionada para crianças de 0 a 10 anos de idade.

de venda no país, além da linha Ronaldo Fraga para Filhotes, direcionada para crianças de 0
de venda no país, além da linha Ronaldo Fraga para Filhotes, direcionada para crianças de 0
Imagens da loja 1.3.1.4 Isabela Capeto Logotipo – Isabela Capeto A marca leva o nome
Imagens da loja 1.3.1.4 Isabela Capeto Logotipo – Isabela Capeto A marca leva o nome

Imagens da loja

1.3.1.4 Isabela Capeto

Imagens da loja 1.3.1.4 Isabela Capeto Logotipo – Isabela Capeto A marca leva o nome de

Logotipo Isabela Capeto

A marca leva o nome de sua criadora, uma das mais prestigiadas estilistas brasileiras. Isabela Capeto cria peças decoradas manualmente, nunca inspiradas em tendências pré-determinadas, que já conquistaram um público fiel de mulheres. O grande sucesso de seus trabalhos teve início em 2003, quando inaugurou o seu ateliê no Rio de Janeiro. Desde outubro do mesmo ano a marca realiza showrooms semestrais em Paris e suas peças podem ser encontradas, dependendo da coleção, em mais de 20 países. A estilista também possui três lojas próprias, uma no Rio de Janeiro e duas em São Paulo uma delas na Villa Daslu. A loja no Rio recentemente mudou de endereço e apresentou várias novidades. Além da bonequinha-ícone da marca desenhada em pedras portuguesas na calçada, o projeto conta com a mesa Capeto, especialmente desenhada para a loja por Sérgio Rodrigues o produto passará a figurar no catálogo oficial das peças assinadas por ele. Isabela também separou duas

paredes para instalações de artes plásticas e convidará um artista para expor a cada nova coleção.

Em 2008 Isabela lançou uma marca voltada a meninas de 4 e 8 anos. Isabela Capeto Infantil é vendida nas lojas da estilista e em lojas multimarcas de todo o mundo. Atualmente Isabela Capeto cresce mais de 100% ao ano.

mundo. Atualmente Isabela Capeto cresce mais de 100% ao ano. 1.3.1.5 Maria Bonita Extra Imagem da

1.3.1.5 Maria Bonita Extra

Imagem da loja

de 100% ao ano. 1.3.1.5 Maria Bonita Extra Imagem da loja Logotipo – Maria Bonita Extra

Logotipo Maria Bonita Extra

A Maria Bonita Extra nasceu em 1990 para um público feminino que busca qualidade e criatividade. Com estilo inovador e o mesmo padrão de qualidade da Maria Bonita, a marca conseguiu atingir posição significativa no mercado jovem de moda com estilo e identidade próprios. O estilo da Maria Bonita Extra é assinado por Ana Magalhães.

Nos últimos anos a Maria Bonita Extra deu um salto dentro do mercado nacional, com 23 lojas nas principais cidades e 180 pontos-de-venda e conquista formadores de opinião em todo o país. Seus lançamentos são aguardados pela mídia como referência de tendências e comportamento. A marca também

conquistou o mercado internacional e está presente em países como Itália, Portugal, Estados Unidos, França e Japão.

como Itália, Portugal, Estados Unidos, França e Japão. Imagens da loja 1.3.2 Concorrentes Regionais Especificamente

Imagens da loja

1.3.2 Concorrentes Regionais

Especificamente em Blumenau, algumas marcas chamam a atenção por traduzirem o conceito de exclusividade e originalidade. Algumas delas não atuam exatamente no mesmo segmento da marca MarcusSoon e da loja MarcusSoon Studio, mas representam o universo do público-alvo e a aceitação dos blumenauenses para um novo conceito de estilo.

1.3.2.1 Mônica Linz Fashion Design

Logotipo – Monica Linz Loja e ateliê especializado em produzir peças femininas exclusivas, sempre com

Logotipo Monica Linz

Loja e ateliê especializado em produzir peças femininas exclusivas, sempre com um toque de romantismo.Com lojas prêt-à-porter em Blumenau no Shopping Neumarkt e Joinville, a estilista também produz peças sob encomenda.

em Blumenau – no Shopping Neumarkt – e Joinville, a estilista também produz peças sob encomenda.
em Blumenau – no Shopping Neumarkt – e Joinville, a estilista também produz peças sob encomenda.
Imagens do showroom 1.3.2.2 Chria Objetos de Design Logotipo - Chria A marca surgiu quando

Imagens do showroom

1.3.2.2 Chria Objetos de Design

Imagens do showroom 1.3.2.2 Chria Objetos de Design Logotipo - Chria A marca surgiu quando a

Logotipo - Chria

A marca surgiu quando a arquiteta e artista plástica Christiane Mundim Lindner percebeu um desejo inerente dos clientes em cada projeto que assinava. “As pessoas querem se sentir melhor em suas casas, com seus móveis, com os detalhes; seja uma foto de família ou a lembrança de uma viagem”. Foi deste mergulho no mundo de cada ser que Chris começou a criar. Bolsas, álbuns, scrapbooks, acessórios para a casa e para uso diário. Primeiro, para seus projetos em arquitetura de interiores. Depois, para amigos mais próximos.Hoje, os produtos são vendidos pelo site e em ateliê na Alameda, em Blumenau.

“Todos nós buscamos algo que emane energia criativa. Estamos cansados da falta de personalidade dos produtos industrializados. Queremos algo feito à mão. Próprio, artesanal, com a multiplicidade de sentimentos do ser humano”, diz a empresária. “A nossa essência é agregar vida em cada peça”, afirma.

ser humano”, diz a empresária. “A nossa essência é agregar vida em cada peça”, afirma. Imagem

Imagem da loja-ateliê

1.4. Consumidor

O público-alvo do Studio MarcusSoon se baseia em homens e, principalmente mulheres, devido à oferta de produtos com idade entre 18 a 30 anos, das classes B+, A- e A+. Em sua maioria cursam ou já possuem curso superior. É um cliente fiel à marca, pois traduz um estilo de vida e como aceitação do meio social, porém sua periodicidade de compra é baixa. É um consumidor ligado à novidades nas área de moda, tecnologia, design e tendências. Utiliza a Internet como fonte de informação e, de acordo com a pesquisa Dossiê MTV 2008, nos últimos três anos, oito em cada dez jovens fazem parte de uma comunidade na Internet. Geralmente o público da MarcusSoon dita comportamentos no meio social que convive. Possui grande necessidade de estar bem atualizado e dentro de tendências, mesmo que não sejam as convencionais. Dessa forma, deseja firmar sua personalidade e ser bem sucedido. Na pesquisa qualitativa, o tema autoconfiança foi citado quando o assunto chegou na extravagância das roupas MarcusSoon. “O que as pessoas vão pensar? O que as pessoas vão dizer? E tem muitas pessoas que se vestem não para si, mas para os outros” (Elisângela). Mesmo assim, pensam que a MarcusSoon lhes dá segurança por ser original. São fatores decisivos para a compra como identificação do produto com a personalidade da pessoa, status, ambiente de loja e atendimento. O preço, no entanto, é o último fator e, no caso da MarcusSoon não apresenta um freio, pois pode-se dizer que o público consumidor já está habituado a pagar por esse preço, pois entende o valor de criação e personalidade transmitida pela peça. O Ibope Mídia apresentou uma pesquisa com um panorama do consumidor do século XXI. As mulheres vão mais às compras dos que os homens, com 71% contra 63%, comprovando a tese de que mulher adora comprar. E no que diz respeito aos aspectos psíquicos de influência na hora da compra, os Consumidores do Século XXI demonstram personalidade forte e primam pela diferenciação dos demais. Apenas um terço afirmou ser importante estar em dia com a moda e estilo e mais da metade discordou que use marcas conhecidas para

se sentir incluído no seu grupo de amigos. Porém, as consumidoras da MarcusSoon, apontaram outra tendência na pesquisa qualitativa. Segundo Larissa, a roupa deixa a pessoa mais “poderosa”, com postura para a situação. “Depende do lugar que você vai, a marca te dá segurança, sim. Não é uma marca externa, é a etiquetinha mesmo, lá dentro que ninguém nem vê, mas você sabe.” Eliza complementa que a marca representa a loja que faz o teu estilo, em que a estilista tem um gosto que combina com a consumidora. No entanto, os resultados do Ibope Mídia também são positivos para a loja MarcusSoon. O brasileiro mostrou que é um consumidor fiel às suas marcas de confiança, com 72% dos entrevistados. “A experiência individual do consumo e qualidade são fundamentais. O que realmente diferencia este consumidor é a sua atitude”, afirma Juliana Sawaia, gerente de Marketing do Ibope Mídia e uma das responsáveis pelo estudo. O consumidor é impactado por um Círculo de Influências que é composto por: mídia, ponto-de-venda e relacionamento. Dentre as principais fontes de informação na decisão de compra, as mais citadas pelos consumidores brasileiros são: experiência anterior e opinião da família. Dessa mesma forma, comparado aos resultados da pesquisa qualitativa realizada, identifica-se a necessidade de um trabalho mais preciso no que diz respeito ao cadastro de clientes a fim de fortalecer os canais de relacionamento, como mensagens via SMS e e-mail marketing. “É uma forma de tu não esquecer da loja” (Eliza).

