Você está na página 1de 99

Tecnologia

Tecnologia Pneumática Industrial


Pneumática Industrial

Transparência M1001
Março 2001

1
Tecnologia Pneumática Industrial
Bloco Manifold………………………………………………..….... 36

Índice Válvula de Retenção, Escape Rápido……………………….….37


Elemento OU, Exemplo de Aplicação……………………….…..38
Propriedades Físicas do Ar………………………………………...3 Elemento E, Exemplo de Aplicação………………………...…... 39
Peso e Existência do Ar…………………………………………….4 Válvula Reguladora de Vazão…………………………………....40
Pressão Atmosférica……………………………………………….. 5 Exemplo de Aplicação, Controle de Velocidade………………. 41
Lei Geral dos Gases, Lei de Pascal……………………………….6 Temporizador Pneumático……………………………………….. 42
Tipos Fundamentais de Compressores…………………………...7 Exemplo de Aplicação Temporizador Pneumático………….…43
Resfriador Posterior………………………………………………… 8 Captadores de Queda de Pressão…………………………..…..44
Desumidificação do Ar……………………………………………...9 Exemplo de Aplicação do Captador……………………………...45
Esquema de Produção do Ar Comprimido………………………11 Contador Pneumático, Exemplo de Aplicação………………….46
Drenagem de Condensado e Tomadas de Ar…………………..12 Sensor de Alívio……………………………………………...…….47
Unidade de Condicionamento (Lubrefil)…………………………13 Sensor Fluidico……………………………………………...……..48
Funcionamento do Filtro…………………………………………..14 M ódulo de Segurança Bimanual……….……………………......49
Filtro de Ar Comprimido, Dreno Automático…………………….15 Geradores de Vácuo……………………………………………….50
Regulador de Pressão……………………………………………..16 Ventosa Padrão………………………………………..……….…. 51
Filtro Regulador (Refil)……….…………………………………....17 Tabela de Capacidade de Carga para Ventosa…………….….52
Lubrificador de Ar………………………………………………….18 Atuadores Pneumáticos……………………………………….…..53
Válvulas de Controle Direcional………………………………….19 Cilindro de Simples Ação…………………………………...….…54
Tipos de Acionamento…………………………………………….20 Cilindro de Dupla Ação………………………………...………….55
Tipos Construtivos 2/2 vias……………………………………….22 Cilindro com Amortecimento………………………………...…....56
Tipo 3/2 vias, Exemplo de Aplicação……………………………23 Cilindro de Haste Dupla……………………………….…………..57
Tipo 3/2 vias, Simples Piloto, Exemplo de Aplicação………….24 Cilindro Tandem…………………………………………………....58
Tipo 3/2 vias, Comando Elétrico…………………………….…...25 Cilindro Duplex Geminado………………………………………...59
Tipo 3/2 vias, Suprimento Interno………………………………..26 Cilindro de Impacto…………………………………………………60
Tipo 3/2 vias, Suprimento Interno (In-Line)……………………..27 Guias Lineares………………………..…………….……………... 61
Tipo 3/2 vias, Duplo Piloto, Exemplo de Aplicação…………….28 Cilindro Sem Haste…………………………………………………62
Válvula de Partida Suave/Rápida………………………………..29 Hydro-Check, Exemplo de Aplicação…………………………....63
Tipo 5/2 vias, Duplo Piloto (Válvula K)…………….…………….30 Atuador Rotativo……………………………………..……………. 64
Sistema de Compensação de Desgaste……………………….. 31 Oscilador Pneumático……………………………………………..65
Tipo 5/2 vias, Série ISO………………………………………….. 32 Garras Pneumáticas (Grippers)……………...…………………...66
Tipo 5/2 vias, Duplo Piloto, Exemplo de Aplicação…………….33 Vedações……………………………………………………………67
Tipo 5/3 vias, Duplo Piloto………………………………………..34 M étodo de Movimento (Intuitivo)………………………………… 68
Tipo 5/3 vias, Duplo Solenóide (Speed King)…………………..35 Circuitos Intuitivos …………………………………………………69

