Você está na página 1de 11

Cavaleiros do Zodíaco

3D&T
by: André Luiz Zanão Tosta . Nick: Malkavi

O Universo e a Cosmo Energia:

O universo não é o que imaginamos, ele é a mais pura energia, energia esta que
rege os seres vivos na Terra. Quando um ser humano nasce é um acontecimento único,
ele nasce em um momento exato que nunca mais se repetirá. Quando tal acontecimento
ocorre os astros, o próprio cosmo, influenciará na vida dessa pessoa. Algumas pessoas
são regidas por estrelas, outras por constelações inteiras! E esse cosmo que supre a
pessoa de energia para ela buscar seus ideais e objetivos. O que acontece é que a
maioria dos seres humanos não sabe usar corretamente essa energia, outros nem sabem
que ela exista. Os poucos seres humanos que aprenderam a usar a energia cósmica é
capaz de proezas extraordinárias, essas pessoas são os Cavaleiros dos Zodíaco.

O surgimento dos Cavaleiros:

Toda a criação na Terra teve sua evolução acompanhada pelos Deuses. Quando os
humanos surgiram, herdando o Dom do pensamento dos Deuses, eles caíram aos olhos
das divindades como troféus a serem conquistados. Vários Deuses queriam domina-los,
outros, protege-los.
Foi então que Zeus resolveu dar aos humanos a capacidade de protegerem-se.
Enviou sua filha Athena, deusa da sabedoria e da batalha para treinar os cavaleiros e
recebeu a incumbência de ser a protetora da Terra.
Assim que chegou na Terra ela reuniu 13 valorosos guerreiros e juntos criaram o
Santuário de Athena, na Grécia. 12 desses guerreiros tornaram-se os primeiros cavaleiros
da história, os Cavaleiros de Ouro, cada um simbolizando uma constelação do zodíaco e
residindo em um dos templos do Santuário. O 13º cavaleiro tornou-se o mestre do
Santuário, que tem a responsabilidade de comandar o Santuário e representa a Deusa
Athena, caso ela não esteja encarnada na Terra.
Após derrotar o mal supremo (Hades) e mandá-lo ao inferno divino (Tártaros) Athena
percebe que os cavaleiros de ouro são tão poderosos que não se envolviam mais com
questões mortais, então resolve criar os cavaleiros de prata e bronze.
Embora seus corpos tenham aprendido a usar a energia cósmica, eles continuam
frágeis. Surgem então as armaduras sagradas, peças de inestimável valor que os
protegeriam dos poderes devastadores dos deuses. Cada armadura é um ser “vivo”
consciente e poderoso. Armaduras podem “escolher” quem ira vesti-las e virar-se contra
cavaleiros que tenham tornado-se “malignos”.
A energia cósmica não é constante, ela apresenta-se em ciclos. Esse ciclo dura
aproximadamente 200 anos, é quando Hades escapa dos Tártaros para dominar a Terra.
Athena então envia sua encarnação para guiar sua próxima geração de guerreiros.

Regras para cavaleiros


Criação de personagens:

1. Conceito, quem é seu personagem?


Escolha Nome do personagem, constelação que rege seu cosmo, mestre, armadura
“Tomas Serberus nasceu na Grécia onde desde cedo começou seu treinamento com o
Cavaleiro de Prata de Sagita. Ele nasceu sob a constelação de Ursa Maior. Aos 17 anos
ele recebeu seu prêmio, a Armadura de Bronze de Falcão”

2. Constituição, o que você é?


Distribua pontos entre sua Força, Habilidade, Resistência, Armadura, Poder de Fogo.
Preencha Pontos de Vida (Resistência x 6) e Cosmo energia (1d6 +Armaduras de Bronze
5, Prata 10 e Ouro 15) Para maiores informações consulte o tópico Cosmo Energia.
“Tomas não é muito forte (F1) mas é muito habilidoso (H2) e resistente (R2). Sua esquiva
e defesa é baixa (A1) e sua força a distancia é a melhor (PdF3). Ele é muito resistente e
agüenta muito dano (PVs12) e sua cosmo energia é a média entre os cavaleiros de
Bronze (CE8)”