2. DIAGNÓSTICO: PROBLEMAS E OPORTUNIDADES

Problemas

 

Oportunidades

A

loja tem conceito através das roupas

Agregar valor à marca.

e da estrutura física.

 

Existe demanda para outras regiões além de Blumenau, porém a marca ainda não tem estrutura para atender a demanda.

Criação de um canal de vendas pela Internet, de uma forma que o site seja uma vitrine tão dinâmica quanto a loja.

O

cliente é fiel, porém a periodicidade

Criar canal de relacionamento com o consumidor, já que a marca MarcusSoon se comporta com agilidade de produção de novas peças e seu público quer estar por dentro de todas as novidades.

da compra é baixa.

 

O conceito da loja não está bem entendido pelo consumidor.

Identificar eventos relacionados com o conceito da loja.

Não

tem

presença

na

mídia

Conforme citado anteriormente, 0 consumidor é impactado por um Círculo de Influências, composto por: mídia, ponto-de- venda e relacionamento. Identificar os meios segmentados mais adequados ao público-alvo.

inaugurou apenas há 10 meses e

muitos não conhecem o Studio.

 

Não tem definição do produto “carro- chefe” da loja (feminino/masculino).

Disseminar ao público-alvo que a loja vende o conceito de moda integrada com arte, design e música, porém não deve perder o foco na venda de roupas.

A

loja não comunica para o público-final

As ações posicionadas em pontos-de-venda (PDV) aparecem como um fator importante e muitas vezes decisivo na hora da compra, principalmente no que se refere a roupas

que vende muito além de roupas, isso acontece de forma interna e externa.

 

(38% das compras são reflexo do PDV). Estabelecer um padrão de comunicação interno material de ponto de venda.

Não possui meio de comunicação para divulgar promoções para o público.

Identificar os canais de comunicação mais apropriados para o público efetivo e o potencial.

 

O

Studio MarcusSoon visa a produção de

A

região do Vale do Itajaí é focada na

roupas com cunho artesanal e de semiexclusividade, que a região em questão não tem tanto foco.

produção em escala e na parte fabril.

Santa Catarina tem muitas empresas que não entendem a importância do conceito de marca.

Atua como uma concept store, uma tendência mundial inserida em Blumenau.

Oferece um atendimento personalizado, que

 

credibilidade à marca.

A

participação em desfiles não aponta

Otimizar a participação em desfiles, para obter aumento nas vendas.

aumento nas vendas após o evento.

Estão presentes na Internet, porém não de forma representativa, apenas com perfil na rede social Orkut.

O público-alvo do Studio MarcuSoon utiliza

a internet como fonte de informação. Ativar

a participação da marca/studio na Internet.

A loja está inserida em um mercado conservador.

Quebrar o preconceito por parte do público

da

cidade.

3. OBJETIVOS DE MARKETING

O objetivo de marketing é aumentar o fluxo de clientes na loja em 30% no período de três meses. Em conseqüência a esse aumento de fluxo de consumidores, espera-se um aumento das vendas.

4. OBJETIVOS DE COMUNICAÇÃO

Comunicar ao público de Blumenau e região que a MarcusSoon Studio é uma concept store e tem uma ideia contemporânea para vender roupas, pois oferece seu produtos com aspectos de ateliê e tem também em seu ponto-de- venda arte e design. O público-alvo abrange desde o consumidor em potencial até o público conservador, que inicialmente não compra na loja. O objetivo é referenciá-la como uma loja de conceito inovador. A partir desse posicionamento, é necessário criar o recall da marca MarcusSoon no segmento de roupas semiexclusivas e modernas, além de destacar que a loja é regional, porém é diferente das marcas da região. É possível dizer então, que o objetivo de comunicação terá inicialmente foco no posicionamento do MarcusSoon Studio na região de Blumenau.

5. ESTRATÉGIAS: FERRAMENTAS RECOMENDADAS

5.1. PUBLICIDADE E PROPAGANDA

5.1.1. Objetivos:

Divulgar a loja e a marca MarcusSoon.

5.1.2. Estratégias:

Utilizar canais de comunicação de massa para conquistar novos clientes e transmitir o conceito da concept store MarcusSoon e canais segmentados para comunicar novidades e criar relacionamento.

5.2. MARKETING DE RELACIONAMENTO

5.2.1. Objetivos:

Estreitar o relacionamento com os clientes efetivos e clientes em potencial.

5.2.2. Estratégias:

Intensificar

Estabelecer contatos periódicos por e-mail com os atuais clientes e novos mallings.

a

participação

da

marca

na

internet,

através

de redes

sociais.

5.3 RELAÇÕES PÚBLICAS

5.3.1 Objetivos:

Divulgar a loja MarcusSoon, seus diferenciais, o perfil dos estilistas-proprietários através de editorais, para gerar mais credibilidade ao público formador de opinião.

5.3.2 Estratégias:

Utilizar a assessoria de imprensa como uma ferramenta para divulgação nos canais de maior afinidade com o público formador de opinião e para quem consome a marca.

6. TIPO DE CAMPANHA

A campanha terá objetivo institucional, a fim de posicionar a MarcusSoon Studio na região de Blumenau como uma concept store.

7. IDEIA CRIATIVA

A idéia criativa parte de um painel semântico baseado na pergunta: se a MarcusSoon fosse um ambiente, uma pessoa, um objeto, um lugar, como ela seria? Cada imagem traz consigo alguns atributos proprietários da marca, que inspiram sua personalidade. Neste sentido, MarcusSoon Studio foi definida com quatro palavras-chave.

Hypeda marca, que inspiram sua personalidade. Neste sentido, MarcusSoon Studio foi definida com quatro palavras-chave. Fun

que inspiram sua personalidade. Neste sentido, MarcusSoon Studio foi definida com quatro palavras-chave. Hype Fun 32

Funda marca, que inspiram sua personalidade. Neste sentido, MarcusSoon Studio foi definida com quatro palavras-chave. Hype

Singular 33
Singular 33

Singular

Singular 33
Inspiradora Baseando-se nesses conceitos, foi desenvolvida uma campanha capaz de expressar a personalidade da marca

Inspiradora

Inspiradora Baseando-se nesses conceitos, foi desenvolvida uma campanha capaz de expressar a personalidade da marca

Baseando-se nesses conceitos, foi desenvolvida uma campanha capaz de expressar a personalidade da marca MarcusSoon e criar uma linguagem consistente e original. As peças trazem o conceito “fun” traduzido na leveza e descontração dos textos e imagens que vão além das próprias roupas e expressões da modelo e partem para elementos de apoio como arabescos, nuvens, pirulitos e balões.

8. LAYOUT E TEXTOS

8.1 Assinatura complemento de marca

Sugere-se a utilização de uma assinatura que funcionará como complemento de marca e terá a função de associar mais facilmente na mente do consumidor o conceito de que tudo está à venda na loja. A assinatura “.fashion.art.design.” deverá ser utilizada preferencialmente acima do logotipo, sempre com a tipografia Univers Condensed, por ser uma fonte com personalidade e, ao mesmo, neutra, não causando conflito com a marca.

e, ao mesmo, neutra, não causando conflito com a marca. 8.2.Peças As peças foram adaptadas aos

8.2.Peças

As peças foram adaptadas aos respectivos meios, sempre mantendo uma identidade capaz de posicionar a marca com força no mercado.

8.2.1 Revista

Propõem-se

três

layouts

diferentes,

correspondentes

ao

número

de

veiculações sugeridas, a fim de que criem maior identidade com a campanha.

36
36
Para esta peça foram selecionadas apenas informações de suporte, como site, endereço, telefone. 37

Para esta peça foram selecionadas apenas informações de suporte, como site, endereço, telefone.