2
Tecnologia Pneumática Industrial

Compressibilidade do Ar Elasticidade do Ar
Ar submetido a um Ar submetido a um Ar submetido a um Ar submetido a um
volume inicial V0 volume inicial Vf volume inicial V0 volume inicial Vf

1 2 1 2
F F

Vf < V 0 Vf > V 0

Expansibilidade do Ar
Possuímos um recipiente contendo ar;
a válvula na situação 1 está fechada
Difusibilidade do Ar
Volumes contendo Válvula aberta temos uma
ar e gases; válvula mistura homogênea
fechada
1

1 2 Quando a válvula é aberta o ar expande,


assumindo o formato dos recipientes;
porque não possui forma própria

3
Tecnologia Pneumática Industrial

Peso do Ar Peso do Ar

Peso do Ar Ar Quente é Menos Denso que Ar Frio

4
Tecnologia Pneumática Industrial

Camadas Gasosas da Atmosfera Pressão Atmosférica 0,710 kgf/cm2

C
E D
B
A 1,033 kgf/cm2

A - Troposfera - 12 Km D - Termosfera/Ionosfera - 500 Km


B - Estratosfera - 50 Km E - Exosfera - 800 a 3000 Km
C - Mesosfera - 80 km

1,067 kgf/cm2

A Pressão Atmosférica Atua em Todos os


Sentidos e Direções Medição da Pressão Atmosférica

5
Tecnologia Pneumática Industrial

Efeito Combinado entre as Três Variáveis Físicas


T1
V1

Princípio de Blaise Pascal


P1
Mesma Temperatura:
Volume Diminui - Pressão Aumenta
T2
V2

P2
Mesmo Volume:
Pressão Aumenta - Temperatura
Aumenta e Vice-Versa
T3
V3

1 - Suponhamos um recipiente cheio de um líquido, o qual é


praticamente incompressível;
P3 2 - Se aplicarmos uma força de 10 Kgf num êmbolo de 1 cm 2
Mesma Pressão: de área;
Volume Aumenta - Temperatura 3 - O resultado será uma pressão de 10 Kgf/cm2 nas paredes
Aumenta e Vice-Versa do recipiente.
T4
V4

P4

6
Tecnologia Pneumática Industrial

Tipos Fundamentais Ciclo de Trabalho de um Compressor de Parafuso

de Compressores

Compressor Dinâmico de Fluxo Radial


a - O ar entra pela abertura de admissão preenchendo o espaço
entre os parafusos. A linha tracejada representa a abertura
da descarga.

b - À medida que os rotores giram , o ar é isolado, tendo início


a compressão.

c - O movimento de rotação produz uma compressão suave,


que continua até ser atingido o começo da abertura de
descarga.

Simbologia
d - O ar comprimido é suavemente descarregado do compres-
sor, ficando a abertura de descarga selada, até a passagem
do volume comprimido no ciclo seguinte.
7
Tecnologia Pneumática Industrial

Resfriador Posterior

Simbologia

8
Tecnologia Pneumática Industrial

Desumidificação do Ar Secagem por Absorção

Secagem por Refrigeração


Ar Úmido

Pré-Resfriador

A Ar Seco
Ar Seco

Resfriador Principal
Pastilhas
Separador B Dessecantes

Compressor
C E
de Refrigeração

D Bypass

Dreno

Condensado Ar
Úmido

Freon
Condensado

Drenagem

Simbologia
9
Tecnologia Pneumática Industrial

Secagem por Adsorção Ar Seco

Ar
Úmido

Adsorvente

Secando
Regenerando

Esquematização da Secagem por Adsorção

Ar Seco

Regenerando

Secando

Simbologia

Ar Úmido 10
Tecnologia Pneumática Industrial

Esquematização da Produção, Armazenamento e Condicionamento do Ar Comprimido

7
6

8
3

2
4
1 - Filtro de Admissão 5- Reservatório
2 - Motor Elétrico 6- Resfriador Intermediário
3 - Separador de Condensado 7- Secador
4 - Compressor 8- Resfriador Posterior