3. Peculiaridades, o que você é diferente?


Compre vantagens/desvantagens, Focus, escreva sua história.
“Tomas pode queimar seu cosmo para obter mais poder no meio da luta (Poder Oculto 3).
Como teve sua educação muito rígida ele tem códigos de honra a seguir (Dos Heróis e da
Honestidade -2). O falcão lhe dá poder sobre o ar (Focus 1 em Ar). Seu treinamento lhe
proporciona o ataque Garras do Falcão (Ataque especial 1, Força) mas com essa técnica
é mais difícil acertar o oponente (H1) mas produz mais dano (F+2). Tomas foi retirado de
casa pelo Mestre de Sagita, apesar de ser bem cuidado e treinado, ele guardou algum
ressentimento de ser separado de sua família tão cedo. Após conseguir sua armadura ele
vaga pelo mundo a procura de sua família.”

4. Sua armadura.
Distribua os pontos em sua Armadura. Armaduras de Bronze são construídas com 5
pontos, de Prata com 7 e as de Ouro com 10. Para maiores informações leia o tópico
Armaduras. Compre vantagens / desvantagens assim como Focus.
“A armadura de Bronze de Falcão foi forjada pelo próprio Zeus junto com as outras
armaduras de Bronze. Ela é muito resistente (A3) e sua Força também é alta (F2) o que
ajuda muito Tomas. A armadura de Falcão tem um defeito, um ponto fraco ( desvantagem
de –1), as costas tem um ponto onde a armadura é mais fina. A armadura também é mais
vulnerável ao fogo, um inimigo natural do falcão (Vulnerabilidade ao fogo/calor –1). A
armadura de Falcão lhe dá a possibilidade de voar! (Levitação 2)

Armaduras: São presentes dos Deuses, que proporcionam poderes e habilidades


maiores aos Cavaleiros, mas o verdadeiro poder ainda está dentro dos cavaleiros. Para
meio de jogo, enquanto sua Armadura estiver inteira suas características serão somadas
as características do cavaleiro. A armadura se destruirá quando seus pontos de vida
chegarem a 0. Armaduras de Bronze tem 10 PVs, de Prata tem 15 PVs e as Armaduras
de Ouro tem 20 PVs! Após a armadura ser destruída as características da Armadura não
serão mais somadas as do Cavaleiro.
As Armaduras são construídas da mesma forma que os personagens, Armaduras de
Bronze são construídas com 5 pontos, as de Prata com 7 e as de Ouro com 10 pontos.
Embora o personagem só possa utilizar uma armadura de cada vez (que observação
idiota!) ele pode Ter uma armadura de “reserva” como é o caso do Seya. O mestre pode
permitir que cada personagem tenha uma armadura reserva que o MESTRE irá acionar
em momentos críticos da Aventura.
Recuperando Pvs da Armadura: O mestre tem todo o direito de recuperar alguns
pontinhos de Pvs das armaduras (e os cavaleiros irão precisar!). Gastando 1 Pvs do
cavaleiro a Armadura recupera 1 pv (o cavaleiro usou seu sangue para reconstruir a
armadura). Caso o mestre queira, as armaduras podem ser revigoradas com CE. 1 ponto
de CE recupera 5 Pvs. A armadura nunca pode ultrapassar o limite inicial de PVs, a não
ser que se compre novos níveis com Pontos de Experiência, 10 Pontos de experiência
aumenta em cinco os pontos máximos de Pv de uma armadura.