8.2.2 Site

8.2.2 Site O site terá uma abertura em flash, com os arabescos e as imagens utilizadas

O site terá uma abertura em flash, com os arabescos e as imagens utilizadas na campanha, sendo, de um modo geral, bastante objetivo e de fácil interação. Apresenta-se aqui um layout da home, que deverá ser adaptado às páginas internas seguindo o mapa:

A MARCA

Perfil da marcaser adaptado às páginas internas seguindo o mapa: A MARCA Desfiles - Vídeos - Fotos Marcus

Desfilespáginas internas seguindo o mapa: A MARCA Perfil da marca - Vídeos - Fotos Marcus e

- Vídeos

- Fotos

Marcus e Soono mapa: A MARCA Perfil da marca Desfiles - Vídeos - Fotos Loja e revendas -

Loja e revendaso mapa: A MARCA Perfil da marca Desfiles - Vídeos - Fotos Marcus e Soon -

- Studio

| Concept Store

| Tour virtual

| Ateliê

| Parcerias

Melissa

- Revendas

PRODUTOS

Fashion| Ateliê | Parcerias Melissa - Revendas PRODUTOS - Lookbook Art Design MÍDIA Campanha publicitária -

- Lookbook

Art| Parcerias Melissa - Revendas PRODUTOS Fashion - Lookbook Design MÍDIA Campanha publicitária - Conceito |

DesignParcerias Melissa - Revendas PRODUTOS Fashion - Lookbook Art MÍDIA Campanha publicitária - Conceito | Mídia

MÍDIA

Campanha publicitária- Revendas PRODUTOS Fashion - Lookbook Art Design MÍDIA - Conceito | Mídia impressa | Mídia

- Conceito

| Mídia impressa

| Mídia eletrônica

| Mídia externa

| Mídia interativa

| Mídia indoor

Clipping| Mídia externa | Mídia interativa | Mídia indoor - Regionais - Nacionais - Internacionais BLOG

- Regionais

- Nacionais

- Internacionais

BLOG

DOWNLOADS

Wallpapers- Regionais - Nacionais - Internacionais BLOG DOWNLOADS Release Materiais impressos ONLINE STORE Produtos - Roupas

Release- Nacionais - Internacionais BLOG DOWNLOADS Wallpapers Materiais impressos ONLINE STORE Produtos - Roupas | Top

Materiais impressos ONLINE STOREClipping - Regionais - Nacionais - Internacionais BLOG DOWNLOADS Wallpapers Release Produtos - Roupas | Top

Produtos- Nacionais - Internacionais BLOG DOWNLOADS Wallpapers Release Materiais impressos ONLINE STORE - Roupas | Top

- Roupas

| Top

Blusas

 

Vestidos

Casacos

|

Bottom

Calças

Saias

Shorts

- Acessórios

| Arcos

| Colares

| Bolsas

| Anéis

Minhas compras

Minhas compras

Cadastro

Cadastro

Normatização

Normatização

- Correções

- Produtos

- Parceiros

Responsabilidade MarcusSoon Política de troca Formas de pagamento Dúvidas NEWSLETTER CONTATO Studio Na internet

MarcusSoon Política de troca Formas de pagamento Dúvidas NEWSLETTER CONTATO Studio Na internet - - Orkut
MarcusSoon Política de troca Formas de pagamento Dúvidas NEWSLETTER CONTATO Studio Na internet - - Orkut
MarcusSoon Política de troca Formas de pagamento Dúvidas NEWSLETTER CONTATO Studio Na internet - - Orkut
MarcusSoon Política de troca Formas de pagamento Dúvidas NEWSLETTER CONTATO Studio Na internet - - Orkut
MarcusSoon Política de troca Formas de pagamento Dúvidas NEWSLETTER CONTATO Studio Na internet - - Orkut

-

- Orkut

- Twitter

8.2.3 Blog

Meio de grande representatividade para a interação com o público, o blog estará sempre atualizado com as últimas novidades que envolvem o universo da MarcusSoon. Moda, arte, design e entretenimento poderão vir acompanhas das opiniões dos proprietários-estilistas ou outros formadores de opinião.

proprietários-estilistas ou outros formadores de opinião. O blog também seguirá um padrão interativo, com os

O blog também seguirá um padrão interativo, com os seguintes itens:

Nuvem de tagsseguirá um padrão interativo, com os seguintes itens: Últimas postagens Link para site MarcusSoon Espaço para

Últimas postagensum padrão interativo, com os seguintes itens: Nuvem de tags Link para site MarcusSoon Espaço para

Link para site MarcusSooncom os seguintes itens: Nuvem de tags Últimas postagens Espaço para newsletter Espaço para assinatura de

Espaço para newsletterNuvem de tags Últimas postagens Link para site MarcusSoon Espaço para assinatura de RSS Espaço para

Espaço para assinatura de RSSpostagens Link para site MarcusSoon Espaço para newsletter Espaço para busca Espaço para trilha sonora Blogrool

Espaço para buscapara site MarcusSoon Espaço para newsletter Espaço para assinatura de RSS Espaço para trilha sonora Blogrool

Espaço para trilha sonoraLink para site MarcusSoon Espaço para newsletter Espaço para assinatura de RSS Espaço para busca Blogrool

BlogroolMarcusSoon Espaço para newsletter Espaço para assinatura de RSS Espaço para busca Espaço para trilha sonora

Por aíEspaço para newsletter Espaço para assinatura de RSS Espaço para busca Espaço para trilha sonora Blogrool

- Links redes sociais

8.2.4 Banner Site

O banner em sites relacionados tem por função primária servir como link para o site da marca.

função primária servir como link para o site da marca. 8.2.5 E-mail Marketing Levando em conta

8.2.5 E-mail Marketing

Levando em conta que será enviada à compradoras em potencial, esta peça traz um texto explicativo sobre a marca e a loja, além de informações básicas, como endereço, telefone, site e horário de atendimento da loja.

“Inspirada em um universo de pura fantasia e criatividade, a MarcusSoon transforma tendências mundiais em

“Inspirada em um universo de pura fantasia e criatividade, a MarcusSoon transforma tendências mundiais em um estilo único e despojado, sempre com um toque artesanal. Em Blumenau, você encontra os produtos da marca na MarcusSoon Studio, uma concept store que também conta com peças must-have de multimarcas e de acervo. Com a proposta de levar o lifestyle da MarcusSoon para dentro da sua casa, o Studio também oferece sofisticadas peças de arte e design.”

8.2.6 Mídia Indoor

Já que o meio permite criar uma interatividade capaz de causar experiências novas ao consumidor, foi criado um layout diferenciado para espelhos de casas noturnas. A plotagem de balões e elementos associados à marca são capazes de transportar o público ao universo da MarcusSoon, permitindo que a ação seja viralizada em redes sociais como Flickr e Orkut. Por este motivo, a marca foi estrategicamente posicionada próxima aos balões em forma de etiqueta.

8.2.7 Painel A peça foi criada de acordo com a identidade da campanha, com um

8.2.7 Painel

A peça foi criada de acordo com a identidade da campanha, com um layout que permite uma leitura rápida e objetiva.

A peça foi criada de acordo com a identidade da campanha, com um layout que permite

8.2.8 Cartão Postal

Para esta peça, que ficará preferencialmente no ponto-de-venda, pensou-se em um layout mais neutro a fim de que possa ser utilizado independentemente da campanha que esteja sendo veiculada.

em um layout mais neutro a fim de que possa ser utilizado independentemente da campanha que
Sentiu-se a necessidade de um texto que traduzisse o conceito da marca e, por consequência,

Sentiu-se a necessidade de um texto que traduzisse o conceito da marca e, por consequência, da loja. “Inspirada em um universo de pura fantasia e criatividade, sempre com um toque artesanal e exclusivo, MarcusSoon Studio é um espaço capaz de oferecer experiências únicas a cada nova visita. Concept store da marca MarcusSoon, o Studio também conta com peças must-have de multimarcas e de acervo. Com a proposta de levar o lifestyle da MarcusSoon para dentro da sua casa, a loja também oferece sofisticadas peças de arte e design.”

O texto foi seguido de informações básicas, como endereço, telefone, site e horário de atendimento, a fim de criar maior contato com o consumidor.

8.2.9 Adesivo de Vitrine

Peça criada a fim de comunicar o conceito “.fashion.art.design.”, além de trazer o universo lúdico da campanha para dentro da loja.

comunicar o conceito “.fashion.art.design.”, além de trazer o universo lúdico da campanha para dentro da loja.

9. MÍDIA

9.1 Objetivos de Mídia

Alcançar 70% do target, mulheres com idade entre 18 e 30 anos, das classes B+, A- e A+, de Blumenau e região, no período de 6 meses, de julho a dezembro de 2009.

9.2 Estratégias de Mídia

Como a intenção da campanha é tornar mais conhecida a loja e aumentar o fluxo de clientes e, por conseqüência aumentar as vendas tanto com clientes efetivos quanto em potencial, o foco do plano de mídia foi o alcance (70%) do público e não a freqüência da mensagem.

9.2.1 Defesa das Mídias

Revistae não a freqüência da mensagem. 9.2.1 Defesa das Mídias Foi escolhida pois permite boa qualidade

Foi escolhida pois permite boa qualidade de reprodução, possui seleção demográfica e geográfica e sua grande vantagem é a audiência indireta, pois calcula-se que em média três pessoas leem a mesma revista, além de possuir maior vida útil.

Internetleem a mesma revista, além de possuir maior vida útil. Também foi selecionada devido ao target

Também foi selecionada devido ao target da MarcusSoon estar atento à esse meio. Além disso, o público está entre a faixa etária que mais utiliza a internet e a região de Santa Catarina é uma das regiões que mais faz uso do meio

em todo o Brasil ficando atrás apenas de São Paulo e Distrito Federal, segundo o IBGE.

Será criado um site e um blog corporativo da marca. Além disso, as redes sociais serão utilizadas, pois permitem divulgação de links que direcionam os usuários para o site e ainda disseminam o endereço para várias pessoas do mesmo grupo. Outro canal da internet são os sites de divulgação de festas, que servem como fonte de informação para o público-alvo.

que servem como fonte de informação para o público-alvo. Assessoria de Imprensa Como apoio a mídia,

Assessoria de Imprensa

Como apoio a mídia, sugere-se a utilização de assessoria de imprensa na região do Vale do Itajaí e Litoral Catarinense. Dessa forma a informação terá maior credibilidade ao seu público.