11
Tecnologia Pneumática Industrial

Prevenção e Drenagem para o Inclinação 0,5 a 2% do Comprimento


Condensado

Separador

Comprimento

Ar Armazenagem
Comprimido de Condensados

Unidade de
Condicionamento
( Utilização )
Drenos
Automáticos Purgadores

Conexões Instantâneas

12
Tecnologia Pneumática Industrial

Unidade de Condicionamento ou Lubrefil

Simbologia
13
Tecnologia Pneumática Industrial

Funcionamento do
Filtro de Ar

14
Tecnologia Pneumática Industrial

Secção de Um Filtro de Ar Comprimido


A - Defletor Superior
B - Anteparo
C - Copo
D - Elemento Filtrante Dreno Automático
E - Defletor Inferior
F - Dreno Manual ➔ ➔
G - Manopla
A

C
D
E

F
G

Dreno Manual

Dreno Automático
Simbologia

15
Tecnologia Pneumática Industrial

Secção de um Regulador de Pressão com Escape

D
Manômetro Tipo Tubo de Bourdon

G
A
B J

➔ ➔
H

C
I
Simbologia

A - Mola F- Orifício de Sangria Simbologia


B - Diafragma G- Orifício de Equilíbrio
C- Válvula de Assento H - Passagem do Fluxo de Ar
D - Manopla I - Amortecimento
E - Orifício de Exaustão J - Comunicação com Manômetro

16
Tecnologia Pneumática Industrial

Refil - Filtro Regulador

A F
G
H
B
C

A - Manopla ➔ ➔
B- Orifício de Sangria D I
C - Válvula de Assento
D - Defletor Superior J
E - Defletor Inferior E
F - Mola
G- Orifício de Exaustão
H - Diafragma
I- Passagem do Fluxo de Ar
J - Elemento Filtrante

Simbologia

17
Tecnologia Pneumática Industrial

Secção de um Lubrificador
H

G
F

A
B I
➔ ➔ J
C E

D
A - Membrana de Restrição
B - Orifício Venturi
C - Esfera E
D- Válvula de Assento
E- Tubo de Sucção
F - Orifício Superior
G- Válvula de Regulagem
H- Bujão de Reposição de Óleo
I- Canal de Comunicação
J- Válvula de Retenção

Simbologia

18
Tecnologia Pneumática Industrial

Válvulas de Controle Direcional

4 2

14 12

5 1 3

Simbologia
19
Tecnologia Pneumática Industrial

Tipos de Acionamentos
Pino
Botão

Simbologia
Simbologia

Alavanca Rolete

Simbologia

Simbologia
Gatilho ou Rolete
Escamoteável
Pedal

Simbologia
Simbologia

20
Tecnologia Pneumática Industrial

Piloto Positivo Diafragma 12

12

12
Simbologia

Acionamento Combinado Acionamento Combinado


Elétrico e Pneumático Muscular ou Elétrico e Pneumático

Simbologia

Simbologia
21
Tecnologia Pneumática Industrial

Tipos Construtivos

Válvula de Controle Direcional 2/2 Acionada por Rolete,


Retorno por Mola, N.F, Tipo Assento com Disco

Simbologia

22
Tecnologia Pneumática Industrial

Válvula de Controle Direcional 3/2 Acionada por Pino Exemplo de Aplicação


Retorno por Mola, N.F., Tipo Assento Cônico
A

a2 2

1 3

1 3
Simbologia

23
Tecnologia Pneumática Industrial

Exemplo de Aplicação

Válvula de Controle Direcional 3/2 Acionada por Piloto,


Retorno por Mola, N.F., Tipo Assento com Disco

12 a0
12
12 2

3
3
1 3
2
2
a2
1 2
1

1 3

12

1 3
Simbologia

24
Tecnologia Pneumática Industrial

Válvula de Controle Direcional 3/2 Acionada


Por Solenóide Indireto, Retorno por Mola,
Válvula de Controle Direcional 3/2 N.F., do Tipo Assento com Disco
Acionada por Solenóide Direto,
Retorno por Mola, N.F.