Cosmo energia: A energia mais pura que existe e que flui pelo universo. Todo ser vivo
tem essa energia em seu corpo, mas poucos sabem utiliza-la. A cosmo energia pode ser
utilizada para aumentar o dano ou a defesa do personagem. Cada ponto gasto dá ao
personagem um dado extra de dano em um ataque bem sucedido ou um dado extra de
armadura em uma absorção de dano. O nível inicial de cada personagem é diferente. O
personagem deve rolar 1d6 e somar com o nível inicial de sua armadura. Armaduras de
Bronze tem 5 pontos de Cosmo energia, as de Prata tem 10 e as de Ouro tem 15 (caso a
armadura seja destruída não há modificação em seu nível de CE). O seu nível de CE
varia muito durante a aventura, mas nunca ultrapassa o nível inicial (isso só é permitido
com Pontos de experiência) e nunca serão negativos. O nível inicial de CE ( o que você
estipula quando faz a ficha) representa a quantidade máxima de CE que você pode
manter em seu corpo. Ultrapassar esse limite exige 10 pontos de experiência por ponto de
CE. Cada ponto de Poder Oculto gasto em Aumentar a Cosmo energia irá aumentar 2
pontos de Cosmo energia.
Queimando cosmo energia: Quem assistiu o desenho sabe quando o personagem está
todo ferrado, caído no chão sem forças para mover um dedo, então ele levanta-se,
queima seu cosmo, e destrói o inimigo. Queimar o cosmo pode ser reproduzido com as
vantagens Poder Oculto e Energia extra.
Restaurando níveis de CE: O mestre pode, de uma aventura para outra, permitir que os
personagens recomecem com toda sua CE ou com parte dela. O uso de Poder Oculto
também é uma alternativa para restaurar CE.
CE também é restaurado no meio da aventura, quando qualquer coisa traga esperanças
para os cavaleiros. ‘Saori, mesmo presa dentro do grande pilar marinho de Possêidon,
transforma seu Cosmo em uma suave melodia que aumenta a determinação de seus
cavaleiros, todos os cavaleiros de Bronze recebem 3 pontos de Cosmo Energia.’

Iniciativa: Habilidade + Cosmo Energia = valor de Iniciativa


2
Isso reflete que quanto mais cosmo energia o personagem tiver, mais rápido ele é.

Vantagens/desvantagens não recomendadas em Cavaleiros do Zodíaco


Adaptador: nada a ver com o clima dos Cavaleiros...
Arcano: Pode parecer tentador gastar 4 pontos e receber 6 pontos em Focus mas
recomendo que o mestre não permita tal apelação
Forma Alternativa: Bem, o mestre tem palavra final, mas pessoalmente não recomendo
tal vantagem. Quem a quiser presta a atenção, sua armadura(s) só reconhece a vc, a
cada forma alternativa sua CE muda (a quantidade e o ‘tipo’) e sua armadura não o
reconhecerá! O mestre pode permitir que cada F. Alternativa tenha uma armadura, mas
isso sim vai ser uma apelaçao!!!
Clericato e Paladino: você já tem o poder dos Deuses, para que mais?
Fetiche: Nesse cenário a magia não é levada ao lado arcano, a regra de magia apenas
dá mais opção de ataques. Fetiche então está fora de questão...
Memória expandida e Genialidade: ambas inúteis nesse cenário.
Riqueza: outro inútil
Torcida: Você vais lutar em um lugar mais isolado do outro, que vais te seguir só para
torcer?
Ambiente especial: a não ser que você seja o cavaleiro de bronze de Sapo essa
desvantagem deve ser abolida
Modelo especial :bem, tenha modelo especial e você não pode usar uma armadura
sagrada...
Restrição de magia: a mesma desculpa de fetiche, aqui as regras de magia não
significam exatamente MAGIA, são apenas efeitos que cavaleiros podem criar com sua
CE
Tiro carregável: por motivos a serem mencionados, essa vantagem não tem utilidade.

Vantagens e desvantagens únicas possíveis em Cavaleiros do Zodíaco


Construto: pode parecer meio estranho Ter um cavaleiro do zodíaco cyborg (e eles não
existem no seriádo ou no mangá) mas se existe armaduras tecnológicas por que não
cavaleiros tecnológicos?
Imortal: não é recomendada à cavaleiros (afinal sãio combates épicos desafiando a
morte, e Athena sempre dá um jeito de reviver seus cavaleiros depois que é salva) mas
armaduras sagradas ‘extremamente poderosas’ podem Ter essa vantagem, de uma
aventura para outra a armadura ela regenera-se sozinha voltando a vida... Imortal pode
ser usada em armaduras em conjunto com membros extras e membros elásticos
Membros elásticos e/ou membros extras: alguém aí pensou em correntes de
Andrômeda? Essas vantagens seriam melhor aproveitadas em armaduras, m. extras não
serve para cavaleiros (geralmente não aparece grandes aberrações entre os humanos de
Cavaleiros do Zodíaco)