E-mail Marketinga informação terá maior credibilidade ao seu público. Permite uma comunicação ágil e de interação com

Permite uma comunicação ágil e de interação com o cliente, pois é através dele o cliente pode tomar conhecimento do site.

é através dele o cliente pode tomar conhecimento do site. Mídias Indoor São ações focadas no

Mídias Indoor

São ações focadas no target e ambientadas, seja em restaurantes, academias, clubes ou estádios. É uma mídia complementar e coloca a marca em contato direto com o consumidor. Além disso, a atenção à mídia interna é superior à atenção de mídias exteriores, em função de não haver concorrentes no local.

é superior à atenção de mídias exteriores, em função de não haver concorrentes no local. Mídia

Mídia Exterior

A mídia cria impactos diários no consumidor em potencial e ainda reforça a imagem da marca àqueles que já a consomem. É uma forma de criar e aumentar recall da marca.

Abaixo, o detalhamento de cada meio para essa campanha:

a) A utilização de revistas de grande afinidade com o público alvo através

de anúncios de 1 página, sendo as escolhidas: Revista Catarina, Revista Nanu!!, e Revista Tie Break;

b) Criação de um site e blog corporativo. Para complementar o blog, as redes sociais, como Orkut e Twitter deverão ser utilizadas para divulgar o endereço;

c) Assessoria de imprensa regional, com foco em cidades do Vale do Itajaí e Litoral Catarinense, como Blumenau, Itajaí, Balneário Camboriú, tanto para consumidores como para formadores de opinião.

d) Envio de e-mail marketing para atuais clientes, como forma de fidelização e, para novos maillings - assinantes de revistas da Editora Abril.

e) Ações de mídia indoor nos locais em que ocorre o fluxo do público-alvo da MarcusSoon, como exemplos: academias, casas noturnas e restaurantes.

f) Utilização de uma mídia exterior. Essa mídia estará presente durante

toda a campanha, pois seu objetivo será referenciar o Studio como uma concept store.

9.3 Táticas de Mídia

A campanha iniciará em julho de 2009 e terá duração de 06 meses, finalizando em dezembro de 2009. O timing da campanha será do tipo Flight com concentração de mídia em alguns períodos, no caso da campanha Institucional do MarcusSoon Studio, de agosto a outubro. Os meses julho, novembro e dezembro possuem inserções na mídia, porém com menor intensidade. Segue o detalhamento do planejamento e programação de cada veículo escolhido para a campanha.

9.3.1 Revista Nanu!!

A revista aborda temas como fotografia, moda, design, comportamento, cinema, arquitetura e música. Geralmente seus ensaios fotográficos são produzidos com pessoas que não são modelos, mas que possuem características únicas. É produzida em Blumenau e possui caráter conceitual.

Dados da Revista Publicação: Bimestral Tiragem: 5.000 exemplares Número médio de leitores: 15.000 Público-alvo: de classe A, interessado em cultura, arte e estilo, antenado, formador de opinião e ansioso por informação e propostas visuais diferenciadas. Distribuição: através de mailling dirigido (por formadores de opinião, profissionais e empresários), venda em bancas de revista e assinaturas. É enviada para profissionais da área de saúde, liberais, de moda e comunicação, veículos e agências de publicidade, clientes de parceiros anunciantes, faculdades e universidades, hotéis, spas, clínicas médicas e de estética, restaurantes, lojas classe A e para todos os parceiros do LOOSHstudio.

spas, clínicas médicas e de estética, restaurantes, lojas classe A e para todos os parceiros do
spas, clínicas médicas e de estética, restaurantes, lojas classe A e para todos os parceiros do
spas, clínicas médicas e de estética, restaurantes, lojas classe A e para todos os parceiros do
spas, clínicas médicas e de estética, restaurantes, lojas classe A e para todos os parceiros do
spas, clínicas médicas e de estética, restaurantes, lojas classe A e para todos os parceiros do

Circulação: no estado de Santa Catarina, principalmente nas cidades de Florianópolis, Balneário Camboriú e Blumenau. Também circula em outros estados, em cidades como Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro.Programação: 03 anúncios de uma página, cor, indeterminado. Veiculação nos meses de julho, setembro e

Programação:

03 anúncios de uma página, cor, indeterminado. Veiculação nos meses de julho, setembro e novembro.

Valor unitário de 1 página tabela: R$ 1.700,00 Valor total para 3 inserções de 1 página tabela: R$ 5.100,00

Valor unitário de 1 página negociado: R$ 1.300,00 Valor total para 3 inserções de 1 página negociado: R$ 3.900,00

CPM (por edição): R$ 260,00 para atingir mil pessoas.

9.3.2 Revista Catarina

Catarina é a primeira revista de jornalismo de moda produzida em Santa Catarina e distribuída nacionalmente. Atinge um público segmentado e culto, que consome informações qualificadas. O surgimento da publicação aconteceu exatamente no momento em que o estado catarinense começou a se posicionar no cenário de moda nacional, onde deixou de produzir apenas matéria-prima e passou a ser reconhecido como estado que também produz moda.

Dados da Revista:

Publicação: Bimestralcomo estado que também produz moda. Dados da Revista: Tiragem: 10.000 exemplares Número médio de leitores:

Tiragem: 10.000 exemplaresproduz moda. Dados da Revista: Publicação: Bimestral Número médio de leitores: 30.000 Público-alvo: é

Número médio de leitores: 30.000Revista: Publicação: Bimestral Tiragem: 10.000 exemplares Público-alvo: é bastante abrangente. Não está ligado a 52

Público-alvo: é bastante abrangente. Não está ligado aproduz moda. Dados da Revista: Publicação: Bimestral Tiragem: 10.000 exemplares Número médio de leitores: 30.000 52

faixa etária, mas sim ao perfil de consumo de informação. São pessoas ligadas não só a moda, mas também a outras áreas como arquitetura, design, tecnologia, turismo, gastronomia, meio ambiente e bemestar. Distribuição: é distribuída nacionalmente através das Livrarias Premium. Em Santa Catarina é encontrada nas principais bancas, principalmente em shoppings centers. A revista está presente ainda nos eventos de moda, através da distribuição da publicação e também com estandes próprios em feiras. No Mailling estão presentes os formadores de opinião de SC, PR, RS, SP e RJ, como editoras de moda, profissionais da área e imprensa e assinatura:

aproximadamente 26% da distribuição. Bancas: 52% Distribuição em bancas de Santa Catarina; 22% Distribuição em bancas nacionais; Circulação: Alguns dos eventos que a revista está presente: SPFW, Texfair, Fematex, Eventos do Santa Catarina Moda Contemporânea, SC Mostra Moda Jeans, Fenin, eventos pontuais como seminários, fóruns de moda e design.

eventos pontuais como seminários, fóruns de moda e design. A Catarina também é usada nas universidades
eventos pontuais como seminários, fóruns de moda e design. A Catarina também é usada nas universidades

A Catarina também é usada nas universidades pelos professores como ferramenta de estudo nas faculdades de moda e design, portanto atingindo um grande número de estudantes.

Programação:

03 anúncios de uma página, cor, indeterminado. Veiculação nos meses de julho, setembro e novembro.

Valor unitário de 1 página tabela: R$ 8.500,00 Valor total para 3 inserções de 1 página tabela: R$ 25.500,00

Valor unitário de 1 página negociado: R$ 3.400,00 Valor total para 3 inserções de 1 página negociado: R$ 10.200,00

CPM (por edição): R$ 340,00 para atingir mil pessoas.

9.3.3

Revista Tie Break

A revista Tie Break é o veículo de comunicação exclusivo da classe A de Blumenau. Com tiragem de 2.500 exemplares, a publicação é distribuída gratuitamente para todos os sócios do Tabajara, médicos, empresários e profissionais liberais.

Dados da revista:

Periodicidade: Mensalempresários e profissionais liberais. Dados da revista: Tiragem: 2.500 Exemplares Perfil de Público: Classe A

Tiragem: 2.500 Exemplaresliberais. Dados da revista: Periodicidade: Mensal Perfil de Público: Classe A Circulação: Blumenau E

Perfil de Público: Classe Ada revista: Periodicidade: Mensal Tiragem: 2.500 Exemplares Circulação: Blumenau E Região Distribuição: 2.500

Circulação: Blumenau E RegiãoTiragem: 2.500 Exemplares Perfil de Público: Classe A Distribuição: 2.500 exemplares distribuídos gratuitamente

Distribuição: 2.500 exemplares distribuídos gratuitamente para todos os sócios do Tabajara, médicos, empresários e profissionais liberais.de Público: Classe A Circulação: Blumenau E Região Programação: 03 anúncios de uma página, cor,

Programação:

03 anúncios de uma página, cor, indeterminado. Veiculação nos meses de agosto, outubro e dezembro.