2 2 1
1 1

3
2
2
3 2

1
1
1 3 Simbologia
Simbologia

25
Tecnologia Pneumática Industrial

Válvula de Controle Direcional 3/2 Acionada por Solenóide de Ação Indireta, Retorno por
Suprimento Interno, N.F., Tipo Assento Lateral
1 3

1 3

2
D

3
1

Simbologia

26
Tecnologia Pneumática Industrial

Válvula de Controle Direcional 3/2 Acionada por Solenóide de Ação Indireta,


Retorno por Suprimento Interno, N.F., Tipo Assento
2

3
1

Simbologia

D
D D

2 1 2 1

3 3

27
Tecnologia Pneumática Industrial

Válvula 3/2 Acionada por Duplo Piloto Positivo


2
Exemplo de Aplicação

12 10

a0
12 2 10
3 1
2
1 3

a2 a1
2 2

12 10
1 3 1 3

3 1
2

12 10
1 3

Simbologia

28
Tecnologia Pneumática Industrial

Válvula 3/2 de Partida Suave/Partida Rápida

12

1 2

12

3 1

Simbologia
29
Tecnologia Pneumática Industrial

Válvula 5/2 Acionada por Duplo Piloto Positivo


1

1 D 2 4

3 5
4 2

5 3
1
Simbologia
D 2 4

30
Tecnologia Pneumática Industrial

Válvula 5/2, Sistema de Compensação


de Desgaste

Vantagens do Uso do Sistema de Compensação


de Desgaste WCS

• Máximo Rendimento
- Resposta Rápida - Pressão inferior de operação;
- Baixo Atrito - Menos desgaste.

• Vida Útil Longa


- Sob pressão a expansão radial das vedações
ocorre para manter o contato de vedação com o
orifício da válvula.

• Regime de Trabalho
- Trabalha sem lubrificação, não é requerida a
lubrificação para válvula com mudança de posição
contínua.

• Vedação Bidirecional do Carretel 4 2


- É usado um mesmo carretel para várias pressões,
incluindo vácuo.

5 1 3
Simbologia

31
Tecnologia Pneumática Industrial

Válvula de Controle Direcional 5/2, Acionamento por Simples Solenóide Indireto,


Tipo Distribuidor Axial

4 2

5 1 3

Simbologia

32
Tecnologia Pneumática Industrial

Válvula 5/2, Acionamento por Duplo Piloto Positivo, Tipo Distribuidor Axial

4 2

Exemplo de Aplicação
A

12
14

5 1 3 a0
4 2
4 2 14 12

5 3
1

14 12 a2 a1
2 2

5 1 3 1 3 1 3

4 2

14 12
5 1 3
Simbologia

33
Tecnologia Pneumática Industrial

Válvula 5/3, Acionada por Duplo Piloto, Centrada por Mola, C.F., Tipo Distribuidor Axial

4 2

14 12

5 1 3
4 2

14 12

5 4 1 2 3

4 2

14 12 14 12
5 1 3

5 1 3 Simbologia

34
Tecnologia Pneumática Industrial

Válvula 5/3, Acionada por Duplo Solenóide, Centrada por Ar Comprimido, C.A.P.,
Tipo Carretel

D D D
X D

5 4 1 2 3

D D
D X D

4 2

5 3
1
5 4 1 2 3 Simbologia

35
Tecnologia Pneumática Industrial

Montagem de Válvulas Pneumáticas em Bloco Manifold

4 2

14 12
5 3
1
Simbologia

36
Tecnologia Pneumática Industrial

Elementos Auxiliares

Válvula de Retenção com Mola Válvula de Escape Rápido

1 1

2 1

2 2
2 1

3 3

1 3
2 1

Simbologia
Simbologia

37
Tecnologia Pneumática Industrial

Válvula de Isolamento, Elemento "OU"


Exemplo de Aplicação
2

1 1 a0
12 2

2 1 3
a.02
2

1 1

a2 a4
2 2
1 1

1 3 1 3

1 1

Simbologia
38
Tecnologia Pneumática Industrial

Válvula de Simultaneidade (Elemento E)