Explicações sobre magia: Os cavaleiros não usam magia, nada de poderes arcanos ou
fórmulas mágicas. Ao invés disso, a Cosmo Energia pode se apresentar das mais
variadas formas. O focus representa esses estranhos poderes que alguns cavaleiros tem,
como Ikki de Fênix e seu golpe Fantasma que produz terríveis alucinações (magia ilusão).
Os caminhos, dano, aumento de dano e demais efeitos dos caminhos permanece
inalterado. Para curar-se com Água (cura mágica) é necessário Medicina mas o limite de
vezes por dia é igual ao nível de Água vezes dois A magia não consome PVs dos
cavaleiros, ao invés disso, o custo padrão é alterado
Magias com nível 1 e 2 de Focus não consomem nada e não tem limite de uso (exceto
água). Magias com nível 3 e 4 de Focus consomem 1 ponto de Cosmo energia. Magias
com nível 5 de Focus consomem dois pontos de Cosmo energia. Cavaleiros de Bronze
recém construídos não podem Ter Focus maior de 2. Focus maior que 9 é uma
característica de Deuses.
Recomendo o não uso de magias constantes nas regras de magia do Manual 3det, é
mais vantajoso para o cenário a utilização da ‘magia’ na forma bruta (ataque
mágico, aumento de dano, cancelamento de magia, corpo elemental, criatura
mágica, cura mágica, detecção de magia, força mágica, ilusão, invisibilidade,
proteção mágica, proteção contra o elemento e transporte)

Golpe Final: É trágico, mas de vez em quando um cavaleiro sacrifica-se e da o melhor de


si em um último ataque, para depois cair morto... Golpe final só pode ser usado se o
personagem está perto da morte (1 PV para R1, 2 PVs para R2...). Ele utiliza o seu
melhor ataque, seja ele com PdF ou Força, com acerto automático e dano máximo, o
inimigo tem o direito de uma tentativa de esquiva (se possível, ataques baseados em F
não pode ser esquivado ou em PdF a distância de luta corporal, tiro a queima roupa) e
sua Armadura terá poder mínimo! Golpe final não pode ser usado em comunhão com
Cosmo energia ou Focus, mas vantagens de luta, como ataque especial(combo: o
primeiro acerto é automático, o segundo é com H-1, o terceiro com H-2...)estão liberados
com a permissão do mestre...

Ataques simultâneos: as vezes os personagens (lê-se mestre) decide que os lutadores


atacaram ao mesmo tempo, seja para ambos receberem o dano, seja para um tentar
neutralizar o ataque do outro:
Neutralizando ataques: Só funciona com PdF. Ambos os personagens atacaram em
sentidos opostos, para que os ataques se choquem. Ambos rolam a Habilidade:
1. se um dos atacantes fracassa no ataque ele recebe o dano normalmente do outro
atacante mas com efeito de Armadura mínimo, afinal ele estava se concentrando em
um ataque, e não em uma defesa...
2. se ambos os atacantes conseguem atacar rola-se o dano, com todos os bônus de
vantagem e tudo mais. Quem conseguir maior dano venceu a disputa:
3. o perdedor recebe o dano do inimigo + o próprio dano, toda energia expelida por
ambos agora vai com tudo em um único fluxo de energia. O perdedor faz normalmente
a jogada de Armadura.
4. Caso ambos os danos sejam iguais, caso o mestre queira, ou caso o jogador
vencedor da disputa queira, ambos os ataques são neutralizados, um enfraquece o
outro ao ponto de ambos desaparecerem, ou então os ataques unem – se e explode,
causando um dano igual ao dano do vencedor da disputa, esse dano deve ser
distribuído igualmente para todos os personagens próximos.
Danos cruzados: Ambos os atacantes fazem suas jogadas de ataque e estipulam seu
dano, e ambos recebem o dano (um do outro ) ao mesmo tempo. Esse tipo de jogada
pode agilizar muito os combates, se bem que combates rápidos não é o forte dos
Cavaleiros do Zodíaco, em casos assim não é necessário a jogada de iniciativa.

Conhecendo os golpes do inimigo: Via de regra dramática em uma batalha entre dois
cavaleiros um mesmo ataque (ataque especial, ataques múltiplos, combo, arma especial,
eletricidade, magia de mesmo nível de focus, paralisia, possessão, tiro múltiplo,
separação...) não funciona da mesma maneira duas vezes. Para cada nova tentativa de
ataque com o mesmo golpe a Armadura do inimigo ganha um bônus de 2 (máximo de 5),
tanto para a absorção de dano, quanto para um tentativa de um contragolpe (reflexão ou
deflexão).