Valor unitário de 1 página tabela: R$ 1.900,00 Valor total para 3 inserções de 1 página tabela: R$ 5.700,00

Valor unitário de 1 página negociado: R$ 1.805,00 Valor total para 3 inserções de 1 página negociado: R$ 5.415,00

CPM (por edição): R$ 722,00 para atingir mil pessoas.

9.3.4 Site Data Prisma

Programação de site com abertura animada em flash, estrutura conforme apresentada no item 8.2.2.

Valor total do site: R$ 2.500,00 Pagamento: a combinar.

9.3.5 Blog Corporativo

Será preciso criar um planejamento para a produção do conteúdo com volume e periodicidade. A criação do blog poderá ser através do WordPress. Não há custo para essa veiculação.

9.3.6 Banner de site - Antenado.Com

O site Antenado.com conta com uma audiência extremamente qualificada e formada por integrantes da sociedade de classe predominante A e B e serve como canal de divulgação de festas da região.

Programação: exibição de agosto a outubro. Formato do Banner: Intertistial Tamanho: 250 x 345 pixels Contrato de 03 meses.

Valor mensal: R$ 400,00 Valor total para 03 meses: R$ 1.200,00

9.3.7 E-mail Marketing Data Listas

Envio de e-mail marketing para assinantes das revistas da Editora Abril:

Gloss, Elle, Claudia e Nova. Valor total do mailling: 1.711 assinantes. Disparo nos meses de julho, setembro e novembro.

Localidade

Revista Gloss

Revista Elle

Revista Claudia

Revista Nova

TOTAL

Blumenau

300

219

876

316

1.711

Valor unitário: R$ 0,45 por e-mail. Valor por disparo: R$ 985,00. Valor total para 03 disparos: R$ 2.955,00

Observação: o valor apresentado está dentro do padrão do fornecedor, de custo mínimo para envio.

9.3.7 Mídia Indoor

Ações nos principais restaurantes, casas noturnas e academias da cidade, de acordo com o público-alvo. A sugestão é a aplicação de adesivos em banheiros femininos conforme layout apresentado no item 8.2.6. Outra sugestão é a utilização dos manequins-bonecos característicos da loja, vestidos com as roupas da MarcusSoon, posicionados nesses ambientes em locais de grande circulação.

Sugestão de locais: Academia Bio Gym, Restaurante Moinho, Restaurante Park Blumenau, Camorra Bar & Fun, Expresso Chopperia, Teatro Carlos Gomes, Restaurante DigderiDoo.

O valor de veiculação depende do local para ação, do espaço utilizado e do período. Sugestão nos meses agosto e novembro.

O valor de produção do adesivo:

56

Fácil Comunicação Visual Adesivo impressão digital:

Média de R$ 80,00 o valor pode variar de acordo com o formato do espelho. Quantidade: até 20 peças

9.3.8 Rodízio de Painel - Barbieri Painéis

Rodízio de painel, formato 6x3m, em 5 pontos diferentes na cidade de Blumenau. Contrato de 6 meses.

Locais de circulação 1 mês em cada local:

Rua São Paulo - Antes Da Conc. Renault | S.C.6 meses. Locais de circulação – 1 mês em cada local: Rua João Pessoa - Col.

Rua João Pessoa - Col. Adolpho Konder | S.C.cada local: Rua São Paulo - Antes Da Conc. Renault | S.C. 7 De Setembro -

7 De Setembro - Loja Dell Anno - S Shop NeumarktRenault | S.C. Rua João Pessoa - Col. Adolpho Konder | S.C. Rua Alm. Tamandaré -

Rua Alm. Tamandaré - Polícia Militar | S.C.| S.C. 7 De Setembro - Loja Dell Anno - S Shop Neumarkt Rua João Pessoa

Rua João Pessoa - 50m Do Vila Germânica - S.C.Shop Neumarkt Rua Alm. Tamandaré - Polícia Militar | S.C. Valor mensal de veiculação: R$ 850,00

Valor mensal de veiculação: R$ 850,00 mês Valor total de produção: R$ 648,00

Valor Mensal Total (veiculação + produção): R$ 850,00 mês

R$ 850,00 mês Valor total de produção: R$ 648,00 Valor Mensal Total (veiculação + produção): R$
R$ 850,00 mês Valor total de produção: R$ 648,00 Valor Mensal Total (veiculação + produção): R$
9.3.10 Assessoria de Imprensa – Catarina Press Assessoria de imprensa com objetivo de divulgar a
9.3.10 Assessoria de Imprensa – Catarina Press Assessoria de imprensa com objetivo de divulgar a
9.3.10 Assessoria de Imprensa – Catarina Press Assessoria de imprensa com objetivo de divulgar a

9.3.10 Assessoria de Imprensa Catarina Press

Assessoria de imprensa com objetivo de divulgar a figura de Marcus Marquetti e Song Soon no projeto, a inovação existente nas roupas, a comercialização de todos os produtos dentro da loja (roupas, acessórios, quadros, móveis), entre outros assuntos que possam ser identificados no decorrer da ação. O foco seria em Blumenau e região e Litoral norte.

Contrato de 03 meses. Veiculação nos meses de julho a setembro.

Valor mensal: R$ 3.000,00

Valor total para 03 mess: R$ 9.000,00

9.3.11

MATERIAIS GRÁFICOS

9.3.11.1 Cartão Postal

Formato: 10x15cm. Cor: 4x1 (Pantone). Papel triplex supremo 250g. Acabamento:

laminação fosca 1x0.

Quantidade

500

1.000

2.000

Gráfica 3 de Maio

R$ 809,37

R$ 854,71

R$ 937,10

Gráfica Tipotil

R$ 605,85

R$ 629,10

R$ 686,20

Gráfica Odorizzi

R$ 790,00

R$ 860,00

R$ 990,00

Pagamento: 28 dias.

9.3.12 MATERIAL DE PDV

9.3.11.1Adesivo de Vitrine

Fácil Comunicação Visual Aplicação de adesivo transparente em recorte na vitrine. Valor total: R$ 250,00 Pagamento: 28 dias.

9.3.13 PRODUÇÃO FOTOGRÁFICA

LOOSHstudio O custo inclui: maquiadora, produtor de moda, modelo, fotografia, tratamento. Valor total: R$ 4.000,00 Pagamento: 28 dias.

10. CRONOGRAMA DE MÍDIA

MÍDIA

 

JULHO

   

AGOSTO

 

SETEMBRO

OUTUBRO

 

NOVEMBRO

DEZEMBRO

Semana

1

2

3

4

5

1

2

3

4

5

1

2

3

4

5

1

2

3

4

5

1

2

3

4

5

1

2

3

4

5

Revista Nanu!!

x

x

x

x

x

         

x

x

x

x

x

         

x

x

x

x

x

         

Revista Catarina

x

x

x

x

x

         

x

x

x

x

x

         

x

x

x

x

x

         

Revista Tie Break

         

x

x

x

x

x

         

x

x

x

x

x

         

x

x

x

x

x

Internet-Blog/site

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

Banner Antenado

         

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

                   

Ass. de Imprensa

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

x

                             

E-mail marketing

   

x

                 

x

                 

x

             

Mídia Indoor

           

x

x

x

                       

x

x

x

           
Rodízio Painel x x x x x x x x x x x x x
Rodízio Painel
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x

60

11.RESUMOS DE INVESTIMENTOS

Mídia

Item

Valor

TOTAL

%

 

Criação

R$ 900,00

   

REVISTA

Veiculação

R$ 19.515,00

R$ 20.415,00

39%

Nanu/Catarina/Tie Break

Produção

-

 

Criação

R$ 1.500,00

   

SITE

Veiculação

-

R$ 4.000,00

8%

Produção

R$ 2.500,00

 

Criação

-

   

BLOG

Veiculação

-

-

-

Produção

-

 

Criação

R$ 1.000,00

   

BANNER SITE

Veiculação

R$ 1.200,00

R$ 2.200,00

4%

Produção

-

 

Criação

-

   

ASSESSORIA

Veiculação

R$ 9.000,00

R$ 9.000,00

17%

DE IMPRENSA

Produção

-

 

Criação

R$ 900,00

   

E-MAIL

Veiculação

R$ 2.955,00

R$ 3.855,00

7%

MARKETING

Produção

-

 

Criação

R$ 500,00

   

MÍDIA ÍNDOOR

Veiculação

-

R$ 740,00

1,5%

03 adesivos

Produção

R$ 240,00

   
 

Criação

R$ 1.000,00

   

RODÍZIO DE

Veiculação

R$ 5.100,00

R$ 6.100,00

12%

PAINEL

Produção

-

 

Criação

R$ 500,00

   

CARTÃO

Veiculação

-

R$ 1.129,10

2%

POSTAL

Produção

R$ 629,10

 

Criação

-

   

PRODUÇÃO

Veiculação

-

R$ 4.000,00

8%

FOTOGRÁFICA

Produção

R$ 4.000,00

 

Criação

R$ 500,00

   

PDV

Veiculação

 

R$ 750,00

1,5%

Produção

R$ 250,00

TOTAL

-

-

R$ 52.189,10

100%

Observação: os valores de Criação estão de acordo com a Tabela de Preços da Sinapro (Sindicato das Agências de Propaganda) com desconto de 50% em cada item.