2 Exemplo de Aplicação

1 1
a0
12 2

1 3

2 a.02
2

1 1

a2 a4
2 2

1 1 1 1 3
3

1 1

Simbologia
39
Tecnologia Pneumática Industrial

Válvula de Controle de Fluxo Controle de Velocidade

2 1 2 1

1 2

Simbologia

40
Tecnologia Pneumática Industrial

Exemplo de Aplicação A

a.01
2 a.02

1 3

a0
4 2
14 12

5 3
1

a2 2 a1 2

1 3 1 3

41
Tecnologia Pneumática Industrial

Temporizador Pneumático
2S 2S

t1 0 t1 0
1P 1P

a a
12 12

Simbologia

2 4 7 8
Funcionamento
S

P
10

a
1 3 5 6

42
Tecnologia Pneumática Industrial

A
Exemplo de Aplicação

a.01 a.02

14 4 2 12

a0
5 3

a5
a

S
P

2
a2 2
a3

1 3
1 3

43
Tecnologia Pneumática Industrial

Captadores de Queda de Pressão

Adaptador para M ódulos


S conexão do conectáveis
cilindro

&
P a
Simbologia

Eletrônico

Anel de Elétrico
Pneumático
fixação 44
Tecnologia Pneumática Industrial

Exemplo de Aplicação

A
a3

P a3
S

4 2
14 12

a0
5 3
1

a2 2

1 3

45
Tecnologia Pneumática Industrial

Contador Predeterminador Pneumático Exemplo de Aplicação


A
a3

a.01 a.02

14 4 2 12
a.03
a0
5 3
1

a3 2

1 3

A
a.05
Z A
Z A
P Y
00000 Z Y a2 2 2
P Y
a4
P 1 3 1 3
Simbologias

46
Tecnologia Pneumática Industrial

Sensor de Alívio
S

Relé do
Sensor de Alívio Sensor de Alívio
a
P

Relé do
Sensor de Alívio
Relé do
Sensor de Alívio
S
S

Desacionado
Sensor de Alívio Acionado

Sensor de Alívio

47
Tecnologia Pneumática Industrial

Sensor Fluídico de Proximidade Peça em Movimento

S
Relé Amplificador

Distância de
Objeto
a: Sinal envi ado do detector fluídico ( 0,5 a 2 mbar ) a Sensibilidade
a ser
a
detectado
P Fil tro -
Regul ador
Px
Ar de supr imento filtr ado, seco e r egulado Sensor
Alimentação
( Px= 100 a 300 mbar) fluídic o
de 3 a 8 bar

a Px a Px
Relé Amplificador Desatuado Atuado

3 1 3 6 1
S S

2 2

Px a Px a
4
Desacionado Acionado 5 4

Acionador Manual Auxiliar


48
Tecnologia Pneumática Industrial

Módulo de Segurança Bimanual

A a
a S
b S B b

P
Simbologia P

49
Tecnologia Pneumática Industrial

Geradores de Vácuo, Ventosas 1 - O ar comp rimido


entra pe lo pórtico P…
2 - … e s ai para atm osfer a
pelo pórtico R

2 kgf

2 - … na ta m pa móv el
1 - Uma for ça de 2 kgf, c uja áre a me de 2 c m2
é a plicada …

3 - A restriç ão provoc a um 4 - … gerando um v ácuo parc ia l


aumento n a veloc idade neste orifíc io, por onde o a r
3 - Re sultará numa 2 cm2 do fluxo de ar … atmosfé rico penetra do
pressão ne gativ a pó rtico A
de -1 k gf/cm2

-1 kgf/cm2
4 - Gerando um
v ácuo de 1 - Enquanto o elemento 2 - Elem ento gerador
5 - Essa pressão -1 k gf/ cm2, ge rador de vá cuo e stiver de vácuo
ne gativa, de pres sã o, no i nte ri or sob pre ssão do a r compr im ido…
é inferior à pre ssão do rec ipie nte
a tm osfé rica exte rna R
a qual e stá submeti do
o recipiente