Concentrando ataques: Em cavaleiros do zodíaco não é necessário a vantagem tiro


carregável (2pts). Um personagem pode perder um turno concentrando um ataque
baseado em PdF para que o dano deste dobre. O personagem não pode fazer nada
enquanto está se concentrando. Só pode-se concentrar um ataque por um único turno,
não há novos bônus por mais tempo concentrando-se. Após o ataque Ter sido
concentrado o personagem não pode fazer nada a não ser atacar, se não a energia
armazenada desaparecerá. O personagem pode esperar, com o ataque concentrado, por
um número de turnos igual a Habilidade para atacar, esperando um momento exato para
o ataque, mas se ele for atacado a energia também se perderá. Esse efeito não pode ser
usado junto com cosmo energia ou Focus, mas vantagens de luta está liberadas com o
permissão do mestre.

Golpes resistentes: apresentamos uma nova vantagem, golpe venenoso (2pts). O


ataque é feito com um redutor de –2 na Habilidade até um mínimo de 1. Caso acerte o
,dano é de apenas 1d. O verdadeiro poder do ataque é que ele vai continuar produzindo
1d de dano por 1d + Habilidade de turnos. Esse ataque é utilizado pelo cavaleiro de
Peixes (aquele ataque com uma rosa branca que vai sugando o sangue e ficando
vermelha) e pelos cavaleiros negros que após o ataque o alvo vai ficando com estranhas
manchas negras e isso vai enfraquecendo o alvo.

Cosmo diferenciado: no desenho vemos o que chamamos 7º sentido, uma espécie de


cosmo energia muito superior que as demais. Sugerimos que tratem o 7º sentido como
cosmo energia normal, sendo apenas uma denominação para cavaleiros que tenham
atingido altos graus de cosmo energia, qualquer cavaleiro que ultrapasse os 20 pontos de
cosmo energia estão com o 7º sentido.
Na aventura contra Durval em Asgard o cavaleiro de Dragão “reconhece” o cosmo de
Hyoga sob o disfarce de um cavaleiro Deus. Esse tipo de “reconhecimento” pode ser
utilizado pelo mestre como forma de surpreender os personagens. A vantagem telepatia
pode dar pistas sobre um cosmo, um teste de Habilidade pode fazer com que o cavaleiro
sinta um cosmo, se ele é conhecido e qual a intensidade (esses detalhes ficam a cargo do
mestre) se vc tenta esconder seu cosmo faça um teste de Habilidade contra Habilidade
(um personagem tenta sentir e o outro esconder o cosmo)

Morrendo: Nem sempre é fácil salvar Athena, e nas longas batalhas valorosos cavaleiros
acabam tombando em combate. Personagens mortos (e posteriormente revividos por
Athena) ainda recebem pontos de experiência (afinal, Hyoga e Shiriu almentaram seus
poderes, mas nunca conseguiram sobreviver uma aventura inteira). Personagens
revividos recebem 2 pontos de experiência a menos no final da aventura.

Efeitos dramáticos: o mestre tem TOTAL controle sobre qualquer efeito dramático no
jogo, caso os personagens estejam falando demais e agindo de menos o mestre pode
tomar providências, bem como quando ocorre o contrário. Outro ponto é a Queima de
Cosmo Energia. No desenho ela provoca GRANDES efeitos dramáticos (Hyoga
Queimando o cosmo para sair da prisão de gelo do mestre Camus, O Cosmo de Saori
transformando –se em música enquanto ela morria afogada no pilar marinho de
Possêidon, o Último Dragão utilizado por Shiriu para acabar com o cavaleiro de
Capricórnio.) Essa vasta gama de efeitos não podem ser descritos com regras, então esta
na mão do mestre e jogadores ‘criarem’ tais efeitos no decorrer da aventura.

UM POUCO DO UNIVERSO DOS CAVALEIROS:

Obs: As informações contidas daqui para frente diz respeito a geração de cavaleiros
presentes no desenho (ano de 1973). Qualquer modificação nas regras ou no cenário
agora descrito fica a cargo do mestre.
Cavaleiros do zodíaco são apenas os Cavaleiros de Bronze, Prata e Ouro. Todos eles
seguidores da deusa Athena. Existem outros cavaleiros, ligados ou não a mitologia grega,
que tem seu próprio modo de se denominarem (guerreiros deuses, generais marines...)