12. REFERÊNCIAS

Revista InfoComércio Revista da Federação do Comércio Sesc Senai. Maio/Junho 2007 ano 2, número 6. www.noticenter.com.br www.santamoda.com.br www.revistacatarina.com.br www.mte.gov.br www.abit.org www.comunidademoda.com.br www.folha.uol.com.br www.fashionbubbles.com www.marketingprofissional.com www.ibope.com/consumidor Dossiê Mtv 2008 www.namidiacom.com.br www.divadiva.com.br www.modasemfrescura.com www.crisfernandes.wordpress.com www.chic.ig.com.br www.wikipedia.com/zara www.varejista.com.br

13. APÊNDICE 1 PESQUISA QUALITATIVA

1. Ficha técnica

1.1. Problema

Entende-se que o perfil de consumidor da marca é inovador e aberto a novas experiências. Porém a reincidência de compra ainda é baixa, o que nos leva

ao questionamento da aceitação deste novo conceito por parte dos blumenauenses.

1.2. Método da pesquisa Estudo descritivo qualitativo.

1.3. Dados da pesquisa A pesquisa foi realizada às 19h do dia 28 de abril de 2009 no SENAC Bistrô

Johannastift localizado na Alameda Rio Branco, 165, em Blumenau, Santa Catarina e teve uma duração média de 2 horas.

1.3.1. Amostra

Grupo de discussão com 5 mulheres blumenauenses, de 20 a 45 anos, das classes A- e A+, clientes da MarcusSoon Studio. Foram selecionadas, preferencialmente, mulheres que tivessem realizado compras na loja no máximo três vezes.

1.3.2. Entrevistadas

Alana – estudante de moda e administração, de 20 a 25 anos. estudante de moda e administração, de 20 a 25 anos.

Ana Paula – arquiteta,possui duas filhas (17 e 22 anos), de 40 a 45 anos. arquiteta,possui duas filhas (17 e 22 anos), de 40 a 45 anos.

Rosângela – dona de casa, possui filho de 21 anos, de 40 a 45 anos. dona de casa, possui filho de 21 anos, de 40 a 45 anos.

Eliza – estudante de administração e empresária, de 20 a 25 anos. estudante de administração e empresária, de 20 a 25 anos.

Larissa – sócia-proprietária de uma empresa, bioquímica, tem 2 filhos, de 25 a 30 anos. sócia-proprietária de uma empresa, bioquímica, tem 2 filhos, de 25 a 30 anos.

2. Roteiro

2.1. Aquecimento inicial e apresentação

Solicitar que todas se apresentem, indicando seu nome, idade, profissão, onde residem e outras informações que considerarem importantes. Após esse aquecimento, a moderadora dará início à introdução do assunto “estilo de vida hype em Blumenau e região”.

2.2. Identificar perfil dos entrevistados, personalidade, estilo de vida.

a) Como você identifica o seu estilo de vida?

b) O que costuma fazer de dia, à noite e finais de semana.

c) Quais as suas fontes de informação para os assuntos que gosta (arte,

arquitetura, design e principalmente moda).

d) Qual a sua maior referência de moda (local, pessoa, site, revista, etc)?

e) Quais lugares costuma a frequentar.

f) Quais os lugares para onde você costuma viajar ou gostaria de conhecer.

g) E aqui na região, qual sua referência de lugar quando se fala em

Gastronomia?

h) E baladas?

i) E lazer?

j) Onde você costuma ter contato com arte, design e arquitetura?

k) E qual o tipo de roupa que você costuma usar em cada ocasião citada?

l) Independente das situações, como você define esse estilo?

m) Quais as lojas que você costuma comprar roupas e acessórios?

n) Defina um ranking das 5 lojas que você mais deseja comprar.

o) Com que freqüência sai para fazer compras?

p) Com quem você costuma comprar (sozinha ou acompanhada)?

q) Considera que parte de suas compras são feitas por impulso?

r) O que motiva essas compras por impulso?

2.3. A interferência na vida desses consumidores de concept stores, que oferecem

mais do que uma simples compra de roupa.

a) Das lojas citadas anteriormente, alguma delas é original na forma de oferecer o produto?

b) Como é o atendimento, a disposição dos produtos, o relacionamento após a compra?

c) Você já teve contato com alguma loja que tivesse um conceito mais abrangente, oferecendo além das roupas, móveis, quadros, esculturas e etc.

d) Você já teve a experiência de compra numa loja dessas?

e) Como ocorreu? Qual a sensação de sair para comprar uma roupa e chegar em casa com uma obra de arte?

f) Existe espaço para isso em Blumenau?

g) Identificam quais lojas com esse conceito na cidade de Blumenau?

2.4. MarcusSoon Dependendo das respostas do item anterior, será necessário perguntar se

conhecem a MarcusSoon. Caso a loja já tenha sido citada, relembrar alguma fala e questionar sobre ela.

a) Como exemplo, a MarcusSoon, qual a percepção que você e Blumenau, como

um todo, tem da loja?

b) Relacionado aos produtos, ao design da loja e ao atendimento?

Sobre as marcas vendidas, elas tem o mesmo perfil da MarcusSoon ou deveria

entrar alguma que hoje não é vendida?

c) Conhecem os proprietários-estilitas, Marquetti e Soon?

d) Como vocês entendem o conceito da loja em oferecer roupas diferenciadas e

vender obras de arte e design no mesmo espaço?

3. Análise do grupo

3.1. Perfil das entrevistadas

Família Boa parte delas têm filhos, o que fez com que o assunto “mãe” se destacasse durante a conversa e recebesse comentários tanto do ponto de vista

das entrevistadas que são mães, quanto das que são filhas. “As mulheres hoje em dia cuidam muito mais da vida profissional delas antes e depois tem os filhos” (Ana Paula). As entrevistadas mães mostraram ter consciência de que não existe mãe perfeita, mas fazem o possível para serem. Já as entrevistadas filhas reconhecem esse esforço por parte das mães, apesar de saberem que não são perfeitas. Quando o assunto é afinidade e liberdade, todas reconhecem a diferença no relacionamento das mães com filhos homens e filhas mulheres. Segundo elas,

o companheirismo é maior de mãe para filha. “A minha mãe é a minha melhor

amiga” (Larissa). Dia-a-dia Das entrevistadas que possuem uma profissão, todas são empresárias. Definem seu estilo de vida como “rotineiro”, “agitado”, “corrido mas gostoso”. Porém, todas concordam que a falta de tempo faz com que sejam mais práticas e ativas. “É bem aquela coisa: tu tem tempo e tu não faz tudo aquilo que tu precisa”

(Alana).

Lazer

Já no final de semana, tiram tempo para fazer as coisas que gostam. Larissa fica com os filhos e o marido e citou programas em família, como exemplo

ir ao Zoológico em São Paulo no final de semana; Eliza passa o tempo em casa

com o namorado e cultiva uma paixão especial por cozinhar e assistir filmes; Rosângela com a família e religião, além da música e considera que sua vida está em uma fase de mudanças; Ana Paula gosta de praia com a família, possui

apartamento em Balneário Camboriú, e de sair à noite, mas geralmente acaba se envolvendo com o trabalho no final de semana; Alana gosta de ficar com a família e o namorado, ir a praia, além de andar de bicicleta. Quando o assunto é programação para baladas, shows e espetáculos, as entrevistadas dizem se manter informadas por meio de amigas, mala direta, rádio

e internet (e-mail marketing). Foram citados os portais Agitos.com, newsletter do Teatro Carlos Gomes, O estilo musical sertanejo universitário entrou em pauta quando algumas disseram ter assistido a shows de algumas duplas do momento.

“Eu sempre odiei música sertaneja. Eu pensava: „todo mundo gosta só porque é moda‟, mas eu comecei a gostar” (Alana). Apesar de mostrarem-se informadas, o tema “baladas”, de um modo geral, não pareceu ser relevante em suas vidas. Mesmo assim foram citadas as seguintes casas noturnas: Djum, Warung, Green Valey (Balneário) e Observatório (Blumenau). Ana Paula tem maior afinidade com as filhas, geralmente vai para “baladas” com elas. A gastronomia interessa boa parte delas, que gostam de cozinhar ou freqüentar restaurantes. “Eu acho que em Blumenau está faltando muita opção de lugar para ir” (Eliza). O restaurante Didgeridoo, em Balneário Camboriú, foi citado como referência de um lugar que deveria existir em Blumenau, apesar de terem consciência de que estão mais abertas a gastarem na praia do que em sua cidade. Mesmo assim, acham que Blumenau já tem algumas opções interessantes como o SENAC Bistrô, Moinho do Vale, Na Moita, Park Blumenau. Já o contato com a arte, por mais que seja considerado esporádico, acontece. “As vezes a gente fala que não tem nada [em Blumenau], mas tem sim” (Larissa). Foram citados como exemplo a FURB, Fundação Cultural, Teatro Carlos Gomes e Aliança Francesa.

