Você está na página 1de 2

Pastoral de Jovens

MARIA, MULHER DO SIM

A- Objectivo
Valorizar a vida de fé de Maria e a sua capacidade de resposta à missão de salva-
ção do mundo, que Deus lhe confiou.

B- Dinâmica
Distribuir entre os participantes do grupo os versículos dos evangelhos que se referem às
situações vividas por Maria. Depois, em duplas, partilha-se e comenta-se a palavra de
Deus.

C- Desenvolvimento do tema
Atitudes de Maria diante do chamamento de Deus.
- Maria é modelo e exemplo de entrega generosa ao Senhor, na aceitação livre, res-
ponsável e consciente do convite do Senhor, com inteira responsabilidade e confi-
ança.
- A sua fé leva-a a contemplar e completar a obra de Deus no homem.
- Na encarnação Maria dá o seu sim a Deus.
- Maria põe-se a caminho e, na sua disposição de servir sempre, visita Isabel.
- Vai a Belém. Lá, diante das portas fechadas, dirige-se com serenidade e paz à
gruta onde nascerá o redentor.
- Ela dá à luz o seu filho e comunica a sua palavra aos homens.

Textos bíblicos a trabalharem: Lc 1,26-38; 1,39-59; 2,41-50; 2,1-12.

D- Exteriorização
Formam-se duas equipas e cada uma traz um cartaz com os títulos: "Bodas", "Vi-
sitação". Cada equipa prepara uma dramatização alusiva aos encontros bíblicos.
No momento de apresentar a dramatização, dever-se-á ter muito cuidado para
que sejam bem ressaltadas as atitudes de Maria.

D- Oração
Maria, mãe da justiça e da paz, Maria, nossa mãe e senhora dos jovens,
invocamos a tua ajuda hoje, vamos rezar, com a Igreja universal,
quando queremos a bela oração que os nossos lábios in-
conhecer as necessidades dos outros, fantis
dos próximos e dos distantes, aprenderam há muitos anos:
de todas as nações que necessitam Salve, rainha e mãe
da justiça e da paz. Salve, rainha e mãe de misericórdia,
vida, doçura e esperança nossa, salve.
Pastoral de Jovens

A vós bradamos, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do


os degredados filhos de Eva, vosso ventre,
a vós suspiramos, gemendo e chorando ó clemente, ó piedosa,
neste vale de lágrimas. ó doce sempre virgem Maria!
Eia, pois, advogada nossa, Rogai por nós, santa mãe de Deus,
esses vossos olhos misericordiosos para que sejamos dignos das promes-
a nós volvei, sas de Cristo.
e, depois deste desterro, Amén.

E- Cântico