P R

A
Ventosa
A
Simbologia
Pe ça

3 - A pres são atm osférica, 2 - … forma-se um v ácuo


agindo na superfíc ie e xterna entre a ventosa e a peç a
da ventos a, m antém a
v entosa presa à peça

50
Tecnologia Pneumática Industrial

Ventosas Padrão

51
Tecnologia Pneumática Industrial

Tabela de Capacidade Força de Levantamento


Ø da Ventosa Área
de Carga para Ventosas em mm em cm2 Superfície Horizontal Superfície Vertical
Planas a 75% de Vácuo em N em Kgf em N em Kgf
5,0 0,19 0,69 0,071 0,35 0,036
10,0 0,78 2,86 0,292 1,43 0,146
15,0 1,76 6,47 0,66 3,23 0,33
20,0 3,14 11,54 1,177 5,76 0,588
25,0 4,90 18,02 1,837 9,00 0,918
30,0 7,06 25,96 2,647 12,97 1,323
35,0 9,61 35,34 3,603 17,66 1,801
40,0 12,56 46,20 4,71 23,05 2,35
45,0 15,89 58,44 5,958 29,22 2,979
50,0 19,62 72,17 7,357 36,08 3,678
55,0 23,74 87,32 8,902 43,66 4,451
60,0 28,26 103,95 10,597 51,97 5,298
65,0 33,16 121,98 12,435 60,98 6,217
70,0 38,46 141,47 14,422 70,73 7,211
75,0 44,15 162,41 16,556 81,20 8,278
80,0 50,24 184,82 18,84 92,41 9,42
85,0 56,71 208,61 21,266 104,30 10,633
90,0 63,58 233,89 23,842 116,94 11,921
95,0 70,84 260,60 26,565 130,29 13,282
100,0 78,54 288,92 29,452 144,46 14,726
120,0 113,04 415,84 42,39 207,92 21,195
150,0 176,62 649,73 66,232 324,86 33,116
200,0 314,00 1155,12 117,75 577,56 58,875
300,0 706,86 2600,35 265,076 1300,17 132,536

52
Tecnologia Pneumática Industrial

Atuadores Pneumáticos

53
Tecnologia Pneumática Industrial

Cilindro de Simples Efeito ou Simples Ação

Simbologia
Simbologia

Vent.

Simbologia
54
Tecnologia Pneumática Industrial

Cilindro de Duplo Efeito ou Dupla Ação

Simbologia

55
Tecnologia Pneumática Industrial

Cilindro com Amortecimento

Simbologia

56
Tecnologia Pneumática Industrial

Cilindro de Haste Dupla

Simbologia

57
Tecnologia Pneumática Industrial

Cilindro Duplex Contínuo ou Cilindro Tandem

Simbologia

58
Tecnologia Pneumática Industrial

Cilindro Duplex Geminado ou Múltiplas Posições

Simbologia

1 2 3 4
1 2 3

59
Tecnologia Pneumática Industrial

Cilindro de Impacto

Simbologia

60
Tecnologia Pneumática Industrial

Guias Lineares

Simbologia

61
Tecnologia Pneumática Industrial

Cilindro sem Haste

Simbologia

62
Tecnologia Pneumática Industrial

Conversor Hidráulico Exemplo de Aplicação


de Velocidade a.02
(Hydro-Check)

4 2
14 12

a0

5 3
a2 2 a1 2
1

1 3 1 3

Simbologia

63
Tecnologia Pneumática Industrial

Atuador Rotativo - Motor Pneumático

Conexão de Ar Palhetas com Molas, sem


Comprimido Lubrificação Standard

Eixo
Chavetado Corpo de Aço
Fundido

Simbologia

Engrenagem Engrenagem Engrenagem


Planetária Dentada sem Fim

64
Tecnologia Pneumática Industrial

Oscilador Pneumático

Simbologia

65
Tecnologia Pneumática Industrial

Garras Pneumáticas (Grippers)