3.2. A moda em suas vidas De um modo geral, o grupo mostrou-se bastante heterogêneo nesse aspecto. Apenas uma das entrevistadas está diretamente relacionada à moda, já que é estudante da área. No entanto todas outras entrevistadas se sentiram à vontade para conversar sobre este assunto com exceção de uma, que expôs várias vezes a sua insegurança em contribuir com a pesquisa. Informação As entrevistadas citaram como fonte de informação para moda o Fashion

TV (canal 31 - Sky). “Eu adoro ver a programação dos desfiles, aqueles cenários

Adoro ver essa criatividade que o pessoal de moda tem”

que o pessoal faz (

(Ana Paula). Encontram inspiração também em seriados de TV, principalmente no estilo das personagens de Gossip Girls, em específico da Blair. “Só que não dá

).

pra usar as roupas que elas usam aqui, porque senão a gente vai parecer uma

Quando eu assisto Gossip Girls eu sinto vontade de me vestir mais

arrumada” (Alana). Além disso, Alana também comentou que quando está com vontade de se vestir melhor, pega referências em revistas. As revistas também funcionam como fonte de informação, apesar de as entrevistadas não terem o hábito de assinar alguma específica voltada ao assunto. “Não gosto de receber em casa. Gosto de ir lá na banca e escolher o que mais me agrada pela capa” (Alana). Foram citadas as revistas Gloss, Elle, Vogue, Caras, Quem. Tem contato geralmente em revistas de celebridades no Salão de Beleza, que freqüentam em média uma vez por semana. Porém, acham um “presentão” quando alguém viaja ao exterior e trás uma revista de moda. Isso porque consideram as revistas estrangeiras com qualidade superior, porém não pagariam o preço praticado no Brasil que, segundo elas, passa de R$ 100. Dar uma volta no shopping também pode servir de inspiração e informação para a moda.

perua (

).

Estilo O ato de se vestir de acordo com cada lugar é entendido como “fundamental”. Porém, às vezes é preciso ousar e ter um estilo próprio. “Pior é que tem muita gente que fala assim: „meu, como é que tu consegues usar essa roupa?‟. Eu digo: „tu já tentou usar para ver se fica bom em ti?‟ É uma questão de

tu provar. (

Segundo elas, a moda dita tendências, mas elas fazem as suas próprias “modas”. Autoconfiança A unha feita também foi citada como um fator que dá segurança para elas, assim como qualquer cuidado pessoal. Uma roupa que não é confortável ou que não combine com elas também causa incômodo. Segundo Larissa, a roupa deixa a pessoa mais “poderosa”, com postura para a situação. “Depende do lugar que você vai, a marca te dá segurança, sim. Não é uma marca externa, é a etiquetinha mesmo, lá dentro que ninguém nem vê, mas você sabe.” (Larissa). Eliza complementa que a marca

)

É só querer, sair do básico” (Eliza).

representa a loja que faz o teu estilo, em que a estilista tem um gosto que combina com a consumidora.

Também não pode

se punir se eu me sinto bem com um decote. ( (Ana Paula).

“Não precisa ter a marca, mas que eu me sinta bem. (

)

)

Eu não deixo me intimidarem”

Marcas e lojas Para todas existem muitas marcas que traduzem na loja o lifestyle de quem compra. Fora isso, as marcas na região, foram citadas marcas e lojas como Naguchi, Mônica Linz, Maison Maina, Lolita, Hering, Chemise, Day On, Mercatto (sapatos e bolsas), Filomena em Blumenau; Giro Bazar, Vive La Vie e Yacamim em Balneário Camboriú; Copo de Leite em Penha, além da própria MarcusSoon. Eliza comentou que a GiroBazar faz encontros, como uma venda direta, onde reúne um grupo de amigas para mostrar as roupas. Também foram citadas marcas com maior abrangência como Osklen, Le Lis Blanc, Animale e Morena Rosa. Compram aqui em Blumenau, mas quando podem gostam de comprar em lugares como São Paulo, Balneário Camboriú ou mesmo no exterior. Isso porque acham que aqui em Blumenau faltam opções. Porém, ao mesmo tempo, dizem gostar de prestigiar o comércio da cidade muitas vezes por uma questão de custo benefício. Citaram a vitrine como um fator decisivo para o consumo, podendo

funcionar como um grande freio. Um dos casos citados foi a loja da Mônica Linz.

Eu nunca entrei porque eu sempre pensei que fosse

um trabalho de faculdade” (Larissa). Preço As entrevistadas comentaram que os preços em Blumenau estão caros, principalmente no que se refere a roupas trazidas de São Paulo isso porque viajam muito e tem conhecimento do preço real das peças. Porém, no que se refere a marcas famosas, muitas vezes a qualidade compensa o preço.

“Aquilo não é uma loja. (

)

Canais de relacionamento

A loja Lolita, em Blumenau, foi citada por sua presença na rede social

Orkut. “Eles te adicionam e eles põem fotos de meninas conhecidas que tão pela rua, pela loja. Aí eles fazem uma produção superlegal” (Alana). Nesse caso, as

entrevistadas mais jovens conheciam a abordagem. Receber ligações da loja, porém, foi considerado um grande empecilho. “Até a menina [que liga] fica sem graça” (Eliza). Por isso, preferem que sejam

enviadas mensagens pelo celular, pois não as atrapalha. Outro canal interessante a ser considerado é o e-mail marketing, tanto para ficar por dentro das novidades quanto para o pós-vendas. Neste quesito a Arezzo foi citada com exemplo.

Eu acho bacana essa lembrança pro

cliente que é mais fiel” (Ana Paula). As entrevistadas entendem esse relacionamento como uma forma de fidelização.

O atendimento também é considerado essencial. Chegaram a citar casos

em houve “discriminação”. Segundo elas, esse tipo de situação acontece tanto pelo estilo da consumidora, que não combina com a loja, ou pelas atendentes, que muitas vezes acham que consumidor não tem poder aquisitivo suficiente. Porém, nunca gostam de se sentir forçadas a comprar algo que não queiram, por mais sutil que seja. “Eu gosto de entrar na loja só para olhar e não levar nada” (Alana).

Isso pode ser considerado um aspecto bastante interessante, principalmente quando se trata de mulheres da classe A. Compra por impulso Todas confessam ter seus impulsos na hora da compra. “Eu cheguei a ponto de comprar errado, comprar por comprar” (Rosângela). Mesmo assim nenhuma se mostrou realmente influenciável por itens como vendedora, preço, etc.

“Sempre mandam uma lembrancinha. (

)

Concept store

É possível dizer que as entrevistadas entendem o conceito. “Acho que

depende muito da loja, por exemplo a Renner e Havan. Elas vendem desde um

artigo de decoração até a roupa. Só que é outro tipo de loja. ( colocar as peças, a arquitetura da loja” (Ana Paula).

A forma de

)

Na região de Blumenau as entrevistadas lembraram: Stroke que fechou recentemente em Blumenau , Vive La Vie, em Balneário, além do site Bangoo. A MarcusSoon foi lembrada por uma das entrevistadas como uma loja que também vende objetos de decoração, como “caixinhas”. “Eu acho que em Blumenau não tem tanto, mas nos Estados Unidos, por exemplo, tem bastante disso” (Eliza). Outras marcas de maior abrangência também foram citadas, como Daslu e Le Lis Blanc. Uma das entrevistadas chegou a fazer referência uma loja em Nova Iorque, Estados Unidos, chamada Apology. Quando questionadas sobre a aceitação de Blumenau para lojas desse tipo, todas, em um primeiro momento, concordam. “Acho que é uma tendência, sim, as pessoas começarem a investir nisso [arte]” (Larissa). O restaurante Na Moita, já citado anteriormente por elas, foi indicado como um lugar da região em que o contato com a arte é bastante forte seja por meio de bandas locais ou por exposições de obras. Porém, conforme a conversa foi evoluindo, algumas entrevistadas mudaram de opinião e acabaram revelando que, segundo elas, a cidade tem um ponto vulnerável com relação a esse tipo de novidade. “Eu acho que tem um grande problema em Blumenau que as pessoas não aceitam muito

essa mudança. (

Não prestigia” (Alana). Segundo elas, por este motivo muitas lojas que se

A mulher sai daqui pra comprar em Balneário, em outro lugar.

)

propõem a ser diferentes acabam fechando.