Os cavaleiros de Ouro:
Os primeiros cavaleiros da História, criados durante o primeiro ciclo para lutarem com
Hades. São ao todo 13, 12 representando os signos do zodíaco e o décimo terceiro, o
Mestre do Santuário, representando a própria Deusa Athena, quando esta não esta
presente.
Existe uma antiga lenda de que se dois cavaleiros de ouro lutarem um com o outro não
haverá vencedores, ambos serão tão poderosos que os dois morreram, ou então
continuaram lutando pela eternidade, essa lenda nunca foi comprovada...
Cada um dos 12 cavaleiros reside em um dos templos do santuário, disposto em uma
grande colina na Grécia. As ‘casas’ estão dispostas de maneira ascendente, as casa
começam no sopé do monte e vão se sucedendo até o pico, na ordem zodiacal.
No topo do santuário encontra-se uma grande estátua de Athena e o relógio do santuário,
representando as 24 horas do dia através dos doze signos do zodíaco.
Armadura construída com 10 pontos
Personagem construído com: 15 – 17 pontos
Bônus de Cosmo Energia: 20

Os cavaleiros de Prata:
Após a criação dos Cavaleiros de Ouro, estes se tornaram tão poderosos que não mais
se envolviam em assuntos menores. Athena então decide criar cavaleiros mais “fracos”
encarregados de missões menores, assim como no treinamento de novos cavaleiros,
surge os cavaleiros de Prata.
Embora não exista um número conhecido de cavaleiros de Prata eles não passam de 30
cavaleiros. Representam constelações variadas ligadas ou não a mitologia grega.
Eles não tem um ‘santuário’ mas temos várias áreas de treinamento de cavaleiros,
presididas por cavaleiros de prata, como a Ilha de Andrômeda e a Ilha da Rainha da
Morte.
Armadura construída com 7 pontos
Bônus de Cosmo Energia: 15
Personagem construído com: 13 - 15pontos

Os cavaleiros de Bronze:
Os últimos da hierarquia dos cavaleiros de Athena são geralmente desprezados pelos
demais, o que é um engano, como tem menos poder, a subida rumo a grande energias
cósmicas é mais rápida, e com um muita de força de vontade , chegam a superar
cavaleiros de ouro!
Não sabe-se o número exato de cavaleiros de bronze e suas constelações podem ou não
estar ligadas a mitologia grega (afinal, não é comum dragões na mitologia grega).
Os cavaleiros de Bronze não tem um ‘santuário’, ou qualquer outro local de encontro,
embora o Santuário Grego seja muito utilizado por eles. São, geralmente treinados por
cavaleiros de prata ou ouro e são, geralmente, os mais leais a Athena.
Armadura construída com 5 pontos
Bônus de Cosmo Energia: 10
Personagem construído com: 10 – 12 pontos

Cavaleiros Negros de Ares:


A primeira providência de Ares, no início da renovação do ciclo de energia, é mandar a
Terra seus ‘cavaleiros’ negros.
Eles são ‘cópias’ dos cavaleiros de bronze, com armaduras negras e feições um pouco
diferentes dos verdadeiros cavaleiros. Eles aparecem pela auxiliando Ikki a roubar a
armadura de ouro de Sagitário da Guerra Galáctica.
Seus golpes são versões deturpadas dos verdadeiros golpes dos cavaleiros e são
chamados de golpes resistentes (vide golpes resistentes).
Esses personagens são NPCs...
Armadura Construída com 5 pontos
Bônus de Cosmo Energia: 10
Personagem construído com: 10 – 13 pontos
Guerreiros Deuses:
São guerreiros regidos pela constelação de Ursa Maior, cada um regido por uma estrela.
Cada um dos oito guerreiros Deuses guarda em sua armadura uma safira de Odin,
representando sua estrela, reunindo todas as safiras um cavaleiro pode exigir do próprio
deus Odin sua armadura, e a espada Balmung.
Sua história não tem nada a ver com a mitologia grega, mas sim com a mitologia dos
reinos nórdicos.
Hilda de Poláris é a décima guerreira de Odin, sucessora de Durval e a atual governante
de Asgard, o ‘santuário’ dos guerreiros Deuses
Armadura Construída com 10 pontos
Bônus de Cosmo Energia: 20
Personagem construído com: 13 – 15 pontos

