Você está na página 1de 2

NOVO GRUPO DE LUTA RESIDÊNCIAL TORRES DA MOOCA (BANCOOP)

SP 01 10 2013

BASE e CONCEITOS DO GRUPO

Segue diretrizes e conceitos dos integrantes deste NOVO grupo que esta se unindo (virtualmente) para criar um novo método para buscar a INEXIGIBILIDADE e reconhecimento judicial de que contratos estão quitados com a Bancoop (incorporadora travestida de cooperativa). E que já deviam possuir sua ESCRITURA/UNIDADE pelo acordado em contratos individuais.

Para integrar este novo grupo a pessoa deve estar consciente e concordar com os pontos

Para integrar este novo grupo a pessoa deve estar consciente e concordar com os pontos básicos

abaixo descritos.

Para integrar este novo grupo a pessoa deve estar consciente e concordar com os pontos básicos

1)

Já quitei meu contrato com a Bancoop, Já quitei meu contrato com a Bancoop,

exijo exijo
exijo
exijo

minha ESCRITURA. meu apartamento.

 

2)

3)

Reconheço

que

a

Bancoop

não

é

cooperativa

de

verdade

,

não

passando

de

mera

INCORPORADORA vendedora de apartamentos.

 

4)

Segundo o CRONOGRAMA FÍSICO FINANCEIRO DA OBRA pela Bancoop inicialmente.(ata da Bancoop revela isso)

já pagamos acima

do estipulado

5)

Não participarei de acordos

com a inadimplente Bancoop, que vendeu minha unidade

e

até hoje não cumpriu o contrato.

 

6)

Não farei a desistência dos meus direitos

adquiridos ao PAGAR o que foi combinado,

de forma alguma aceitarei qualquer tipo de ‘’NOVO negócio’’ me responsabilizando pelos prejuízos da Bancoop. (quero minha escritura ou unidade)

e

7)

Buscarei
Buscarei

meus direitos no judiciário de forma eficiente, requerendo minha QUITAÇÃO

JUDICIAL como outras vitimas de inacabados já tem.

 

8)

Quero

ficar livre de grupos sucessores

da Bancoop (dentro do condomínio) que queiram me

obrigar a pagar valores próximo a 100 mil reais para construtoras, para possuiro que eu já deveria ter (escritura ou unidade) usando o artigo 299 do Código Civil, que revela a impossibilidade de cessão de crédito (escritura/unidade a que tenho direito ou unidade) para terceiros sem meu aceite.

9)

Não autorizo

e não reconheço grupos sucessores da Bancoop que PLEITEIAM fazer acordo

de desligamento, com a pretensão de DESLIGAMENTO DA SECCIONAL INACABADA MOOCA DA BANCOOP, e em hipótese alguma reconhecerei qualquer pessoa/grupo como meu representante.

10) Reconheço que

existem pessoas

em INACABADOS BANCOOP objetivando tirar da Bancoop

a responsabilidade da construção e finalização (em acordo amigável) e prejudicial, imputando a mim custos próximo a 100 mil reais.

11) Reconheço que o CONTRATO DE COMPRA DE UNIDADE HABITACIONAL que possuo com

preço FIXADO,

pratica rasgar contratos já pagos me imputando novas dividas. (em acordo com a Bancoop)

não pode ser alterado

por grupos de pessoas da seccional, querendo na

12) Quero

fazer parte

deste novo grupo na MOOCA (Marina Crespi) objetivando buscar de forma

rápida minha SENTENÇA JUDICIAL DECLARATÓRIA de INEXIGIBILIDADE de DÉBITOS e CONTRATO QUITADO.

13) Quero poder

usar livremente minha liberdade

para consultar advogado (a) de minha

confiança para obter meu apoio jurídico e buscar minha SENTENÇA judicial, como outras vítimas estão buscando.

14) Estou atento ao

PRAZO PRESCRICIONAL

, momento em que não poderei mais usar o

judiciário para buscar meus direitos. (10 anos)

15) Reconheço que a solução FINAL é coletiva, mas,

em hipótese alguma

acreditarei ou

participarei de GRUPOS que apareçam propondo soluções onde o caminho apontado seria DESLIGAMENTO DA BANCOOP ABRINDO MÃO DOS MEUS DIREITOS, assumindo as

responsabilidades da Bancoop

(SEM PRIMEIRO DESTITUIR A BANCOOP DA SECCIONAL)

16) Nada farei, nada aceitarei, se a BANCOOP

NÃO FOR DESTITUIDA

DA SECCIONAL ( atitude

básica onde construtoras ou incorporadoras deixam de realizar o prometido) já que de outra forma a Bancoop seria beneficiada mesmo sendo inadimplente.

Se você estiver de acordo com estes pensamentos faça parte do grupo e mantenha

Se você estiver de acordo com estes pensamentos faça parte do grupo e mantenha

contato via e-mail

Se você estiver de acordo com estes pensamentos faça parte do grupo e mantenha contato via
Se você estiver de acordo com estes pensamentos faça parte do grupo e mantenha contato via
Se você estiver de acordo com estes pensamentos faça parte do grupo e mantenha contato via

Estas são as diretrizes básicas deste NOVO grupo que vai atrás da SENTENÇA JUDICIAL de inexigibilidade e ESCRITURAÇÃO com cumprimento de contrato. Aqueles sem unidade serão orientados até mesmo a requerer os alugueis do período que ficaram sem unidade, já que outros obtiveram esta vitória no judiciário.

O contato deste novo grupo que fará reunião em breve é: novogrupomooca@gmail.com

a) Já estamos organizando um programa de TV para abordar as ultimas decisões

judiciais que revelam que GRUPOS NÃO PODEM MONTAR CONDOMíNIO DE CONSTRUÇÃO/OBRAS e tentar responsabilizar e alterar regras contratuais já estabelecidas entre vítimas e a Bancoop. b) Já confirmou que ajudará o grupo no que for necessário, o senhor Marcos S Migliaccio, conselheiro da ASSOCIAÇÃO VITORIOSA CACHOEIRA.