3.3. MarcusSoon Antes mesmo de ser introduzida como tema pelas moderadoras, a MarcusSoon foi citada pelas entrevistadas em vários momentos diferentes. Porém, quando a conversa foi focada na loja, pôde-se notar pontos importantes, como:

Público Apesar de afirmarem sentir grande simpatia pela marca, levantaram a questão de serem um grupo seleto, que pensa diferente. Por isso, pensam que a loja é, muitas vezes, ousada demais para a cidade. Quando questionadas sobre a visão que Blumenau tem da MarcusSoon, responderam:

“Um ET” (Rosângela)

“Eu acho que as pessoas se assustam um pouco. „Ah, eu não vou usar isso!‟” (Eliza) Porém, uma das entrevistadas relatou que ao sair na rua com a primeira peça comprada lá teve que ouvir de uma amiga que parecia “uma cigana”. Hoje, essa mesma amiga compra lá. Neste sentido, é possível dizer que Blumenau pode ser educada e estimulada para esse tipo de novidade. Vitrine

A vitrine foi citada como diferencial por ser atrativa e capaz de reproduzir o estilo original da loja. “Adoro aquela loja, adoro a vitrine deles” (Larissa)

principalmente o

colorido da vitrine. Porque eu não tinha visto aqui em Blumenau ainda o que eles estão oferecendo” (Rosângela)

Além disso, citaram os manequins, que são através de bonecos. Atendimento O atendimento é um fator positivo pois se sentem à vontade na loja, além de poder contar com a opinião da atendente ou mesmo dos proprietários-estilistas. “Sempre te deixam bem livres” (Alana) Proprietários-estilistas A maioria delas já teve contato com pelo menos um dos proprietários- estilistas e, de um modo geral, sentem essa proximidade como um diferencial. Roupas Apesar de se identificarem com o estilo da loja, dizem que somente algumas peças acabam fazendo o seu estilo. “Têm um estilo bem diferente, às vezes não é tudo o que se encaixa. É

As vezes que tenha uma peça que me

muito diferente, mas eu adoro. (

surpreenda que eu esteja usando, mas isso é bom pra mim” (Alana). “O estilo da loja combina comigo, mas não são todas as peças” (Eliza) “As estampas são bonitas” (Eliza) “A minha filha mais nova ainda gosta mais do que eu. Eu olho e consigo separar poucas coisas” (Ana Paula)

“Foi um choque pra mim, acostumada com a tradição. (

)

)

“Não são todas as roupas que se identificam comigo. ( coisas lá que são para pessoas mais magras” (Eliza)

)

Tem algumas

A maioria comprou apenas produtos da marca MarcusSoon, porém

lembraram que “tem peças que eles trazem de fora também” (Rosângela) Citaram, ainda, que a loja vende roupas para criança e acessórios bastante

versáteis, que podem ser utilizados de acordo com a imaginação do consumidor.

O tema autoconfiança voltou a pauta quando o assunto chegou na

extravagância das roupas MarcusSoon. “O que as pessoas vão pensar? O que as pessoas vão dizer? E tem muitas pessoas que se vestem não para si, mas para os

outros” (Rosângela). Mesmo assim, pensam que a MarcusSoon lhes dá segurança por ser original.

) Tem a

característica deles na obra” (Alana) “Eu fiquei meio assim: „será que eu vou usar isso?‟. Mas usei!” (Eliza) Concept Store Apesar de entenderem e aceitarem como positivo o conceito “concept store”, identificam a MarcusSoon apenas como uma loja de roupas. “Eu vi [quadros] , só que eu nem prestei atenção” (Alana)

“Eu acho legal aquela marca que ousa, como eles [MarcusSoon]. (

4. Conclusões Geral

Balneário Camboriú foi citada repetidas vezes nos temas lazer, gastronomia, lojas. Por isso, é possível dizer que a cidade está intimamente ligada ao público-alvo no que se refere a entretenimento e consumo de moda, mesmo que seja vista como um lugar em que a roupa não tenha tanta influência como quando comparado a Blumenau. “Você se sente mais à vontade lá.” (Larissa) “Você se sente mais à vontade lá.” (Larissa)

Blumenau, mesmo tradicional, está aberta a novidades. O que precisa, no entanto, é um estímulo para que se crie o hábito de pensar diferente. Neste sentido, o investimento em cultura é visto como algo muito positivo.não tenha tanta influência como quando comparado a Blumenau. “Você se sente mais à vontade lá.”

“Eu tento não fazer essa imagem assim: „Blumenau não tem nada‟. Tem, tem sim um monte de coisa legal para fazer” (Larissa) “Toda a vez que eu vou no Teatro, a casa enche. Então eu acho que eles deveriam investir mais nisso” (Eliza). “Tu não dá pro consumidor aquilo que ele acha que quer. Tu dá aquilo que ele precisa” (Larissa)

Apesar de não se apegarem a uma marca, têm consciência de que ela está ligada

Apesar de não se apegarem a uma marca, têm consciência de que ela está ligada ao conceito de bem-estar, capaz de lhes proporcionar segurança e personalidade. “Dependendo do lugar onde você vai, às vezes não é nem uma questão de marca, às vezes a marca nem precisa aparecer. Mas só o fato de você estar vestindo uma roupa que você se sente legal, a tua postura é totalmente outra” (Larissa). “Eu sou uma pessoa que me identifico muito com a marca” (Alana). MarcusSoon

A marca é vista como original, criativa, ousada, contestadora, jovem e

A

marca é vista como original, criativa, ousada, contestadora, jovem e

divertida sendo ligada, muitas vezes, a uma imagem um tanto infantil. Neste sentido, é possível afirmar que o ponto forte da loja está efetivamente

nos produtos MarcusSoon. “Eu tenho um vestido que até é um pouco infantil. (

)

A minha sobrinha

ama aquele vestido. E a minha irmã que tem 30 anos já usou” (Alana) “A MarcusSoon é uma gracinha” (Ana Paula)

“Trabalham com o artesanal. (

)

Esses acréscimos são muito gostosos.

Simples, glamurosa ao mesmo tempo” (Rosângela) “É uma marca que tu olha a peça: „É MarcusSoon!‟. É isso que eu gosto” (Alana)

Itens como vitrine e atendimento foram vistos como diferenciais. Além

Itens como vitrine e atendimento foram vistos como diferenciais. Além

disso, a presença dos proprietários-estilistas acaba tendo grande influência

no conceito e aceitação da loja.

“[Os manequins] não são pessoas, são aqueles bonecos” (Eliza)

“Fui superbem atendida. A moça lá tirou tudo para eu experimentar” (Ana Paula)

“[Os proprietários-estilistas] tem carisma. ( tocar” (Rosângela)

São pessoas que você pode

)

Mesmo entendendo e aceitando como positivo o conceito “concept store”, as consumidoras não vêem a MarcusSoon como um exemplo efetivo desse tipo de loja. “Se as consumidoras não vêem a MarcusSoon como um exemplo efetivo desse tipo de loja. “Se tem [outros artigos além de roupas] não foi divulgado” (Larissa) Identifica-se a necessidade, portanto, de uma comunicação mais direta para os produtos de arte e design. Mesmo assim, as consumidoras identificam as próprias roupas como peças de arte. “Eu acho que as peças deles são uma arte” (Alana) A comunicação relacionada à promoções também pode ser considerada um ponto a ser fortalecido. “Tinha um tempo que tinha na vitrine, aí eu sabia que tinha promoção” (Alana)

Identifica-se a necessidade de um trabalho mais preciso no que diz respeito ao cadastro de clientes a fim de fortalecer os canais de relacionamento, como mensagens via SMS e e-mail marketing. “É uma forma de tu não esquecer da loja” (Eliza). “É uma forma de tu não esquecer da loja” (Eliza).

14. APÊNDICE 2 GALERIA DE IMAGENS MARCUSSOON STUDIO

14. APÊNDICE 2 – GALERIA DE IMAGENS MARCUSSOON STUDIO Sofá próximo aos provadores Araras com roupas

Sofá próximo aos provadores

14. APÊNDICE 2 – GALERIA DE IMAGENS MARCUSSOON STUDIO Sofá próximo aos provadores Araras com roupas

Araras com roupas MarcusSoon

Imagem panorâmica da loja Exposição dos produtos multimarcas 78

Imagem panorâmica da loja

Imagem panorâmica da loja Exposição dos produtos multimarcas 78

Exposição dos produtos multimarcas

Detalhe das araras, com vista para a parte interna da loja Detalhe da vitrine 79

Detalhe das araras, com vista para a parte interna da loja

Detalhe das araras, com vista para a parte interna da loja Detalhe da vitrine 79

Detalhe da vitrine

Exemplo de objetos de decoração produzidos pelos prórpios estilistas Detalhe do chão do provador 80

Exemplo de objetos de decoração produzidos pelos prórpios estilistas

Exemplo de objetos de decoração produzidos pelos prórpios estilistas Detalhe do chão do provador 80

Detalhe do chão do provador

Etiqueta de um dos produtos MarcusSoon Etiqueta de outro produto MarcusSoon 81

Etiqueta de um dos produtos MarcusSoon

Etiqueta de um dos produtos MarcusSoon Etiqueta de outro produto MarcusSoon 81

Etiqueta de outro produto MarcusSoon

Detalhe da fachada da loja, com luminoso da marca Acessórios dispostos na vitrine 82

Detalhe da fachada da loja, com luminoso da marca

Detalhe da fachada da loja, com luminoso da marca Acessórios dispostos na vitrine 82

Acessórios dispostos na vitrine

Vitrine da loja, com manequins produzidos pelos próprios estilistas Imagem panorâmica da loja, vista da

Vitrine da loja, com manequins produzidos pelos próprios estilistas

Vitrine da loja, com manequins produzidos pelos próprios estilistas Imagem panorâmica da loja, vista da entrada

Imagem panorâmica da loja, vista da entrada

Vista da saída, com uma das obras de arte comercializadas na loja 84

Vista da saída, com uma das obras de arte comercializadas na loja