Garra de Fricção

Garra de Abrangimento

66
Tecnologia Pneumática Industrial

Vedações

Tipo “ O” Ring Tipo “U” Cup

Tipo “L” Cup

67
Tecnologia Pneumática Industrial

Método de Movimento ( Intuitivo) Exemplo de Aplicação


Unidade de
Transferência de Produto Estoques
de Caixas
l = 2 de Papelão

b1
m=3 Saídas de
Produtos
Estocagem Embalados
de Caixas
B

n=3
Rotação A
Estoque
de Produtos
Completa B
da Caixa
de
Papelão
Produto a1
b2
A a.01 a.02
Entrada
b.01 b.02
de Produtos Unidade de Estocagem

a0
14 4 2 12 b0
Diagrama Trajeto-Passo 14 4 2 12

5 3
5 3
1
1
a.04 2

1 1

a4 a2 2
2

1 3 1 3

68
Tecnologia Pneumática Industrial

Circuito - 01
Comandar um Cilindro de Simples Ação (Comando Direto).

69
Tecnologia Pneumática Industrial

Circuito - 02
Comandar um Cilindro de Simples Ação Utilizando uma Válvula Simples Piloto
(Comando Indireto).

70
Tecnologia Pneumática Industrial

Circuito - 03
Comandar um Cilindro de Simples Ação Utilizando uma Válvula Duplo Piloto.

71
Tecnologia Pneumática Industrial

Circuito - 04
Comandar um Cilindro de Simples Ação de Dois Pontos Diferentes e Independentes
(Utilizar Elemento OU).

72
Tecnologia Pneumática Industrial

Circuito - 05
Comandar um Cilindro de Simples Ação Através de Acionamento Simultâneo de Duas
Válvulas Acionadas por Botão (Comando Bimanual, Utilizar Elemento E).

73
Tecnologia Pneumática Industrial

Circuito - 06
Comando Bimanual com Duas Válvulas 3/2 vias Botão Mola em Série.

74
Tecnologia Pneumática Industrial

Circuito - 07
Comando Direto de um Cilindro de Dupla Ação, sem Possibilidade de Parada em seu
Curso.

75
Tecnologia Pneumática Industrial

Circuito - 08
Comandar um Cilindro de Dupla Aç ão com Paradas Intermediárias.

76
Tecnologia Pneumática Industrial

Circuito - 09
Comando Indireto de um Cilindro de Dupla Ação, Utilizando uma Válv ula Simples Piloto.

77
Tecnologia Pneumática Industrial

Circuito - 10
Comando Indireto de um Cilindro de Dupla A ção, Utilizando uma Válvula Duplo Piloto e
com Controle de Velocidade do Cilindro.

78
Tecnologia Pneumática Industrial

Circuito - 11

79
Tecnologia Pneumática Industrial

Circuito - 12

80
Tecnologia Pneumática Industrial

Circuito - 13

81
Tecnologia Pneumática Industrial

Circuito - 14

82
Tecnologia Pneumática Industrial

Circuito - 15

83
Tecnologia Pneumática Industrial

Circuito - 16

84
Tecnologia Pneumática Industrial

Circuito - 17

85
Tecnologia Pneumática Industrial

Circuito - 18

86
Tecnologia Pneumática Industrial

Circuito - 19

87
Tecnologia Pneumática Industrial

Circuito - 20

88
Tecnologia Pneumática Industrial

Circuito - 21

89
Tecnologia Pneumática Industrial

Circuito - 22

A
B

90
Tecnologia Pneumática Industrial

A
Circuito - 23 B

91
Tecnologia Pneumática Industrial

Circuito - 24

A B

92
Tecnologia Pneumática Industrial

A B
Circuito - 25

93
Tecnologia Pneumática Industrial
A B
Circuito - 26

94
Tecnologia Pneumática Industrial
B C
A
Circuito - 27

95
Tecnologia Pneumática Industrial
A
B
Circuito - 28

96
Tecnologia Pneumática Industrial
A B C
Circuito - 29

97
Tecnologia Pneumática Industrial

Circuito - 30 A B

98
Tecnologia Pneumática Industrial
A B
Circuito - 31

99