Generais Marines:
Seguidores fieis do deus dos mares Possêidon suas armaduras representam as lendas
marítimas, tendo pouco, ou nenhum contato com a mitologia grega ou com as
constelações.
Os generais Marines residem no Santuário de Possêidon, em algum lugar no fundo dos
mares, tão fundo que não existe água e pode-se respirar ar! Cada um dos oito generais
protege um Pilar Marinho que representa uma parte dos oceanos do planeta. Existe ainda
um nono guerreiro, a Amazona de Sereia, que protege diretamente Possêidon. No centro
do Santuário encontra-se a Pilar de Possêidon, o maior de todos, logo atrás do templo de
Possêidon.
Esses cavaleiros são obstinados e tão poderosos quanto os cavaleiros de ouro e seus
pilares só podem ser destruídos com foças superiores (armaduras de Ouro ou Uso de 5
pontos de Cosmo Energia em um ataque)
Armadura Construída com 10 pontos
Bônus de Cosmo Energia: 20
Personagem construído com: 14 – 15 pontos

Cavaleiros de Aço
Em sua busca por ajudar os cavaleiros de Athena, Matsumasa Kido (mult. - milionário
que era avô adotivo de Saori, a encarnação de Athena) envestiu muito dinheiro na criação
de Armaduras tecnológicas. Os cavaleiros de Aço não são cavaleiros verdadeiros, não
usam Cosmo Energia ou tem um vínculo sagrado com alguma estrela ou constelação,
mas suas armaduras trazem grandes poderes.
Originalmente existiam 3 cavaleiros e Aço, cada um representando um dos reinos da
Terra (terra, água e ar). A terra era representada pela Raposa, o ar pelo Condor e a água
pelo Golfinho.
As desvantagens munição limitada e bateria e interferência são muito comuns as
armaduras tecnológicas.
Mas essas armaduras tem um poder muito útil, ela pode sugar o cosmo de outros
personagens e tranforma-los em golpes seus. Essa vantagens pode ser reproduzida com
Reflexão.
Armadura Construída com 5 pontos
Bônus de Cosmo Energia: 0
Personagem construído com: 10 pontos

Obs: Faltam ainda alguns cavaleiros, como os Cavaleiros de Abel, os espectros de Hades
ou os cavaleiros semi- deuses e os cavaleiros fantasmas. Não conheço muito deles e não
vou me arriscar a escrever baboseiras sobre eles. Outras culturas podem Ter seus
Deuses protegidos por cavaleiros...
Se realmente querem saber MUITO sobre os cavaleiros dos zodíaco e seus guerreiros
recomendo a home-page www.cavzod.cjb.net
Todas as regras e o próprio cenário podem ser modificados pelo mestre. Adoraria que me
enviassem mensagens para poder melhorar o sistema, corrigir erros ou apenas para
elogiar meu trabalho (meu ego deve ser alimentado...) meu e-mail
zanao@sum.desktop.com.br

CAVALEIROS DO ZODÍACO.
Nome: __________________________________________________________
Constelação:
______________________________________________________________
Mestre:_________________________________________________________________
__
Armadura:
_______________________________________________________________

PERSONAGEM: ARMADURA:
total
Força: _______________ 00000 Força: _________________ 00000
Habilidade: 00000 Habilidade: 00000 _______
Resistência: 00000 Resistência: 00000 _______
Armadura: 00000 Armadura: 00000 _______
PdF: ________________ 00000 PdF: __________________ 00000 _______
Pontos de Vida: ______ Pontos de Vida: ______
inicial ______ inicial ______
______
atual ______atual 00000
Cosmo energia: FOCUS: 00000
inicial 00000 __________________________ 00000
00000 __________________
atual 00000 ______________________
FOCUS: VANTAGENS:
_____________________ __________________________
_____________________ __________________________
_____________________ __________________________
VANTAGENS: __________________________
________________________ _____________________
________________________ __________________________
________________________ ________________________
________________________ DESVANTAGENS:
________________________ __________________________
________________________ __________________________
________________________ __________________________
DESVANTAGENS: ___________________________
________________________ _____________________
________________________ Observações:
_________________________ __________________________
________________________ __________________________
________________________ __________________________
Dinheiro e __________________________
equipamentos: __________________________
________________________ __________________________
________________________ ___________________
________________________ Experiência:____________
________________________
________________________
________________________